3 de maio de 2017

Conheça a Enigmática "Crooked Forest": Centenas de Árvores em uma Floresta Foram Entortadas por "Forças Misteriosas", na Polônia?

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Nosso mundo é repleto de mistérios, enigmas e segredos, que muitas vezes envolve o fator humano e temos que confiar apenas no relatos de pessoas para tentar elucidar uma determinada questão. Contudo, algumas vezes somos praticamente brindados pela natureza com algumas formações (que podem ser ou não naturais), que nos fazem questionar como aquilo que vemos é possível existir. Esse é o caso da famosa, estranha e icônica "Crooked Forest" (mais conhecida simplesmente por "Floresta Torta", em uma tradução livre para o português), que por sua vez é um assunto, que vira e mexe vocês pedem para que façamos uma postagem ou um vídeo. Uma vez que não encontrei nenhuma postagem sobre esse assunto aqui no blog, e nem mesmo nenhum vídeo no canal AssombradO, no YouTube, falando sobre essa singular floresta na Polônia, resolvi trazer esse caso para vocês, embora isso não seja nenhuma novidade para muitas pessoas. É interessante ressaltar, que diversos sites de notícias, de curiosidades e até mesmo que abordam o tema sobre o fenômeno "OVNI" costumam repetir praticamente as mesmas informações, e praticamente ninguém acrescenta nenhum detalhe mais interessante ou relevante, que possa ajudar a desvendar um mistério, que acreditam ter mais de 80 anos de existência. Isso porque até hoje, não há praticamente nenhum dado concreto, que possa solucionar de vez esse caso.

Para vocês terem uma ideia, dizem que são cerca de aproximadamente 400 pinheiros (algumas fontes polonesas, incluindo a placa oficial instalada pelo governo polonês, no entanto, mencionam que seriam apenas 100 árvores), cujos troncos se curvam praticamente a 90º, criando protuberâncias cobertas pelas próprias cascas das árvores, que se arrastam acima do solo e, estranhamente, todas apontam na mesma direção: para o Norte. Uma vez que ninguém tem a confirmação exata da razão pela qual essas árvores foram "entortadas", por assim dizer, as mais bizarras teorias começaram a surgir ao longo do tempo. Há quem diga, por exemplo, que as árvores entortaram logo após o pouso de um "OVNI" (no sentido explícito de ser uma "espaçonave extraterrestre"). Já outras pessoas acreditam, que "flutuações nas forças gravitacionais" ou um "puxão gravitacional", que tivesse ocorrido uma única vez na região, poderiam ser os responsáveis pela curvaturas, mas não há nada que possa apoiar essa teoria. Vale lembrar nesse ponto, que a força da gravidade puxa os objetos para baixo, não para os lados. Pelo menos é isso que aprendemos na escola, não é mesmo?

De qualquer forma, nessa postagem você vai conhecer tudo o que precisa saber sobre essa floresta, bem como as teorias que circulam pela internet, desde as mais improváveis até as mais plausíveis e aceitas atualmente para explicar o fenômeno. Fato é, que a floresta se tornou uma espécie de ponto turístico da Polônia, um lugar único no mundo em relação a quantidade de árvores nesse formato. Será que realmente temos algo de sobrenatural ou assombroso nessa floresta? Será que as árvores foram entortadas por "forças misteriosas" ou temos alguma explicação bem mais plausível para oferecermos a vocês? Vamos saber mais sobre esse assunto?

Um Pouco Sobre a "Floresta Torta" da Polônia


Para ser bem sincero, não há muito a ser falado sobre essa floresta. Portanto, provavelmente essa será uma postagem bem mais curta do que vocês estão acostumado da minha parte, mas espero que seja tão informativo quanto as demais. Basicamente, essa floresta de árvores "entortadas" fica localizada em uma pequena região da Polônia, próxima da cidade de Gryfino e da comunidade de Nowe Czarnowo.

Esse estranho conjunto acabou sendo apelidado, em algum momento da linha do tempo, de "Crooked Forest" (em inglês), "Krzywy Las" (em polonês) ou simplesmente "Floresta Torta" (em português) e, invariavelmente, sempre esteve envolto em uma certa "névoa sobrenatural". Apesar das inúmeras e inusitadas teorias, que foram propostas ao longo dos anos, ninguém sabe exatamente o que ou quem fez com que as árvores adotassem o formato curvado, em forma de "bengala".

Imagem do Google Maps mostrando que essa floresta de árvores "entortadas" (chamada de "Krzywy Las", em polonês) fica localizada
em uma pequena região da Polônia, próxima da cidade de Gryfino e da comunidade de Nowe Czarnowo
Imagem do Google Maps mostrando a distância entre a "Floresta Torta" (chamada de "Crooked Forest", em inglês) e Varsóvia, capital da Polônia. Vocês podem notar que a região fica muito próxima da fronteira com a Alemanha.
Conforme mencionamos anteriormente, a "Floresta Torta" consiste em aproximadamente 400 pinheiros (algumas fontes polonesas, no entanto, incluindo a placa oficial instalada pelo governo polonês, mencionam que seriam apenas 100 árvores, ocupando uma área de apenas 3.000 m²), que crescem com uma curvatura de 90º em sua base, sendo que a absoluta maioria estão "entortadas" em direção ao Norte.

Conforme mencionamos anteriormente, a "Floresta Torta" consiste em aproximadamente 400 pinheiros (algumas fontes polonesas, no entanto, incluindo a placa oficial instalada pelo governo polonês, mencionam que seriam apenas 100 árvores, ocupando uma área de apenas 3.000 m²)
As árvores crescem com uma curvatura de 90º em sua base,
sendo que a absoluta maioria estão "entortadas" em direção ao Norte
Mais uma imagem mostrando as árvores "tortas" da Polônia
Placa oficial instalada pelo governo polônes indicando o local exato da "Floresta Torta"
Um detalhe interessante, no entanto, é que essa mesma floresta cresce cercada por inúmeras outras árvores que estão crescendo normalmente na vertical, sem nenhum tipo de curvatura, ou seja, é apenas uma pequena área específica em que o "fenômeno" está presente. Além disso, nem todas possuem uma curvatura exata de 90º, conforme muitos sites insistem em mostrar para vocês.

Algumas árvores não apresentam a curvatura de 90º na base, assim como podemos ver nessa árvore em primeiro plano na foto, onde somente uma parte do tronco é curvado em uma espécie de "bengala" ou "cajado"
Um detalhe interessante, no entanto, é que essa mesma floresta cresce cercada por inúmeras outras árvores que estão crescendo normalmente na vertical, sem nenhum tipo de curvatura, ou seja, é apenas uma pequena área específica em que o "fenômeno" está presente. Na foto é possível vermos algumas árvores ligeiramente tortas, mas sem apresentar a famosa curvatura de 90º
Nem todas possuem uma curvatura exata de 90º em sua base ou ao longo do tronco,
conforme muitos sites insistem em mostrar para vocês
Uma vertente da história aponta que as árvores tenham sido plantadas entre 1925 e 1928, porém uma outra versão menciona que as mesmas teriam sido plantadas entre 1930 e 1934, quando a região da Pomerânia (uma região histórica e geográfica situada no norte da Polônia e da Alemanha na costa sul do mar Báltico) ainda estava sob o domínio alemão.

Em um determinado ponto, ambas as versões parecem entrar em consenso, pois é amplamente mencionado que essa curvatura teria começando com as árvores tinham entre 7 a 10 anos de idade. Assim sendo, alguma coisa ou alguém provocou um grande dano, que acabou resultando no formato que vemos atualmente. Além disso, as árvores possuem em média cerca de 15 metros de altura, e extensão da parte curvada pode chegar a 2,7 metros em alguns casos.

Em um determinado ponto, ambas as versões paracem entrar em consenso, pois é amplamente mencionado que essa curvatura teria começando com as árvores tinham entre 7 a 10 anos de idade.
Algumas fotos tiradas no período de inverno ou sob forte nevoeiro
deixam o aspecto da "Floresta Torta" bem mais sombrio
Algo muito pouco mencionado, é que essas árvores estranhamente curvadas existem em outras partes do mundo, mas não tão numerosas e dispostas de uma forma tão organizada quanto na Polônia. Caso um dia você visite o país e tenha interesse em visitar esse local, no noroeste do país, pode fazê-lo a qualquer momento, visto que não há nenhuma restrição de acesso.

Vocês podem ter uma noção de como é essa floresta, através de vídeo publicado por um casal de poloneses, que viajaram até essa localidade, e que foi publicado no YouTube (em polonês, com legendas em inglês, mas vale muito a pena assistir):



Entretanto, o ideal é que essa floresta seja visitada durante a primavera (no Hemisfério Norte, ou seja, entre 21 de março e 20 de junho), evitando assim se deparar com os pinheiros cobertos de neve, e as gélidas temperaturas da região.

As Hipóteses que Permeiam o Imaginário Popular e dos Cientistas


Infelizmente, é apenas isso que existe disponível para ser comentado sobre a "Floresta Torta", visto que até mesmo a absoluta maioria dos sites poloneses repetem essas mesmas informações que acabamos de dizer para vocês. Logo, nos resta apenas mencionar as "teorias", que irei chamar apenas de hipóteses, de como as árvores poderiam ter chegado ao ponto de ter esse formato curvado. A primeira delas seria praticamente "natural", e não tem muito mistério, muito embora seja improvável de ter realmente acontecido.

1. A Hipótese da Pressão Exercida Pelo Volume de Neve


Bem, algumas pessoas teorizam que um grande volume de neve poderia ter "achatado" as árvores por um longo período de tempo, enquanto eram apenas mudas. Esse fator combinado com um longo período de derretimento da neve durante a primavera, teria sido capaz de moldar permanentemente as árvores, se ainda houvesse uma espessa cama de neve sobre o troco, enquanto as árvores passassem por um repentino crescimento durante esse período. Ufa! Quantos elementos necessários para que isso acontecesse!

As imagens acima são meramente ilustrativas e não refletem a "Floresta Torta" da Polônia. A foto da esquerda, por exemplo, foi tirada no Parque Nacional Banff, em Alberta, no Canadá. As imagens apenas ilustram o que algumas pessoas teorizam sobre um grande volume de neve, que poderia ter "achatado" as árvores polonesas por um longo período de tempo, enquanto eram apenas mudas
Entretanto, isso parece ser bem improvável de ter acontecido. Conforme mencionamos anteriormente, a "Floresta Torta" é cercada por pinheiros normais, ou seja, não há nenhuma anormalidade em seus troncos. Seria, portanto, muito incomum, que uma tempestade de neve afetasse apenas uma área específica de uma floresta, e não o restante dela. Afinal de contas, como explicar centenas de outras normais ao redor e apenas um "pequeno" conjunto de árvores tortas no meio delas?

2. A Hipótese dos Tanques Alemães na Segunda Guerra Mundial


Essa teoria é bem popular e menciona, que durante a invasão da Polônia, na Segunda Guerra Mundial, tanques alemães abriram caminho pela jovem floresta, aplainando as árvores de tal forma, que elas cresceram tortas. É impressionante imaginar as lagartas dos tanques "achatando" os troncos das árvores, que teriam sido plantadas há poucos anos, não é mesmo?

Essa teoria é bem popular e menciona, que durante a invasão da Polônia, na Segunda Guerra Mundial, tanques alemães abriram caminho pela jovem floresta, aplainando as árvores de tal forma, que elas cresceram tortas
Novamente, aqui reside um problema bem semelhante a primeira teoria: por que apenas uma pequena área foi afetada? Por mais que as datas pareçam de alguma forma com a invasão da Polônia por parte da Alemanha (dependendo da versão que você queira acreditar, lembrando que as árvores possuem uma idade estimada de aproximadamente 80 anos), soa improvável que tanques extremamente pesados deixariam os troncos apenas curvados. O mais provável é que as árvores fossem destruídas com a passagem desses tanques.

3. A Hipótese da Intervenção Humana Para a Fabricação de Móveis ou Meios de Transporte


A teoria mais aceita ultimamente, talvez seja a mais entediante delas, visto que ela propõe que essas curvaturas seriam o resultado da intervenção humana, ou seja, os próprios seres humanos que teriam feito com que as árvores ficassem daquele jeito. Isso poderia fazer sentido, porque as árvores são bem robustas.

Nesse caso, acredita-se que durante a década de 1930, os fazendeiros locais (ou carpinteiros) plantaram e manipularam as árvores com o objetivo de servirem como material de construção, como por exemplo, para a criação de móveis ou meios de transporte (tais como barcos, uma vez que a região fica próxima de rios e mares, e trenós, uma vez que tudo ao redor congela durante o inverno).

Nesse caso, acredita-se que durante a década de 1930, os fazendeiros locais (ou carpinteiros) plantaram e manipularam as árvores com o objetivo de servirem como material de construção, como por exemplo, para a criação de móveis ou meios de transporte
Para corroborar com essa teoria, ou seja, que havia uma técnica de plantio e dobra de árvores nesse sentido, existe o trecho de um artigo chamado "Wooden Vessel Ship Construction" ("Construção de uma Embarcação de Madeira", em português), e que pode ser lido no site da "Associação de História da Marinha e da Vida Marinha dos Estados Unidos" (NMLHA), onde consta a seguinte passagem:
"Os carvalhos das regiões do Norte da Europa eram bons para o desenvolvimento de pranchas longas e retas, mas o nodoso inglês 'hedgerow' era o melhor para a obtenção das madeiras curvadas naturais usadas para fortalecer o navio internamente. As árvores foram até mesmo deliberadamente dobradas em certos formatos, para que 'crescesse' um conjunto necessário de madeiras curvas. Estas madeiras curvadas eram conhecidas como madeiras de 'bússola'."
Exemplos de cortes curvos de madeira, utilizados no reforço interno de embarções,
principalmente de pequeno e médio porte
Conforme vocês podem perceber a utilização de madeira obtida a partir de troncos "naturalmente" ou "intencionalmente" tortos ou curvos, são úteis na construção de embarcações. Vale ressaltar que a "Floresta Torta" da Polônia não se encontra muito longe do mar.
A invasão da Polônia durante a Segunda Guerra Mundial teria provavelmente interrompido essa atividade, impedindo que os fazendeiros (ou carpinteiros) pudessem terminar o trabalho e, assim, deixando para trás essa floresta peculiar, que ainda vemos atualmente.

Vale ressaltar que as localidades vizinhas também foram devastadas durante a guerra, sendo que a vida só começou a voltar ao normal e os territórios serem novamente ocupados pela população por volta da década de 1970, quando uma nova usina de energia elétrica (a Estação de Dolna Odra) foi construída na região, que por sua vez fica ao lado da "Floresta Torta". Isso explicaria a razão pela qual nenhum dos habitantes locais faz a menor ideia do porque as árvores possuem esse estranho formato.

Vale ressaltar que as localidades vizinhas também foram devastadas durante a guerra, sendo que a vida só começou a voltar ao normal e os territórios serem novamente ocupados pela população por volta da década de 1970, quando uma nova usina de energia elétrica (a Estação de Dolna Odra, na imagem acima) foi construída na região, que aliás fica ao lado da "Floresta Torta"
Um blog chamado "TYWKIWDBI" ("Things You Wouldn't Know If We Didn't Blog Intermittently") chegou a postar a imagem de um trenó, que por sua vez teria sido enviada por um leitor, onde é possível ver uma estrutura curvada e natural de madeira, indicado que a mesma poderia ter sido obtida como "peça única", a partir de um processo semelhante aquele utilizado na "Floresta Torta", na Polônia. Bem interessante, não é mesmo?

Um blog chamado "TYWKIWDBI" ("Things You Wouldn't Know If We Didn't Blog Intermittently") chegou a postar a imagem de um trenó, que por sua vez teria sido enviada por um leitor, onde é possível ver uma estrutura curvada e natural de madeira, indicado que a mesma poderia ter sido obtida como "peça única"
Além disso, foi acrescentado que as árvores poderiam ter sido usadas na fabricação de móveis em um estilo arquitetônico e de design chamado de "Jugendstil", que teria sido bem popular nos países germânicos durante o final do século XIX, e princípio do século XX. Esse estilo era bem conhecido por apresentar numerosas características curvilíneas.

Outro detalhe interessante foi a postagem realizada pela responsável por um blog chamado "Garden History Girl", que ressaltou um comentário, de uma antiga postagem realizada pelo site "Discovery News" (que acabou mudando o nome para "Seeker"), onde um usuário chegou a mencionar que seu avô havia lhe ensinado a entortar as árvores, com a intenção de fazer as mudas crescerem no formato de "bengala". Apesar de não ter sido citada a finalidade, ficou bem claro a intervenção humana.

Além disso, foi acrescentado que as árvores poderiam ter sido usadas na fabricação de móveis em um estilo arquitetônico e de design chamado de "Jugendstil", que teria sido bem popular nos países germânicos durante o final do século XIX, e princípio do século XX. Esse estilo era bem conhecido por apresentar numerosas características curvilíneas.
Algo ainda mais ilustrativo viria na parte final dessa mesma postagem do blog "Garden History Girl", diante de uma foto publicada no site "Ancestry.com" onde é exibida a "Árvore Torcida de Shawnee", onde é possível ler o seguinte trecho abaixo:

"Em um momento de inspiração, dois homens da cidade de Shawnee (Frank Witherspoon e Gule Rinneger), iniciaram essa experiência em 1910 com dois olmos. Frank Witherspoon, o construtor da casa, e Gule Rinneger, o engenheiro da fábrica de gelo de Frank, em Shawnee, foram até as margens do rio North Canadian e desenterraram dois jovens olmos. Ambos foram trazidos de volta a Shawnee em uma carroça puxada por um cavalo.

Algo ainda mais ilustrativo viria na parte final dessa mesma postagem, diante de uma foto publicada no site "Ancestry.com",
onde é exibida a "Árvore Torcida de Shawnee". As mulheres que aparecem na foto não foram identificadas.
Frank Witherspoon decidiu que formaria um arco com as duas árvores, entrelaçando-as. Testemunhas disseram que Frank tinha 1,80m de altura, e que ele amarrou as duas juntas tão alto quanto conseguiu alcançar. Cordas e panos foram usadas na amarração. Apesar da jovem vizinhança insistir em cortas as cordas, Frank Witherspoon ganhou sua luta contra o processo normal da natureza, que tende a verticalidade das árvores. As árvores do "amor" cresceram mais próximas e cada vez mais unidas conforme os anos se passaram. Na verdade, estavam tão próximas que os especialistas disseram que se as cascas fossem raspadas, poderiam realmente se tornar uma só. Com o passar dos anos anos, o peso fez com que o casal se dobrasse. A metade sul do par cresceu de forma densa, se tornando mais torta, e puxou seu vizinho do norte para baixo, até seu próprio nível..."

Com o tempo essas árvores ganharam fama, e as fotos acabaram sendo replicadas localmente, em livros e boletins, sendo visitada por muitos populares, tal como por essas duas jovens que aparecem na foto em questão. A parte interessante é que isso aparentemente foi bem simples de ser feito e de forma aleatória no início do século XX, e bem antes da existência da "Floresta Torta" polonesa. Se repararem bem, é possível notar que uma das árvores possui uma curvatura bem semelhante aquelas encontradas na Polônia, o que denota fortemente, mais uma vez, uma mera intervenção humana.

4. A Hipótese da Mutação Genética 


Conforme vocês podem notar, o caso relacionado a "Floresta Torta" da Polônia continua sendo um tema bem popularm mesmo com o passar de todos esses anos. Uma prova disso é que recentemente, mais precisamente no dia 31 de março desse ano, o site do jornal "The New York Times" publicou um artigo justamente sobre essa floresta.

Para tentar responder a essa pergunta, ou seja, como as árvores polonesas teriam chegado naquele formato, eles consultaram o Dr. Bill Remphrey, um cientista aposentado da Universidade de Manitoba, no Canadá, que descobriu, no passado, uma mutação genética responsável por entortar os troncos e galhos de árvores chamadas de "aspen" (alguns sites apontam como "álamo-trémulo") resultando em deformações variadas. Será que o mesmo poderia ser aplicado as árvores polonesas?

Para tentar responder a essa pergunta, ou seja, como as árvores polonesas teriam chegado naquele formato, eles consultaram o Dr. Bill Remphrey, um cientista aposentado da Universidade de Manitoba, no Canadá, que descobriu, no passado, uma mutação genética responsável por entortar os troncos e galhos de árvores chamadas de "aspen", resultando em deformações variadas
Bem, muito provavelmente não. Segundo o Dr. Bill Remphrey, se a causa da "Floresta Torta" da Polônia fosse genética, era de se esperar que as curvas continuassem além da base, assim como ocorreram nos álamos estudados. Contudo, considerando o formato em que as mesmas continuam até hoje, algo ambiental provavelmente teria ocasionado essa curvatura.

O "The New York Times" também chegou a lembrar que os índios norte-americanos dobravam as árvores, no formato de símbolos, que eles usavam para se orientarem e se comunicarem na floresta. Contudo, essas árvores não são encontradas em grande número. As mesmas são basicamente isoladas, e não se encontram necessariamente em solo europeu.

O "The New York Times" também chegou a lembrar que os índios norte-americanos dobravam as árvores, no formato de símbolos, que eles usavam para se orientarem e se comunicarem na floresta. A foto acima é um exemplo disso.
Outra foto atribuída a manipulação de supostos nativos norte-americanos
Mais uma foto atribuída a manipulação de supostos nativos norte-americanos
"Uma vez que existem tantas árvores nesse formato, eu teria cautela em concluir que isso seja causado por intervenção humana, ainda que essa seja uma clara possibilidade. O que encontrei em relação ao álamo-trêmulo é que, mesmo depois de ter sido capaz de explicar com embasamento científico, muitas pessoas não acreditaram na explicação, e mantiveram suas teorias descabidas", disse o Dr. Bill Remphrey, por email. Ainda segundo ele, não há nenhuma explicação da razão pela qual as árvores polonesas apontam para o norte, mas ele especulou que fosse coincidência.

Na verdade, a pesquisa do Dr. Bill Remphrey está baseada no chamado "Crooked Bush" ("Bosque Torto", em português), um bosque de árvores da espécie "Populus tremuloides" ("aspen" ou "álamo-trêmulo") localizado na província de Saskatchewan, no Canadá. O local está a aproximadamente 20km a noroeste da cidade de Hafford e apenas 5km a sudoeste da comunidade de Alticane.

Na verdade, a pesquisa do Dr. Bill Remphrey está baseada na chamada "Crooked Bush", um bosque de árvores da espécie "Populus tremuloides" ("aspen" ou "álamo-trêmulo") localizado na província de Saskatchewan, no Canadá
Imagem do Google Maps mostrando a localização do "Crooked Bush"
A questão é que essas árvores eram proeminentes no folclore dos nativos que habitavam a região de Saskatchewan e, assim que foram descobertas, por volta da década de 1940, atraíram a atenção de inúmeros turistas.

Essas árvores eram proeminentes no folclore dos nativos que habitavam a região de Saskatchewan e, assim que foram descobertas, por volta da década de 1940, atraíram a atenção de inúmeros turistas
Outra foto mostrando o "Bosque Torto" de Saskatchewan, no Canadá
Mais uma foto mostrando o "Bosque Torto" de Saskatchewan, no Canadá
Por anos, os moradores locais especularam a razão pela qual as árvores cresciam "tortas", e fizeram isso a partir das mais diversas teorias: contaminação do solo, meteorito, maldições e diversas outras hipóteses paranormais. Até que veio a ciência e demonstrou que existe uma mutação genética envolvida em toda essa história. Apesar de ninguém ter feito nenhum teste nesse sentido em relação as árvores polonesas, vale lembrar que essa hipótese nem de longe é uma das mais fortes.

5. A Hipótese do Eventual Pouso de um "OVNI", Queda de Meteorito, ou "Puxão Gravitacional"


Conforme mencionamos no começo dessa postagem, uma vez que ninguém tem a confirmação exata da razão pela qual essas árvores foram "entortadas", por assim dizer, as mais bizarras teorias começaram a surgir ao longo do tempo. Há quem diga, por exemplo, que as árvores entortaram logo após o pouso de um "OVNI" (no sentido explícito de ser uma "espaçonave extraterrestre").

Entretanto, é muito importante ressaltar que não existe nenhum texto escrito ou testemunha, que tenha vivido entre 1925 a 1945, que possa indicar a origem exata da "Floresta Torta" e muito menos que um "disco voador" tenha pousado no local. A área é bem remota, a localidade não é conhecida por casos de avistamentos de objetos anômalos no céu, e ficou praticamente abandonada por décadas.

Há quem diga, por exemplo, que as árvores entortaram logo após o pouso de um "OVNI" (no sentido explícito de ser uma "espaçonave extraterrestre") ou após a queda de um meteorito
Já outras pessoas acreditam, que "flutuações nas forças gravitacionais" ou um "puxão gravitacional", que tivesse ocorrido uma única vez na região, poderiam ser os responsáveis pela curvaturas, mas não há nada que possa apoiar essa teoria. Vale lembrar nesse ponto, que força da gravidade puxa os objetos para baixo, não para os lados. Uma terceira possibilidade, e igualmente improvável, seria a queda de um meteorito, mas provavelmente teria havido um incêndio e o estrago teria sido bem maior. Aliás, não há nenhum indício que isso tenha acontecido.

Qual a Hipótese Mais Provável Para Explicar a "Floresta Torta" da Polônia?


Bem, conforme vocês puderam notar, a hipótese mais plausível até hoje é realmente a da intervenção humana para a fabricação de móveis ou meios de transporte. Porém, esse é um "mistério bem clássico", em que não há muito interesse das autoridades locais para que seja resolvido, uma vez que isso fomenta o turismo. As árvores são teoricamente protegidas pelo governo, uma espécie de patrimônio nacional, e não há nenhuma análise mais aprofundada sobre a genética das mesmas ou um estudo histórico mais robusto, que possa nos fornecer pistas mais sólidas sobre o que ou quem realmente fez isso e para qual finalidade. O que temos é uma forte e plausível hipótese, visto que árvores semelhantes também são encontradas em outros lugares do mundo, tais como em diversas áreas florestais da Rússia.

Apesar da paisagem pitoresca e ao mesmo tempo sombria, a "Floresta Torta" por si só, não consegue responder com precisão o que aconteceu em um passado ainda mais assustador devido a Segunda Guerra Mundial. Talvez, algum dia, alguém se disponha ou receba permissão para realmente estudar esse pequeno conjunto de árvores, mas é difícil, visto que, assim como o Dr. Bill Remphrey mencionou, as pessoas provavelmente continuarão acreditando em um eventual misticismo das árvores, mesmo que os grandes mestres por trás delas tenham sido nós mesmos. Se até hoje algumas pessoas acreditam que a Terra seja plana, não é difícil de imaginar que algumas outras acreditem que essas árvores serão eternamente inexplicáveis.

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://thehigherlearning.com/2014/06/22/the-coolest-places-on-earth-the-crooked-forest-poland-pictures/
http://tywkiwdbi.blogspot.com.br/2011/05/crooked-forest-of-gryfino-poland.html
http://www.boredpanda.com/crooked-forest-krzywy-las-kilian-schonberger-poland/
http://www.core77.com/posts/27263/Polands-Forgotten-Crooked-Forest-What-Were-They-Going-to-Build-With-These-Strange-Trees
http://www.gardenhistorygirl.com/2011/08/crooked-forests.html
http://www.gryfino.pl/WrotaGryfina/chapter_56734.asp
http://www.iflscience.com/environment/what-could-have-caused-polands-crooked-forest/
http://www.rootsweb.ancestry.com/~okpcgc/photo_album/shawnees_twisted_trees.html
https://en.wikipedia.org/wiki/Dolna_Odra_Power_Station
https://en.wikipedia.org/wiki/Nowe_Czarnowo
https://web.archive.org/web/20160506211205/http://home.cc.umanitoba.ca/~remphre/crooked.shtml
https://www.nytimes.com/2017/03/31/science/crooked-forest-poland-theories.html
Comentários