11 de agosto de 2017

O Estranho Caso de um Bebê que Teria "Saído do Túmulo" e Sido Encontrado na Cama dos Pais Após 3 Dias de Sua Morte, no Paraguai!


Por Marco Faustino

Definitivamente, coisas muito estranhas acontecem no Paraguai. No início do ano, mais precisamente no dia 23 de janeiro, cheguei a publicar cerca de 10 estranhos casos que vinham fazendo do Paraguai um dos países mais assustadores da América Latina desde o ano passado. A absoluta maioria dos casos tinham sido publicados e extraídos do site do "Diário Crónica" do Paraguai. Juntamente com o "Diario Popular", ambos são os principais responsáveis por manchetes chamativas e polêmicas, que muitas vezes não possuem qualquer tipo de ética ou profissionalismo. Resumindo? Ambos são bem sensacionalistas. Apesar de sempre fazermos uma pesquisa paralela para tentar reduzir a probabilidade de um caso ter sido simplesmente inventado, era necessário ter em mente que, qualquer um dos casos, era passível de ter sido noticiado com certo exagero, meramente para gerar mais repercussão e vender mais jornais. Contudo, vale muito a pena conferir o material que preparei com muito carinho para vocês (leia mais: Conheça 10 Estranhos Casos que vêm Fazendo do Paraguai um dos Países Mais Assustadores da América Latina desde o Ano Passado).

Além disso, foi um pastor paraguaio, o responsável por dizer que o "hand spinner" (ou "fidget spinner", como queiram chamar) era um brinquedo satânico! Lembram disso? Na época, um pastor chamado Juan Avalos, da "Congregacion Pentecostes De Los Primeros Cristianos", localizada na cidade de Salto del Guairá, no Paraguai, publicou um vídeo, em sua própria conta no Facebook, alertando aos seus seguidores que, ao manusear o "brinquedo", muitas crianças estariam fazendo, involuntariamente, símbolos satânicos com as mãos, tais como: a "mão chifrada", e o suposto sinal "ocultista" de "OK." Contudo, também fiz questão de contar toda a realidade sobre esse caso para vocês (leia mais: "Brinquedo Demoníaco"? Religioso Causa Polêmica ao Dizer que "Hand Spinners" são Objetos Satânicos, em Salto del Guairá, no Paraguai!).

Agora, recebemos um email de um inscrito chamado Caique, informando sobre uma história de um bebê, que tinha sido enterrado e, aparentemente do nada, teria aparecido em cima da cama dos seus pais, na pequena cidade de 25 de Diciembre, do Departamento de San Pedro, no Paraguai. Como era de se esperar, fomos atrás para verificar a veracidade dessa história e sabermos a realidade por trás da mesma. Contudo, vale a pena ressaltar, que não é incomum surgirem histórias fantásticas ou espetaculares, principalmente em cidades ou comunidades pobres ou isoladas da América Latina como um todo. Para vocês terem uma ideia, vira e mexe surge alguma notícia, que uma mulher teria engravidado do "Pombero", um ser mitológico do folclore paraguaio, mas quase sempre esses mesmos casos estão relacionados a "incidentes" ocorridos dentro das casas dessas pessoas, ou seja, é possível perceber que a história foi contada para encobrir algum abuso cometido contra mulheres. Então, sempre é necessário ter uma maior cautela ao tratarmos de casos que possuam a premissa de ser algo surreal ou milagroso. Vamos saber mais sobre esse assunto?

Um Pouco Sobre a Cidade de "25 de Diciembre", Localizada no Departamento de San Pedro, no Paraguai


Não irei me alongar muito nessa parte, mas como sempre costumo fazer, vou comentar rapidamente sobre essa cidade para que vocês não fiquem completamente perdidos em relação ao local dos fatos. Bem, a cidade de "25 de Diciembre" ("25 de Dezembro, em português) está localizada no Departamento de San Pedro, a uns 100 km a nordeste da cidade de Assunção, capital do Paraguai, sendo que ambas estão ligadas pela Rota Nacional nº 3 "General Elizardo Aquino."



A cidade de "25 de Diciembre" ("25 de Dezembro, em português) está localizada no Departamento de San Pedro, a uns 100 km a nordeste da cidade de Assunção, capital do Paraguai, sendo que ambas estão ligadas pela Rota Nacional nº 3 "General Elizardo Aquino."
De acordo com o site oficial da prefeitura da cidade, conta-se que a localidade já foi chamada de "Tava`i-Cenizal". Porém, em 1929, funcionários do Departamento de Terras e Colônias, vindos diretamente de Assunção, começaram a demarcar os terrenos, as casas e as ruas para transformar a localidade em uma cidade, com a ajuda da população local. Todo o trabalho teria sido completado no dia 25 de dezembro, um fato que foi comemorado com uma grande festa. Assim sendo, o nome da cidade teria sido mudado de "Tava`i-Cenizal" para "25 de Dezembro." Há quem diga, no entanto, que a origem do nome estaria relacionada a data de 25 de dezembro de 1842, uma ocasião chamada "Jura de la Independencia", que na verdade foi uma solenidade onde foi ratificada através de um documento oficial, a proclamação da independência do Paraguai ocorrida anteriormente, em 1811.

Na cidade, as atividades econômicas predominantes são a agricultura e a pecuária, sendo que a absoluta maioria da população vive na zona rural. Estima-se que o município tenha por volta de 10 mil habitantes, porém pouco menos de mil pessoas moram na área urbana da cidade, que no total é composta por 27 bairros e assentamentos rurais. A taxa de desemprego na cidade é muito alta, visto que não existem grandes empresas que necessitem de mão de obra. Uma vez que a população do distrito é predominantemente jovem, se torna muito complicado conseguir um emprego, e com isso o índice de criminalidade também se torna outro ponto de preocupação. Existem pequenas destilarias de essências na cidade, porém a lavoura é o principal sustento da maioria das famílias.

Na cidade, as atividades econômicas predominantes são a agricultura e a pecuária, sendo que a absoluta maioria da população vive na zona rural. Estima-se que o município tenha por volta de 10 mil habitantes, porém pouco menos de mil pessoas moram na área urbana da cidade, que no total é composta por 27 bairros e assentamentos rurais
No fins de semana, os moradores locais e de outras cidades vizinhas, costumam aproveitar as "praias" do córrego Mbutuy
Apesar do Ministério de Saúde Pública e Bem-Estar Social ter estabelecido centros de saúde de pequeno porte para cuidados básicos de saúde (aplicação de vacinas e primeiros socorros) em relação a população em geral, e do município contar com médicos particulares, o mesmo não possui uma única ambulância, sendo que os casos mais graves são transportados por veículos particulares para Assunção ou então algum hospital da cidade vizinha de San Estanislao.

Enfim, "25 de Diciembre" é uma cidade que conta com uma população bem humilde, bem religiosa (uma vez que o santo padroeiro da cidade é São Baltazar) e com uma condição de vida praticamente rural, ou seja, um ambiente perfeito para um acontecimento ganhar proporções inimagináveis nas mãos da imprensa e daqueles que não se atentam exatamente ao que dissemos na introdução dessa postagem. O caso que vamos contar a seguir, não é diferente.

A Recente Divulgação do Caso Por Parte de Alguns Canais no YouTube


Conforme havíamos mencionado, ficamos sabendo desse caso através de um email enviado por um inscrito chamado Caique. Em anexo constava um vídeo em formato .mp4, que relatava o caso e mostrava uma filmagem supostamente de alguma emissora de TV local. Esse mesmo vídeo em questão tinha sido publicado recentemente, mais precisamente no dia 8 de agosto, em um canal "colombiano" do YouTube, que está acostumado a divulgar vídeos com todo o tipo de conteúdo de terceiros, ou seja, acostumado a lucrar com o material gravado ou realizado por outras pessoas. Isso é visível porque, na verdade, o material é apenas um trecho de um outro vídeo, de um canal chamado "Oxlack Investigador", que foi publicado no dia 10 de maio desse ano.

Alguns outros canais do YouTube, supostamente destinados a exibição de "conteúdo de terror ou mistérios", porém menores, também fizeram o mesmo. De qualquer forma, confira o vídeo original, no próprio canal do "Oxlack Investigador", sendo que o referido trecho está compreendido entre 3:36 e 6:02 (em espanhol, mas irei comentá-lo rapidamente a seguir):



Para quem não conhece o canal "Oxlack Investigador", o mesmo costuma divulgar casos de cunho pretensamente paranormal ou sobrenatural, assim como habitualmente também tenta desvendar uma série de farsas, que são propagadas pela internet. Contudo, nem sempre o responsável pelo canal faz uma investigação decente do que apresenta. Em relação ao caso do bebê que foi sepultado, e teria reaparecido dias depois na cama de seus pais, Oxlack Castro disse que o bebê tinha cerca de 10 meses de idade, e o caso teria ocorrido na localidade de "25 de Diciembre", em San Pedro, no Paraguai. Curiosamente, no entanto, a criança era muito pequena para ter essa idade.

O bebê teria sido colocado em pequeno caixão e, em seguida, em um túmulo de cimento. Porém, após 3 dias, ele teria reaparecido misteriosamente na cama dos seus pais (não foi mencionado se ele estava vivo ou não, mas tudo indicava que estivesse morto). Para piorar a situação, o bebê estaria usando uma roupa diferente daquela que havia sido enterrado. A primeira pessoa a se deparar com a cena teria sido o pai da criança, que ligou para a polícia de modo que o caso fosse investigado. Então, tanto a polícia quanto moradores locais foram até o túmulo do bebê para verificar se o mesmo tinha sido profanado.

Diante das câmeras, o túmulo parecia estar intacto, e quando verificaram o interior do caixão o mesmo estava vazio. Segundo Oxlack Castro, o bebê tinha efetivamente saído do caixão e ido parar na cama dos seus pais. Um detalhe importante, é que não foi mencionado quando isso teria acontecido, e nem maiores detalhes sobre o caso.

Tanto a polícia quanto moradores locais foram até o túmulo do bebê para verificar se o mesmo tinha sido profanado
Diante das câmeras, o túmulo parecia estar intacto, e quando verificaram o interior do caixão o mesmo estava vazio
Enfim, no final de vídeo é mencionado que, até aquele momento, ou seja, na data de publicação do vídeo, no dia 10 de maio desse ano, as investigações ainda não tinham encontrado respostas para que tinha acontecido. Contudo, será mesmo que não houve nenhuma explicação para o ocorrido? Será que o caso é realmente inexplicável? Estamos diante de um milagre divino? A resposta para todas essas perguntas é um sonoro não.

As Primeiras Informações Fornecidas Por Emissoras Locais de Rádio do Caso Ocorrido em Julho do Ano Passado


Em uma rápida pesquisa no Google, e com somente algumas informações mencionadas no vídeo, é possível se deparar não somente com maiores detalhes do que aconteceu, mas com a triste realidade de toda essa história. Para vocês terem uma ideia, esse caso não é recente, visto que aconteceu no dia 14 de julho do ano passado, porém realmente a localidade em questão é a cidade de "25 de Dezembro", no Departamento de San Pedro, no Paraguai.

Na época, as primeiras informações foram fornecidas por rádios locais, e rapidamente chegaram aos principais sites de notícias do Paraguai e da Argentina. Foi amplamente mencionado, que um bebê de 10 meses de idade havia morrido no Hospital Distrital de San Estanislao, no dia 10 de julho (um domingo), e foi enterrado pelo pais, no quintal da própria casa, na tarde do dia seguinte. Para a surpresa dos pais, o bebê teria reaparecido limpo e bem vestido, porém sem sinais de vida, na cama do casal no dia 14 de julho (uma quinta-feira).

Foi amplamente mencionado, que um bebê de 10 meses de idade havia morrido no Hospital Distrital de San Estanislao, no dia 10 de julho (um domingo), e foi enterrado pelo pais, no quintal da própria casa, na tarde do dia seguinte
Em entrevista a Rádio Ñandutí 1020 AM, Miguel Ángel Collante, delegado-chefe da Delegacia de Polícia da cidade de "25 de Dezembro" disse que o túmulo não apresentava sinais que tivesse sido profanado. Ele disse que os pais alegavam que o corpo foi encontrado com roupas diferentes daquelas que o bebê tinha sido enterrado, mas que estavam esperando a chegada de representantes do Ministério Público para verificar se o caixão ainda estava presente no túmulo.

Miguel Ángel também informou que tomou conhecimento do caso através de um telefonema, mas não sabia dizer se tinha sido uma ligação dos pais do bebê ou então de vizinhos. O pai do bebê, cujo nome foi erroneamente divulgado como Haedo Benítez Peralta, disse que nem ele e nem mesmo a sua esposa sabiam explicar o que tinha acontecido.

Momento da exumação e abertura do túmulo do bebê que teria sido encontrado na cama dos pais, a pedido do Ministério Público,
na cidade de 25 de Dezembro, no Paraguai, em julho do ano passado.
O site do Diário HOY chegou a comentar que os pais do bebê consideravam o acontecimento como um milagre, mas fez questão de mencionar, que o Ministério Público havia constatado, que o túmulo havia sido realmente profanado. A principal suspeita? A própria mãe do bebê, visto que a mesma sofreria de transtornos mentais, e não teria aceitado a morte da criança.

O site do Diário HOY chegou a comentar que os pais do bebê consideravam o acontecimento como um milagre, mas fez questão de mencionar, que o  Ministério Público havia constatado, que o túmulo havia sido realmente profanado. A principal suspeita? A própria mãe do bebê, visto que a mesma sofreria de transtornos mentais e não teria aceitado a morte da criança. Na foto encontra-se a avó paterna do bebê, uma senhora chamada Elena Quiñonez
Isso é particularmente interessante, porque em entrevista a Rádio "La 970 AM", o pai disse ter acreditado inicialmente, que alguém tivesse profanado o túmulo do bebê, mas posteriormente o considerou um ser santo, e que estava convencido que tudo não tinha passado de um ato divino, ou seja, em nenhum momento ele declarou desconfiar da própria esposa. Além disso, havia a alegação de que o bebê não apresentava nenhum odor característico.

Algumas emissoras de TV também foram até o local, e chegaram a entrevistar o pai do bebê e a avó paterna, porém a mãe da criança aparentemente não quis ser entrevistada, sendo possível vê-la deitada em uma cama e cobrindo o rosto para evitar ser filmada. Um exemplo disso foi a reportagem publicada pelo canal da emissora Telefuturo, no YouTube (em espanhol, sendo quase indecifrável o que é mencionado pela avó do bebê):



Entretanto, como era de se esperar, essas primeiras informações estariam longe de mostrar toda a realidade por trás dessa história, que é justamente o que vocês conferem a partir de agora.

A Realidade Por Trás Desse Estranho Caso do Aparecimento de um Bebê, na Cama dos Seus Pais, Cerca de 3 Dias Após o Seu Sepultamento


Para começar a entender esse caso, foi necessário assistir a reportagem realizada por uma emissora de TV local chamada "Tapiracuai Video Cable", que foi a responsável por registrar as imagens utilizadas no vídeo publicado pelo Oxlack Castro. Além disso, o vídeo também conta com uma entrevista muito interessante com  Lilian Stella Ruíz Franco, promotora adjunta do Ministério Público da Área XI, cuja jurisdição é justamente o Departamento de San Pedro. Confira a reportagem abaixo, que foi publicado no próprio canal do YouTube, dessa emissora de TV (em espanhol, mas irei detalhar o que foi mencionado pela Lilian):



De acordo com a Lilian, as informações que tinham sido coletadas até aquele momento davam conta da morte de um bebê prematuro, nascido no dia 13 de junho daquele ano (ou seja, tinha pouco menos de um mês de vida e não 10 meses de idade), na cidade de San Estanislao (que também é conhecida pelo nome de Santaní, sendo este nome mencionado pela promotora), e que devido a um pequeno problema de saúde, o mesmo teria sido levado a Assunção. 

Antes de morrer, no entanto, o bebê teria sido levado às 4h da manhã do dia 10 de julho (um domingo) pela família, para o Hospital Distrital de San Estanislao, sendo que foi atendido por volta das 5h daquela mesma manhã. A família teria sido liberada para retornar para casa, porém o bebê teria vindo a falecer na tarde daquele mesmo domingo. Assim sendo, o bebê acabou sendo enterrado no dia seguinte, dia 11 de julho (uma segunda-feira).

De acordo com a Lilian, as informações que tinham sido coletadas até aquele momento davam conta da morte de um bebê prematuro, nascido no dia 13 de junho (ou seja, tinha pouco menos de um mês de vida e não 10 meses de idade), na cidade de San Estanislao (que também é conhecida pelo nome de Santaní, mencionado pela promotora)
Segundo Lilian, o Ministério Público estava investigando algumas versões sobre o caso, entre elas que o pai da criança teria mexido no túmulo no dia 12 de julho (uma terça-feira, ou seja, dois dias antes do bebê ter sido "encontrado" na cama do casal). O motivo? Ele teria se deparado com uma "pequena fenda" no túmulo e providenciado o reparo do mesmo.

A promotora adjunta foi cautelosa em dizer que não estavam presumindo nada, visto que não sabiam se estavam diante de um caso repleto de mentiras contadas pelos envolvidos, se a mãe estava doente devido uma suposta depressão pós-parto ou até mesmo ser era algo místico, de cunho sobrenatural. Lilian disse que respeitava os sentimentos da família, mas que era necessário investigar, porque se tratava da morte de um ser humano. Ela também ressaltou que, segundo conversas com médicos, a mãe do bebê possuía transtornos mentais, mas que tudo isso estava sendo devidamente investigado.

Segundo Lilian, o Ministério Público estava investigando algumas versões sobre o caso, entre elas que o pai da criança teria mexido no túmulo no dia 12 de julho (uma terça-feira e dois dias antes do bebê ter sido encontrado na cama do casal) por ter se deparado com uma "pequena fenda" no túmulo.
Contudo, no dia seguinte a essa reportagem (15) toda a verdade sobre o caso veio à tona. O caso que havia comovido os moradores do km 127 da Rota nº 3, no povoado de Celador, na cidade de "25 de Dezembro", teve um desfecho um tanto quanto dramático, visto que, aparentemente, os pais do bebê faltaram com a verdade. Apesar dos pais do bebê, Blanca Elizabeth Vera (25) e Emiliano Ovando Quiñonez (30), terem mantido a versão de que tudo teria sido milagre divino, essa versão caiu por terra diante da investigação realizada pelo Ministério Público e pela Polícia Nacional. A culpada pelo incidente teria sido mesmo a mãe da criança, conforme já havia uma certa suspeita.

Durante a investigação, a equipe de Lilian Ruíz encontrou uma espécie de sacola de juta com a roupa que o bebê havia sido originalmente sepultado, juntamente com uma mamadeira ainda contendo com leite fresco, presumivelmente materno, e algumas outras roupas do casal. Provavelmente, a mãe não aceitou a morte da criança, a retirou do túmulo, e tentou alimentá-la. Os vizinhos também disseram que Blanca não estava nada bem de saúde.

Durante a investigação, a equipe de Lilian Ruíz encontrou uma espécie de sacola de juta com a roupa que o bebê havia sido sepultado, juntamente com uma mamadeira ainda contendo com leite fresco, presumivelmente materno, e algumas outras roupas do casal
De acordo com Lilian, um pedreiro tinha criado a cova no quintal da casa da família na segunda-feira (11), onde o pequeno caixão foi enterrado, contudo ele não terminou completamente o serviço, ou seja, teria ficado faltando construir a parte superior do túmulo. Já o pai teria feito reparos no túmulo por supostamente ter encontrado rachaduras no dia seguinte (12). Posteriormente, o pedreiro voltou até a casa da família na quarta-feira (13) para terminar o serviço. Em depoimento, o pedreiro disse não ter notado sinais de quaisquer alterações, e o pai do bebê disse não ter tocado na criança.

Entretanto, para Lilian Ruíz, tudo estava muito claro: os pais tiraram somente o corpo da criança do caixão, e o levaram para casa. Por outro lado, o pai da criança alegou que se deparou com o bebê "dormindo" em cima da cama do casal às 5h da manhã de quinta-feira (14). A notícia chegou rapidamente até os vizinhos, que teriam ligado para a polícia e chamado até mesmo um padre para comparecer no local.

Apesar dos pais do bebê, Blanca Elizabeth Vera (25) e Emiliano Ovando Quiñonez (30), terem mantido a versão de que tudo teria sido milagre divino, essa versão caiu por terra diante da investigação realizada pelo Ministério Público e pela Polícia Nacional. A culpada pelo incidente teria sido mesmo a mãe da criança, conforme já havia uma certa suspeita.
Lilian Ruíz também mencionou que a mãe do bebê sofria de transtornos psiquiátricos, muito embora ainda não tinha sido possível acessar o histórico médico dela, assim como do bebê. O corpo do bebê passou por uma autópsia onde foi constatada uma má-formação em um dos pés, mas ainda não se sabia dizer se ele já havia nascido assim ou se foi causado após ter sido mantido em algum local. O corpo também apresentava inchaço, como se tivesse ingerido muito líquido.

Além disso, Lilian explicou que, a princípio, os pais não responderiam a nenhum crime por desenterrar o bebê, uma vez que a Lei se aplicava apenas a casos ocorridos em cemitérios, e não a túmulos em propriedades particulares. Lilian também acrescentou que o bebê já havia chegado sem vida no Hospital Distrital de San Estanislao, e que teria morrido de causas naturais. Confira as declarações de Lilian Ruíz, em um vídeo publicado pelo canal Paraguay.com, no YouTube (em espanhol, porém reflete basicamente o que foi mencionado acima):



Alguns outros sites de notícias publicaram que, segundo profissionais da área de saúde e parentes do casal, Blanca estava passando por um tratamento psiquiátrico há alguns meses, sendo que seu marido, o Emiliano estava na mesma situação, ou seja, também sofria de alguma desordem mental  Segundo o site de notícias NPY, o casal ainda tinha um outro filho, que apresentava sinais de desnutrição. Já o polêmico e sensacionalista "Diário Crónica" mencionou que a mãe do bebê o teria conservado na geladeira, visto que a Lilian Ruíz teria dito que o mesmo estava muito gelado quando foi encontrado. É interessante notar que Lilian Ruíz acreditava na inocência do depoimento do pai do bebê, porque aparentemente ele trabalhava por um longo período de tempo durante o dia, e talvez não soubesse realmente o que a esposa teria feito

Entretanto, acredito que não cabe mais realizar qualquer tipo de julgamento em relação aos pais, visto que perder um filho, ainda mais de forma prematura, nunca é algo fácil de se lidar. Evidentemente, a família precisava muito mais de apoio efetivo do Estado naquele momento, através de acompanhamento psicológico, do que qualquer outra coisa. De qualquer forma, o bebê foi novamente enterrado, mas dessa vez em um cemitério de uma localidade chamada Santa Ana, na cidade San Estanislao, onde finalmente conseguiu descansar em paz. Esse caso caiu no esquecimento tão rapidamente quanto surgiu na mídia paraguaia, e infelizmente vem sendo requentado por alguns canais do YouTube, de forma totalmente incompleta. Pelo menos agora, vocês sabem a realidade por trás da história, e que geralmente não fazem muita questão de divulgar.

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://misionesonline.net/2016/07/15/misterio-resuelto-madre-desenterro-a-bebe-muerto/
http://telefuturo.com.py/noticia/18139-Ins%C3%B3lito-Beb%C3%A9-enterrado-aparece-en-la-cama-de-sus-padres
http://www.abc.com.py/edicion-impresa/judiciales-y-policiales/joven-mujer-desenterro-el-cuerpo-de-su-hijo-y-lo-llevo-a-su-cama-en-san-pedro-1499377.html
http://www.abc.com.py/nacionales/mujer-desentierra-a-su-hijo-y-causa-conmocion-en-san-pedro-1499188.html
http://www.adndigital.com.py/mujer-desenterro-a-su-hijo-fallecido-y-lo-llevo-hasta-su-cama/
http://www.cronica.com.py/2016/07/16/conservaron-cuerpo-bebe-la-heladera/
http://www.elterritorio.com.ar/nota4.aspx?c=8508065827368547
http://www.hoy.com.py/nacionales/desenterraron-a-bebe-sepultado-y-lo-pusieron-en-la-cama
http://www.monumental.com.py/desmienten-el-milagro-confirman-que-el-cuerpo-del-bebe-fue-desenterrado
http://www.npy.com.py/nacionales/hasta-prepararon-leche-para-bebe-desenterrado-147595/pagina/2
http://www.nuevodiarioweb.com.ar/noticias/2016/07/15/36795-macabro-un-bebe-fue-enterrado-el-lunes-y-aparecio-el-jueves-en-la-cama-de-sus-papas
http://www.radio970am.com.py/articulo/9916/beb-fue-enterrado-el-lunes-el-cuerpo-apareci-hoy-en-cama-de-sus-padres-/37
http://www.ultimahora.com/cuerpo-nino-enterrado-aparecio-la-cama-sus-padres-n1007783.html
http://www.ultimahora.com/madre-quiso-alimentar-el-cadaver-su-bebe-n1007872.html
https://churero.com/insolito-aqui-esta-la-foto-del-bebe-fallecido-del-pombero-que-violo-y-embarazo-a-una-mujer-en-san-pedro/
https://www.youtube.com/watch?v=3gSURItgajc
https://www.youtube.com/watch?v=8Mv00OEemLc
https://www.youtube.com/watch?v=XWqPr_JVaD8
https://www.youtube.com/watch?v=lMi0mkycogw
https://www.youtube.com/watch?v=wg0CvHuPqsE
Comentários