18 de novembro de 2016

Uma "Criatura Misteriosa" Teria Mordido e Sugado o Sangue de um Adolescente no Cemitério de Westbury, na Austrália?

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Sempre que é noticiado algum caso envolvendo uma suposta "criatura misteriosa", fico meio desconfiado do que possa vir a ser. No entanto, foi sugerido nesse caso que vamos apresentar nessa postagem, que essa "criatura" poderia ser um "inseto horripilante" ou então se tratar de um "avistamento de fada". Sim, exatamente isso que você leu. Esse caso foi apresentado a mim pelo Mateus, que havia sugerido um "Minuto AssombradO" sobre esse assunto, porém quando comecei a pesquisar um pouco mais a fundo, encontrei um material bem interessante, e que muito provavelmente está relacionado aos vídeos que foram publicados por um dos adolescentes no YouTube, e que acabaram repercutindo em alguns tabloides britânicos.

Resumindo, era perfeitamente possível trazer um pouco mais de conteúdo e conhecimento para vocês, do que a limitação do outro formato. Enfim, o caso é até bem simples de ser contado, visto que se resumiria a um grupo de adolescentes australianos, que estariam fazendo um passeio noturno em um cemitério da cidade de Westbury, no estado da Tasmânia, na Austrália, quando um deles começou a sentir como se algo estivesse o mordendo. A suposta criatura passa muito rapidamente em frente a câmera, emitindo uma espécie de zumbido. Então, esse adolescente dá uma série de tapas em seu pescoço e pouco tempo depois começa a correr e a gritar, supostamente de dor e na tentativa de se livrar da tal criatura. Um outro vídeo também foi divulgado na mesma ocasião, com esses adolescentes dentro de uma casa, para mostrar a "mordida" deixada pela suposta criatura no pescoço do rapaz. Um caso interessante, porém será que é mesmo verdadeiro?

Casos envolvendo supostas fadas não são muito divulgados até porque, teoricamente, seriam criaturas folclóricas e lendárias, ou seja, não existiriam de fato em nosso mundo. Apesar de muitas meninas, adolescentes e jovens mulheres acreditarem em fadas madrinhas, e fadas bondosas que protegem a natureza, principalmente estimuladas por livros e pelo universo mágico dos desenhos animados, outras pessoas tem uma visão mais macabra e sinistra a respeito delas. Um exemplo claro disso foi aquele caso sobre um suposto "esqueleto de fada" que teria sido encontrado à beira de uma rodovia por um garoto de apenas 13 anos no México, lembram disso? (leia mais: Será Mesmo que o "Esqueleto de uma Fada" Foi Encontrado à Beira de uma Rodovia por um Garoto de 13 anos, no México?) Na época, fizemos uma postagem completa sobre o assunto e mostramos, ponto a ponto, que toda a história não fazia nenhum sentido e estava totalmente maculada pela péssima ou questionável reputação daqueles que estavam envolvidos. Após algum tempo, um homem chamado L.A. Marzulli veio a público dizer que havia sido enganado, e que o "esqueleto de fada" era falso. Algo que era extremamente previsível antes. Apesar de escrever sobre casos supostamente sobrenaturais, não sou vidente e não possuo nenhuma paranormalidade, apenas pesquiso e faço questão de investigar além do que é noticiado para trazer a informação mais próxima da realidade e da veracidade em relação ao que é divulgado. Assim sendo, será que adolescentes teriam sido atacados por uma criatura misteriosa ou por uma ou mais fadas no cemitério de Westbury, na Austrália? Vamos saber mais sobre esse assunto?

Como o Caso Foi Noticiado pela Mídia Internacional?


Ao contrário do que estamos acostumados a ver diariamente, esse caso não viralizou ao redor do mundo e ficou limitado a alguns tabloides britânicos e sites de notícias do Reino Unido. Nem mesmo os sites australianos de notícias comentaram sobre o caso, algo bem estranho. É possível contar nos dedos o número de sites que divulgaram esse caso, conforme vocês podem ver na imagem abaixo:

Ao contrário do que estamos acostumados a ver diariamente, esse caso não viralizou ao redor do mundo e ficou limitado a alguns tabloides britânicos e sites de notícias do Reino Unido
O único site de notícias que tentou divulgar maiores informações sobre esse caso foi o Inquisitr, e ainda assim a pesquisa, apesar de um pouco melhor do que o restante, deixou a desejar. Vamos nos basear inicialmente nessas informações para que vocês tenham uma noção de como isso foi divulgado. Confira exatamente o que foi publicado pelo Inquisitr (deixando bem claro que não fomos nós que escrevemos o texto abaixo, que é um pouco irritante devido a constante repetição da expressão "sugadora de sangue"):

"Alguns adolescentes australianos acabaram sendo surpreendidos, quando foram atacados por uma criatura não identificada, sugadora de sangue, enquanto andavam por um cemitério escuro. O grupo de adolescentes estava fazendo bagunça em um cemitério em Westbury, na Tasmânia, quando o impensável aconteceu, e todo o incidente foi registrado pela câmera e postado no YouTube. Agora, o mundo está se perguntando qual seria aquela criatura não identificada e sugadora de sangue.

Alguns adolescentes australianos acabaram sendo surpreendidos, quando foram atacados por uma criatura não identificada, sugadora de sangue, enquanto andavam por um cemitério escuro
Ou será que tudo não passou de uma farsa bem elaborada?

Confira o vídeo abaixo e, em seguida, decida por si mesmo:

 


De acordo com a RT, o primeiro vídeo mostra os adolescentes fazendo um passeio pré-Halloween em um cemitério escuro. Eles parecem estar bem e aproveitando o passeio entre as sepulturas. No entanto, a diversão e o passatempo deles tem um desfecho bem rápido, quando uma criatura misteriosa, que não foi identificada, sugadora de sangue, repentinamente aparece por trás de uma lápide e ataca um dos adolescentes.

O vídeo do YouTube é intitulado como 'Fairy sighting or creepy bug attack!!?!'. Isso denota que os adolescentes estão se questionando sobre o que estaria acontecendo enquanto eles tentam se esquivar da pequena criatura sugadora de sangue e freneticamente tentam escapar do cemitério. Um dos adolescentes, o Tim, teria sido diretamente atacado pela coisa sugadora de sangue. Pelo menos de acordo com um outro vídeo que mostra o seu relato sobre o que aconteceu. Ele vai direto para o pescoço dele como um vampiro de filme de terror antes de voar para longe.


Em uma cena, pouco antes dos ataques da criatura não-identificada e sugadora de sangue, os espectadores têm um vislumbre de algo que parece uma criatura humanoide minúscula passando por trás da lápide. Um comentário de um leitor da RT chamado "Gold Blowdryer" sugeriu que parecia com um pequeno esqueleto, talvez um objeto decorativo de Halloween.

'Aos 55 segundos de vídeo fica evidente que um esqueleto fantasmagórico de papel aparece atrás da lápide, e você ainda paga as pessoas para escrever este absurdo?', disse 'Gold Blowdryer'

Um dos adolescentes, o Tim, teria sido diretamente atacado pela coisa sugadora de sangue
Outros ofereceram uma explicação mais mundana, menos 'fraudulenta' para a criatura voadora não identificada. Um leitor da RT chamado 'Purple Strawberry', achava que a criatura sugadora de sangue poderia ter sido um 'falso vampiro morcego', e citou a Wikipedia para descrevê-la:

'Megadermatidae, ou morcegos falsos vampiros, são uma família de morcegos encontrados da África Central, do Leste até o Sul da Ásia, e na Austrália. Eles são morcegos relativamente grandes, variando de 6,5 cm a 14 cm no comprimento. Eles têm olhos grandes, orelhas muito grandes e um proeminente nariz-de-folha. Têm uma membrana larga entre as patas traseiras, ou uropatagium, mas nenhuma cauda. Muitas espécies são meio marrons, mas algumas são 'brancas', cinza-azuladas ou até mesmo verde-oliva, ajudando-os a se camuflarem no ambiente preferido deles. Eles são principalmente insetívoros, mas também se alimentam de uma vasta gama de pequenos vertebrados', disse 'Purple Strawberry'.

Um leitor da RT chamado 'Purple Strawberry', achava que a criatura sugadora de sangue poderia ter sido um 'falso vampiro morcego', e citou a Wikipedia para descrevê-la
Entretanto, apesar de finalizar seu comentário com uma quase afirmação 'Caso (provavelmente) encerrado', o leitor não aborda o fato de que a criatura não-identificada, sugadora de sangue, parece ter atacado ativamente os adolescentes, algo que os morcegos falsos vampiros não costumam fazer.

E algo definitivamente aconteceu com o pobre Tim no cemitério. Isso é evidenciado pelo outro vídeo, no qual eles analisam a lesão de Tim, e tentam descobrir o que exatamente qual seria a criatura não-identificada e sugadora de sangue que os atacou. Confira:



O vídeo mostra claramente uma ferida bem visível em seu pescoço. Claro, é possível (especialmente nessa época do ano, quando 'ferimentos de mentira' estão disponíveis em todas as lojas de varejo), que a lesão no pescoço do adolescente seja falsa, mas parece bem real.

O que você acha que atacou os adolescentes no cemitério da Tasmânia? O vídeo da criatura não identificada, sugadora de sangue mostra um inseto, um morcego, uma fada ou algo totalmente diferente?"

Indo Além do que Foi Divulgado: O Cemitério de Westbury


Acredito que vocês já estão acostumados a ver que sempre vamos além do que é divulgado na mídia, principalmente em casos tão inusitados como esse. Então para tentar entender se existe ou não alguma veracidade no que foi divulgado é necessário "cavar um pouco mais fundo", e tentar compreender o que acabamos de ver juntamente com mais informações, aquelas que as pessoas não fazem muita questão que você tenha acesso.

É interessante que você saiba, que a cidade de Westbury, localizada no centro-norte do estado da Tasmânia, na Austrália, é bem pequena. Segundo o último censo realizado em 2006, a cidade contava com apenas 1.476 habitantes. Já a Tasmânia é uma ilha e um estado da Austrália que se localiza a 240 km da costa sudeste da Austrália continental. O estado contava, em 2009, com uma população de 502.600 habitantes.

Imagem do Google Maps mostrando a distância entre a cidade de Westbury até Camberra, capital da Austrália,
que é mais facilmente percorrida por avião, em uma viagem de aproximadamente 3 horas.
Em relação a eventuais cemitérios na cidade, é difícil encontrar informações sobre eles, visto que a maioria das fotos em mecanismos de busca apontam para cemitérios de mesmo nome, porém em outras localidades. Como eu disse, é difícil, porém não é impossível.

Ao acessar o site "Find a Grave" encontrei dois resultados possíveis sobre cemitérios em Westbury, na Tasmânia: o Westbury General Cemetery e o Westbury Pioneer Cemetery, anglicano e católico respectivamente.

Ao acessar o site "Find a Grave" encontrei dois resultados possíveis sobre cemitérios em Westbury, na Tasmânia: o Westbury General Cemetery e o Westbury Pioneer Cemetery, anglicano e católico respectivamente.
Esse é o cemitério Westbury General Cemetery:

Imagem do Google Street View mostrando o Westbury General Cemetery
Imagem do Google Maps mostrando o o Westbury General Cemetery
E esse é o cemitério Westbury Pioneer Cemetery:

Imagem do Google Street View mostrando o Westbury Pioneer Cemetery
Imagem do Google Maps mostrando o Westbury Pioneer Cemetery
Como vocês podem ver, ambos os cemitérios são relativamente pequenos e podem ser facilmente acessados por quaisquer pessoas, principalmente adolescentes que não teriam nada para fazer, ainda mais considerando a informação que a gravação teria sido realizada em um domingo, dia 23 de outubro desse ano. Uma vez que está bem escuro, é difícil saber em qual dos cemitérios isso foi filmado, se é que podemos dizer que teria sido realmente filmado em algum dos cemitérios da cidade.

Entretanto, a discussão se poderia ser um "inseto horripilante" ou uma "fada macabra" é praticamente a que menos importa, quando nos deparamos com alguns detalhes que denotam que isso seria apenas um vídeo viral, ou seja, produzido exatamente para ter uma grande visibilidade no YouTube, e possivelmente uma farsa.

Questionamentos Iniciais


Evidentemente, a filmagem é passível de questionamento, até mesmo porque o que passa em frente a câmera está bem desfocado, e não temos a confirmação de algum médico ou de alguma unidade de saúde de que se tratasse realmente de uma mordida ou que a mesma tivesse características de ser provocada por um animal.

O mais é estranho, no entanto, é que ambos os vídeos (o da filmagem e o da "análise" da filmagem) foram publicados em um canal chamado "NibblerNibbels" com praticamente nenhuma expressividade no YouTube (com pouco mais de 76 inscritos), e que originalmente publicava apenas vídeos de jogos, e de forma bem esporádica (raramente passando de 100 visualizações).

O mais é estranho, no entanto, é que ambos os vídeos (o da filmagem e o da "análise" da filmagem) foram publicados em um canal chamado "NibblerNibbels" com praticamente nenhuma expressividade no YouTube (com pouco mais de 76 inscritos)
Isso é um grande contraste em relação a esses dois vídeos, que foram os últimos publicados por esse canal, e que receberam 186.305 e 82.148 visualizações respectivamente (esses números podem variar de acordo com o momento que você ler essa postagem). É claro que qualquer pessoa tem o direito de criar um canal no YouTube e postar um vídeo sobre algo que tenha acontecido com ela, e não necessariamente ser algum "YouTuber" famoso ou sempre ter que postar vídeos para tentar mostrar que está falando a verdade. Contudo, geralmente não é assim que as coisas funcionam, infelizmente.

Inicialmente, eu até pensei que esse vídeo pudesse ter sido copiado de algum outro canal e o contexto original ter sido modificado justamente para viralizar ou ter uma certa repercussão na mídia, mas mudei minha opinião quando me deparei com um site chamado "World Faery Society".

O Suposto "Ataque de uma Criatura Misteriosa" Não Passou de um Viral para Promover o Lançamento de um Livro?


A World Faery Society (sigla em inglês, WFS ou simplesmente "Sociedade Mundial das Fadas", em português) se considera a página oficial do movimento global das fadas (ou do mundo das fadas). A WFS pede para que as pessoas examinem as evidências para iniciar suas próprias pesquisas e ajudar a descobrir um dos grandes mistérios ainda não resolvidos: A Fada de Westbury, na Tasmânia.

A World Faery Society (sigla em inglês, WFS ou simplesmente "Sociedade Mundial das Fadas", em português) se considera a página oficial do movimento global das fadas (ou do mundo das fadas)
Confira um vídeo de apresentação muito bem produzido sobre a WFS, que foi publicado em sua própria conta no YouTube, no dia 26 de outubro, dois dias depois do vídeo ser publicado pelos adolescentes:



Em um determinado momento do vídeo, a jovem chamada "Willow Beck" diz ao seu avô "Dr. Arthur Beck", que tinha se deparado com o vídeo de um avistamento de fada na cidade de Westbury, Tasmânia, na Austrália. Teria sido após esse vídeo que o Dr. Arthur Beck resolveu pedir a ajuda de usuários na internet, para que pudessem ajudar a decifrar os segredos de uma antiga e empoeirada caixa, que foi anonimamente doada para a WFS nesse ano.

A caixa estaria acompanhada por bilhete onde é possível ler: "Discovered under floorboards in an old house in Westbury, Tasmania, Australia" ("Descoberto sob assoalho de uma antiga casa em Westbury, Tasmânia, Austrália", em português). A caixa estaria repleta de artefatos e documentos que parecem ser a história de uma vida, a vida de uma pessoa que acreditava em fadas, em meados do século XIX.

A caixa estaria repleta de artefatos e documentos que parecem ser a história de uma vida,
a vida de uma pessoa que acreditava em fadas, em meados do século XIX
Além disso, segundo sua página no Facebook, "a WFS diz possuir riquíssima história, embora secreta, de documentar e preservar as evidências registradas de avistamentos de fadas em todo o mundo. Desde seus primórdios, essa sociedade fechada acumulou o que é considerado a maior quantidade de evidências definitivas do mundo para apoiar a existência das fadas.

Através dos tempos, a WFS tem sido guiada sileciosamente pela força de um único membro pioneiro. Permanecendo em segredo para que ninguém, exceto aqueles indivíduos de confiança, escolhidos para levar a chama para aqueles que creem, em todos lugares, que a WFS esteja, contra a tradição dominante que se tornou conhecida pelo mundo. 

Hoje, esse líder é o professor Arthur Beck. Você pode se perguntar a razão pela qual o professor Beck decidiu expor a WFS nesse momento. Tenha certeza que ele não tomou essa decisão de forma leviana. Ele quebrou o silêncio, porque precisa desesperadamente de sua ajudar para investigar a Fada de Westbury. 

Em um determinado momento do vídeo, a jovem chamada "Willow Beck" diz ao seu avô "Dr. Arthur Beck", que tinha se deparado com o vídeo de um avistamento de fada na cidade de Westbury, Tasmânia, na Austrália
Essa fada é real? E se for, quem é ela ou qual sua história? Com sua ajuda em responder a essas perguntas, o professor Beck e a WFS podem finalmente ser capazes de provar, sem dúvida alguma, que as fadas realmente existem. Para iniciar a sua investigação, explore as provas, leia as teorias e histórias apresentadas pelos demais, e escreva seu próprio conto sobre a Fada de Westbury".

Um detalhe que chama muito a atenção é a garota que aparece no vídeo, a "Willow Beck", visto que ela é muito semelhante, para não dizer que é a mesma pessoa, que aparece no vídeo gravado pelos adolescentes. Confira o comparativo abaixo:

Um detalhe que chama muito a atenção é a garota que aparece no vídeo, a "Willow Beck", visto que ela é muito semelhante, para não dizer que é a mesma pessoa, que aparece no vídeo gravado pelos adolescentes
Outro detalhe interessante é que o domínio "worldfaerysociety.org" foi criado no dia 9 de maio desse ano e atualizado pela última vez justamente no dia 25 de outubro, um dia depois dos vídeos serem publicados no YouTube. Isso para não mencionar o canal da World Faery Society, no YouTube, onde também consta os vídeos publicados pelos adolescentes como se fossem evidências da Fada de Westbury.

No canal da World Faery Society, no YouTube, também consta os vídeos publicados pelos adolescentes
como se fossem evidências da Fada de Westbury
Interessante, não é mesmo?

O Real Propósito do Site da World Faery Society


Mas, afinal, o que é a WFS? Bem, na realidade toda essa história é uma fachada para que as pessoas participem de um concurso online, que consiste em enviar contos sobre a "Fada de Westbury". Os 20 melhores contos, de um total previamente selecionado de 100 (50 microcontos de até 500 palavras e 50 contos curtos de no mínimo 1.500 e no máximo 3.000 palavras, porém a proporção que será escolhida não está clara), farão parte de um livro ilustrado chamado The Westbury Faery", que será publicado pela editora Tiny Owl Workshop em 2017. O livro é voltado para o público entre 13 e 17 anos, basicamente adolescentes.

Se o material for selecionado para ser publicado no livro, a editora disse que pagará AUD$ 60 (cerca de pela R$ 150 cotação atual) caso o material seja um microconto e cerca de AUD$ 160 (cerca de R$ 400 pela cotação atual) caso o material seja um conto curto. Além disso, 10% do que for arrecadado com a venda do livro será compartilhado entre aqueles que possuem algum material publicado no livro, porém essa divisão ficará a critério da editora.

O concurso consiste em enviar contos sobre a "Fada de Westbury". Os 20 melhores contos, de um total selecionado de 100 (50 microcontos de até 500 palavras e 50 contos curtos de no mínimo 1.500 e no máximo 3.000 palavras, porém a proporção que será escolhida não está clara)
Agora vem a parte boa! Qualquer pessoa, de qualquer país, pode participar! Porém, o conto ou o microconto tem que estar necessariamente em inglês. Os interessados têm até o dia 28 de fevereiro de 2017 para mandar conto e enviá-lo para o e-mail stories@worldfaerysociety.org (não esquecendo de colocar o nome, email de seu responsável caso seja menor de 16 anos, e o título do seu conto). Acesse as condições de envio aqui (em inglês).

Para ajudá-lo(a) nessa jornada, de modo a inspirar e criar seus contos, a World Faery Society disponibilizou um portfólio de evidências incríveis, vídeos, discussões e informações - algumas podem ser apenas ficção, já outras podem ser de não-ficção. Cabe a você decidir quais materiais você gostaria de usar. Você não precisa incorporar todos os materiais que estão sendo disponibilizados. Para conferir esse materiais basta acessar a página no Facebook ou conta no Twitter da WFS.

Qualquer pessoa, de qualquer país, pode participar! Porém, o conto ou o microconto tem que estar necessariamente em inglês. Os interessados têm até o dia 28 de fevereiro de 2017 para mandar conto e enviá-lo para o e-mail stories@worldfaerysociety.org
Tentamos entrar em contato com os responsáveis pela site da World Faery Society para saber se eles gostariam de comentar sobre o assunto. Porém, até o fechamento dessa postagem (às 16h do dia 18/11), não obtivemos nenhuma resposta. Caso eles eventualmente respondam, atualizaremos vocês por meio dessa mesma postagem.

Entretanto, acho que está bem claro que a filmagem de uma suposta criatura, ou de uma suposta fada que teria mordido/sugado o sangue de um adolescente durante um passeio noturno, em um dos cemitérios de Westbury, na Austrália, é apenas um viral para divulgar um concurso online para a posterior publicação de um livro sobre a "Fada de Westbury". De qualquer forma, o concurso é interessante e talvez algum de vocês tenha vontade de participar.

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://whois.domaintools.com/worldfaerysociety.org
http://www.inquisitr.com/3646641/unidentified-blood-sucking-creature-attacks-teens-at-australian-cemetery-incident-caught-on-camera-video/
http://www.mirror.co.uk/news/weird-news/mystery-blood-sucking-creature-attacks-9126837
https://www.facebook.com/WorldFaerySociety
https://www.rt.com/viral/364213-graveyard-mysterious-creature-bite/
https://www.worldfaerysociety.org
https://www.youtube.com/watch?v=DsOiwNKcntg

https://www.youtube.com/watch?v=SQJjmNCsTPE
https://www.youtube.com/watch?v=wCJ8BOihu-8
Comentários