sexta-feira, julho 31

Minha História Assombrada: A Boneca que Chora

Não sou daquelas pessoas que conseguem ver ou ouvir coisas paranormais, o máximo que eu vejo são vultos e olhe lá!

Isso aconteceu quando eu e minha família nós mudamos para Gramado aqui no Rio Grande do Sul. A casa não é muito grande, mas mesmo assim tem dois andares e é super antiga e estranha.

Era aniversario da minha irmã que estava fazendo 5 anos, e minha mãe resolveu fazer uma festinha dentro de casa, mesmo que não conhecêssemos quase ninguém. Convidamos apenas uns amiguinhos da minha irmã e alguns vizinhos.

A festa terminou umas dez horas e a minha irmã Marcela estava dando um chilique para abrir os presentes. Minha mãe dizia que era pra abrir só de manhã, mas a Marcela começou a chorar e então minha mãe deixou. A Marcela abriu todos os presentes e se apaixonou por uma boneca que chorava - você tinha que dar injeção e ela chorava.

Passaram algumas semanas e ela ainda amava a boneca e naquela noite eu estava estudando para uma prova e fiquei "estudando" até tarde, porém eu estava com muito sono e resolvi dormir. Quando eu deitei na cama eu ouvi meio que um murro muito alto vindo do quarto da minha irmã e achei que ela estava brincando e resolvi dar uma checada. Quando abri a porta ela estava dormindo e nada fora do normal. Já com medo quase voei para minha cama até que eu vi aquela boneca na minha mesinha de estudos sentada como se nada tivesse acontecido. Ela estava chorando era visível as lágrimas saindo dos olhos dela. Fiquei paralisada e sem reação!

Depois de algum tempo eu sai correndo até o quarto dos meus pais e contei o que tinha acontecido e eu tenho certeza que eles achavam que era piada, até que depois de eu pedir tanto eles foram lá ver, mas aquela coisa não estava mais lá.

É claro que meus pais brigaram comigo e falaram que era um sonho e blá blá blá.

Morta de medo deitei na cama com uma sensação péssima e o clima pesado e tentei dormir, até que eu consegui.

Acordei com o despertador, leventei normalmente até que eu notei que tinha algo debaixo da minha cama, e quando peguei era aquele demônio. Gritei o nome da minha irmã que chegou depois de algum tempo e perguntei o que ela estava fazendo e minha irmã disse que estava dormindo com ela no braço e não sabia como ela tinha se movido de lá...

História assombrada enviada por Merlia

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Então clique aqui.

Encontram o Cadáver de Um Homem Que Poderia Ser Um "Híbrido Humano-Alienígena"


Possivelmente um dos casos mais misterioso deste princípio de século, foi o de uma jovem canadense chamada Elisa Lam. Quem em 19 de fevereiro de 2013 os inquilinos do Hotel Cecil, localizado no bairro Skid Row de Los Angeles, se queixaram do mau cheiro da água da torneira. Investigações posteriores revelaram que havia um corpo em dos tanques de água localizados no terraço do hotel. O corpo era o de Elisa Lam, uma canadense que despareceu durante semanas, após ter viajado do Canadá à Califórnia.

Segundo o Departamento de Polícia de Los Angeles, a morte de Elisa foi oficialmente declarada como um acidente. Pouco depois foi dado a conhecer um estranho vídeo do elevador do Hotel Cecil, minutos antes de sua morte. No vídeo, podia-se observar como Elisa apertava vários botões do elevador, e como entrava e saía como se estivesse perseguida por alguém ou por algo. A difusão do vídeo deixou mais perguntas que respostas, um enigma que perdura até hoje.

E de novo, os principais meios de comunicação informaram sobre um misterioso caso aparentemente sem explicação. Agentes do Departamento de Polícia de Los Angeles encontraram morto e em estado avançado de descomposição, um homem em seu carro, contendo 1.200 armas de fogo e vários veículos em sua casa. Mas o mais surpreendente é que ao que parece, o homem seria um híbrido humano extraterrestre que trabalhava como agente encoberto para agências secretas do governo dos Estados Unidos.

Híbridos humano-alienígenas entre nós?

A polícia de Los Angeles encontrou mais de 1.200 armas de fogo, que incluíam rifles, escopetas e pistolas, aproximadamente 6,5 toneladas de munições, arcos, flechas, facões, facas, e quase $ 230.000 dólares em dinheiro. A surpreendente coleção de armas pertencia a Jeffrey Alan Lash, um residente de Los Angeles de 60 anos de idade. O corpo em descomposição de Lash foi descoberto em veículo estacionado em uma rua do seu bairro em Pacific Palisades, Los Angeles.

Muitas das armas encontravam-se ainda nas caixas e com as etiquetas dos preço, além de vários veículos, alguns modificados para seu uso em diferentes terrenos, no nome de Lash. Entre os 14 veículos havia um Toyota anfíbio SUV desenhado para se deslocar até na água. Segundo a polícia de Los Angeles, o mais surpreendente é que Lash não era um traficante de drogas, não roubou as armas, não tinha antecedentes criminais, mas também não tinha retornos financeiros. Então, quem era Jeffrey Alan Lash?

Dawn VadBunker (esquerda e direita), 39 anos, que trabalha para a noiva de Lash, acreditava que o homem era uma agente secreto, parte humano, parte-alien. Ambas VadBunker e sua chefe, Catherine Nebron, estavam lá quando ele morreu em 04 de julho.
Segundo Catherine Nebron, sua noiva, Lash era um híbrido humano-alienígena que trabalhava como agente encoberto para as agências secretas.

Ou ao menos, isso teria dito o colecionador de armas de 60 anos que havia convencido sua noiva e sua empregada, Dawn VadBunker, que ele era um híbrido humano-alienígena trabalhando disfarçado em nome agências secretas governamentais dos EUA e que havia sido encarregado de salvar a raça humana.

A estranha revelação foi declarada publicamente pelo advogado de Catherine em 22 de julho, alguns dias após os agentes do Departamento de Polícia de Los Angeles, encontrarem o corpo de Lash.

A polícia de Los Angeles encontrou mais de 1.200 armas de fogo.
Segundo Catherine, o próprio Lash lhe disse que ele era um agente disfarçado de múltiplas agências governamentais secretas, muito superiores a CIA. O advogado de Catherine admitiu que a história "parece uma autêntica loucura", mas também confirmou que Catherine havia estado com Lash 17 anos, e que não havia nenhuma razão para não acreditar nele.

"A história em si parece uma autêntica loucura, mas então como poder explicar tudo isto?", disse Harlan Braun, advogado de Catherine Nebron. "Não há evidências de que Lash fosse um traficante de drogas ou roubasse essas armas. Também não havia antecedentes criminais nem lucros."

Entre as armas, haviam rifles, escopetas,pistolas, aproximadamente 6,5 toneladas de munições, arcos, flechas, facões, facas, e quase $ 230.000 dólares em dinheiro.
Mas a história dá uma nova virada radical após Laura VadBunker, mãe da jovem que trabalhava para Lash, afirmar que sua filha acreditava que ele era um híbrido humano-alienígena "enviado à Terra para nos proteger".

"Não posso acreditar nisso", disse Laura aos meios de comunicação. "É pior que um filme de 'Além da Imaginação' (Twilight Zone). Era metade extraterrestre e metade humano e ele estava convencido de que precisava salvar o mundo."

Os fatos

Segundo o inspetor do Departamento de Polícia de Los Angeles, Lash morreu no estacionamento de um supermercado em Santa Monica em 04 de julho após ter uma certa dificuldade para respirar. Nesse momento encontrava-se com sua noiva e com Dawn VadBunker, quem lhe ajudaram em um primeiro momento, mas Lash fez questão de que não o levassem ao hospital e também que não chamassem ao serviço de emergências.

Fotografia de Jeffrey Alan Lash de sua
carteira de motorista emitida em 1996.
"Catherine e VadBunker estiveram cerca de três horas tratando de mantê-lo com vida", explicou Kirk Albanese, inspetor do Departamento de Polícia de Los Angeles. "Também não chamaram o 911, porque Lash não queria ir a um hospital. Não queria que nenhum policial atendesse ele e por isso, morreu ali."

Ao que parece, após cair doente há  aproximadamente um ano, Lash disse às mulheres que caso acontecesse algo com ele ou se morria, as agências governamentais secretas se encarregariam de seu corpo e de suas armas. Segundo explicou o próprio Lash antes de falecer, ele teria estado exposto a produtos químicos tóxicos que lhe causaram um dano irreparável nos nervos durante uma missão.

Assim que quando morreu Lash, nem Catherine nem VadBunker informaram às autoridades. Em vez disso, levaram o corpo atá a sua camioneta e estacionaram o carro em Palisades Drive, próximo da casa que compartilhavam. Depois foi embora com VadBunker ao Oregon para superar a morte de Lash, acreditando que as agências governamentais secretas recolheriam o corpo e recuperariam todas as armas da casa.

A família de Dawn VadBunker em Oxnard, Califórnia, informou às autoridades do desaparecimento, dois dias após ela partir com Catherine ao Oregon. Mas Dawn enviou uma carta a sua família antes de ir embora, explicando que Lash havia morrido e que haviam feito todo o possível para mantê-lo com vida.

Como pudemos comprovar, a história de Jeffrey Alan Lash é um grande mistério. Até o momento ninguém explica como uma simples pessoa tinha um arsenal dessas características. Os mais céticos afirmam que a história faz parte da imaginação de um doente, enquanto os teóricos da conspiração tentam sustentar que se trata de uma nova evidência de que o governo dos Estados Unidos coopera com raças extraterrestres.

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Tradução/Adaptaçãorusmea.com & Mateus Fornazari

Fontes:
http://ktla.com/2015/07/23/jeffrey-alan-lash-pacific-palisades-mystery-man-weapons-cache/
http://www.dailymail.co.uk/news/article-3172296/It-s-worse-Twilight-Zone-movie-Decomposing-body-car-hidden-5M-gun-arsenal-missing-mother-two-believed-dead-man-alien-secret-agent-sent-save-human-race.html
http://www.theguardian.com/us-news/2015/jul/23/jeffrey-alan-lash-firearms-spy
http://www.nydailynews.com/news/national/dead-la-man-1-200-guns-identified-part-alien-article-1.2301594

De Volta Para o Futuro? Teoria Diz Que a Viagem No Tempo Poderia Criar "Doppelgangers" Que Se Destruiriam


Imagine um futuro em que você pudesse viajar de volta no tempo para encontrar seus antepassados. Aliás, este é um roteiro bem comum em filmes de ficção científica. Pessoas viajando de volta no tempo, voando através do espaço a velocidades superiores a da luz. Geralmente elas se metem em alguma confusão durante todo este processo, não é mesmo?

Robert Nemiroff, físico da Universidade
de Tecnologia de Michigan, nos EUA
A maioria dos físicos acha que este cenário é impossível, mas vamos esquecer isso por alguns segundos, e nos fazer a seguinte pergunta: se uma viagem no tempo desta forma fosse possível, como ela funcionaria?

Segundo uma teoria radical formulada por Robert Nemiroff, um físico da Universidade de Tecnologia de Michigan, nos EUA, o ato de viajar no tempo em velocidades maiores do que a luz, criaria várias versões de você mesmo, algumas vivendo no tempo presente, enquanto outras se deslocariam para o passado. Os seus "doppelgangers" estariam destinados a se encontrar, e assim que o fizessem, eles destruiriam um ao outro.

"Ouvi muitas vezes, que viajar mais rápido do que a luz, resultaria em uma viagem de volta ao passado. Mesmo eu sendo um astrofísico profissional, eu não entendia os detalhes sobre como isso poderia funcionar", disse Robert em uma entrevista concedida para o jornal britânico Daily Mail.

Parece ficção científica, mas Robert elaborou equações matemáticas para mostrar como isso pode funcionar usando nossa compreensão atual da ciência. Robert as descreveu em um artigo publicado em maio deste ano no site arXiv.

Entretanto, em uma entrevista para o site LiveScience, Robert disse: "A experimentação disso é provavelmente impossível. Não acredito que você possa criar uma nave espacial que pudesse viajar mais rápido do que a luz".

Mais Rápido Do Que A Luz

Todo mundo já ouviu que segundo a teoria da Relatividade Especial de Albert Einstein, nada pode viajar mais rápido do que a luz no vácuo. No entanto, não é bem assim: essas velocidades são tecnicamente possíveis, mas a relatividade diz que qualquer coisa com massa, se torna cada vez mais pesada a medida que a velocidade aumenta. Alcançar e superar a velocidade da luz necessitaria de energia infinita.

Sabine Hossenfelder, do Instituto Nórdico
de Física Teórica
Estranhamente, segundo Robert Nemiroff, embora a matemática diga que objetos podem viajar mais rápido do que a velocidade da luz, ela também diz que eles não conseguiriam desacelerar para uma velocidade inferior a da luz.

"É apenas o que se acredita, e quando digo isso me refiro ao que a maioria dos físicos acreditam, que não há nada que possa viajar mais rápido que a luz", disse Sabine Hossenfelder, uma fisicista teórica do Nordita (Instituto Nórdico de Física Teórica), localizado em Estocolmo, na Suécia. Sabine tem um blog chamado BackReaction, mas não participou do artigo.

Enquanto os físicos podem enviar partículas subatômicas chamadas "múons" a frente no tempo, o problema com a viagem de volta ao passado é uma casualidade. O tempo é como uma seta que aponta para uma determinada direção, e esta direção aponta para a frente. Sem esta proteção, todos os tipos de situações absurdas poderiam acontecer, tais como os paradoxos apontados no filme "De Volta para o Futuro", e outros filmes de ficção científica. Se você voltar no tempo e matar seu avô antes que ele tenha o seu pai, como você teria existido para voltar no tempo e matá-lo?

"Entretanto, estranhamente, nem a Relatividade Especial, nem a Física de partículas possuem uma orientação em relação ao tempo. Na verdade antipartículas, as parceiras de antimatéria das partículas normais, podem ser interpretadas tanto como partículas de antimatéria que viajam a frente do tempo quanto partículas reais que estivessem viajando de volta no tempo", disse Hossenfelder.

"As equações da Relatividade Especial mostram, que um objeto que possa ser mais rápido do que a velocidade da luz, iria viajar de volta no tempo", completou. 

O "Doppelganger" Da Nave Espacial

Para entender as implicações da relatividade a respeito da viagem de volta no tempo, Robert Nemiroff transformou seus números da equação em um caso muito simples. Em sua hipótese, uma nave espacial seria lançada através de uma plataforma a uma velocidade cinco vezes maior do que a velocidade da luz, até um planeta que ficasse a cerca de 10 anos-luz de distância. Em seguida, a nave daria uma volta ao redor do planeta, rumo a Terra novamente. A nave espacial então pousaria em um local não muito longe de onde decolou.

Os pesquisadores especulam, que isso se acabaria gerando duas naves espaciais fantasmas, uma com uma massa negativa e outra com uma massa positiva, e que surgiriam do nada.

Outros métodos propostos de viagem no tempo, como viajar através
de um wormhole na curvatura espaço-tempo não foi abordado no estudo
Cinco anos após a decolagem as pessoas veriam uma aparição muito estranha. Isso porque a luz da nave espacial viaja mais lentamente do que a própria nave espacial. Após a nave voltar e aterrissar, as pessoas veriam as imagens da nave decolando e outro "doppelganger" da nave voltando.

Oito anos mais tarde, as coisas ficariam ainda mais estranhas. Uma imagem da nave espacial parada na pista de pouso ainda seria visível, assim como outras duas imagens (talvez como hologramas) da nave espacial decolando e voltando do vôo. Só que desta vez, ambas as imagens ficariam mais distante, como se a nave espacial estivesse viajando de volta no tempo.

Finalmente, após um pouco mais de 10 anos, os "doppelgangers" das naves espaciais destruiriam uns aos outros, e você veria apenas a nave especial parada na pista de pouso.

Tudo isso cria muito mais perguntas do que respostas. Como tudo iria funcionar? Do que os "doppelgangers" seriam feitos? Qual deles seria o "real"? Seria este um fenômeno agindo através do comportamento de partículas quânticas emaranhadas? O que as pessoas da nave espacial estariam fazendo?

"Isso não faz muito sentido, e duvido que você iria querer saber mais a fundo para ver se seria realmente possível", disse Sabine Hossenfelder, em entrevista para o site LiveScience.

"Ainda assim, o estudo é extremamente valioso como uma ferramenta de ensino", completou.

Vale lembrar que outros métodos propostos de viagem no tempo, tais como viajar através de um wormhole (buraco de minhoca) na curvatura espaço-tempo, não foram abordados no estudo.

O Exemplo de Doctor Who

"Vou usar como exemplo o seriado Doctor Who. Se houvesse dois doutores em pé, um bem ao lado do outro, acreditamos que um terceiro doutor tem que existir, com massa negativa, viajando mais rápido do que a luz", explicou o professor Nemiroff.

"Este terceiro doutor está destinado a se encontrar com um dos médicos originais, e juntamente com ele desaparecer. Este doutor "superluminial" também pareceria estar se movendo de volta no tempo", completou.

Caímos aqui no mesmo questionamento da nave especial. Do que esses "doppelgangers" seriam feitos? Qual deles seria o real? O físico diz que ele não tem as respostas, mas apesar de tudo, ele não acha que isso seria totalmente impossível.

"Infelizmente não parece possível fazer que coisas físicas viajem mais rápido do que a luz, e isto é um passo fundamental", disse ele.

"Podemos fazer com que sombras e pontos de luz a partir de canetas laser pareçam se mover mais rápido, mas ninguém jamais foi capaz de fazer algo físico, com massa, se mover tão rápido assim", continuou.

"Então, a viagem de volta no tempo parece impossível, pelo menos atualmente", finalizou.

Veja nossos vídeos sobre "doppelgänger" e viagem no tempo:

Viagem no Tempo: Como Fazer, Paradoxos, Viajantes e mais...
Cronovisor: A Primeira Máquina do Tempo!
Doppelgänger, a sua Cópia Idêntica!

Nota do tradutor: Alguém depois disso arriscaria algum palpite sobre a série "The Flash"?  Tem muita informação nesta notícia, que poderia ser aplicada de forma interessante no conceito que quiseram passar na série. Só nos resta esperar pela a segunda temporada, não é mesmo?

Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-3178923/Back-future-Time-travel-create-doppelgangers-ultimately-destroy-claims-radical-theory.html

http://www.livescience.com/51648-how-time-travel-would-work.html
http://arxiv.org/abs/1505.07489

Estudo Aponta Que A "Vitamina B3" Pode Ter Vindo Do Espaço!

Um estudo de pesquisadores financiados pela NASA publicado em 13 de abril de 2014, na revista "Geochimica et Cosmochimica Acta", revelou que o planeta Terra pode ter tido um suprimento de vitamina B3, de origem extraterrestre, através de meteoritos ricos em carbono. O resultado apoia a teoria de que a origem da vida pode ter sido amparada por uma fonte de moléculas essenciais, criadas no espaço e trazidas para a Terra, por meio dos impactos de cometas e meteoros. Essa teoria é a tão famosa panspermia cósmica defendida por Chandra Wickramasinghe (veja o vídeo sobre as "Estranhas Chuvas Vermelhas").

"É sempre difícil atribuir um valor a conexão entre meteoritos, e a origem da vida. Por exemplo, em um trabalho anterior foi mostrado que a vitamina B3 pode ter sido produzida de forma não-biológica no planeta Terra, mas é possível que uma fonte adicional de vitamina B3 possa ter sido útil neste processo", diz Karen Smith, da Universidade Estadual da Pensilvânia, nos EUA.

"A vitamina B3, também chamada de ácido nicotínico ou niacina, é uma precursora da NAD (nicotinamida-adenina-dinucleótido, também conhecida como dinucleótido de nicotinamida e adenina ou então difosfopiridina nucleotídeo), que é essencial para o nosso metabolismo, e provavelmente de origem muito antiga", completou.

Karen Smith é o autora principal do artigo sobre este estudo juntamente com outros co-autores do Centro Aeroespacial Goddard da NASA em Greenbelt, no estado de Maryland, nos EUA.

Não é a primeira vez que a vitamina B3 foi encontrada em meteoritos. Em 2001, uma equipe liderada por Sandra Pizzarello, da Universidade Estadual do Arizona, também nos EUA, a descobriu junto a moléculas relacionadas aos chamados ácidos carboxílicos de piridina no meteorito do Lago Tagish, que por sua vez é localizado no Canadá.

O resíduo contendo vitamina B3, e compostos relacionados,
obtido ao simular as condições espaciais
No estudo realizado por Karen Smith e sua equipe, no Laboratório Goddard de Astrobiologia Analítica, eles analisaram amostras de oito diferentes meteoritos ricos em carbono, chamados de "condritos carbonáceos do tipo CM-2". Os pesquisadores encontraram a vitamina B3 em concentrações que variam entre 30 e 600 partes por bilhão. Eles também encontraram outros ácidos carboxílicos de piridina em concentrações semelhantes e, pela primeira vez, encontraram ácidos dicarboxílicos de piridina.

"Nós descobrimos um padrão - um pouco de vitamina B3 (e outros ácidos carboxílicos de piridina) foi encontrado em meteoritos que vieram de asteroides, que foram mais alterados pela água líquida. É possível que essas moléculas tenham sido destruídas durante o contato prolongado com água líquida", disse Karen.

"Nós também realizamos experimentos preliminares em laboratório, simulando condições no espaço interestelar, e eles nos mostraram que a síntese de vitamina B3, e outros ácidos carboxílicos de piridina poderiam ser possíveis em grãos de gelo", completou.

Uma placa de alumínio, congelada em uma câmara de vácuo a cerca de -253ºC, foi utilizada para representar a superfície gelada de um grão de poeira interestelar. Gases contendo água, dióxido de carbono, e piridina foram liberados dentro da câmara, os congelando assim sobre a a mesma. A placa então foi bombardeada com prótons a cerca de 1 milhão de volts, a partir de um acelerador de partículas para simular a radiação espacial. A experiência produziu uma variedade de moléculas complexas, incluindo a vitamina B3.

"A sonda Rosetta poderia ajudar a validar estas experiências se encontrasse algumas das mesmas moléculas orgânicas complexas nos gases liberados pelo cometa ou pelo núcleo do cometa", finalizou Karen Smith.

Como Tudo Teria Começado

Os cientistas acreditam que o sistema solar se formou quando uma densa nuvem de gás, poeira e grãos de gelo entrou em colapso sob sua própria gravidade. Aglomerados de poeira e gelo foram agregados em cometas e asteroides, alguns dos quais colidiram entre si para formar objetos planetesimais. Eventualmente alguns deles se uniram para então formar os planetas.

O espaço é repleto de radiação proveniente de estrelas próximas, bem como fruto de episódios violentos nas profundezas do espaço sideral como no caso de explosão de estrelas (supernovas) e buracos negros devorando matéria. Esta radiação poderia ter alimentado as reações químicas na nuvem (nebulosa), de que se formou o sistema solar, e algumas dessas reações podem ter produzido moléculas biologicamente importantes como a vitamina B3.

Os cientistas acreditam que o sistema solar se formou quando uma densa nuvem de gás, poeira e grãos de gelo
entrou em colapso sob sua própria gravidade
Asteroides e cometas são considerados, mais ou menos dizendo, resquícios ainda intactos da formação do nosso sistema solar, e muitos meteoritos são amostras valiosas de asteroides que convenientemente venham a cair aqui Terra. No entanto, alguns asteroides são menos intocados do que outros.

Asteroides podem ser alterados logo após suas formações por reações químicas mediante água líquida. À medida que crescem, asteroides incorporam material radioativo, que havia presente na nebulosa do sistema solar. Se o material radioativo acumula em quantidade suficiente em um asteroide, o calor produzido por este material seria suficiente para derreter o gelo dentro do asteroide. Os pesquisadores, portanto, podem determinar o quanto um asteroide foi alterado pela água ao examinar as assinaturas químicas e mineralógicas nos meteoritos desses asteroides.

Quando asteroides colidem com meteoroides ou outros asteroides, pedaços acabam sendo desprendidos dos mesmos, e alguns deles, eventualmente, chegam até o planeta Terra como meteoritos.

As Principais Razões Para A Vitamina B3 Ter Vindo Do Espaço

A equipe duvida que vitamina B3 e outras moléculas encontradas em seus meteoritos tenha sido originada por meio da vida terrestre. Isso tudo devido a duas razões principais.

O depósito químico na placa de alumínio congelada após ser
bombardeada com prótons, o que resultou na presença da vitamina B3
Em primeiro lugar, a vitamina B3 foi encontrada juntamente com os seus isômeros estruturais, que por sua vez são moléculas que têm a mesma fórmula química, mas cujos átomos estão ligados por uma ordem diferente. Estas outras moléculas não são utilizadas pela vida terrestre.

A química não-biológica tende a produzir uma grande variedade de moléculas - basicamente tudo que seja permitido considerando os materiais e condições que estiverem presentes - mas a vida é gerada apenas com as moléculas de que necessita.

Se a contaminação, proveniente da vida terrestre, foi a fonte da vitamina B3 nos meteoritos, apenas a vitamina deveria ter sido encontrada, e não outras moléculas relacionadas.

Em segundo lugar, a quantidade de vitamina B3 encontrada nos meteoritos foi relacionada com o quanto os asteroides que os originaram teriam sido alterados pela água. Essa correlação com as condições dos asteroides, tornaria improvável que a vitamina B3 fosse obtida através de alguma contaminação na Terra.

E aí, assombrados? Será que a vida veio mesmo do espaço? Façam suas apostas!

Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://www.nasa.gov/content/goddard/vitamin-b3-might-have-been-made-in-space-delivered-to-earth-by-meteorites/
http://www.livescience.com/44939-vitamin-b3-found-meteorites.html
http://www.iflscience.com/chemistry/vitamin-b3-may-have-originated-space
http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-3179674/Vitamin-B3-comes-SPACE-Niacin-finding-supports-theories-extraterrestrial-origin-life-Earth.html

Minha História Assombrada: A Visita

Eu sou muito fã de vocês e sou boba e acabo acreditando em todos os relatos que a Ana conta :)

Vou contar um relato que eu JURO que realmente aconteceu. Acredito que ele não tem nada de dar medo, eu considero até uma coisa bonita...

 Minha vó tinha um problema no coração e após um tempo internada ela acabou indo para a UTI em um estado preocupante, mas ela ainda estava consciente. Como ela tinha esse problema no coração, ela nunca soube da morte do marido, pois iria preocupa-la e pela idade dela resolvemos não contar. Depois de mais ou menos uma semana na UTI, minha mãe foi visita-la e começaram a conversar até que minha avó falou:

- "Catarina, o Fernando (o marido dela) veio me visitar hoje"

Minha mãe é católica mas acredita em tudo isso, e ela já ficou meio tensa né? Mas quão grande foi a surpresa dela que no dia seguinte a mãe dela veio a falecer!

No espiritismo existe isso, de que os entes querido vem pegar antes da morte. Mas ela não mentiu, ela nem sequer sabia da morte do marido dela, ela falou com ingenuidade achando que realmente seu marido só veio visita-la e até hoje essa história causa até arrepios na gente.

Será que ele veio buscá-la?

História assombrada enviada por Mariana

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Então clique aqui.