2 de abril de 2017

Os Segredos de Fátima: As Aparições, os 3 Segredos e suas Interpretações

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Em 1917 três pequenos pastores tiveram uma visão da Virgem Maria que lhes revelou três segredos, que só poderiam ser revelados com a sua permissão. O fenômeno se repetiu ao longo de vários meses e cada vez mais pessoas presenciavam as crianças falando com a Virgem Maria. No clímax das aparições, em 13 de outubro de 1917 acontece o Milagre do Sol, onde o Sol dançou no céu na presença de quase 100 mil pessoas. Os segredos permaneceram guardados por séculos, sendo que o último só foi relevado no ano 2000 e revelou algo que decepcionou muitas pessoas...

Esse ano faz 100 anos de uma das aparições mais famosas do mundo, quando a Virgem Maria apareceu para três crianças perto de Fátima, Portugal, e revelou três segredos, além de realizar um grande milagre testemunhado por mais de 70 mil pessoas. Esses segredos foram guardados por décadas, sendo que o último só foi revelado no ano 2000. Vamos conhecer toda a história dos Segredos de Fátima.

O Mundo em 1917

- Perseguição da Igreja em Portugal: Em 1910 Portugal deixou de ser uma monarquia para se tornar uma República. E o novo governo começou a perseguir a igreja, pois essa era associada a monarquia, e instalou o estado laico logo após a implantação da República. Os bens e propriedade da igreja são arrolados e incorporados no estado. O juramento religioso e outros previstos nos estatutos da Universidade de Coimbra são abolidos, e as matrículas no primeiro ano da Faculdade de Teologia são anuladas, sendo também extintas as cadeiras de direito canônico e suprimido o ensino da doutrina cristã. Os feriados religiosos passam a ser dias de trabalho, mantendo-se no entanto o domingo como dia de descanso, por razões laborais. Além disso, as forças armadas são proibidas de participar em solenidades religiosas. Foram, ainda, aprovadas leis do divórcio e da família que consideravam o casamento como um "contrato puramente civil". Alguns bispos foram perseguidos, expulsos ou suspensos das suas atividades no decurso da laicização. O ministro da Justiça, Afonso Costa  previra a erradicação do Catolicismo no espaço de três gerações.

- 1ª Guerra Mundial: O Mundo estava em guerra. Se desenrolava a Primeira Guerra Mundial, bastante centrada na Europa. Ela começou em 28 de julho de 1914 e durou até 11 de novembro de 1918. O conflito envolveu as grandes potências de todo o mundo, que organizaram-se em duas alianças opostas: os aliados e os Impérios Centrais. Mais de 9 milhões de combatentes foram mortos, em grande parte por causa de avanços tecnológicos que determinaram um crescimento enorme na letalidade de armas, mas sem melhorias correspondentes em proteção ou mobilidade. Foi o sexto conflito mais mortal na história da humanidade e que posteriormente abriu caminho para várias mudanças políticas, como revoluções em muitas das nações envolvidas.

- Revolução Russa:  A Revolução Russa de 1917 foi um período de conflitos, iniciado em 1917, que derrubou a autocracia russa e levou ao poder o Partido Bolchevique, de Vladimir Lênin. Recém-industrializada e sofrendo com a Primeira Guerra Mundial, a Rússia tinha uma grande massa de operários e camponeses trabalhando muito e ganhando pouco. Além disso, o governo absolutista do czar Nicolau II desagradava o povo que queria uma liderança menos opressiva e mais democrática. A soma dos fatores levou a manifestações populares que fizeram o monarca renunciar e, no fim do processo, deram origem à União Soviética, o primeiro país socialista do mundo, que durou até 1991. O socialismo rejeita a religião e a igreja começou a ser perseguida.

Em 1917 o Governo Português era antireligião, o mundo estava em plena 1ª Guerra Mundial e estava ocorrendo a Revolução Russa, que levou a Rússia a ser União Soviética e aplicar o regime comunista. Eram tempos conturbados.


As Aparições de Fátima

No ano de 1917 na localidade de Fátima, em Portugal, existiam 3 crianças: Lúcia dos Santos (10 anos), Francisco Marto (9 anos) e Jacinta Marto (7 anos). Não sabiam nem ler ou escrever e viviam sua vida no campo, alheias a 1ª Guerra Mundial que acontecia naquele momento ou a Revolução Russa, que derrubou a autocracia russa e levou ao poder o Partido Bolchevique, de Vladimir Lênin. O que essas crianças faziam era brincar e cuidar dos animais.

- 1ª Aparição (13 de maio de 1917): Só que tudo mudou no dia 13 de maio de 1917 quando elas afirmaram terem visto "...uma senhora mais brilhante do que o Sol" sobre uma azinheira de um metro ou pouco mais de altura, quando apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, próximo da aldeia de Aljustrel. Lúcia via, ouvia e falava com a aparição, Jacinta via e ouvia e Francisco apenas via-a, mas não a ouvia.

Nossa Senhora: - Não tenhais medo. Eu não vos faço mal.
Lúcia: - Donde é Vossemecê?
Nossa Senhora:- Sou do Céu (e Nossa Senhora ergueu as mãos apontando o Céu).
Lúcia: - E que é que Vossemecê me quer?
Nossa Senhora: - Vim para vos pedir que venhais aqui seis meses seguidos, no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Depois voltarei ainda aqui uma sétima vez
Lúcia: - E eu também vou para o Céu?
Nossa Senhora: - Sim, vais.
Lúcia: - E a Jacinta?
Nossa Senhora: - Também.
Lúcia: -  - E o Francisco?
Nossa Senhora: - Também, mas tem que rezar muitos terços.
Lúcia: - A Maria das Neves já está no Céu? (Lúcia referia-se a uma mulher que tinha morrido recentemente)
Nossa Senhora: - Sim, está.
Lúcia: - E a Amélia?
Nossa Senhora: - Estará no Purgatório até ao fim do mundo.
Nossa Senhora: Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplica pela conversão dos pecadores?
Lúcia: - Sim, queremos.
Nossa Senhora:- Ides pois ter muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto.
As crianças caem de joelhos e rezam
Nossa Senhora: - Rezem o terço todos os dias para alcançarem a paz para o mundo e o fim da guerra (na altura desenrolava-se a Primeira Guerra Mundial).

Lúcia, a mais velha, ordenou para Jacinta e Francisco para manterem segredo, mas Jacinta não aguentou e contou para sua mãe, que ficou pensativa. Já a mãe de Lúcia não acreditou e disse para a filha parar de contar mentira. Ficou realmente brava. A notícia se espalhou na aldeia onde viviam, e havia um misto de pessoas que acreditavam e outras que zombavam. O fato é que as crianças esperaram ansiosamente o dia 13 de junho para ver se aquela mulher apareceria novamente como havia dito.

- 2ª Aparição (13 de Junho de 1917): Na segunda aparição, no dia 13 de abril de 1917, cerca de 50 pessoas de pessoas estranhas acompanharam as crianças. Os seus pais não a acompanharam, sendo que 5 primos foram juntos para garantir a segurança delas. A Virgem apareceu, e só as crianças que a viram, e desta vez disse que Jacinta e Francisco estariam logo ao lado dela, enquanto Lúcia viveria bastante.

Lúcia: - Vossemecê que me quer?
Nossa Senhora: - Quero que venhais aqui no dia 13 do mês que vem, que rezeis o terço todos os dias e que aprendam a ler. Depois, direi o que quero.
Lúcia pediu a cura de um doente. - Se se converter, curar-se-á durante o ano
Lúcia:  - Queria pedir-Lhe para nos levar para o Céu.
Nossa Senhora: - Sim, a Jacinta e o Francisco levo-os em breve. Mas tu ficas cá mais algum tempo. Jesus quer servir-se de ti para Me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. A quem a abraçar, prometo a salvação e serão queridas de Deus estas almas, como flores postas por Mim a adornar o seu trono.
Lúcia: - Fico cá sozinha?
Nossa Senhora: - Não, filha. E tu sofres muito? Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O meu Imaculado Coração será o teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus.

O Padre do local interroga Lúcia e diz que ela diz a verdade, mas que pode ser um truque do diabo. Lúcia fica aterrorizada e com medo de voltar ao local no dia 13 de Julho, mas ela volta. Uma multidão maior de pessoas estava lá esperando.

- 3ª Aparição (13 de Julho de 1917): Foi neste dia que a Virgem Maria lhe revelou os três segredos. Lúcia pediu para ela realizar um milagre para que todos acreditem nela. Nossa Senhora respondeu.Continuem a vir aqui todos os meses. Em Outubro direi quem sou, o que quero e farei um milagre que todos hão-de ver para acreditarem.  Após a revelação dos segredos, Nossa Senhora disse: - Isto não o digais a ninguém. Ao Francisco sim, podeis dizê-lo. 

As crianças então disseram que viram uma visão do inferno - as crianças ficaram com tanto medo da visão do inferno que começaram a pegar penitência para salvar a almas das pessoas e evitar que fossem para aquele lugar! - e depois a Virgem lhes disse que a Grande Guerra iria terminar, mas que como haviam pessoas que não temiam a Deus, outra aconteceria durante o papado de Pio XI. Um grande clarão no céu seria o sinal de que a Guerra começou.

Outro segredo tinha relação com a Rússia. Que ela se converteria e que antes da conversão espalharia muitos erros pelo e que nações seriam destruídas como parte do processo.

Os cultos pensaram: A Rússia? Não, muito pobre, muito difícil se tornar um protagonista mundial. É importante lembrar que a segunda parte da revolução Russa ocorrida, com a tomada do poder pelo partido Bolchevique, não havia acontecido e que ela ainda estava com a Igreja Ortodoxa, era um país bastante religioso, um dos mais religioso do mundo. Como que a Rússia poderia ser convertida? Como que essas três crianças, no meio rural de Portugal, que não sabiam nem ler e escrever, sabiam algo sobre a Rússia?

As crianças ficaram com tanto medo da visão do inferno que começaram a pegar penitência para salvar a almas das pessoas e evitar que fossem para aquele lugar!

- 4ª Aparição (19 de Agosto de 1917): A Virgem apareceu nesse dia porque no dia 13 de Agosto as crianças estavam raptadas pelo então administrador do concelho de Vila Nova de Ourém, Artur de Oliveira Santos, um republicano anticlerical que queria arrancar-lhes o segredo a força. Elas chegaram a ser presas em uma cela comum. Imagina a cena, bandidos e as três crianças, incluindo uma menina de 7 anos, presas na mesma cela! Apesar das várias ameaças físicas de que foram alvo, permaneceram inabaláveis e nada revelaram. Neste dia 13, uma multidão esperava as crianças na Cova da Iria. Na manhã do dia 15 de agosto e a seguir a um interrogatório final, foram então libertadas e regressaram a Fátima.

Então ela aparece no dia 19 de  agosto em lugar chamado Valinhos, uma propriedade de um dos seus tios e que dista uns 500 metros de Aljustrel. Nossa Senhora diz que é para construir uma capela para ela, para continuarem rezando o terço todos os dias e reforçou que no último mês da aparição farei o milagre para que todos acreditem.

A igreja não acreditava no que acontecia e dizia que era invenção das crianças ou que viam algo do diabo para destruir a igreja.

- 5ª Aparição (13 de Setembro de 1917): Desta vez, mais de 20 mil pessoas foram até a Cova da Iria presenciar o fenômeno, que como sempre começava com fenômenos atmosféricos. Nossa Senhora apareceu e disse para Lúcia:

Continuem a rezar o terço para alcançarem o fim da guerra. Em Outubro, virá também Nosso Senhor, Nossa Senhora das Dores e do Carmo, São José com o Menino Jesus, para abençoarem o Mundo. Deus está contente com os vossos sacrifícios, mas não quer que durmais com a corda. Trazei-a só durante o dia.

- 6ª Aparição (13 de Outubro de 1917): Neste dia, mais de 70 mil pessoas estavam na Cova da Iria. A mulher que aparecia para os 3 pastores revelou se a Virgem Maria. Ela disse: - Quero dizer-te que façam aqui uma capela em Minha honra, que sou a Senhora do Rosário, que continuem sempre a rezar o terço todos os dias. A guerra vai acabar e os militares voltarão em breve para suas casas. 

Lúcia então no final da conversa diz para a multidão olhar para o Sol e todos presenciaram algo espetacular que ficou conhecido como O Milagre do Sol.

Lúcia (no meio, aos dez anos de idade) e seus dois primos: Francisco (nove anos) e Jacinta Marto (sete anos) segurando seus rosários (fotografia tirada na altura das aparições).


O Milagre do Sol

Lembra que a Virgem Maria disse que faria um milagre para as pessoas acreditarem nas palavras dos pastorinhos? Pois ele aconteceu na última aparição da Virgem, em 13 de Outubro de 1917

Choveu muito no dia, muito mesmo e havia lama por toda parte na Cova da Iria. Mesmo assim, mais de 70 mil pessoas foram presenciar mais uma aparição Mariana. E eles observaram o que ficou conhecido como Milagre do Sol.

Após uma chuva torrencial, as nuvens dissiparam-se no firmamento e o Sol apareceu como um disco opaco, girando no céu. Algumas afirmaram que não se tratava do Sol, mas de um disco em proporções solares, semelhante à Lua. Disse-se ser observável significativamente menos brilhante do que o normal, acompanhado de luzes multicoloridas, que se refletiam na paisagem, nas pessoas e nas nuvens circunvizinhas. Foi relatado que o pretenso Sol se teria movido com um padrão de zigue-zagues, assustando muitos daqueles que o presenciaram, que pensaram ser o fim do mundo. Muitas testemunhas relataram que a terra e as roupas previamente molhadas ficaram completamente secas num curto intervalo de tempo e, também relataram curas inexplicáveis de paralíticos e cegos, e outras doenças não explícitas, em vários casos comprovadas também por testemunhos de médicos.

De acordo com relatórios das testemunhas, o Milagre do Sol durou aproximadamente dez minutos. As três crianças relataram terem observado Jesus, Nossa Senhora da Conceição e São José abençoando a multidão no firmamento.

Pessoas a mais de 40 km da Cova da Iria observaram o Milagre do Sol.

O evento foi oficialmente aceito como um milagre pela Igreja Católica em 13 de outubro de 1930. Em 13 de outubro de 1951, o cardeal Tedeschini afirma que, em 30 de outubro, 31 de outubro e 1 de novembro e 8 de novembro, o Papa Pio XII presenciou um milagre semelhante nos jardins do Vaticano.

O que aconteceu na verdade? É claro que o Sol não saiu do lugar, senão haveria consequencias desastrosas para o nosso Sistema Solar. Alucinação em Massa? Será mesmo que 70 mil pessoas ficaram alucinadas?

Parte da multidão presente na Cova da Iria em 13 de outubro de 1917

Página de Ilustração Portuguesa, 29 de outubro de 1917, mostrando as pessoas a observar o milagre



O que Aconteceu nos Anos Seguintes?

As visões sessaram no dia 13 de Outubro, com o clímax do Milagre do Sol, as a vida continuou para todo mundo.

- Em 7 de novembro de 1917 os Bolchevistas derrubaram o Governo Provisório apoiado pelos partidos socialistas moderados e impuseram o governo socialista soviético, um governo ateu que repelia a igreja. A profecia estava se cumprindo.

- Conforme previsto pela Virgem Maria na segunda visita, Francisco e Jacinta morreram, em 1919 e 1920 respectivamente, e se juntaram a ela no céu.

- Lúcia, aos 14 anos, entrou na escola Dorotéia de Irmãs na cidade do Porto, seguindo conselho dos pais e do Bispo. Depois como Irmã Lúcia do Coração Imaculado ela entra num convento enclausurado.

- A Virgem também apareceu mais algumas vezes para Irmã Lúcia, conforme disse quando apareceu em 1917. Ela voltaria para falar sobre dois pedidos:

1. Que a Santa Comunhão fosse recebida no primeiro sábado de 5 meses sucessivos e oferecida como reparação. Em 10 de dezembro de 1925 isso aconteceu.
2. O sacramento da Rússia pelo Papa em cerimônia com todos os Bispos do planeta.

- Em 1932, após 15 anos de investigação Eclesiástica, o Milagre de Fátima é declarado como uma mensagem digna de crença. A Fé ressurge com força em Portugal.

-  Em 25 de janeiro de 1938 uma luz desconhecida ilumina os céus de diversos países do mundo. Era mais uma profecia de Fátima se realizando, pois ela disse que antes de começar uma outra grande guerra, o céu ficaria colorido. No final da guerra, dois super poderes surgiram: EUA e Rússia, Democracia x Comunismo. O mundo viveu a Guerra Fria. Se o comunismo vencesse essa guerra ideológica era o fim da igreja. Muitos países se tornaram socialistas, como China e Cuba.

A Revelação dos Dois Primeiros Segredos

Os segredos eram conhecidos em partes e havia muita especulação, com artigos dizendo que os segredos diziam isso, outros diziam que dizia aquilo e por ai vai, cada um criava seus segredos e publicada. Algo precisava ser feito.

Assim, em 1935 Lúcia escreveu a pedido do Bispo de Leiria. Lúcia escreve o texto sobre a vida de Jacinta e que fica conhecido como a "Primeira Memória da Irmã Lúcia"

O Cônego Galamba percebeu que não escreveu tudo e ordenou novos escritos, o que ela fez em novembro de 1937, com o nome de  "Segunda Memória da Irmã Lúcia". Ela revela pela primeira vez as visões do Anjo..

Então em 31 de Agosto de 1941 - Atendendo ao pedido feito pelo Bispo de Leiria, Lúcia redige novos fatos sobre Jacinta e revela a Primeira e a Segunda parte do Segredo, deixando claro que existiria ainda uma Terceira parte por divulgar. Este manuscrito é posteriormente publicado, ficando conhecido como "Terceira Memória da Irmã Lúcia".

As duas folhas escritas pela Irmã Lúcia revelando o 1º e º Segredos de Fátima. Estas imagens eu tirei do próprio site do Vaticano.


Transcrição da carta que revelou o 1ºe 2º segredos revelados por Nossa Senhora:

Terei para isso que falar algo do segredo e responder ao primeiro ponto de interrogação. 

O que é o segredo? 

Parece-me que o posso dizer, pois que do Céu tenho já a licença. Os representantes de Deus na terra, têm-me autorizado a isso várias vezes, e em várias cartas, uma das quais, julgo que conserva V. Ex.cia Rev.ma do Senhor Padre José Bernardo Gonçalves, na em que me manda escrever ao Santo Padre. Um dos pontos que me indica é a revelação do segredo. Algo disse, mas para não alongar mais esse escrito que devia ser breve, limitei-me ao indispensável, deixando a Deus a oportunidade d'um momento mais favorável. 

Expus já no segundo escrito a dúvida que de 13 de Junho a 13 de Julho me atormentou e que n'essa aparição tudo se desvaneceu. 

Bem o segredo consta de três coisas distintas, duas das quais vou revelar.  

A primeira foi pois a vista do inferno! 

Nossa Senhora mostrou-nos um grande mar de fôgo que parcia estar debaixo da terra. Mergulhados em êsse fôgo os demónios e as almas, como se fossem brasas transparentes e negras, ou bronziadas com forma humana, que flutuavam no incêndio levadas pelas chamas que d'elas mesmas saiam, juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, semelhante ao cair das faulhas em os grandes incêndios sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de dôr e desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor. Os demónios destinguiam-se por formas horríveis e ascrosas de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes e negros. Esta vista foi um momento, e graças à nossa bôa Mãe do Céu; que antes nos tinha prevenido com a promeça de nos levar para o Céu (na primeira aparição) se assim não fosse, creio que teríamos morrido de susto e pavor. 

Em seguida, levantámos os olhos para Nossa Senhora que nos disse com bondade e tristeza: 

— Vistes o inferno, para onde vão as almas dos pobres pecadores, para as salvar, Deus quer establecer no mundo a devoção a meu Imaculado Coração. Se fizerem o que eu disser salvar-se-ão muitas almas e terão paz. A guerra vai acabar, mas se não deixarem de ofender a Deus, no reinado de Pio XI começará outra peor. Quando virdes uma noite, alumiada por uma luz desconhecida, sabei que é o grande sinal que Deus vos dá de que vai a punir o mundo de seus crimes, por meio da guerra, da fome e de perseguições à Igreja e ao Santo Padre. Para a impedir virei pedir a consagração da Rússia a meu Imaculado Coração e a comunhão reparadora nos primeiros sábados. Se atenderem a meus pedidos, a Rússia se converterá e terão paz, se não, espalhará seus erros pelo mundo, promovendo guerras e perseguições à Igreja, os bons serão martirizados, o Santo Padre terá muito que sufrer, várias nações serão aniquiladas, por fim o meu Imaculado Coração triunfará. O Santo Padre consagrar-me-á a Rússia, que se converterá, e será consedido ao mundo algum tempo de paz.

Portanto assombrados, o 1º segredo é uma visão do Inferno e da perda das almas durante a Primeira Guerra Mundial. Já o 2º segredo é sobre a 2ª Guerra Mundial e a Rússia. Ele dizia que, se os homens não se emendassem, viria um grande castigo sobre as nações na forma de uma Segunda Guerra Mundial, e que a Rússia espalharia seus erros -- erros no plural -- pelo mundo, e que várias nações seriam aniquiladas. Ambos os segredos já foram selados e cumpridos.

Em 1942 o Papa Pio XII através de uma mensagem rádio a Portugal, faz a Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria. Mas ele não fez conforme as instruções e a guerra continuou e a Rússia seguiu estendendo a outros países o ateísmo. Em 1952 o mesmo papa consagrou o povo russo ao Imaculado Coração de Maria, mas nada feito, porque não tinha reunido todos os bispos. Em 1982 ele fez novamente a Consagração, mas ainda não era como deveria ser. Finalmente em 25 de Março de 1984 - O Papa João Paulo II, em união com os bispos do mundo inteiro, faz na Praça de S. Pedro, no Vaticano, a Consagração do Mundo ao Imaculado Coração de Maria, diante da imagem da Virgem de Fátima, que propositadamente viajou desde a Capelinha das Aparições. Mais tarde, a Irmã Lúcia confirma, numa carta de 8 de Novembro de 1989 para o Santo Padre, que este acto solene e universal de consagração, corresponderia ao que Nossa Senhora queria.

Em 1989 caiu o mundo de Berlim e com ele acabou a Guerra Fria e os países puderam se libertar das garras do comunismo. A Rússia voltou a ter religião e muitas propriedades foram devolvidas a igreja nos anos seguintes.

Agora vamos ao que desperta bastante discussão até hoje...

O Primeiro Segredo é uma visão do Inferno e da perda das almas durante a Primeira Guerra Mundial.

Já o Segundo Segredo é sobre a 2ª Guerra Mundial e a Rússia, que espalharia o ateismo pelo mundo.


- A Relevação do Terceiro Segredo

Depois de ficar por décadas secreto, em 3 de Janeiro de 1944 a  Ir. Lúcia dos Santo redigiu o último segredo, por ordem do Bispo de Leiria.

Esse segredo foi selado em um carta e deixado no Arquivos do Vaticano por muitos anos. Só em 1959 ela foi aberta pelo Papa João XXIII que decidiu manter em segredos. Os Papas seguintes receberam a carta e eles resolveram deixar a mesma guardada.

Em 26 de Junho de 2000 - O Vaticano publica o texto integral do Terceiro Segredo, acompanhado por um comentário teológico da autoria do então Cardeal Joseph Ratzinger, Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé.

Em 2014 o Vaticano autorizou o santuário a expor ao público pela primeira vez a carta manuscrita de Lúcia em que ela revela a terceira parte do Segredo de Fátima. O documento foi apresentado na área de Reconciliação da Basílica da Santíssima Trindade como a peça principal da exposição intitulada Segredo e Revelação, que propôs uma reflexão sobre a terceira parte do Segredo versando sobre a sua interpretação teológica feita pelo então cardeal Ratzinger.

« J.M.J.   

A terceira parte do segredo revelado a 13 de Julho de 1917 na Cova da Iria-Fátima. 

Escrevo em acto de obediência a Vós Deus meu, que mo mandais por meio de sua Ex.cia Rev.ma o Senhor Bispo de Leiria e da Vossa e minha Santíssima Mãe. 

Depois das duas partes que já expus, vimos ao lado esquerdo de Nossa Senhora um pouco mais alto um Anjo com uma espada de fôgo em a mão esquerda; ao centilar, despedia chamas que parecia iam encendiar o mundo; mas apagavam-se com o contacto do brilho que da mão direita expedia Nossa Senhora ao seu encontro: O Anjo apontando com a mão direita para a terra, com voz forte disse: Penitência, Penitência, Penitência! E vimos n'uma luz emensa que é Deus: “algo semelhante a como se vêem as pessoas n'um espelho quando lhe passam por diante” um Bispo vestido de Branco “tivemos o pressentimento de que era o Santo Padre”. Varios outros Bispos, Sacerdotes, religiosos e religiosas subir uma escabrosa montanha, no cimo da qual estava uma grande Cruz de troncos toscos como se fôra de sobreiro com a casca; o Santo Padre, antes de chegar aí, atravessou uma grande cidade meia em ruínas, e meio trémulo com andar vacilante, acabrunhado de dôr e pena, ia orando pelas almas dos cadáveres que encontrava pelo caminho; chegado ao cimo do monte, prostrado de juelhos aos pés da grande Cruz foi morto por um grupo de soldados que lhe dispararam varios tiros e setas, e assim mesmo foram morrendo uns trás outros os Bispos Sacerdotes, religiosos e religiosas e varias pessoas seculares, cavalheiros e senhoras de varias classes e posições. Sob os dois braços da Cruz estavam dois Anjos cada um com um regador de cristal em a mão, n'êles recolhiam o sangue dos Martires e com êle regavam as almas que se aproximavam de Deus. 

Tuy-3-1-1944 ». 

Vamos ver como a igreja interpretou esse segredo...

As quatro folhas escritas pela Irmã Lúcia revelando o 3º Segredo de Fátima. Estas imagens eu tirei do próprio site do Vaticano<


Interpretação do Vaticano do 3º Segredo

Em 13 de maior de 2000 o Cardeal Ângelo Sodano, Secretário de Estado de sua Santidade, pronunciou em português, no final da solene Concelebração Eucarística presidida por João Paulo II em Fátima, um texto que falava sobre os segredos. Sobre a interpretação do 3º Segredo ele disse:

Segundo a interpretação dos pastorinhos, interpretação confirmada ainda recentemente pela Irmã Lúcia, o « Bispo vestido de branco » que reza por todos os fiéis é o Papa. Também Ele, caminhando penosamente para a Cruz por entre os cadáveres dos martirizados (bispos, sacerdotes, religiosos, religiosas e várias pessoas seculares), cai por terra como morto sob os tiros de uma arma de fogo. 
Depois do atentado de 13 de Maio de 1981, pareceu claramente a Sua Santidade que foi « uma mão materna a guiar a trajectória da bala », permitindo que o « Papa agonizante » se detivesse « no limiar da morte » [João Paulo II, Meditação com os Bispos Italianos, a partir da Policlínica Gemelli, em:  Insegnamenti di Giovanni Paolo II, XVII-1 (Città del Vaticano 1994), 1061]. Certa ocasião em que o Bispo de Leiria-Fátima de então passara por Roma, o Papa decidiu entregar-lhe a bala que tinha ficado no jeep depois do atentado, para ser guardada no Santuário. Por iniciativa do Bispo, essa bala foi depois encastoada na coroa da imagem de Nossa Senhora de Fátima. 

Nessa ocasião, o Cardeal Sodano, Secretário de Estado, ousou afirmar, contra toda a evidência, que a visão tinha relação com o atentado de morte que o papa sofrera em 1981.

Ora, a visão publicada mostrava uma procissão de Cardeais, Bispos, Padres religiosos, e povo que era seguida por um Papa com passo vacilante e hesitante, numa cidade arruinada. A procissão se encaminhou para uma montanha sobre a qual havia uma cruz (símbolo claro do Calvário, portanto, da Missa). Lá, o Papa era fuzilado e flechado, e, em seguida os Cardeais, Bispos e povo eram mortos também.

Assim, para a igreja o segredo consistia apenas numa visão e que a visão tinha relação com o atentado de morte que o papa sofrera em 1981.

O Papa Emérito Bento XVI, na época era o Cardeal Joseph Ratzinger, e foi ele quem fez um Comentário Teológico sobre os Três Segredos. Este comentário está completo no site do Vaticano,

O segredo não foi revelado antes porque se divulgassem que era a morte de um Papa, várias pessoas no mundo iriam querer matar realmente o Papa para cumprir a profecia, dizem.

Philip Kosloski publicou um artigo no site Aleteia onde ele analisou os comentário feito pelo então Cardel  Joseph Ratzinger sobre o 3º Segredo e listou 5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de Fátima

1. Penitência, penitência, penitência: A mensagem central de Nossa Senhora de Fátima era “penitência”. Ela quis recordar ao mundo a necessidade de afastar-se do mal e reparar os danos provocados pelos nossos pecados. Esta é a “chave” para compreender o resto do “segredo”. Tudo gira ao redor da necessidade de penitência.

2. Nós preparamos a espada de fogo: Esta parte da aparição tende a ser a mais angustiante. Parece que Deus pode destruir todos com uma “espada de fogo”. Mas o cardeal Ratzinger, no entanto, sublinha que a “espada de fogo” seria algo criado por nós mesmos (como a bomba atômica), e não um fogo que desce do céu. A boa notícia é que a visão afirma que a espada de fogo é extinta no contato com o esplendor da Virgem, em conexão com o convite à penitência. Maria tem a última palavra e seu esplendor pode deter qualquer cataclismo.

3. O futuro não está gravado em pedra: Ao contrário da convicção popular, as intensas visões oferecidas por Nossa Senhora de Fátima não são uma previsão do futuro, do que vai acontecer. São uma previsão do que poderia acontecer se não respondermos ao convite à penitência e à conversão do coração, que Ela faz. Ainda temos nosso livre arbítrio, e somos convidados a usá-lo pelo bem de toda a humanidade.

4. O sangue dos mártires é semente da Igreja: É verdade que a visão contém muito sofrimento, mas não é em vão. A Igreja pode ter de sofrer muito nos anos vindouros, e isso pode não ser uma surpresa. A Igreja viveu a perseguição desde a crucificação de Jesus, e nosso sofrimento na época atual produzirá efeitos positivos no futuro.

5. Tende confiança! Eu venci o mundo: Para concluir, o “segredo” de Fátima nos dá esperança neste mundo lacerado pelo ódio, pelo egoísmo e pela guerra. Satanás não triunfará, e seus planos malignos serão impedidos pelo Coração Imaculado de Maria. Poderá haver sofrimento no futuro próximo, mas, se nos afiançarmos em Jesus e sua Mãe, sairemos vitoriosos.

Muita gente não concorda com a interpretação do Papa Emérito Bento XVI e propõem outras interpretações desse segredo. Eles dizem que no atentado de Agca contra João Paulo II ninguém morreu. Nem o Papa que foi baleado por Agca.

Inclusive é dito que o próprio Papa Emérito Bento XVI reconheceu recentemente que o 3º Segredo não havia acontecido ainda...


..
O Santuário de Fátima

Nossa Senhora em conversa com as crianças pediu para se construir uma capela em sua honra. Assim, trago para você um pequeno resumo da construção do local hoje conhecido como Santuário de Fátima.

José Ferreira Thedim e a primeira
Imagem de Nossa Senhora Aparecida
Entre 28 de abril e 15 de junho de 1919 foi construída a Capelinha das Aparições, que desde então constitui parte essencial do santuário. Ela foi construída no local exato onde estava a pequena azinheira sobre a qual a Santíssima Virgem Maria apareceu aos três pastorinhos de Fátima a 13 de Maio, de Junho, de Julho, de Setembro e de Outubro de 1917.

Uma estátua de Nossa Senhora de Fátima foi confeccionada no início de 1920 por José Ferreira Thedim, e oferecida por Gilberto Fernandes dos Santos. Foi benzida em 13 de maio de 1920 na Igreja Paroquial de Fátima, tendo sido entronizada na Capelinha das Aparições a 13 de junho do mesmo ano

Em 6 de março de 1922, a capela da Cova da Iria foi dinamitada por desconhecidos e parcialmente destruída. Embora tenham sido colocados explosivos em cada canto da pequena ermida, nem todas as cargas detonaram, contribuindo para a ideia popular de que o local estaria protegido por alguém ou algo sobrenatural. A capela foi reconstruída ainda durante esse ano, e protegida por um muro em torno do recinto.

O primeiro projeto urbanístico foi executado apenas parcialmente, sendo as primeiras edificações mais tarde alteradas ou substituídas, e a expansão do local desenvolvia-se de maneira muito desorganizada

Em 13 de maio de 1928 é lançada a primeira pedra para a construção da Basílica de Nossa Senhora do Rosário.

1. A Capelinha das Aparições em 1922. 2. Peregrinação de mais de 50 mil crentes na Cova da Iria, 13 de outubro de 1926; ao fundo, vista do alpendre construído para proteger a Capelinha das Aparições. 3. A Capelinha das Aparições já coberta pelo seu primeiro alpendre e com a sua envolvência toda pavimentada. À esquerda percebe-se parte da rotunda com colunata que cercava e cobria a fonte, 1937.

Em 1945, na tentativa de se corrigir erros e ordenar a constante ampliação do complexo, o Conselho das Obras Públicas aprovou um Anteplano de Urbanização de Fátima. Assim como os outros projetos anteriores, também este não foi implementado completamente, permanecendo o problema básico de desorganização urbanística, que persistiria ainda por muitos anos. Enquanto o santuário crescia, formava-se uma vila nas redondezas, atraindo pessoas que de alguma forma estavam envolvidas com suas atividades ou se ocupavam num comércio de bens e artigos voltados principalmente para os peregrinos.

Em 1950, por ocasião da celebração do Ano Santo, o santuário passou por uma importante remodelação.

Em 13 de março de 1951 os restos mortais de Jacinta Marto são trasladados do cemitério de Fátima para a Basílica de Nossa Senhora do Rosário e, a 13 de março do ano seguinte, são trasladados para esse mesmo local os restos mortais do seu irmão, Francisco Marto.

Em 1953 é concluída a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima (ou, de modo abreviado, "Basílica do Rosário") é um dos edifícios mais icônicos do santuário. Foi erguida no local onde os três pastorinhos brincavam quando, no dia 13 de maio de 1917, viram o clarão que antecedeu a primeira aparição da Virgem Maria. O início da construção da basílica data de 1928, tendo a sagração ocorrido a 7 de outubro de 1953.

1. No local onde aconteceu a primeira aparição da Virgem aos 3 pastorinhos foi construída a Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima (ou, de modo abreviado, "Basílica do Rosário"). É um dos edifícios mais icônicos do santuário. 2. Basílica de Nossa Senhora do Rosário em 2008.


A fama do local como centro de devoção trazia um crescente número de peregrinos, exigindo a adaptação das instalações, ocorrendo a partir da década de 1960 o alargamento e regularização do recinto, a construção da colunata, de arruamentos e da praça de Santo António, a remodelação do hospital, a ligação às redes de distribuição de água e eletricidade, entre outras obras. Foi também criada uma secretaria permanente, uma assessoria de imprensa, um serviço de atendmento a turistas e estrangeiros e iniciou-se a formação de coleções arquivísticas, bibliográficas e museológicas.

Desde a década de 70 diversas melhorias foram sendo realizadas no complexo.  A Capelinha das Aparições e o Presbitério do recinto de oração foram renovados, os hospitais e casas de retiros de Nossa Senhora do Carmo e Nossa Senhora das Dores foram remodelados ou receberam novos usos e deu-se início à construção do Centro Pastoral Paulo VI. Foram construídos a Basílica da Santíssima Trindade, o alpendre que protege a Capelinha das Aparições e o monumento que hoje integra um módulo do Muro de Berlim

Em 2007, por ocasião do 90.º aniversário das Aparições de Fátima, foi inaugurada a Basílica da Santíssima Trindade, uma enorme basílica dedicada à Santíssima Trindade, dispondo de 8 633 lugares sentados e 40 000 m² de área. Desde 1973 que estavam planejando contruí-la.

O principal dia de celebrações foi escolhido como sendo o 13 de maio de cada ano. Está agendada para esse ano a visita do Papa Francisco em comemoração aos 100 anos da aparição.

A Basílica da Santíssima Trindade é a mais recente construção do complexo do santuário, sendo dedicada ao culto da Santíssima Trindade. Conta com um total de 8 633 lugares sentados e 40 000 m² de área, sendo considerada o quarto maior templo católico do mundo em capacidade.


1. Vista panorâmica parcial do recinto em direção a nascente, podendo-se observar a Capelinha das Aparições, a Basílica de Nossa Senhora do Rosário, a Colunata, o monumento ao Coração de Jesus e as casas de retiros de Nossa Senhora das Dores (à esquerda) e de Nossa Senhora do Carmo (à direita). 2. Vista panorâmica do recinto em direção a poente, podendo-se observar, ao fundo, a Basílica da Santíssima Trindade.


  - Conclusão

A Conclusão é que ouve milagre reconhecido pela Igreja, então não tem o que discutir. Ao incrível aconteceu em 1917 na Cova da Iria e um milagre do sol dançante foi testemunhado por 70 mil pessoas.

Os segredos expostos por Irmã Lúcia em seus escritos falam sobre a primeira Guerra e sobre uma Rússia protagonista mundial. Como que Lúcia, Jacinta e Francisco sabiam disso? Ele viviam em um vilarejo rural, eram crianças e analfabetas!

Existe uma possibilidade da Irmã Lúcia ter incluído coisas que não viu em suas memórias, visto que elas foram escritas muitos e muitos anos depois? É sim, mas é bastante improvável.

Sobre os dois primeiros segredos, existe um consenso sobre eles, que foram interpretados corretamente e já se cumpriram.

Já o terceiro segredo existe uma discussão. Para a Igreja foi a visão do Atentado ao Papa em 13 de maio de 1981 na praça de São Pedro, no Vaticano. Para outros, é um segredo que ainda não aconteceu e tem haver com a destruição da igreja...

Fontes (acessadas dia 01/04/2017):
- Documentário Fátima - Paris Filmes
- Documentário Os Segredos de Fátima - History Channel
- Documentário As Profecias de Nostradamus: A Profecia Perdida de Fátima - History Channel
Vaticano: O « SEGREDO » DE FÁTIMA 
Wikipedia.pt: Aparições de Fátima
Wikipedia.pt: Segredo de Fátima
- Wikipedia.fr: Miracle du soleil
- Wikipedia.pt: Milagre do Sol
- Aleteia: 5 revelações surpreendentes do “terceiro segredo” de Fátima
- MontFort: Os três segredos de Fátima
- Google Maps: Santuário de Fátima
- Wikipedia.pt: Consagração do mundo ao Imaculado Coração de Maria
- Wikipedia.pt: Santuário de Fátima
- Nossa Senhora de Fátima: Imagens de Nossa Senhora de Fátima
Comentários