3 de março de 2017

"Fantasma" na Estrada? Imagem "Misteriosa" é Registrada por uma Câmera de Monitoramento de Tráfego em Utah, nos Estados Unidos!


Por Marco Faustino

Se tem algo que nunca "sai de moda" são casos de supostos fantasmas. Entre os casos mais recentes podemos citar aquele estranho caso do suposto fantasma de uma menininha, que teria sido fotografado no prédio do governo municipal de Vegas del Genil, na Espanha. Lembram desse caso? O lado inusitado de toda a história é que a mesma teria sido tirada por um vereador da cidade. Além disso, uma série de histórias paralelas começaram a ganhar força naquela época. Começou a circular uma história sobre a morte de uma menina dentro de um colégio, que tinha sido construído no terreno onde atualmente se encontra a prefeitura e a câmara municipal, e que as autoridades teriam chamado uma médium para expulsar o tal "fantasma" do lugar. Por outro lado, algumas pessoas estavam reclamando que essas "histórias de fantasmas" difundidas pela mídia local eram uma tentativa de abafar uma investigação, que o prefeito da cidade vinha enfrentando por um suposto crime eleitoral. O prefeito da cidade de Vegas del Genil, Leandro Martín López, vinha sendo acusado de comprar votos para se eleger na última campanha municipal. Fizemos uma postagem bem completa sobre aquele caso para vocês, que acabou permanecendo inconclusivo (caindo no esquecimento após cerca de uma semana), apesar da forte tendência de ser apenas uma espécie de "carimbo de celular" (leia mais: O "Fantasma" de uma Menininha foi Fotografado por um Vereador no Prédio do Governo Municipal de Vegas del Genil, na Espanha?).

O maior problema de toda e qualquer história sobre o mundo "paranormal" ou "sobrenatural" é a fonte. Geralmente, temos as opiniões e depoimentos subjetivos de pessoas que acreditam ter visto alguma coisa durante o período da noite, em meio a escuridão, isso sem contar as fotos e os vídeos de baixa qualidade. Então, os grupos de investigação paranormal sempre tentam tornar suas fontes as mais credíveis possíveis. O mesmo acontece como seus respectivos depoimentos, para mostrar que são pessoas idôneas, por mais que não deixem de ser seres humanos, e passíveis a falhas de percepção visual tal como qualquer outra pessoa (exceto que seja um super-humano com habilidades visuais fantásticas). Um exemplo clássico do que estou falando é o caso do suposto "poltergeist" do Chile, onde o principal tripé de apoio para a existência de um suposto "fenômeno paranormal" estava no depoimento de um único policial (por mais que houvesse mais de um deles no local), de uma autoridade pública voltada ao serviço social (que se apoiou nas declarações desse policial) e da imprensa chilena que teria registrado os estranhos acontecimentos, mas que foi incapaz de registrar imagens de um único "fenômeno paranormal", enquanto uma câmera estivesse voltada para o local da ação. O caso tomou conta da mídia principalmente de domingo (26) até quarta-feira (1), porém desde ontem (2) cada vez menos se ouve falar sobre o caso (leia mais: Policiais são Atacados por uma Suposta "Entidade Paranormal" ao Atenderem uma Ocorrência em Puerto Montt, no Chile!).

Nessa postagem relacionada ao "poltergeist" do Chile, cheguei a comentar sobre o que denominei de "estereótipo de confiabilidade", ou seja, sempre que surgem declarações de ex-militares, policiais ou ex-astronautas da NASA, por exemplo, rapidamente os sites de notícias e pessoas aficcionadas pelo desconhecido ficam em polvorosa. Na mente de muitas pessoas, a roupa que vestem possui uma credibilidade ou imparcialidade tão intríseca, que mesmo sem conhecer essas pessoas, sem saber sem histórico, suas crenças e o que realmente testesmunharam (uma vez que nunca há um real confronto de perguntas que sejam realmente pertinentes) passam a propagar que determinada pessoa "jamais mentiria" ou que "jamais falaria algo que não tivesse presenciado". Conforme mostrei na atualização que fiz sobre o assunto, a história pode ser bem diferente do contam para vocês. Não é que eu não acredite, mas tento levar o desconhecido a sério, explorando as possibilidades que disponho ao encontrar as chamadas "pontas soltas" para que vocês possam realmente ter uma gama de informações, e que isso lhes permita avaliar a situação por conta própria, não sendo influenciado por quem quer que seja, inclusive por mim. Então, como exercício sobre "estereótipos de confiabilidade" vamos comentar sobre um caso bem peculiar que vem sendo divulgado no estado de Utah, nos Estados Unidos, sobre uma estranha imagem registrada por uma câmera de monitoramento de tráfego do Departamento Estadual de Transportes (Utah DOT ou UDOT), em uma localidade chamada Soldier Summit. Essa imagem foi divulgada pela própria conta oficial do UDOT, no Twitter. Muitas pessoas vêm dizendo que ao ser mencionado por um orgão governamental, isso quer dizer que poderíamos descartar qualquer manipulação. Será mesmo? Vamos saber mais sobre esse assunto?

Um Pouco Sobre a Localidade Chamada Soldier Summit


Acreditem, não há muito para se falar de Soldier Summit. Essa localidade é o nome de um passo de montanha (um acidente geográfico definido como o ponto mais baixo entre dois picos pertencentes à mesma aresta, facilitando a passagem através da cadeia de montanhas, o que corresponde a uma passagem ligando dois vales), nas Montanhas de Wasatch, no estado norte-americano de Utah, e ao mesmo tempo o nome de uma cidade fantasma localizada nesse mesmo passo. De qualquer forma, Soldier Summit tem sido uma importante rota de transporte entre a região metropolitana de Wasatch Front e a cidade de Price, desde que a área foi ocupada por pioneiros mórmons.

Imagem do Google Maps mostrando a distância de Soldier Summit até Salt Lake City, a capital do estado de Utah
Imagem do Google Street View mostrando o "plano geral" da localidade chamada Soldier Summit, em Utah
Soldier Summit está à beira da U.S. Route 6 (Rota 6), uma autoestrada transcontinental que corta os Estados Unidos desde o estado da Califórnia, na Costa Oeste, até estado de Massachusetts, na Costa Leste. Também passava por Soldier Summit a linha principal de uma antiga estrada de ferro da "Denver and Rio Grande Western Railroad", uma antiga companhia ferroviária, que acabou sendo vendida em 1996 para a "Union Pacific Railroad".

Soldier Summit está à beira da U.S. Route 6, uma autoestrada transcontinental que corta os Estados Unidos desde o estado da Califórnia, na Costa Oeste, até estado de Massachusetts, na Costa Leste
Os frades espanhóis Francisco Atanasio Domínguez e Silvestre Vélez de Escalante são creditados por terem descoberto esse passo em 1776, mas certamente o mesmo era utilizado por nativos americanos muito antes deles. A palavra "summit" presente em seu nome deve-se a um grupo de soldados que ficaram presos no local devido a uma inesperada tempestade de neve, em julho de 1861. Esses soldados eram sulistas, previamente sob o comando do General Philip St. George Cooke, em Camp Floyd, a caminho de se juntarem ao exército confederado. Alguns deles morreram durante a tempestade e foram enterrados na cimeira. Isso, é claro, alimentou supostas lendas sobre fantasmas de antigos combatentes.

Foto de antigas casas em Soldier Summit na década de 1920
Foto do antigo terminal ferroviário de Soldier Summit em 1925
Soldier Summit nunca foi uma localidade populosa, visto que nunca passou de 2.500 habitantes, número esse que alcançou durante a década de 1920. Porém, começou a declinar uma vez que a companhia ferroviária local decidiu mover suas operações devido aos invernos bem severos, e o alto custo das operações. O que um dia tinha sido uma cidade foi finalmente desincorporada em 1984. Exceto por um posto de gasolina, que abre de vez em quando, e duas ou três casas, Soldier Summit é considerada, conforme mencionamos anteriormente, uma cidade fantasma. Uma antiga prisão de duas celas, algumas casas vazias, e diversos hectares de fundações e muros em ruínas são tudo o que resta da antiga cidade.

A "Imagem Misteriosa" Registrada por uma Câmera de Monitoramento de Tráfego do Departamento Estadual de Transportes de Utah


Essa postagem será bem curta, porém interessante devido alguns aspectos que temos que mencionar sobre esse caso. Primeiramente, o mesmo surgiu apenas como uma mero tweet (ou tuíte, como queiram) do Departamento de Transportes de Utah, em sua conta oficial no Twitter, é claro, na última quarta-feira, 1º de março. Reparem bem no conteúdo desse tweet:

Tweet publicado pelo Departamento de Transportes de Utah
"Temos cerca de 1.150 câmeras de monitoramento de tráfego espalhadas por todo o estado, Algumas vezes, elas registram algumas coisas incomuns. Confiram essa imagem registrada em Soldier's Summit"

Caso tenham reparado bem, o Departamento de Transportes de Utah (UDOT) não especificou o que poderia ser aquilo que a câmera registrou, deixando margem às habituais especulações. A única informação que tínhamos, da própria imagem, é que teria sido registrado as 20h44, do dia 7 de fevereiro, muito provavelmente desse ano.

Entretanto, isso também não impediu que emissoras TV locais como a KUTV (afiliada da CBS) e a KSTU (afiliada da FOX), ambas sediadas em Salt Lake City, propagassem esse caso. Confira uma reportagem sobre esse assunto, que foi veiculada pela KSTU, através de um canal de terceiros, no YouTube:



Obviamente, surgiram as hipóteses de ser um fantasma, um extraterrestre, um Pé-Grande e teve gente dizendo que poderia ser simplesmente uma pessoa de carne e osso com um saco de papel na cabeça, muito embora isso fosse bem inusitado considerando o horário e o local praticamente inóspito. Confira também essas duas imagens mais de perto, que foram publicadas pelo UDOT:

Primeira imagem publicada pelo Departamento de Transportes de Utah (UDOT)
Segunda imagem publicada pelo Departamento de Transportes de Utah (UDOT)
Assim sendo, resolvemos dar uma olhada na página oficial do Departamento de Transportes de Utah para ver se conseguíamos obter maiores informações a respeito da câmera em questão, justamente a responsável por registrar essa imagem acima.

A Câmera Envolvida no Registro da "Imagem Misteriosa" em Soldier Summit


No site oficial eles dizem quem possuem mais de 700 câmeras de monitoramento de tráfego e 1.500 sensores de tráfego nas estradas estão constantemente registrando fotografias, vídeo e dados de tráfego em todas as principais estradas do Departamento de Transportes de Utah. Vale lembrar que esses números podem estar defasados, uma vez que não sabemos a última vez que essas informações foram atualizadas.

Não demorou muito tempo até encontramos a localidade de Soldier Summit no mapa, e percebermos que ela possui apenas duas câmeras do UDOT, uma de cada lado da Rota 6, aparentemente instaladas bem próximas do único posto de gasolina das redondezas (vocês podem conferir ao acessar o site: http://udottraffic.utah.gov). Contudo, a marcação do Google Maps em relação a real localização do posto de gasolina está errada.

Não demorou muito tempo até encontramos a localidade de Soldier Summit no mapa,
e percebermos que ela possui apenas duas câmeras do UDOT, uma de cada lado da Rota 6
Apesar disso, ou seja, da marcação do posto no mapa estar errada em relação a sua real localização - que seria um bem mais a direita no mapa fornecido pelo Google Maps - o posicionamento das câmeras do UDOT no respectivo mapa está correto.

Imagem do Google Street View mostrando as imagens das duas câmeras instaladas na altura de Soldier Summit
Imagem do Google Street View mostrando a primeira câmera instalada em Soldier Summit
(aquela que está mais à direita no mapa)
Imagem do Google Street View mostrando a segunda câmera instalada em Soldier Summit
(aquela que está mais à esquerda no mapa)
A responsável por esse registro foi a câmera identificada por US6 Liveview WB @ Soldier Summit MP 210.36 UT (a última imagem acima). Você também pode acessá-la ao selecionar a região de Salt Lake City e, em seguida, escolher a câmera 12300 S SR71 @ 150 E DPR.

Ao acessá-la podemos perceber que a mesma atualiza a cada 10 minutos, tirando fotos da parte oeste, central e leste daquele trecho Rota 6. As imagens permanecem na tela por esses 10 minutos, e atualizam automaticamente. As demais câmeras, pelo menos daquele trecho em questão, também atualizam nesse mesmo período de tempo.

A responsável por esse registro foi a câmera identificada por US6 Liveview WB @ Soldier Summit MP 210.36 UT. Você também pode acessá-la ao selecionar a região de Salt Lake City e, em seguida, escolher a câmera 12300 S SR71 @ 150 E DPR
Curiosamente, essa câmera ficou indisponível boa parte do dia de ontem,
voltando apenas durante a madrugada (horário local)
Então, resolvemos copiar as imagens dessa câmera de monitoramento de tráfego por cerca de meia hora, das 13h40 até as 14h10, lembrando que a câmera tira apenas uma foto a cada 10 minutos da parte central, e dos trechos oeste e leste da pista. Cada imagem copiada do site do UDOT tem uma resolução de apenas 320 x 240, e uma qualidade visual não muito boa. Confira o resultado abaixo:

Então, resolvemos copiar as imagens dessa câmera de monitoramento de tráfego por cerca de meia hora, das 13h40 até as 14h10, lembrando que a câmera tira apenas uma foto a cada 10 minutos da parte central, e dos trechos oeste e leste da pista
Imagens extraídas dos trechos oeste e leste da Rota 6 em Soldier Summit
A parte mais interessante de todas é que câmera conseguiu registrar o exato momento que um carro passou pela pista, visto que nas outras imagens não temos absolutamente nada.

O problema é que isso causa uma grande implicação em nossa "figura misteriosa", visto que a imagem divulgada pelo Departamento de Transportes de Utah está muito ampliada. Para piorar, aparentemente, ao contrário do que fiz para mostrar para vocês, ou seja, copiando a imagem diretamente do site, alguém teria feito uma captura de tela (o famoso "print"), recortando a imagem de qualquer jeito, e posteriormente a ampliando. Reparem em alguns detalhes que denotam isso:

Aparentemente, ao contrário do que fiz para mostrar para vocês, ou seja, copiando a imagem diretamente do site, alguém teria feito um captura de tela (o famoso "print"), recortando a imagem de qualquer jeito, e posteriormente a ampliando
Isso quer dizer basicamente, que o Departamento de Transportes de Utah teria fornecido apenas uma imagem recortada de uma captura de tela, que ninguém sabe exatamente quem tirou, e divulgou apenas 22 dias após o incidente. Além disso, uma vez que a imagem está ampliada, o mais correto seria tentar readequá-la ao seu tamanho original, não é mesmo? É justamente aí que mora o segundo problema: qual seria o tamanho real da "figura misteriosa"? Vejam o comparativo:
Uma vez que a imagem está ampliada, o mais correto seria tentar readequá-la ao seu tamanho original, não é mesmo? É justamente aí que mora o segundo problema: qual seria o tamanho real da "figura misteriosa"?
É muito importante ressaltar que não somos peritos em imagens, e essa é apenas uma observação amadora. Apenas observamos detalhes nas mesmas que parecem estranhos aos nossos olhos. Somente com a imagem divulgada pelo UDOT não tínhamos nenhuma referência em termos de tamanho. Contudo, quando surgiu um carro (considerando que fosse um carro popular, por exemplo) conseguimos ter uma ideia melhor em relação ao tamanho, ou seja, provavelmente a "figura misteriosa" seria praticamente um "gigante", não seria?

É bem difícil imaginar que uma pessoa de estatura mediana iria aparecer com aquela altura, e com todo aquele volume corporal, naquela posição da estrada. Imaginando que o "fantasma" de uma pessoa tenha o mesmo tamanho que tinha em vida, também seria bem improvável ser um "fantasma". Talvez isso "explique a razão" pela qual as pessoas passaram a dizer que seria um "Pé-Grande" (devido a altura) ou "extraterrestre" (devido ao que parecem ser olhos ovalados).

Imagem do Google Street View mostrando o local onde a câmera 12300 S SR71 @ 150 E DPR registra a parte central
do trecho da Rota 6 em Soldier Summit
A questão é que muitos estão considerando que, por se tratar de um tweet do Departamento de Transportes de Utah, ou seja, de uma autoridade pública, isso seria uma garantia absoluta que a imagem não teria sido manipulada. Sinceramente? No mundo atual, no qual estamos repletos de dados e notícias falsas, começando pelo próprio presidente dos Estados Unidos e suas informações completamente distorcidas, não colocaria a minha mão no fogo por ninguém. Você colocaria? Por isso havia mencionado anteriormente que isso é um exercício sobre "estereótipo de confiabilidade".

Será que essas mesmas pessoas também seriam capazes de explicar o porquê uma autoridade pública capturaria a tela do site de acesso público, recortaria mal a imagem, e a divulgaria ampliada cerca de 22 dias depois do ocorrido? Será que ninguém enviou essa imagem para eles, acabaram lendo o email apenas semanas depois, e resolveram publicar? Se isso aconteceu, por exemplo, nada impediria uma eventual manipulação, entenderam?

A questão é que muitos estão considerando que, por se tratar de um tweet do Departamento de Transportes de Utah, ou seja, de uma autoridade pública, isso seria uma garantia absoluta que a imagem não teria sido manipulada
Entretanto, vamos ser generosos e pensar que no dia 7 de fevereiro desse ano, um funcionário do Departamento de Trânsito de Utah estava muito empolgado com seu trabalho e resolveu ficar assistindo a monotonia de uma localidade, que ninguém mais se importa há décadas quando, de repente, viu algo assustador e ao invés de copiar a imagem, tirou um print, recortou e guardou para mostrar aos seus superiores. É possível ser ainda mais generoso, e pensar que aquela câmera apresentou uma falha (como aconteceu ontem), alguém percebeu que a mesma estava fora do ar, resolveu arrumar o problema quando, de repente, algo de outro mundo saltou aos seus olhos, também tirou um print, recortou e guardou para mostrar aos seus superiores. E aí, faz sentido para vocês?

Por outro lado, quem sabe, isso não tenha sido uma espécie de chamariz, ou seja, um tweet proposital para chamar a atenção dos seguidores do Departamento de Trânsito de Utah para mostrar que eles tem 1.150 câmeras espalhadas por todo o estado, e que eles estão vigiando e garantindo a segurança da população? A questão é que enquanto não tivermos mais detalhes sobre o caso por parte deles, é bem difícil cravar o que seria ou o que não seria aquilo. Caso tenhamos maiores informações sobre o caso, manteremos vocês atualizados através dessa mesma postagem, combinado?

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://fox13now.com/2017/03/01/mystery-image-captured-on-utah-dot-traffic-camera/
http://kutv.com/news/local/udot-captures-ominous-image-on-traffic-camera-in-soldier-summit
http://udottraffic.utah.gov/
http://wmrrm.com/soldiersummit.html
https://en.wikipedia.org/wiki/Soldier_Summit,_Utah
https://twitter.com/UtahDOT/status/837030286512676864
https://www.youtube.com/watch?v=LW9OePg9Wkc
Comentários