9 de outubro de 2017

Conheça 5 Entidades Fantasmagóricas ou Demoníacas que são Famosas por Supostamente Assombrar os Banheiros, no Japão!


Por Marco Faustino

Há quanto tempo não falávamos sobre a Terra do Sol Nascente! Acredito que a última vez tenha sido quando falamos sobre um um cemitério onde a paz, a tranquilidade e o bem-estar simplesmente reina em meio aos mortos. Um local que, segundo a tradição local, não existe morte, apenas uma longa fila de almas aguardando pela chegada de Maitreya, chamado popularmente de "Buda do Futuro" (também chamado de "Miroku Bosatsu", o Salvador). No Extremo Oriente, a chegada do Maitreya está associada ao início de uma nova era, na qual o mundo será transformado em um paraíso, onde os bons e os maus serão julgados. O nome do lugar? "Okunoin", o maior cemitério do Japão. Um lugar repleto de histórias, crenças e que abriga as almas de 200.000 monges! Esse cemitério fica localizado em Monte Koya (também conhecido como "Koyasan"), basicamente na sede do Budismo Shingon, que por sua vez é uma das maiores escolas budistas japonesas, sendo um dos ramos do budismo Vajrayana juntamente com o budismo tibetano, e popularmente chamado de "budismo esotérico japonês". Aliás a palavra "shingon" é a leitura japonesa dos kanji para a palavra chinesa "zhen yan", literalmente significando "palavra verdadeira", que por sua vez é a tradução chinesa da palavra sânscrita "mantra". O cemitério está situado a 800 metros de altura em meio à floresta do monte Kii, que também abriga a rota de Kumano Kodo (uma espécie de "Caminho de Santiago", no Japão). Sem dúvida alguma, vale muito a pena conferir aquela matéria (leia mais: Conheça o Cemitério Okunoin: O Maior Cemitério do Japão! Um Local Repleto de Crenças e que Abriga as Almas de 200.000 Monges!).

Agora, resolvi trazer ao conhecimento de vocês uma pequena lista de "entidades fantasmagóricas", que são conhecidas por supostamente assombrar os banheiros, no Japão. Aqui no Brasil, por exemplo, quem nunca ouviu falar sobre a "Loira do Banheiro"? Existem muitas versões dessa mesma lenda, mas se fôssemos resumir todas, poderíamos dizer que a a lenda se baseia em uma menina loira muito bela, que vivia matando aula dentro do banheiro da escola. Certo dia ela, estava matando aula e, de alguma maneira, ela caiu, bateu a cabeça e morreu. Desde então, os banheiros femininos das escolas ficaram assombrados, de modo que se uma pessoa chamar o seu nome três vezes em frente o espelho a loira do banheiro apareceria (em algumas versões a aluna precisaria chutar 3 vezes a porta do banheiro; dar descarga 3 vezes seguidas em qualquer vaso sanitário; ir para a última porta do banheiro e dar 3 descargas seguidas; entrar em uma cabine do banheiro, trancar a porta, sentar no vaso sanitário e dar 3 descargas; ou então bater a porta 3 vezes, dar descarga 3 vezes, abrir e fechar a torneira 3 vezes e falar 3 palavrões! Ufa, quanta coisa!). Contudo, as lendas japonesas sempre figuram entre as mais assustadoras do mundo e isso não seria diferente em relação a meros banheiros! Será uma lista bem rápida para vocês possam acompanhar sem maiores dificuldades! Vamos saber mais sobre esse assunto?

Uma Rápida Introdução a Lista das Cinco Entidades Fantasmagóricas que Assombram os Banheiros Japoneses!


Assim como qualquer fã de filmes de terror pode atestar, um simples banheiro pode ser ou se tornar um lugar assustador. Desde a assustadora cena do chuveiro do filme "Psicose", protagonizada pela atriz norte-americana Janet Leigh, o mundo do cinema foi invadido por cenas genuinamente tensas em relação aos banheiros. Contudo, quando se trata de conjurar as mais terríveis entidades em nossos momentos mais particulares, por assim dizer, ninguém bate o Japão! No folclore japonês existe uma série de espíritos ou criaturas, que supostamente assombram os banheiros. Alguns surgem de dentro das cabines, enquanto outros sussurram através de suas divisões. Cada um tem sua própria história um tanto quanto sombria, e um comportamento bem particular, mas todos compartilham algo em comum: o banheiro.

"O banheiro é uma espécie de espaço incomum em uma casa, escola ou onde quer que seja", disse Michael Dylan Foster, autor de "The Book of Yôkai: Mysterious Creatures of Japanese Folklore", um livro que aborda criaturas misteriosas do folclore japonês. Michael descreve os banheiros como espaços de transição, uma vez que conectariam o mundo normal, ou seja, do nosso cotidiano, a um reino completamente diferente, isto é, o esgoto.

"O banheiro é uma espécie de espaço incomum em uma casa, escola ou onde quer que seja", disse Michael Dylan Foster, autor de "The Book of Yôkai: Mysterious Creatures of Japanese Folklore", um livro que aborda criaturas misteriosas do folclore japonês
"Nesse sentido, o banheiro é um lugar de transição, sendo que o vaso sanitário em particular seria um portal para um outro mundo misterioso. Muito embora tenhamos o hábito de geralmente dar descarga, não parece tão surpreendente que algo misterioso acabe surgindo a partir de um vaso sanitário", completou. Uma estranha mão que apareça por baixo da cabine de um banheiro é apenas uma das coisas possíveis de acontecer, quando estamos no Japão! Assim sendo, vamos a nossa pequena lista!

5. Toire no Hanako-san: A Versão Japonesa e Bem Mais Sombria da "Loira do Banheiro"


"Hanako-san" ou "Toire no Hanako-san" ("Hanako do Banheiro", em português) é uma lenda urbana japonesa sobre o espírito de uma jovem, que assombra os banheiros das escolas. Ela supostamente aparece, quando alguém fala seu nome. Sua origem, no entanto, assim como toda lenda, varia de acordo com a fonte consultada.

"Hanako-san" ou "Toire no Hanako-san" ("Hanako do Banheiro", em português) é uma lenda urbana japonesa sobre o espírito de uma jovem, que assombra os banheiros das escolas
Alguns dizem que ela é o fantasma de uma menina morta durante uma incursão aérea na Segunda Guerra Mundial, enquanto outros dizem que ela foi assassinada por um pai psicótico ou pervertido. De acordo com a lenda, existiriam duas formas básicas de invocá-la:
  • Você poderia simplesmente chamá-la pelo nome, cerca de três vezes, e ela normalmente aparecerá para você na terceira cabine de algum banheiro feminino;
  • Você precisaria ir na terceira cabine do banheiro feminino localizado no terceiro andar de uma escola (caso a escola não tenha um terceiro andar, qualquer um serviria, mas se tiver escolha o do terceiro andar), e bater cerca de três vezes na porta. Então, você teria que perguntar: "Anata wa, Hanako-San, ga arimasu?" (algo que poderia ser traduzido como "Hanako-San, você está aí?"). É possível que ela não esteja ou então responda com uma voz bem fraca: "Watashi no koko ni iru ya" ("Sim, eu estou" ou algo bem parecido com isso). Nesse momento, você poderia optar em abrir a porta ou sair correndo. Ao abrir, no entanto, você seria saudado por uma garotinha com uma saia vermelha e cabelos negros. Contudo, ela não será nada amigável, e provavelmente afogará você no vaso sanitário até você dar seu último suspiro.
"Toire no Hanako-san" é uma lenda urbana muito popular e difundida no Japão, muitas vezes utilizada como desafio entre crianças nas escolas ou até uma espécie de trote em relação aos estudantes recém-chegados. Resumindo, é bem semelhante as lendas conhecidas como "Bloody Mary" ou a famosa "Loira do Banheiro".

"Toire no Hanako-san" é uma lenda urbana muito popular e difundida no Japão, muitas vezes utilizada como desafio entre crianças nas escolas ou até uma espécie de trote em relação aos estudantes recém-chegados. Resumindo, é bem semelhante as lendas conhecidas como "Bloody Mary" ou a famosa "Loira do Banheiro".
Dependendo da escola ou da região que a pessoa estiver no Japão, suas origens e comportamentos podem variar, assim como sua aparência física. Conforme dissemos anteriormente, geralmente ela aparece na forma de uma menina de cabelos negros e saia vermelha, porém nas escolas da prefeitura de Yamagata, por exemplo, conta-se que após Hanako-san responder, o(a) aluno(a) ao abrir a porta irá se deparar com um lagarto de três cabeças, que é capaz de imitar a voz de uma criança (obviamente, o estudante será devorado pelo lagarto).

Na prefeitura de Iwate, a lenda conta que uma mão branca aparece por cima ou por baixo da porta. Já na prefeitura de Kanagawa, uma mão manchada de sangue aparecerá depois que Hanako-san for chamada.

Versão da lenda criada pela fotógrafa Sammi Sparke, no qual um grupo de garotas tenta entrar em contato com o espírito de Hanako-san em uma noite na própria escola onde estudam. Elas utilizam uma tábua Ouija, e o espírito avisa que quer conhecer uma das participantes
Obviamente a situação sai do controle e Hanako-san aparece por cima da cabine do banheiro feminino...
...perseguindo a personagem principal que tenta fugir desesperadamente.
Ao final, a personagem não consegue escapar de Hanako-san.
Apesar da lenda ter ganhado muita força na década de 1980, acredita-se que a mesma remonte a década de 1950, quando o nome Hanaki era um nome feminino muito popular. A situação chegou ao ponto de se tornar um fenômeno nacional, quando as crianças passaram a evitar de ir nos banheiros das escolas, e diziam que viam a Hanako nos pátios durante o intervalo.

Para piorar, houve muitos casos de desaparecimento de pessoas, quando a história sobre Hanako se tornou popular na década de 1980. Confira, por exemplo, o trailer do filme "Toire no Hanako-san: Shin Gekijôban", de 2013, em um canal de terceiros no YouTube (em japonês, mas vale a pena acompanhar):



Assim como trailer do filme "Toire no Hanako-san Shinshō – Hanako vs Yōsuke", que foi lançado no ano passado, também em canal de terceiros, no YouTube (em japonês, mas vale a pena acompanhar):



De qualquer forma, é apenas uma lenda urbana, quer dizer, pelo menos é isso que dizem! Aliás, Hanako já apareceu em inúmeros animes e programas de televisão, sendo praticamente uma "estrela". Segundo Michael Foster, a lenda é bem conhecida porque é essencialmente uma lenda urbana associada a todas as escolas no Japão. Desde a década de 1990, Hanako também começou a aparecer em filmes, então tornou-se parte da cultura popular, não se limitando apenas a ser transmitida oralmente através do folclore local.

4. Kashima Reiko: A Menina que Procura por Suas Próprias Pernas nos Banheiros Japoneses!


Hanako não é a única jovem, que assombra os banheiros do Japão. Existe uma outra lenda de uma jovem chamada Kashima Reiko, que é o fantasma de uma menina que morreu, quando suas pernas foram cortadas por um trem (essa lenda é bem similar a uma outra chamada "Teke Teke").

Hanako não é a única jovem que assombra os banheiros do Japão. Existe uma outra lenda de uma jovem chamada Kashima Reiko, que é o fantasma de uma menina que morreu, quando suas pernas foram cortadas por um trem (essa lenda é bem similar a uma outra chamada "Teke Teke").
Em uma das versões mais populares dessa lenda, conta-se que Kashima Reiko é o fantasma de uma mulher que morava na ilha de Hokkaido, no Japão. Certa noite, ela teria sido atacada por um grupo de homens, que bateram nela e a violentaram, deixando-a no chão para morrer. Ela tentou pedir ajuda, mas ninguém a ouviu. Ao tentar encontrar alguém para ajudá-la, ela se arrastou em direção a uma linha de trem, mas ficou tão exausta que acabou caindo sobre a mesma, inconsciente. Para seu azar, um trem acabou passando, cortando-a ao meio, na altura da cintura, e posteriormente matando-a. Desde então, o fantasma vingativo (onryō) de Kashima Reiko vaga pelo mundo, procurando por suas pernas.

Geralmente, Kashima Reiko é encontrada principalmente nos banheiros as escolas japonesas, mas também pode aparecer no seu banheiro, na calada da noite. Isso porque algumas fontes mencionam que ela costuma aparecer no banheiro das pessoas, que tomam conhecimento da sua lenda, dentro de um mês. Portanto, uma vez que você já conhece boa parte de sua lenda, provavelmente ela também irá aparecer para você!

Algumas fontes mencionam que ela costuma aparecer no banheiro das pessoas, que tomam conhecimento da sua lenda, dentro de um mês. Portanto, uma vez que você já conhece boa parte de sua lenda, provavelmente ela também irá aparecer para você!
Contudo, fique calmo(a) que existem algumas formas de escapar do seu ataque:
  • Se você entrar no banheiro e se deparar com a Kashima Reiko, ela irá lhe fazer algumas perguntas. Se você não respondê-las corretamente, ela irá cortar as suas pernas. Se ela perguntar "Onde estão minhas pernas?", a resposta certa é: "Na Via Expressa Meishin". Então ela irá perguntar "Quem disse isso a você?", e você deve responder "Kashima Reiko me disse isso";
  • Algumas vezes ela pode tentar fazer uma espécie de "pegadinha". Se ela perguntar "Você conhece o meu nome?", não diga "Kashima", caso contrário ela irá matar você. A resposta certa é "Máscara Morte Demônio". Pode parecer estranho, mas essa é uma outra forma de dizer Kashima. Isso porque Ka = Kamen ("Máscara"), Shi = Shinin ("Morte" / "Pessoa Morta") e Ma ("Demônio").
  • Se você usar o banheiro na calada da noite, você poderá escutar a voz dela perguntando "Você precisa da sua perna direita?", e você deve dizer "Eu preciso". Em seguida a voz perguntará: "Você precisa da sua perna esquerda?", você deve responder novamente "Eu preciso". Finalmente, a voz irá perguntar: "Quem contou para você sobre mim?", e você deve dizer "Reiko Kashima". Nesse ponto a lenda se torna uma corrente, visto que dizem que você precisa contar essa história para outras cinco pessoas em três dias, caso contrário Kashima Reiko irá aparecer para arrancar as suas pernas, ou seja, perpetua a história.
  • Para completar, uma mulher chamada Kashima pode aparecer nos seus sonhos perguntando se você precisa das suas pernas, e você deve responder que precisa delas. Assim que ela perguntar como você ficou sabendo dela, você deve repetir a frase "Máscara Morte Demônio". Já outras versões dizem que se você repetir "Kashima-sama" cerca de três vezes, o fantasma irá desaparecer.
Curiosamente, é bem interessante notar como os japoneses são educados até mesmo na hora de conversar com entidades fantasmagóricas, porque tenho certeza que muitos de vocês correriam enlouquecidamente ao se depararem com algo assim ou dariam umas belas vassouradas!

3. Aka Manto: O Belo Mascarado que Mata Suas Vítimas Sem Piedade


Nem sempre as entidades que assombram os banheiros japoneses são figuras femininas. Uma das entidades fantasmagóricas mais aterrorizantes dos banheiros de escolas públicas japonesas é o Aka Manto ("Capa Vermelha", em português). Algumas vezes o mesmo é chamado por Aoi Manto ("Capa Azul") ou até mesmo de "Akai-Kami-Aoi-Kami" ("Papel vermelho, Papel Azul"), esse espírito moderno, por assim dizer, aparenta ser uma pessoa coberta por uma capa e um capuz, além de usar uma máscara que esconde um rosto irresistivelmente bonito. Contudo, não se deixe enganar, porque ele é um espírito malicioso, que mata as pessoas em banheiros públicos ou escolares, ao perguntar se elas querem um papel vermelho ou um papel azul. Em algumas versões, essa entidade irá perguntar se a pessoa quer uma capa vermelha ou azul.

Não se deixe enganar, porque ele é um espírito malicioso, que mata as pessoas em banheiros públicos ou escolares, ao perguntar se elas querem um papel vermelho ou um papel azul.
Como sempre, dependendo da fonte consultada, existe uma origem diferente para explicar o "Aka Manto". Em uma das versões é mencionado que o mesmo era um jovem tão bonito, que qualquer menina imediatamente se apaixonava por ele. Ele era tão maravilhosamente belo, que as meninas desmaiavam ao olhar para ele. Sua beleza era tão estonteante, que ele precisava esconder seu rosto atrás de uma máscara branca. Em um determinado momento, no entanto, ele teria sequestrado uma linda jovem, e nunca mais teria sido visto desde então. Quer dizer, não se você estiver no banheiro e diante de algumas situações bem particulares.

Como sempre, dependendo da fonte consultada, existe uma origem diferente para explicar o "Aka Manto". Em uma das versões é mencionado que o mesmo era um jovem tão bonito, que qualquer menina imediatamente se apaixonava por ele
Se você estiver sentado em um vaso sanitário (geralmente pertencente a última cabine), uma voz poderá ecoar no banheiro e perguntar se você quer um papel vermelho ou azul. Se você disser que deseja o papel vermelho, você será cortado até que suas roupas fiquem vermelhas. E disser que quer o azul, você será estrangulado até que seu rosto fique azul. Se você escolher qualquer outra cor, o Aka Manto irá arrastá-lo até o Inferno. A única maneira de fazê-lo deixar em paz seria dizendo "nenhum papel".

Algumas versões dizem que esse homem mascarado aparece usando uma capa azul, e acaba perguntando a pessoa se ela deseja uma capa vermelha ou azul. Se você disser vermelha, a pele das suas costas será arrancada para representar uma capa vermelha. Se disser azul, todo o sangue do seu corpo será drenado. Simples assim. Alguns usuários no YouTube, de forma muito criativa, já tentaram encenar como seria o encontro do Aka Manto com sua vítima, assim como vocês pode conferir abaixo, em um canal de terceiros:



Existe até mesmo uma "história de terror", que se conta sobre o Aka Manto. Conta-se que, certa vez, uma jovem menina ouviu uma voz vindo ao lado da cabine do banheiro onde estava, dizendo "Devemos usar o vestido vermelho?". Ela ficou tão assustada, que chegou a fugir com suas calças jeans ao redor dos seus tornozelos. Ela contou a sua professora o que tinha ouvido, e a polícia foi chamada. Assim sendo, uma policial entrou no banheiro feminino, enquanto seu parceiro esperava do lado de fora. A policial teria ouvido a mesma voz e a mesma pergunta foi feita para ela. Dessa vez, no entanto, a policial teria respondido "Certo, coloque-o!" De repente, um grito muito alto foi ouvido, seguido de uma batida. Quando o parceiro abriu a porta do banheiro, ele encontrou a policial morta e decapitada no chão. Aliás, suas roupas estavam cobertas de tanto sangue, que parecia que ela estava vestindo uma roupa avermelhada. Não fiquem tão impressionados, é apenas uma lenda.

Existem algumas outras versões, que envolvem uma mão sangrenta surgindo por debaixo da cabine de um banheiro e tentando puxar as pessoas para dentro do mesmo, mãos fantasmagóricas tentando agarrar e sufocar as pessoas até a morte etc. Na versão mais inusitada da lenda, conta-se que se você responder "Amarelo", o Aka Manto colocará sua cabeça no vaso sanitário e o forçará a sentir o odor da sua própria urina! De qualquer forma, é melhor não escolher nenhum papel!

2. Kappa: Uma Criatura Sobrenatural que Também Gosta de Visitar Banheiros


O kappa é um yōkai, ou seja, uma classe de criaturas sobrenaturais do folclore japonês com índole demoníaca ou malvada. Suas "brincadeiras" variam bastante e vão desde algo teoricamente inocente como apenas observar mulheres em seus quimonos até atos bem perversos tais como afogar pessoas e animais em rios e lagos, sequestrar crianças, violentar mulheres e, às vezes, comer carne humana.

Uma vez que são criaturas aquáticas, o kappa costumava ser culpado por afogamentos, e muitas vezes diziam, que ele tentava atrair pessoas para a água, e arrastá-las devido sua grande habilidade em lutar. Ainda hoje, sinais de alerta sobre a eventual presença de um kappa aparecem em corpos de água em algumas cidades e vilarejos japoneses.

Uma vez que são criaturas aquáticas, o kappa costumava ser culpado por afogamentos, e muitas vezes diziam, que ele tentava atrair pessoas para a água, e arrastá-las devido sua grande habilidade em lutar. Ainda hoje, sinais de alerta sobre a eventual presença de um kappa aparecem em corpos de água em algumas cidades e vilarejos japoneses.
Algumas pessoas dizem que essa lenda é baseada na salamandra gigante japonesa, uma salamandra agressiva que agarra sua presa com seus poderosos maxilares. Já outras alegam que a lenda se baseia em avistamentos históricos da lontra-de-rio-japonesa, atualmente considerada como uma espécie extinta, que eram conhecidas por ficarem em pé.

Assim sendo, em uma determinada distância, uma pessoa bêbada, assustada ou alucinada poderia pensar que estivesse vendo uma entidade humanoide, não um animal selvagem. Isso porque o kappa é tipicamente retratado como se fosse uma criatura humanoide do tamanho de uma criança. Sua pele escamosa e reptiliana também varia da cor verde ao amarelo ou azul. De qualquer forma, o kappa também poderia ser encontrado em banheiros.

O kappa é tipicamente retratado como se fosse uma criatura humanoide do tamanho de uma criança. Sua pele escamosa e reptiliana também varia da cor verde ao amarelo ou azul. De qualquer forma, o kappa também poderia ser encontrado em banheiros.
"Embora não seja exatamente creditado como um espírito que assombre os banheiros, visto que é geralmente uma criatura associada à agua - normalmente rios ou lagoas - há muitas lendas em que o kappa aparece em um anexo sanitário ou casa de banho, onde intimida e incomoda as pessoas (especialmente as mulheres)", mencionou Michael Foster.

1. Akaname: Uma Criatura Sobrenatural de Hábitos Bem Estranhos


O akaname é mais um yōkai, que foi representado no livro "Gazu Hyakki Yagyō", do famoso artista japonês Toriyama Sekien, publicado no ano de 1776. O significado do seu nome é bem peculiar, sendo que há uma referência direta ao seu comportamento, visto que o mesmo deriva da junção das palavras "aka" ("sujeira") e "name" ("lambedor"). E se você ainda estiver tentando adivinhar qual seja o seu comportamento, é exatamente isso que está pensando: esse pequeno ser, metade humano e metade goblin (uma espécie de "duende maléfico"), gosta de lamber banheiros sujos!

O akaname é mais um yōkai, que foi representado no livro Gazu Hyakki Yagyō, do famoso artista japonês Toriyama Sekien, publicado no ano de 1776. O significado do seu nome é bem peculiar, sendo que há uma referência direta ao seu comportamento, visto que o mesmo deriva da junção das palavras "aka" ("sujeira") e "name" ("lambedor")
Acredita-se que o akaname seja, na verdade, uma variante de um yōkai chamado "akaneburi", que foi representado no livro "Kokon Hyakumonogatari Hyōban", de 1686 (durante o período Edo), visto que segundo esse mesmo livro, o akaneburi era um monstro que vivia em antigas casas de banho e espreitava casas em péssimo estado de conservação. Naqueles tempos, acreditava-se que os peixes nasciam da água, e os piolhos nasceram da sujeira. Assim sendo, a compreensão era que todas as coisas consumiam o material que os englobava. Portanto, o "akaneburi" se tornou aquele que podia se transformar a partir do ar dos locais que acumulavam poeira e resquícios de materiais, ou seja, sobrevivia ao comer a sujeira dos lugares.

Essa criatura sobrenatural habitaria principalmente as casas ou os banheiros públicos mais sujos e possui o tamanho de uma criança ou um adulto pequeno, embora geralmente pareça muito menor devido a sua postura quase sempre agachada ou rastejante. A mesma também possuiria uma longa língua que lhe permitiria lamber todos os cantos necessários de um banheiro. Apesar de aparentemente inofensivo, o akaname sempre foi representado de uma forma bem assustadora. Antigamente contava-se, que as pessoas trabalhavam arduamente para garantir que as casas de banho e banheiros fossem devidamente limpos para evitar a visita de tais criaturas.

Essa criatura sobrenatural habitaria principalmente as casas ou os banheiros públicos mais sujos e possui o tamanho de uma criança ou um adulto pequeno, embora geralmente pareça muito menor devido a sua postura quase sempre agachada ou rastejante

A mesma também possuiria uma longa língua que lhe permitiria lamber todos os cantos necessários de um banheiro. Apesar de aparentemente inofensivo, o akaname sempre foi representado de uma forma bem assustadora.
Apesar de ninguém nunca ter realmente visto um akaname, acredita-se que tais criaturas tenham o rosto ou a pele completamente avermelhadas. Além disso, a ideia de "sujeira" também leva a outras conotações tais como "impurezas", "depravações", "pecados" e "desejos humanos". Isso leva a crer que a representatividade do akaname não fosse apenas uma lição para manter os banheiros limpos, mas também para evitar que as pessoas se tornassem impuras. De qualquer forma, o akaname é considerado tímido e evita ao máximo aparecer para as pessoas, escondendo-se da luz assim como insetos noturnos fazem. Resumindo? Para evitar um akaname, mantenha sempre seu banheiro limpo, principalmente se estiver no Japão!

Enfim, AssombradOs! Espero que tenham gostado dessa pequena listinha de entidades fantasmagóricas ou de caráter demoníaco do folclore japonês, que costumam assombrar os banheiros! Geralmente não abordo lendas, visto que prefiro abordar temas onde haja realmente uma boa e autêntica história onde prevaleça o aspecto humano dentro do mundo paranormal / sobrenatural. Porém, de vez em quando é bom diversificar um pouco conteúdo, e essa talvez tenha sido uma tentativa de fazer isso. Contudo, não se preocupem, porque os conteúdos mais aprofundados continuarão sendo publicados como sempre foram!

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://sammisparke.blogspot.com.br/2014_10_01_archive.html

http://www.atlasobscura.com/articles/japans-bathroom-ghosts
http://www.scaryforkids.com/kashima-reiko/
http://www.scaryforkids.com/red-cloak/
http://yokai.com/akaname/
https://en.wikipedia.org/wiki/Akaname
https://en.wikipedia.org/wiki/Hanako-san
https://en.wikipedia.org/wiki/Kappa_(folklore)
https://en.wikipedia.org/wiki/Teke_Teke
https://www.wattpad.com/265950233-scary-japanese-urban-legends-kashima-reiko
https://www.wattpad.com/35680712-japanese-horror-stories-toire-no-hanako-san
https://www.wattpad.com/56314132-japanese-urban-legends-aka-manto-red-cape
Comentários