12 de dezembro de 2017

Conheça Amethyst Realm: A Mulher que Teve Relações Íntimas com 20 "Fantasmas" Diferentes e Quer Engravidar de um Fantasma!

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Não costumo repetir temas em um espaço tão curto de tempo. Muito provavelmente, vocês sabem que na sexta-feira passada abordei o caso de uma mulher chamada "Sian Jameson", 26 anos, que concedeu uma entrevista exclusiva para um determinado veículo de comunicação do Reino Unido, e contou como teria sido a noite de amor mais memorável de sua vida, justamente com um fantasma. Aliás, ela acreditava que o mesmo estava há mais de 100 anos assombrando a casa que havia alugado no País de Gales. Sua história era relativamente simples. Ela alegava que há algum tempo ela havia rompido um relacionamento de três anos com seu namorado, e que tudo teria sido um momento de grande sofrimento para ela. Assim sendo, ela teria se mudado da região norte de Londres para a cidade Aberystwyth, no País de Gales, para se afastar temporariamente de tudo e de todos, por assim dizer. Teria sido em uma casa de campo alugada por ela, que Sian teria começado a ter sonhos um pouco mais apimentados, porém, certa vez, ela teria se deparado com um fantasma do século XIX ao seu lado, na cama, e a partir disso ambos teriam tido aproximadamente três relações durante o período em que ela esteve na casa. A questão é que Sian já havia aparecido anteriormente na mídia britânica e as informações fornecidas por ela eram "ligeiramente" contraditórias. Evidentemente, fui atrás desse caso e elaborei uma matéria bem completa, e até mesmo curta sobre o assunto, em relação ao que estão acostumados, incluindo, é claro, a opinião de "especialistas" sobre o tema. Vale muito a pena conferir (leia mais: Amor Fantasmagórico? Mulher diz que Teve a Melhor Relação Íntima de sua Vida com um "Fantasma" Secular, no País de Gales!).

O caso sobre Sian Jameson havia começou a ser divulgado na mídia britânica na terça-feira passada (5) e, curiosamente, na quinta-feira (7) uma mulher chamada Amethyst Realm apareceu durante o programa "This Morning", da emissora britânica iTV, para fazer revelações ainda mais inusitadas envolvendo relações amorosas com "seres espirituais". De acordo com Amethyst, ao longo dos últimos anos ela teria tido relações íntimas com cerca de 20 fantasmas diferentes e ainda por cima expressou o seu desejo de engravidar de um fantasma, ou seja, de ter um "bebê fantasma"! Sim, é exatamente isso que leu! A história de Amethyst Realm foi intensamente propagada através das redes sociais, onde a polêmica gerada em torno do assunto acabou ganhando uma dimensão bem maior do que deveria. Vamos saber mais sobre esse assunto?

Entenda o Caso: A Entrevista de Amethyst Realm para o Programa "This Morning" da Emissora Britânica iTV


Sem sombras de dúvidas, a aparição de Amethyst Realm no programa "This Morning" da emissora de TV britânica "iTV" não foi por acaso. Ela tinha sido uma das mulheres, que foram entrevistadas em 2015, juntamente com Sian Jameson, em uma matéria publicada na seção "Femail" da tabloide britânico Daily Mail (daqui a pouco comentarei sobre isso). Não citei o caso dela anteriormente para evitar que o texto ficasse muito grande e complexo para ser lido por vocês. Contudo, uma vez que ela apareceu recentemente em um programa de TV, e o assunto ganhou uma grande repercussão, nada mais justo que comentar sobre o mesmo.

Amethyst Realm foi entrevistada na edição do programa "This Morning" do dia 7 de dezembro (quinta-feira passada) pelos apresentadores Holly Willoughby e Phillip Schofield. Sinceramente, esse programa de entretenimento da iTV, que vai ao ar de segunda a sexta-feira (entre 10h30 da manhã e 12h30 da tarde, sendo que nas sexta-feiras e durante as férias escolares ou recessos escolares o programa é apresentado por Eamonn Holmes e Ruth Langsford), é algo que qualquer pessoa deveria evitar se tivesse um caso muito exótico e incomum para apresentar. Isso porque os apresentadores geralmente são bem incisivos, ácidos e um tanto sarcásticos quando o entrevistado possui algum assunto "muito diferente" ou "inusitado" para contar.
Amethyst Realm foi entrevistada na edição do programa "This Morning" do dia 7 de dezembro (quinta-feira passada)...
... pelos apresentadores Holly Willoughby e Phillip Schofield (na foto acima)
Como exemplo posso citar o caso da Debbie Merrick, uma senhora de 50 anos, que foi entrevistada no fim do mês de julho deste ano, pela dupla Eamonn Holmes e Ruth Langsford. Debbie alegava que tinha uma boneca de porcelana possuída, e que a mesma costumava atacar o seu marido. Durante a entrevista, Debbie foi colocada por diversas vezes em situações bem embaraçosas, algo que acabou expondo uma forte possibilidade de fraude de sua parte e do seu marido (leia mais: A Saga de "Samantha": Uma Boneca "Assombrada" Teria Atacado o Marido da Antiga Dona, e o Pai do Atual Proprietário, na Inglaterra?).

De qualquer forma, Amethyst encarou esse "pequeno desafio" para contar sua história, ganhar cachê ou ter alguns minutos de fama. É difícil saber realmente a motivação dela para expor uma história tão particular quanto essa. Confira um vídeo publicado referente a sua entrevista no canal do próprio programa no YouTube (em inglês, mas irei destrinchá-lo para vocês a seguir):



Inicialmente, Amethyst, identificada pela mídia britânica como tendo 27 anos, e uma "conselheira de orientação espiritual" da cidade de Bristol, foi questionada pelo apresentador Phillip Schofield sobre quando teria sido o seu primeiro encontro com um fantasma.

Amethyst disse que o primeiro encontro teria acontecido há 12 anos atrás, quando ela se mudou com seu noivo para uma casa nova na cidade de Hereford, que fica localizada a 90 km ao norte de Bristol. Amethyst disse que seu noivo começou a trabalhar muito, sendo que de vez em quando ele chegava a ficar ausente por cerca de uma ou duas semanas. Teria sido durante essas ausências, que ela teria começado a sentir uma presença dentro da casa.



Amethyst disse que o primeiro encontro teria acontecido há 12 anos atrás, quando ela se mudou com seu noivo para uma casa nova na cidade de Hereford (na foto), que fica localizada a 90 km ao norte de Bristol
Foto mostrando a visão área de um trecho da cidade de Bristol, na Inglaterra
Ao contrário de muitas pessoas, que provavelmente teriam medo diante desse tipo de situação, Amethyst disse que, ao menos para ela, a sensação era de pleno conforto. Aparentemente, ela teria começado a sentir essa presença atrás dela, apertando seus braços e coxas e, além disso, sentia uma respiração atrás do seu pescoço. Contudo, mesmo assim, ela não teria ficado amedrontada.

De qualquer forma, por um motivo que ela não explicou (talvez por "carência"), ela decidiu elevar toda essa história a um outro patamar. Amethyst simplesmente vestiu uma lingerie bem atraente, apagou as luzes do quarto, deitou-se na cama e simplesmente esperou que algo acontecesse. Ele teria esperado durante algum tempo e, por mais que ela estivesse um pouco preocupada com a situação, ela também estava bem ansiosa. Porém, nada teria acontecido até que ela começasse a pegar no sono. Foi assim que o suposto fantasma teria se aproximado dela e tudo teria acontecido, se é que vocês me entendem.

Ao contrário de muitas pessoas, que provavelmente teriam medo diante desse tipo de situação, Amethyst disse que, ao menos para ela, a sensação era de pleno conforto
Aparentemente, ela teria começado a sentir essa presença atrás dela, apertando seus braços e coxas e, além disso, sentia uma respiração atrás do seu pescoço. Contudo, mesmo assim, ela não teria ficado amedrontada.
A apresentadora Holly Willoughby se mostrou um pouco confusa, uma vez que Amethyst não teria sentido os braços do fantasma a envolvendo, incluindo toda essa questão física inerente ao ato. Então, como que poderia haver uma relação mais íntima?

Amethyst disse que era bem difícil de explicar a sensação, mas que era uma espécie de energia, algo que ela sentia um certo peso e ao mesmo tempo era bem leve. Ela também disse, que era possível notar a respiração e as carícias. Curiosamente, essa experiência mais íntima para ela teria resultado em algo, que ainda é considerado um tabu para muitas mulheres: um orgasmo.

A apresentadora Holly Willoughby se mostrou um pouco confusa, uma vez que Amethyst não teria sentido os braços do fantasma a envolvendo, incluindo toda essa questão física inerente ao ato. Então, como que poderia haver uma relação mais íntima?
Amethyst disse que era bem difícil de explicar a sensação, mas que era uma espécie de energia, algo que ela sentia um certo peso e ao mesmo tempo era bem leve. Ela também disse, que era possível notar a respiração e as carícias. Curiosamente, essa experiência mais íntima para ela teria resultado em algo, que ainda é considerado um tabu para muitas mulheres: um orgasmo
Um dos momentos, que se tornou uma verdadeira saia justa para Amethyst e sua história, foi quando os apresentadores mencionaram que esse "relacionamento" havia durado um determinado tempo e, em uma certa ocasião, quando seu noivo voltou mais cedo do trabalho, teria flagrado o fantasma em questão no quarto onde Amethyst estava. Seu noivo teria visto a silhueta de um homem na janela do quarto. Foi exatamente nesse ponto que Holly Willoughby indagou um ponto interessante.

De acordo com a versão contada por Amethyst, ela nunca teria visto o "fantasma" fisicamente falando ou qualquer coisa nesse sentido, porém seu marido teria percebido o "contorno" de uma figura masculina na janela. Amethyst demonstrou uma certa imprecisão, dizendo que essa situação era interessante e, após uma pausa de dois segundos, ela disse que não se importava com isso, e que a única coisa que ela queria era aproveitar o momento. Aliás, ela chegou a mencionar que acreditava, que o "fantasma" estivesse apaixonado por ela, e queria que ela terminasse o seu relacionamento.

Em uma certa ocasião, quando seu noivo voltou mais cedo do trabalho, teria flagrado o fantasma em questão no quarto onde Amethyst estava. Seu noivo teria visto a silhueta de um homem na janela do quarto. Foi exatamente nesse ponto que Holly Willoughby indagou um ponto interessante.
De acordo com a versão contada por Amethyst, ela nunca teria visto o "fantasma" fisicamente falando ou qualquer coisa nesse sentido, porém seu marido teria percebido o "contorno" de uma figura masculina na janela. Amethyst demonstrou uma certa imprecisão, dizendo que essa situação era interessante e...
...após uma pausa de dois segundos, ela disse que não se importava com isso, e que a única coisa que ela queria era aproveitar o momento. Aliás, ela chegou a mencionar que acreditava, que o "fantasma" estivesse apaixonado por ela, e queria que ela terminasse o seu relacionamento.
Phillip Schofield chegou a comentar que esse tipo de "relacionamento" era um tanto inusitado, porque fugia aos padrões de um relacionamento normal, uma vez que não haveria nenhum diálogo e nem mesmo uma discussão que pudesse levar ao fim de relação. Nesse ponto, Amethyst disse que as relações teriam simplesmente começado a ficar cada vez menos frequentes, e que não havia muito mais para ser dito a esse respeito.

No entanto, Amethyst disse que passou a receber a visita de outros "fantasmas", mais de 15 "fantasmas" no decorrer dos anos (daqui a pouco irei explicar o porquê no título desta matéria aparece o número 20 ao invés do número 15), sendo que era possível saber que não era os mesmos "fantasmas" que a visitavam, uma vez que possuíam energias diferentes, da mesma forma como aconteceria com pessoas de carne e osso. Amethyst também disse que havia perdido o interesse em homens, ao menos nesse momento, e que o relacionamento com "fantasmas" era bem melhor.

No entanto, Amethyst disse que passou a receber a visita de outros "fantasmas", mais de 15 "fantasmas" no decorrer dos anos, sendo que era possível saber que não era os mesmos "fantasmas" que a visitavam, uma vez que possuíam energias diferentes, da mesma forma como aconteceria com pessoas de carne e osso
Ao ser questionada sobre ter filhos, uma vez que seria fisicamente impossível, Amethyst disse que vinha pesquisando sobre "gravidez fantasma", o que de antemão ela disse que não fazia muito sentido. Ela voltou a dizer que isso era algo meio difícil de ser explicado, mas que haveria algumas possibilidades de ter o fantasma de uma criança (ou de um bebê) em seu corpo, indicando explicitamente seu desejo de engravidar de um fantasma, mas ao que ao mesmo tempo as pessoas não sabiam como "gestar", por assim dizer (se é que essa é a expressão mais correta), esse tal fantasma.

Ao ser questionada sobre ter filhos, uma vez que seria fisicamente impossível, Amethyst disse que vinha pesquisando sobre "gravidez fantasma", o que de antemão ela disse que não fazia muito sentido. Ela voltou a dizer que isso era algo meio difícil de ser explicado, mas que haveria algumas possibilidades de ter o fantasma de uma criança (ou de um bebê) em seu corpo.
Na parte final da entrevista, a apresentadora Holly Willoughby indagou Amethyst se essas experiências vivenciadas por ela não poderiam ter sido simplesmente fruto de uma paralisia do sono. Amethyst disse que não acreditava nessa possibilidade, e que seu primeiro fantasma costumava segui-la pela casa, sendo que nessas ocasiões ela tinha certeza que estava acordada enquanto caminhava. Curiosamente, essas relações íntimas nem sempre aconteciam em um mesmo cômodo, podendo ser em qualquer lugar da casa onde ela morava. No entanto, todos os casos teriam acontecido sempre na parte interna do imóvel.

Para encerrar, Amethyst disse esperava encontrar um "fantasma" com quem pudesse se estabelecer e passar o resto de sua vida juntos. Um tanto quanto exótico, não é mesmo?

A  Polêmica Gerada em Relação a uma Declaração do Apresentador Phillip Schofield Durante a Entrevista com Amethyst Realm


Conforme havia mencionado anteriormente, aparecer no programa "This Morning" sempre tem seu preço. Durante a entrevista o apresentador Phillip Schofield fez uma colocação um tanto quanto indelicada. Ao comentar sobre o número de parceiros "fantasmas", que Amethyst teria se relacionado, o mesmo disse: "I should imagine you have got quite a name for yourself in the spirit world. I would imagine they would be keen to visit you".

Conforme havia mencionado anteriormente, aparecer no programa "This Morning" sempre tem seu preço. Durante a entrevista o apresentador Phillip Schofield fez uma colocação um tanto quanto indelicada
A forma mais bondosa para traduzir essa frase seria: "Suponho que você tenha se tornado bem conhecida no mundo espiritual. Suponho que eles estejam interessados em visitá-la". Contudo, a maneira pela qual Phillip organizou sua frase beirou perigosamente um ponto bem delicado: a de taxar a entrevistada de "vagabunda" (ficou bem próximo disso). Nesse sentido, um usuário no Twitter (@Muranko29) chegou a fazer o seguinte comentário:
"Se ela tem relações íntimas com 20 fantasmas, as pessoas a chamam de vagabunda, mas por ser homem, se eu tiver relações íntimas com 20 fantasmas serei exaltado. Estou cansado desse tipo de tratamento diferenciado e isso é constrangedor"
Por outro lado, algumas pessoas ignoraram essa colocação de Phillip e se atentaram para alguns detalhes muito peculiares. Por exemplo, foi amplamente divulgado pela mídia britânica e internacional, que Amethyst tinha 27 anos. É possível encontrar essa idade em diversos veículos de comunicação, desde o "Bristol Post", passando pelo "Daily Mail", até chegar em sites como o "The Huffington Post" e o "NY Post". Uma vez que vídeo publicado no YouTube está claramente editado, não tenho certeza se a idade dela foi mencionada durante a entrevista no "This Morning". Se ela realmente alegou ter 27 anos ou não corrigiu os apresentadores em relação a sua idade, isso a tornaria noiva de alguém com apenas 15 anos de idade, algo bem estranho para os padrões britânicos, e suas experiências teriam começado quando era apenas uma adolescente.

"Se ela tem relações íntimas com 20 fantasmas, as pessoas a chamam de vagabunda, mas por ser homem, se eu tiver relações íntimas com 20 fantasmas serei exaltado. Estou cansado desse tipo de tratamento diferenciado e isso é constrangedor", disse o usuário "Muranko29"
Particularmente, notei alguns pontos que me fizeram duvidar um pouco da história contada por Amethyst, independentemente do conteúdo da mesma. Apesar de não saber se ela é destra ou não, me incomodou muito o fato de Amethyst quase sempre buscar alguma informação para ser respondida, olhando para cima e para o lado esquerdo. Se ela for destra temos uma claro indício que ela estava mentindo o tempo inteiro, criando respostas para perguntas e não buscando-as no passado, em algo que realmente tivesse acontecido da forma como ela alega. Também é possível notar diversas pausas, respostas vagas, e pouca congruência. Obviamente, não sou um especialista, mas ela é bem imprecisa na forma que conta sua história que, se não fosse pelos apresentadores, provavelmente haveria pouquíssima fluidez.

As Declarações de Amethyst Realm em uma Matéria Publicada no "Daily Mail" em 2015


Vocês se lembram que eu disse que Amethyst Realm havia aparecido juntamente com Sian Jameson em uma matéria publicada em 2015 pelo Daily Mail? Pois bem, na época, curiosamente, também foi apontado que ela tinha 27 anos, e que era uma "conselheira de orientação espiritual" da cidade de Bristol. Agora, reparem em suas declarações.

"Minha primeira vez com um fantasma foi há cerca de dez anos. Estava morando com um namorado em Hereford, e ele viajava muito a trabalho. Eu ficava sozinha e comecei a perceber que os objetos continuavam desaparecendo e depois reapareciam em nosso quarto de hóspedes. Pensei que estava enlouquecendo, mas depois percebi uma presença. Eu podia senti-la ao meu redor e foi muito reconfortante", disse Amethyst Realm.

Amethyst Realm havia aparecido juntamente com Sian Jameson
em uma matéria publicada em 2015 pelo Daily Mail
"Cerca de seis meses depois, meu namorado estava ausente e vi um coração desenhado na condensação na janela do quarto de hóspedes. Conforme fui me aproximando para olhar mais de perto, senti alguém vindo atrás de mim, colocando as mãos nos meus quadris e respirando suavemente no meu pescoço. Não era quente ou frio, apenas uma respiração suave, mas era agradável. Durou dois ou três segundos, depois desapareceu. Não conseguia ver e nem ouvir nada, mas eu sabia que alguém estava lá. De qualquer forma, não tive medo", continuou, acrescentando que, após algumas semanas, ela decidiu ir mais além.

"Acabei indo para cama mais cedo no quarto de hóspedes, vesti uma lingerie sensual e deitei na escuridão. Eu me senti meio doida e nervosa ao mesmo tempo. Depois de uma hora, nada aconteceu e pensei: 'Devo tê-lo assustado, fui muito precipitada'", continuou. Porém, quando ela começou a pegar no sono, algo aconteceu.

"Senti uma pressão em todo o meu corpo como se uma pessoa estivesse deitada em cima de mim, porém era mais leve e suave do que um ser humano. Não era parecido com nada que já tinha experimentado antes. Sei o quão bizarro isso soa, mas foi real. Foi diferente ter relações íntimas com um homem e, depois disso, dormi melhor do que já havia dormido em anos. Quando acordei, sabia que não tinha sido um sonho. Não me sentia culpada em relação a traição, porque tudo foi muito natural", completou. Assim sendo, ela alegou que teria começado a ter um caso com seu fantasma.

"Tivemos duas ou três relações por dia. Nunca nos falamos e nunca o vi, mas tivemos uma grande conexão emocional", acrescentou. Porém, o relacionamento com seu noivo começou a se desgastar, e finalmente terminou, quando ele quase flagrou Amethyst e seu amante fantasmagórico.

"Ele viu a sombra de um homem através das cortinas, quando ele chegou em casa. Ele entrou correndo e gritando: 'Onde ele está?'. Ele começou a procurar por outro homem dentro do quarto, e senti que tinha que lhe dizer a verdade. Meu noivo saiu correndo de casa, em estado de choque e completamente pálido. Nunca mais o vi desde então. Na verdade, eu fiquei com ciúmes de que meu fantasma havia se tornado visível para ele", continuou.

"Tivemos duas ou três relações por dia. Nunca nos falamos e nunca o vi, mas tivemos uma grande conexão emocional", acrescentou. Porém, o relacionamento com seu noivo começou a se desgastar, e finalmente terminou, quando ele quase flagrou Amethyst e seu amante fantasmagórico (a imagem acima é meramente ilustrativa).
Amethyst Realm disse que o relacionamento com seu fantasma durou cerca de três anos antes do mesmo desaparecer. Desde então, ela teria tido 20 amantes fantasmagóricos (eis a razão para o número 20), e fica mais constrangida em relação a essa quantidade de "parceiros", do que o fato de que seus amantes estavam todos mortos. Aliás, na matéria realizada em 2015, Amethyst Realm era a única que não havia voltado a ter um relacionamento com pessoas de carne e osso, algo que aparentemente não teria mudado desde então.

De qualquer forma, essas novas informações levantam perguntas que nunca foram feitas para Amethyst. Por exemplo, ela alega que o relacionamento amoroso com o primeiro "fantasma" teria durado cerca de 3 anos. Onde ela estava durante todo esse tempo? O "fantasma" teria lhe acompanhado independente da casa onde ela estivesse morando? Além disso, ela também diz que tinha um namorado e ao mesmo tempo noivo com cerca de 15 anos idade, porém se voltarmos na matéria de dois anos atrás, ela teria tido um noivo com cerca de 17 anos, embora a idade alegada fosse a mesma. Resumindo? Sua história é muito confusa e, na melhor das hipóteses, sugere apenas algum tipo de alucinação ou até mesmo paralisia do sono, conforme apontado por especialistas na matéria sobre Sian Jameson. A grande realidade sobre esses casos envolvendo relações íntimas e supostos fantasmas é que cada caso deve ser realmente analisado criteriosamente e de forma individual, porém dificilmente você não irá notar certas semelhanças que podem ser facilmente explicadas pela ciência.

Conforme sempre digo a vocês, não basta contar uma história e fazer as pessoas a engolirem simplesmente por acreditar em algo. Acreditar e contar histórias é uma coisa, pesquisar e analisar um contexto muito mais amplo é totalmente outra.

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://www.bristolpost.co.uk/news/bristol-news/bristol-woman-who-cheated-fianc-892048
https://nypost.com/2017/12/08/woman-slut-shamed-for-having-sex-with-20-ghosts/
http://www.dailymail.co.uk/femail/article-5155431/Woman-prefers-sex-GHOSTS-men.html
https://www.itv.com/thismorning/hot-topics/amethyst-realm-sex-with-ghosts
http://www.dailymail.co.uk/femail/article-3317895/The-women-say-ve-affairs-GHOSTS-not-mad-respectable-twenty-somethings-say-spooks-better-lovers-real-men.html
http://www.huffpostbrasil.com/entry/amethyst-realm-ghost-sex_us_5a29a1e7e4b03ece03010f83
Comentários