28 de agosto de 2019

A Morte Nunca Perde Um Compromisso



Como no filme "Premonição", parece que a Morte não perde um compromisso. O voo 447 da Air France caiu no Oceano em 1º de junho de 2009. Todos os 228 passageiros e tripulantes morreram no acidente e as caixas pretas só foram encontradas em 2011.

Um casal italiano, inicialmente feliz, perdeu o voo 447 do Rio de Janeiro para Paris. Só podemos supor que o desapontamento com a falta do vôo se transformou em alegria e alívio quando souberam que escaparam da morte.

Johanna e Kurt Ganthaler chegaram em segurança de volta à Europa alguns dias depois e decidiram dirigir de volta para a Itália a partir de Munique.

Johanna perdeu a vida no acidente.
No entanto, a morte parece ter ficado irritada com a interrupção de sua lista. Quando o casal estava saindo da Áustria, o carro em que estavam viajando cruzou para o outro lado da estrada e colidiu contra um caminhão.

Johanna perdeu a vida no acidente e Kurt ficou gravemente ferido.

Será que só Johanna estava destinada a morrer? Talvez a Tia Caetana só quisesse Johanna e se o casal tivesse embarcado no voo, Kurt também teria perdido a vida.

Coincidência ou destino?

Tradução/Adaptação: Rusmea & Mateus Fornazari

Fontes:
http://web.archive.org/web/20090614170959/http://www.presstv.ir:80/detail.aspx?id=97751&sectionid=3510212
https://www.nydailynews.com/news/world/johanna-ganthaler-escapes-air-france-crash-die-car-crash-days-article-1.377018
https://pt.wikipedia.org/wiki/Voo_Air_France_447
Comentários