28 de agosto de 2017

Um "Fantasma" Teria Sido Flagrado Por uma Câmera de Segurança de uma Família da Cidade de Clovis, nos Estados Unidos?


Por Marco Faustino

Acredito que essa seja a quarta vez consecutiva que abordo casos de supostos "fantasmas" ao redor do mundo. Provavelmente, vocês nunca me viram comentando tantos casos seguidos antes, visto que sempre prefiro casos mais substanciais, e não essa viralização desenfreada que geralmente acontece por aí. Contudo, sempre que existe um caso interessante a ser contado, que agregue algum conteúdo (nem que seja em "ampliar o horizonte" de vocês em relação a escassa informação que propagam), e que também não faça vocês perderem tempo com algo raso e que seja uma afronta a inteligência coletiva, acho válido e digno que seja feito algo mais robusto para que tenham a exata noção do que é divulgado, e que geralmente chega distorcido até os olhos de vocês. Nesse meio tempo já me deparei com situações e comentários muito inusitados. Por exemplo, certa vez li uma pessoa reclamando que os casos eram muito investigados, e que isso acabava com o mistério, porque a farsa acabava sendo revelada. Bem, não existe nenhum mistério quando você é enganado. Isso porque obter, para si ou para outrem, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil, ou qualquer outro meio fraudulento tem um significado muito claro juridicamente falando: chama-se estelionato. Portanto, alguns casos podem até ser inocentes, mas em outros existe uma clara "indústria lucrativa" que se vale da sua crença e inocência para prosperar. Minha principal função não é combater essa "indústria", mas ampliar o horizonte de vocês com a melhor arma que tenho disponível e que já foi criada até hoje: a informação.

Talvez isso tenha ficado bem claro nas três postagens anteriores, quando abordei o caso da versão irlandesa da Annabelle, da suposta casa assombrada no vilarejo de Melbourn, na Inglaterra, do suposto aparamento assombrado de um morador de Nova York, nos Estados Unidos e, finalmente, daquela suposto fantasma que teria aparecido na vidraça de um hotel considerado mal-assombrado na cidade de La Falda, na Argentina. Vocês acompanharam cada um dos casos? Se não acompanhou, coloque-os em dia, porque sem dúvida alguma vale muito a pena. Cada um dos casos foi amplamente pesquisado e pude trazer uma qualidade de informação, que vocês não irão encontrar em nenhum outro lugar, ainda mais em português (leiam mais: O Suposto "Fantasma" de uma Criança Teria Aparecido na Janela de um Hotel Considerado "Mal-AssombradO" em La Falda, na Argentina? || Apartamento AssombradO? Homem Alega que o Espírito de um Menino Quer Matá-lo em seu Apartamento em Nova York, nos Estados Unidos! || Conheça a "Annabelle Irlandesa" e um Outro Caso Envolvendo uma Suposta "Casa Assombrada" no Vilarejo de Melbourn, no Reino Unido!).

Agora, vou trazer ao conhecimento de vocês um caso relativamente bem simples, mas que vem gerando uma grande discussão lá nos Estados Unidos. É o caso de uma família na cidade de Clovis, no estado norte-americano do Novo México, que alega ter filmado o que eles acreditam ser um "fantasma" a partir de uma câmera de segurança que estava filmando continuamente a parte externa e frontal da casa. O caso foi divulgado localmente, mas rapidamente teve uma grande propagação em centenas de sites de notícias norte-americanos e internacionais. Posso garantir a vocês que é uma filmagem muito interessante, porém será mesmo que se trata de um "fantasma"? Será mesmo que tudo aconteceu conforme a família vem alegando? Vamos saber mais sobre esse assunto?

Entenda o Caso: A Divulgação da História Por Parte de uma Emissora Local de TV


Toda essa história começou a ser divulgada através de uma reportagem que foi veiculada pela KRQE, uma emissora de TV afiliada da CBS (muito embora também retransmita o conteúdo da FOX, através de um subcanal digital) em Albuquerque, no Novo México, no dia 23 de agosto desse ano. A reportagem foi conduzida por uma jornalista recém-formada chamada Allison Martinez, cujo perfil indica que ela possui bacharelado em "Jornalismo Multimídia" pela Universidade do Sul da Geórgia.

Enquanto frequentava a universidade, Allison Martinez também fez estágio na WTOC, uma emissora de TV também afiliada da CBS, na cidade de Savannah, no estado norte-americano da Geórgia, onde aprendeu os prós e contras da sala de redação e a trabalhar como um verdadeira jornalista multimídia. Após se formar no início desse ano (entre os meses de março e maio), Allison aceitou o cargo de repórter do escritório da KRQE, em Roswell, onde ela cobre os acontecimentos na região sudeste do estado do Novo México.

Confira a reportagem da Allison Martinez logo abaixo, que foi publicada no próprio canal da KRQE, no YouTube (em inglês, mas não se preocupem, irei dissecá-la para vocês):



Inicialmente, a âncora do KRQE News 13, Kim Vallez, mencionou que uma família da cidade norte-americana de Clovis teve seu jantar interrompido por um convidado inesperado, e que eles acreditavam que não fosse desse mundo.

Aliás, quem tinha maiores informações era justamente a repórter Allison Martinez, que começou dizendo que aquela era uma visão assustadora e incomum. Segundo ela, a família Hernandez tinha visto algo que não conseguia explicar, e que tinha sido registrado pelas câmeras do seu sistema de segurança residencial.

Inicialmente, a apresentadora do KRQE News 13, Kim Vallez, mencionou que uma família da cidade de Clovis teve seu jantar interrompido por um convidado inesperado, e que eles acreditavam que não fosse desse mundo
"Assim que vi, fiquei arrepiada... Nunca tinha visto nada assim antes. Aconteceu do meu marido olhar exatamente quando a imagem surgiu na tela", disse Breanna Hernandez (na reportagem ela é creditada como Brianna Gallegos), alegando que originalmente não havia visto a imagem.

"Assim que vi, fiquei arrepiada... Nunca tinha visto nada assim antes. Aconteceu do meu marido olhar exatamente quando a imagem surgiu na tela", disse Breanna Hernandez (na reportagem ela é creditada como Brianna Gallegos).
"Meu marido viu e ele meio que se perguntou, aquilo era uma pessoa? E então nós ficamos meio que 'não, não, não, isso não podia ter sido uma pessoa', então olhamos novamente a gravação", continuou Breanna. Segundo a repórter, eles viram a imagem durante o jantar, na terça-feira passada (22) durante a noite. Era algo que se parecia com uma pessoa, só que de outro mundo. A explicação do casal? Aquilo era um fantasma.

O marido de Breanna, cujo nome não é citado na reportagem, de repente olha para a tela da TV, que está transmitindoa imagem da câmera externa e frontal da residência, exatamente em 21:24:33
O marido de Brianna se levanta exatamente cinco segundos depois, em 21:24:38

Segundo a repórter, o casal viu a imagem durante o jantar, na terça-feira passada (22) no período da noite. Era algo que se parecia com uma pessoa, só que de outro mundo. A explicação do casal? Aquilo era um fantasma.
"Esse é definitivamente mais brilhante. Você pode vê-lo inteiro (100%), e pode notar o movimento tanto dos braços quanto das pernas se movendo juntamente com o corpo conforme o mesmo passa", completou Breanna, acrescentando que a casa onde moram tinha um certo histórico. Antes de se mudarem, ela teria conversado com um homem que conhecia bem a propriedade.

Imagem da câmera de segurança do casal Hernandez com destaque para o que eles acreditam se tratar de um fantasma
Imagem levemente ampliada da câmera de segurança do casal Hernandez
"Ele disse que há muitos anos, seu tio tinha uma casa nesse mesmo terreno, e que seu tio tinha falecido", finalizou. O casal alegava que a casa ficou vazia antes de ser demolida para a construção de novas casas. Breanna também teria dito que seu marido estava preocupado em relação a eventuais fantasmas na nova casa, mas ela tinha ignorado e menosprezado essa possibilidade. Agora, Breanna disse que acreditava em fantasmas, e que passaria a olhar as câmeras de segurança com mais atenção.

Breanna disse que a casa onde moram tinha um certo histórico. Antes de se mudarem, ela teria conversado com um homem que conhecia bem a propriedade. Essa pessoa disse que o tio tinha uma casa naquele mesmo terreno, e que ele teria falecido no local
Breanna também teria dito que seu marido estava preocupado em relação aos fantasmas na nova casa, e ela não tinha descartado essa possibilidade. Agora, Breanna disse que acreditava em fantasmas e que passaria a olhar as câmeras de segurança mais de perto.
Enfim, foi exatamente e tão somente isso que foi divulgado sobre o caso. Uma reportagem de menos de dois minutos (desconsiderando o comentário inicial e final da âncora Kim Vallez), e alguns poucos parágrafos no site da emissora, que não passam de uma mera transcrição do que foi mencionado em vídeo. Agora, será mesmo que dá para acreditar que isso seja de fato um "fantasma"? Existem muitas lacunas que não foram preenchidas em relação a essa história.

Uma Dose de Realidade Sobre Toda Essa História que Foi Inicialmente Divulgada Pela KRQE News 13


Bem, chegou o momento de estalar os dedos e verificar alguns pontos dessa história no mínimo inusitada. Vamos começar essa pequena saga com a postagem de Breanna Hernandez em sua conta, no Facebook, na noite do dia 22 de agosto. Ela possui um perfil bem restrito ao público, mas tornou a postagem pública após a sugestão de uma amiga. Aliás, essa publicação contém um vídeo bem curto, onde ela filmou o monitor da câmera de segurança com a ajuda de um celular, e que vocês podem conferir através de um canal de terceiros, no YouTube:



Agora, confira o que ela escreveu em sua postagem: "Olá pessoal. Estávamos jantando assistindo nossas câmeras a espera dos nossos gatos voltarem para casa, quando o Sam deu uma olhada e começar a surtar dizendo: 'aquilo é uma pessoa?!?' Voltamos a filmagem, e isso é o que vimos. Nossas câmeras também possuem detectores de movimento e eles nunca dispararam... vocês podem notar isso dando passos, mas vocês não conseguem ver totalmente as suas pernas. Temos ótimas câmeras que puderam registrar isso"

Vamos começar essa pequena saga com a postagem de Breanna Hernandez em sua conta, no Facebook, na noite do dia 22 de agosto. Ela possui um perfil bem restrito ao público, mas tornou a postagem pública após a sugestão de uma amiga
Breanna sempre esteve bem ativa nos comentários. Ela mencionou que um homem havia morrido naquele terreno onde eles estavam, em 2012, e que a antiga casa teria sido demolida para dar lugar a outras, conforme havia sido rapidamente mencionado na reportagem da KRQE.

Já sobre a filmagem, ela disse que o marido a assustou tanto, que ela inclusive pensou em trancar as portas e fechar todas as cortinas, com medo do que pudesse estar acontecendo. Naquela mesma noite, Breanna chegou a dizer que estava deitada em sua cama assistindo pela centésima vez a filmagem, e que estava muito impressionada com a situação.

Breanna sempre esteve bem ativa nos comentários. Ela mencionou que um homem havia morrido naquele terreno onde eles estavam, em 2012, e que a antiga casa teria sido demolida para dar lugar a outras, conforme havia sido rapidamente mencionado na reportagem da KRQE
Já sobre a filmagem, ela disse que o marido a assustou tanto, que ela inclusive pensou em trancar as portas e fechar todas as cortinas, com medo do que pudesse estar acontecendo. Naquela mesma noite, Breanna chegou a dizer que estava deitada em sua cama assistindo pela centésima vez a filmagem, e que estava muito impressionada com a situação.
Em resposta a uma usuária chamada Sara Terrazas, Breanna disse que eles tinham um vídeo de um rapaz rondando a casa deles, e que ele tinha andado por aquele mesmo local. Uma vez que estava escuro e mais distante, a filmagem teria saído ainda mais escurecida, mas que ainda seria possível ver o movimento de suas pernas. Porém, em relação ao suposto "fantasma", ela disse que o refletor deles estava iluminando o local, mas ainda assim não seria possível ver o movimento completo das pernas.

Um usuário chamado Benjamin disse que tudo aquilo parecia estranho, e que até mesmo soava haver uma espécie de rastro de vapor ou algo assim. Breanna chegou a concordar dizendo que a iluminação seguia o que ela considerava ser um fantasma, e que ela chegou a pensar que poderia ser poeira sendo levantada, mas devido ao rastro luminoso, ela teria descartado essa hipótese. Benjamin também disse posteriormente que acreditava se tratar de algum tipo de criatura.

Um usuário chamado Benjamin disse que tudo aquilo parecia estranho, e que até mesmo soava haver uma espécie de rastro de vapor ou algo assim. Breanna chegou a concordar dizendo que a iluminação seguia o que ela considerava ser um fantasma, e que ela chegou a pensar que poderia ser poeira sendo levantada, mas devido ao rastro luminoso, ela teria descartado essa hipótese
Agora a conversa mais interessante foi entre uma usuária chamada Halle Bedford e a própria Breanna. Halle não tinha entendido muito bem a razão da postagem, porque simplesmente tinha visto uma pessoa normal, de carne e osso, andando. Breanna insistiu em dizer que aquilo não era uma pessoa, que não era humano. Halle ainda insistiu em dizer que parecia uma pessoa usando uma camisa branca. Breanna retrucou dizendo que aquilo estava apenas iluminado, e que não seria possível definir o que era.

Halle chegou a questionar se Breanna costumava enxergar bem as pessoas durante a noite, mas ela se esquivou dizendo apenas que as pessoas não apareciam inteiramente brancas, e que as câmeras possuíam detectores de movimento, ou seja, se fosse um ser humano, o sistema enviaria uma identificação.

Agora a conversa mais interessante foi entre uma usuária chamada Halle Bedford e a própria Breanna. Halle não tinha entendido muito bem a razão da postagem, porque simplesmente tinha visto uma pessoa normal, de carne e osso, andando
Além disso, ela ressaltou que as câmeras eram de qualidade, e voltou a citar que certa vez eles tiveram uma pessoa rondando a casa, sendo possível notar suas pernas se movendo, mesmo que a imagem estivesse bem mais escura. Breanna prometeu tentar encontrar a filmar em questão para comparar ambas. Por sua vez, Halle disse que assistiu novamente filmagem, dando um zoom, e ficou bem assustada, porque a princípio ela achava que era possível ver as pernas, e que era apenas uma pessoa com uma camiseta branca, mas aparentemente ela estava mudando de opinião.

Posteriormente, no entanto, Breanna disse que não estava encontrando a filmagem, que iria continuar procurando e ofereceu como "prova" apenas uma imagem editada mostrando uma pessoa bem de perto, durante a noite. Halle chegou a questionar quem era aquela pessoa, e Breanna disse que era alguém que estava tentando roubar sua casa.

Posteriormente, no entanto, Breanna disse que não estava encontrando a filmagem, que iria continuar procurando e ofereceu como "prova" apenas uma imagem editada mostrando uma pessoa bem de perto, durante a noite. Halle chegou a questionar quem era aquela pessoa, e Breanna disse que era alguém que estava tentando roubar sua casa.
Breanna também chegou a mencionar para uma usuária chamada Dianne Calbert que, na noite seguinte, eles iriam realizar um teste e caminhar por aquele mesmo lugar. Ela também aproveitou e repetiu a mesma coisa que vinha dizendo sobre a filmagem de homem rondando sua casa.

O problema? Até o fechamento dessa matéria, Breanna não postou, ao menos não publicamente, qualquer filmagem relacionada a eventuais testes realizados ou a filmagem do suposto homem que teria passado por aquele mesmo local, mostrando a eventual diferença na gravação. Um pouco estranho e suspeito, não é mesmo?

Breanna também chegou a mencionar para uma usuária chamada Dianne Calbert que, na noite seguinte, eles iriam realizar um teste e caminhar por aquele mesmo lugar. Ela também aproveitou e repetiu a mesma coisa que vinha dizendo sobre a filmagem de homem rondando sua casa
Notaram alguma diferença entre as declarações de Breanna no Facebook e sua entrevista para a KRQE? Se prestaram bem a atenção vão perceber Breanna dizer para a KRQE que é possível ver a figura "inteira", tanto os "braços" quanto as "pernas", porém no Facebook ela reitera inúmeras vezes que não é possível ver as pernas. Além disso, Breanna alega possuir uma filmagem semelhante para comparar com a do suposto fantasma e que, inclusive, iria fazer uma simulação para mostrar que não teria como ser uma pessoa de carne e osso. Isso até o momento não aconteceu (ao menos não foi disponibilizado publicamente).

Para não ser injusto, a expressão corporal de Breanna durante a entrevista da KRQE (nos poucos momentos em que seu rosto é mostrado), indica que muito possivelmente ela nunca tinha visto algo assim antes, e que ela muito possivelmente também teria conversado com alguém sobre a morte de alguma pessoa no terreno (não na casa) onde eles moram. Breanna buscou memórias no passado ao olhar para o lado direito. Porém, só temos esses dois trechos, e não sabemos o comportamento dela em relação as demais declarações. Aliás, é bom deixar claro o "muito possivelmente", porque Breanna também poderia estar lembrando da história que contou no Facebook ou ser uma boa mentirosa. Por outro lado, ela não apresentou nenhuma evidência adicional sobre o que foi registrado.

A situação na reportagem publicada pela KRQE, no YouTube, não fica muito distante, visto que boa parte dos comentários é de pessoas que desconfiam de toda essa história e acreditam que a imagem mostre tão somente uma pessoa usando uma camisa branca e uma calça escura ou até mesmo de uma criança usando uma roupa branca (e um shorts, por exemplo), ambas de carne e osso. Confiram algumas opiniões nesse sentido, logo abaixo:

Algumas opiniões discordando da incessante alegação de Breanna Hernandez em dizer que havia registrado um fantasma
Bem, um dos maiores problemas de equipamentos eletrônicos é que muitas pessoas não sabem efetivamente como eles funcionam. Se vocês prestarem bem a atenção é possível ver que, aquilo que estamos vendo, começa a surgir no campo de visão da câmera na parte esquerda do vídeo, como se alguém estivesse vindo andando normalmente pela rua e passasse na frente da casa de Breanna. Notem também que esse movimento continua na parte direita do vídeo.

É erro grotesco dizer que, aquilo que foi gravado possui luz própria, afinal de contas aquilo é iluminado apenas quando a luz do refletor incide sobre o mesmo, o que poderia denotar, por exemplo, uma pessoa de carne e osso, usando uma camiseta branca, e curiosamente, até mesmo um inseto conforme demonstrado no vídeo abaixo, através de um usuário chamado Kenneth Biddle (embora isso seja pouco provável, não é impossível):



Independentemente de ser um inseto ou uma pessoa de carne e osso usando uma camisa branca, algo que acredito ser o mais provável, é interessante notar que aquilo tem massa, ou seja, não é um espectro, ectoplasma, vulto ou aquilo você queira denominar. Notem essa sequência, no qual aquilo passa em frente a algo, que está na calçada da casa de Breanna, talvez alguma vegetação ou sacola plástica, visto que não tenho acesso a extensão completa da parte frente de sua casa durante o dia:

Notem essa sequência, no qual aquilo passa em frente a alguma coisa que está na calçada da casa de Breanna, talvez alguma vegetação ou sacola plástica, visto que não tenho acesso a extensão completa da parte frente de sua casa

Perceberam como aquilo passa na frente, tampando completamente o que existe atrás? Aparentemente, existe uma certa quantidade de massa em toda essa história, denotando a presença física e não extrafísica de alguma coisa, portanto não seria um fantasma. Aliás, existem outras perguntas que não foram respondidas em toda essa história. Vou citar algumas delas:
  • Por que somente a Breanna foi entrevistada? Foi devido ao horário e por seu marido estar, por exemplo, no trabalho? O seu marido, o Sam, parecia ser o mais nervoso diante da imagem da câmera de segurança. Seria interessante ter sua declaração, mas não houve nada nesse sentido.
  • O casal parece possuir outras câmeras posicionadas. Nenhuma outra flagrou o que passou na frente da casa ou registrou ainda que de forma mínima a partir de algum outro ângulo? Se todas possuem uma boa qualidade, as demais também teriam registrado algo de "outro mundo", não concordam?
  • E quanto as demais casas na rua? Elas também devem possuir câmeras de segurança, visto que a vizinhança é aparentemente meio perigosa. Será que elas não registraram a passagem de nada naquele mesmo horário?
  • E a filmagem que Breanna disse que tinha, mas curiosamente não encontrou? E a simulação que ela falou que iria fazer para mostrar que não poderia ser uma pessoa de carne e osso?
  • Por que no Facebook a Breanna diz que não é possível ver as pernas daquilo que foi filmado, mas em entrevista para a KRQE ela disse que é possível notar claramente um corpo, os braços e as pernas, e que ainda assim não é uma pessoa de carne e osso?
Para não ser injusto, a expressão corporal de Breanna durante a entrevista da KRQE (nos poucos momentos em que seu rosto é mostrado), indica que muito possivelmente ela nunca tinha visto algo assim antes e que ela muito possivelmente também teria conversado com alguém sobre a morte de um tio dessa pessoa no terreno (não na casa) onde eles moram

Essas são apenas algumas perguntas que simplesmente não tiveram respostas. Muitos questionaram a razão pela qual um casal jantaria assistindo as câmeras de segurança, porém, segundo Breanna, era porque estavam esperando seus gatos voltarem para casa. Ninguém ficou curioso para saber como seria a aparência dos mesmos diante do equipamento que ela possui? Entenderam onde quero chegar? Existem inúmeras lacunas em toda essa história para simplesmente alguém chegar e afirmar categoricamente que é um fantasma. Você pode até acreditar nisso, mas não existe nenhuma evidência que isso seja um fantasma, vai depender inteiramente e tão somente da sua crença.

O que mais chamou a atenção nesse caso é a insistência e a agonia em afirmar o tempo todo que não pode ser uma pessoa real, que tem que necessariamente ser um fantasma, e Breanna tenta convencer as demais pessoas o tempo todo sobre isso, sem apresentar nenhuma outra filmagem ou evidência, como se somente aquilo fosse suficiente. É a mesma coisa que perguntasse a vocês: o que é o que é, tem cauda, é peludo, tem dentes e garras afiadas, e ainda por cima mia? Aí você me respondesse: ah, isso é um chupa-cabras ou então um Pé-Grande. Evidentemente, é um gato, não importa o nome que você chame isso, visto que continuará sendo um gato.

No caso da filmagem, existe a remota possibilidade de ser um inseto, o que explicaria o sensor de movimento não ter sido ativado (de acordo com Breanna, é claro, porém ela não mostrou esse sensor em detalhes). Contudo, existem outras inúmeras hipóteses: o equipamento pode ter falhado, a resolução pode ter sido intencionalmente reduzida, tudo pode ter sido encenado, Breanna pode estar mentindo, entre outras possibilidades. Quanto a motivação é ainda mais incerto. Alguém se lembra da modelo que dizia ter uma boneca assombrada e usou fios de nylon? Não sabemos, por exemplo, se a casa de Breanna e Sam é própria, e eles querem vendê-la por considerar a vizinhança perigosa. Dizer que um local é assombrado é motivo de valorização imobiliária nos Estados Unidos e no Reino Unido. É muito complicado taxar o que vemos de fantasma, sem que haja outras evidências atreladas (isso é ainda pior quando alguns tentam sugerir que possa ser um extraterrestre). Fora isso é acreditar piamente na declaração de Breanna e acreditar piamente que, qualquer filmagem semelhante na internet, também mostre um fantasma. Enfim, caso sejam divulgadas novidades sobre o caso (e espero que sejam), manterei vocês informados através de uma atualização nessa mesma postagem.

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação:
Marco Faustino

Fontes:
http://krqe.com/2017/08/23/creepy-image-caught-gliding-across-clovis-surveillance-camera/
http://nbc4i.com/2017/08/25/caught-on-camera-ghostly-image-seen-outside-new-mexico-home/
http://www.abc57.com/news/ghost-or-glitch-ghostly-figure-captured-on-camera
http://www.kfvs12.com/story/36208852/ghostly-image-on-security-video-stuns-family

https://anomaliesresearchsociety.wordpress.com/2017/08/25/why-is-this-a-ghost-and-not-a-person/
Comentários