9 de novembro de 2016

Um Fantasma Teria Aparecido na Foto Tirada em um Antigo Orfanato e Hospital Abandonado em Liverpool, na Inglaterra?

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Alguém estava sentindo falta de postagens relacionadas a supostos fantasmas que aparecem em gravações ou fotos tiradas em locais pretensamente mal-assombrados na Inglaterra, assim como em diversas regiões do Reino Unido? Se não me falha a memória, a última vez que fiz uma postagem em relação a alguma ocorrência dessa natureza (foto de um suposto fantasma + Reino Unido) foi em meados de abril desse ano, quando comentamos sobre um  "rosto fantasmagórico", que teria surgido em uma janela de um sanatório abandonado em Talgarth, no País de Gales. O local tinha um passado bem complexo, uma vez que antigamente era um hospital psquiátrico, atendendo muitos pacientes durante a Primeira e a Segunda Guerra Mundial. Além disso, foi divulgado que o local funcionou também como uma espécie de "campo de prisioneiros" onde soldados alemães eram mantidos durante a Segunda Guerra Mundial. Após a guerra, o mesmo teria passado a abrigar pacientes, que algumas vezes eram lobotomizados ao serem diagnosticados, por exemplo, com depressão pós-parto, alcoolismo ou demência senil. Contudo, surgiu a hipótese de que o "rosto" fosse apenas uma máscara de Halloween, que alguém teria deixado intencionalmente no local (leia mais: Um "Rosto Fantasmagórico" Surgiu em uma Janela de um Sanatório Abandonado em Talgarth, no País de Gales?).

Evidentemente, fotos e vídeos de supostos fantasmas ou atividades paranormais continuaram sendo divulgados pelos tabloides britânicos desde então. A questão é que o material apresentado muitas vezes era "muito fraco", ou seja, histórias bem simplórias, pouquíssimas pessoas envolvidas ou então "grupos paranormais", cujas idoneidades eram altamente questionáveis. Se eu mesmo tento evitar ao máximo as notícias que são divulgadas por esses veículos de comunicação sensacionalistas, imagina se eu fosse escrever sobre qualquer coisa que fosse publicada por eles? Não daria certo, não é mesmo? A escolha tem que ser bem criteriosa para apresentar um bom material, e que seja digno de que vocês utilizem uma parte do tempo de vocês para ler e acompanhar o que estamos postando.

Dessa vez, no entanto, conseguimos encontrar um caso bem interessante e peculiar. Uma foto teria sido tirada de um grupo de pessoas, que participou de um "tour fantasma", no Newsham Park Hospital, em Liverpool, na Inglaterra. Porém, nessa mesma foto aparece um "visitante" que teoricamente não fazia parte do grupo, ou seja, seria um suposto fantasma. Na página da empresa que promove esse passeio, é possível encontrar informações de que o local é considerado ideal para todos aqueles que desejam passar uma noite assustadora em um lugar que apresentaria muita atividade paranormal. Inicialmente, o local era um orfanato remontando à era vitoriana, cujos castigos eram severos e cruéis, sendo posteriormente foi transformado em um hospital. Além disso, os inúmeros corredores, alas, blocos de acomodação e particularmente o necrotério, criariam o cenário perfeito de um local mal-assombrado. Vamos saber mais sobre esse assunto?

Um Pouco Sobre o Newsham Park Hospital


O Newsham Park foi inaugurado em 1874 como um orfanato para a educação e apoio aos órfãos de marinheiros britânicos, sendo que em 1899 abrigava cerca de 321 crianças sob a severa supervisão de uma série de matronas (mulheres que atuam como supervisora ou monitoras em uma instituição pública, tipo hospital, escola, etc.). As condições eram severas e até mesmo cruéis, uma vez que irmãos eram separados uns dos outros, e as matronas não se importavam muito em relação aos castigos que eram adotados. A Primeira Guerra Mundial acabou contribuindo para que mais órfãos fossem levados ao Newsham Park, e em 1918 quase 1.000 órfãos moravam no local. O orfanato fechou em 1951, e tornou-se o Newsham Park Hospital, que permaneceu em funcionamento até 1988, quando fechou novamente as suas portas.

Até 1869 não havia nenhuma instituição em Liverpool para o apoio e a educação dos órfãos de marinheiros britânicos. O primeiro passo para estabelecer uma instituição foi dado por um grupo de proprietários de navios mercantes em 1868. Entre os patrocinadores do projeto também estavam alguns comerciantes, que se preocupavam em relação a melhor forma de ajudar as viúvas e famílias de homens que morriam em Merseyside, incluindo marinheiros que desapareciam no mar.

A população local foi convidada para participar de uma reunião na Mercantile Marine Service Association, no dia 16 de dezembro de 1868, cujo objetivo era estabelecer um local somente para isso, nos moldes propostos por Ralph Brocklebank e Bryce Allan, ambos proprietários de navios mercantes e filantropos. Um homem chamado James Beazley foi convidado para ser o presidente da comissão responsável para fundar uma espécie de orfanato.

Até 1869 não havia nenhuma instituição em Liverpool para o apoio e a educação dos órfãos de marinheiros britânicos. O primeiro passo para estabelecer uma instituição foi dado por um grupo de proprietários de navios mercantes em 1868.
Em 9 de agosto de 1869, a Instituição de Órfãos de Marinheiros de Liverpool foi inaugurada em uma casa alugada, de forma temporária, na rua Duke nº 128, e até o final daquele mesmo ano, havia cerca de 46 meninos e 14 meninas morando na residência. Em 7 de abril de 1870, no entanto, o Conselho da Cidade de Liverpool concedeu cerca de 0,6 hectares de terra, a nordeste do Newsham Park, para a construção de um local próprio e definitivo do orfanato.

Em 11 de setembro de 1871, a pedra fundamental do novo prédio foi colocada por Ralph Brocklebank, o primeiro presidente da instituição. Já a pedra fundamental da capela foi colocada em 1 de Agosto de 1873. Em 30 de janeiro de 1874 foi realizada uma inauguração informal da ala norte do orfanato, sendo que somente em 18 de setembro daquele mesmo ano, que o orfanato seria inaugurado formalmente pelo Duque de Edimburgo.

Em 18 de setembro de 1874 o orfanato seria inaugurado formalmente pelo Duque de Edimburgo
A Primeira Guerra Mundial trouxe alguns problemas, e por volta de 1918 cerca de 1.000 órfãos estavam sendo assistidos pelo orfanato. Contudo, talvez tenha sido a Segunda Guerra Mundial que provocou mais mudanças. Durante a guerra, as crianças foram transferidas para uma propriedade chamada "Hill Bark", no vilarejo de Frankby, na península de Wirral, que na verdade era a casa de campo de um homem chamado E.B Royden, um amigo e membro devotado da comissão que fundou o orfanato. Foi nesse local que as crianças foram educadas e cresceram durante a guerra.

O orfanato surgiu como uma espécie de ajuda as viúvas e famílias de homens que morriam em Merseyside,
incluindo homens que desapareciam no mar
A Primeira Guerra Mundial trouxe alguns problemas, e por volta de 1918
cerca de 1.000 órfãos estavam sendo assistidos pelo orfanato
Em 1946, foram iniciados os preparativos para o regresso à Newsham Park, mas com a grande expansão dos sistemas de serviço social no país, muitos pais que sobreviveram à guerra, compreensivelmente eram bem relutantes em colocar seus filhos em orfanatos.

Essa atitude por parte dos pais resultou em uma diminuição gradual do número de crianças residentes. Novas leis proibindo que crianças menores de 11 anos fossem educadas na mesma escola que crianças mais velhas, e de crianças pequenas que não podiam mais morar em escolas institucionais também colaboraram para esse novo quadro de redução do número de crianças assistidas.

As crianças, principalmente as meninas, ajudavam na limpeza do orfanato
Apesar de Newsham Park possuir um generoso fundo de amparo, as dificuldades financeiras estavam aumentando e parecia haver pouca perspectiva de superar o abismo crescente entre a renda e as despesas mensais. Assim sendo, o orfanato foi fechado em 27 de julho de 1949, mas continuou implementando os objetivos dos fundadores em fornecer meios para a educação e sustento dos filhos de marinheiros falecidos da Marinha Mercante Britânica. Locais em diversas escolas foram encontrados para aqueles que moravam e foram educados em Newsham Park. A maioria das crianças foi transferida para a Royal Merchant Navy School, em Bearwood, com as despesas bancadas por Newsham Park.

Em 1951, o Newsham Park vendeu suas instalações por cerca de £125,000 para o Ministério da Saúde, com o objetivo que fosse implantado um hospital no local. O dinheiro ficou aos cuidados da comissão que era responsável pelo antigo orfanato para continuar apoiando os filhos de marinheiros órfãos, em um "modelo não residente", prosseguindo assim os objetivos originais dos fundadores da instituição, com destaque, é claro, para a educação.

Em 1951, o Newsham Park vendeu suas instalações por cerca de £125,000 para o Ministério da Saúde, com o objetivo que fosse implantado um hospital no local
Assim sendo, o Newsham Park Hospital abriu suas portas em 1954. O hospital desenvolveu seu próprio departamento psiquiátrico e recebeu um bom número de pacientes com problemas mentais graves. O hospital parou oficialmente de receber novos pacientes em 1988, sendo que em 1992 todos os pacientes e funcionários restantes foram realocados.

Em 1992, com o fechamento do Rainhill Lunatic Asylum, os internos foram transferidos para o Newsham Park Hospital, e ocuparam cerca de 90% do seu espaço. Por volta de £1,6 milhões foram gastos com o hospital para que ele pudesse se tornar uma "nova casa" para os novos pacientes. Essa "nova casa" não durou muito tempo, visto que em 1997 as instalações foram definitivamente desocupadas.

Como vocês podem perceber abaixo, o local permanece em estado de relativo abandono.

O Newsham Park Hospital permanece em estado de relativo abandono desde 1997
Desde o início dos anos 2000, foram apresentados projetados para converter as instalações em um conjunto habitacional e até mesmo para abrigar eventos e seminários, porém isso nunca saiu de fato do papel, principalmente devido a ação de ativistas que lutam para que o patrimônio histórico local seja preservado.

No ano passado foi publicado no jornal "Liverpool Echo", que o complexo do Newsham Park Hospital havia sido colocado novamente à venda por cerca de £1,5 milhão. Na época foi mencionado, que o complexo possuía cerca de 12.000 m² de área, e uma vista privilegiada para dois lagos do parque. Contudo, havia uma certa morbidez em suas instalações.

Abaixo você encontra uma foto panorâmica interativa do necrotério do Newsham Park Hospital. Para parar a interatividade, basta clicar na imagem com o botão esquerdo. Também é possível movimentar a imagem ao segurar o botão esquerdo do mouse e mover para qualquer um dos lados. Para ampliar algum ponto, basta dar um duplo clique com o botão esquerdo (mesmo procedimento para voltar a imagem normal):



O último andar abrigaria uma espécie de sótão repleto de armários, nos quais as crianças mais "travessas" eram colocadas (dentro dos armários) de castigo. As escadas em espiral possuíam grades "anti-suicídio" e levavam a intermináveis salas de tratamento e lavanderias. Além do edifício principal do hospital, também havia um pátio com uma escola, sala de ginástica e piscina, que tinham sido construídas em 1937.

Abaixo você encontra uma foto panorâmica interativa do pátio interno do Newsham Park Hospital:



Abaixo você encontra uma outra foto panorâmica interativa de uma das áreas internas do Newsham Park Hospital:



Por fim, o Liverpool Echo citou que desde o encerramento das atividades no Newsham Park, diversos "investigadores paranormais" passaram a conduzir "tours fantasmas" no local, que acabou sendo considerado um dos locais mais mal-assombrados da cidade de Liverpool.

Resumindo, uma vez que ninguém sabe o que fazer com as instalações do antigo orfanato e hospital (ainda mais considerando a pressão de ativistas, que pregam pela reforma do patrimônio histórico da cidade), os proprietários acabam ganhando uma certa compensação financeira ao permitir que grupos conduzam passeios norturno no Newsham Park Hospital.

Os Supostos Fantasmas do Newsham Park Hospital


Apesar de não haver nenhum indicativo de que mortes violentas tenham ocorrido no Newsham Park, o mesmo aparentemente sofre com o estigma do tratatmento dado aos órfãos na era vitoriana e também por ter abrigado uma espécie de hospital voltado para o tratamento psiquiátrico de diversos pacientes, ou seja, um cenário perfeito para histórias de terror e supostos fantasmas que circulariam pelos corredores.

O hospital abandonado teria uma grande variedade de quartos assustadores, corredores e porões, além de uma escola, enfermarias, alojamento das enfermeiras, um campanário, uma capela e um necrotério. Haveria uma sensação imediata de mal-estar assim que você entra no local, e começar a passear pelo mesmo.

Cadeiras de rodas largadas nos corredores e câmaras mortuárias vazias seriam um lembrete das vidas que se foram no local, dando ao mesmo uma atmosfera única e assustadora. Embora o lugar tenha ficado vazio por muitos anos, ao longo do tempo surgiram inúmeros relatos de atividades paranormais, primordialmente através de histórias contadas por seguranças e demais funcionários, que cuidam da manutenção básica do local.

Imagem do Google Street View divulgada pelos tabloides britânicos no início do ano passado, onde supostamente apareceria o "fantasma de uma criança" no Newsham Park Hospital. Sinceramente? Não consigo ver nada demais na imagem.
Vozes distantes seriam ouvidas dentro do complexo deo hospital, figuras sombrias seriam vistas correndo e descendo as escadas, bem como ferramentas de operários que desaparecem misteriosamente e reaparecem em outras partes do complexo. Basicamente isso, mas nada muito além disso, se é que me entendem.

O Recente Caso da Foto de um Fantasma que Teria Sido Tirada Durante um "Tour Fantasma" no Newsham Park Hospital


Finalmente chegamos na parte principal dessa postagem, que é justamente esse caso relacionado a foto de um suposto fantasma que apareceu em uma foto tirada durante um "tour fantasma" no Newsham Park Hospital, no dia 31 de outubro, dia de Halloween.

A história que está sendo divulgada nos principais tabloides britânicos partiu da agência de notícias chamada "Mercury Press and Media", que afirma que tem estado na vanguarda da cobertura de notícias tanto para a imprensa do Reino Unido quanto internacional, nos últimos 40 anos. Ela é a mesma agência de notícias que divulgou uma outra foto, supostamente de um fantasma, tirada por um motorista de ônibus de turismo chamado Trevor Tye, no Palácio de Hampton Court. Lembram dessa história? Caso não lembrem, acessem: O Fantasma de Catherine Howard foi Fotografado no Palácio de Hampton Court, na Inglaterra?

Sinceramente, tenho um certo "receio" em relação as histórias contadas e propagadas por essa agência de notícias, porém, de qualquer forma, vamos contar o que vem sendo divulgado para vocês. Posteriormente, iremos comentar rapidamente um pouco sobre esse caso.

Phil Barron, 45 anos, estava conduzindo um grupo
de 32 pessoas durante um tour noturno no Newsham
Park Hospital, quando tirou uma fotografia assustadora
Segundo o Daily Mail, um homem chamado Phil Barron, 45 anos, estava conduzindo um grupo de 32 pessoas durante um "tour fantasma" no Newsham Park Hospital, quando tirou uma fotografia assustadora.

O fantasma apelidado de "fotogênico" teria aparecido logo no início da noite, antes que o grupo, organizado pela empresa de eventos "Haunted Happenings", tivesse a chance de invocar os "espíritos" do antigo orfanato vitoriano.

"Tirei a foto e, em seguida, deixei meu celular de lado. Durante o intervalo, cerca de três horas depois, eu enviei a mesma para o escritório para ser colocada na internet, e não me importei mais com a mesma. Somente no dia seguinte, quando fui acordado por uma enxurrada de mensagens instantâneas e vendo os inúmeros comentários na postagem, que eu dei uma boa olhada na foto. Não houve nenhuma manipulação no Photoshop. Apenas deixei a imagem um pouco mais clara, visto que estava bem escura, e enviei para o escritório", disse Phil Barron.

Phil disse que, apesar de estar conduzindo tais passeios nos últimos 12 anos, ele ainda sente arrepios em realizar tais passeios, assim como esse, no qual fizeram no dia de Halloween.

"Tenho muita sorte de poder frequentar muitos lugares e vivenciar coisas diferentes. As pessoas pensam que são imunes a isso, mas fico tão empolgado e apreensivo quando algo assim acontece, que não dá para explicar", continuou.

"Não houve nenhuma manipulação no Photoshop. Apenas deixei a imagem um pouco mais clara, visto que estava bem escura e enviei para o escritório", disse Phil Barron.
"Já vi sombras andando ao redor das pessoas, copo se movendo na tábua Ouija, batidas e estrondos realmente altos quando as pessoas não estão no local. Para dizer a verdade, nunca vi uma aparição inteira, acredito que seja o Santo Graal para a maioria das pessoas", seguiu dizendo.

"Não tenho ideia do que isso seja, mas estou muito interessado em saber", completou.

"Tivemos uma noite bem ativa daquela vez. Durante um experimento chamado 'tabble tipping', onde você pede ao espírito para mover a mesa, houve uma movimentação, os convidados sentiram algo tocando-os e a tábua Ouija apresentou muita atividade", finalizou.

Ampliação da foto divulgada pela Haunted Happenings
Já Hazel Ford, fundadora da "Haunted Happenings", disse que ficou chocada ao ver o que aparentava ser uma figura fantasmagórica em pé, no meio da foto.

"Se alguém puder desmistificar, e provar o que levou para que isso acontecesse, não irei sequer argumentar contra. Não estou preparada para dizer se é paranormal ou não nesse primeiro momento, nós simplesmente não sabemos", disse Hazel Ford.

"Nós já fizemos de tudo para provar que a imagem não foi editada. Já enviamos um email para todos aqueles que compareceram aquela noite, mas ninguém respondeu alegando ser a pessoa na foto. Algumas pessoas sugeriram que pudesse ser uma caveira na camisa de alguém, mas também não acreditamos que seja isso", continuou.

Imagem aérea do Parque Newsham (Newsham Park), em Liverpool, na Inglaterra.
O Newsham Park Hospital está localizado na parte direita da foto, no meio de uma área arborizada do parque.
A foto "fantasmagórica" foi tirada foto tirada durante um "tour fantasma" no Newsham Park Hospital,
no dia 31 de outubro, dia de Halloween
"O tamanho do rosto é totalmente desproporcional em relação as outras pessoas da foto. Muitas coisas não se encaixam, é realmente bem estranho. Fundamentalmente, gostaria de saber o que a foto apresenta, e que não seja apenas uma pobre senhora que aparenta estar doente. Para todos aqueles que dizem que é Photoshop, posso garantir categoricamente que não é, não temos interesse em fazer algo assim", completou.

Indo um Pouco Além da que Está Sendo Divulgado Pelos Tabloides Britânicos


Antes dessa história começar a ser amplamente divulgada pelos tabloides britânicos, a mesma teria começado através de uma postagem na conta do Facebook da "Haunted Happenings", no dia 1º de novembro desse ano, ou seja, na manhã seguinte ao "tour fantasma" realizado no Newsham Park Hospital. Curiosamente, pouquíssimas pessoas curtiram ou compartilharam a foto em questão, que eles normalmente tiram reunindo todos aqueles que participam dos passeios promovidos pela empresa.

Essa situação é totalmente oposta quando eles publicaram novamente a foto destacando um "rosto fantasmagórico". Na primeira postagem (1) eles simplesmente relataram como foi a noite e as experiências vivenciadas pelo grupo. Já na segunda postagem realizada, no dia seguinte (2), eles alertaram sobre um "convidado extra", que ninguém que tivesse comparecido teria visto ou teria acusado de ser a pessoa na foto. Além disso, eles pediam para que não fossem acusados de manipular digitalmente a imagem, visto que eles não tinham quaisquer interesses em fazer isso.

Na primeira postagem (à esquerda), eles simplesmente relataram como foi a noite e as experiências vivenciadas pelo grupo. Já na segunda postagem realizada (à direita), no dia seguinte, eles alertaram sobre um "convidado extra", que ninguém que tivesse comparecido teria visto ou teria acusado de ser a pessoa na foto
De acordo com os comentários da primeira postagem, a equipe do "Haunted Happenings" realmente só teria notado um "elemento fantasmagórico" na manhã do dia 1º de novembro. Porém, um usuário chamado Mike Godding chegou a comentar que tinha publicado a foto no fórum de discussões do Reddit, e que a mesma estava ganhando uma certa popularidade.

Além disso, de acordo com Mike, na foto apareceriam 29 pessoas (sem contar o suposto fantasma e sem contar o Phil, o responsável por tirar a foto). Cerca de três outras pessoas ainda não teriam chegado ao local no momento que a foto foi tirada, resultando em um total de 32 pessoas que teriam efetivamente pagado pelo passeio.

Além disso, de acordo com Mike, na foto apareceriam 29 pessoas (sem contar o suposto fantasma e sem contar o Phil, o responsável por tirar a foto). Cerca de três outras pessoas ainda não teriam chegado ao local no momento que a foto foi tirada, resultando em um total de 32 pessoas que teriam efetivamente pagado pelo passeio
Quando o assunto ganhou uma maior repercussão, ou seja, a partir da postagem do dia 2 de novembro, começaram a surgir as mais diversas opiniões. A primeira delas, é claro, apontava que a foto teria sido manipulada digitalmente, o que de certa forma foi, porém o questionamento seria sobre uma "possível inserção ou não de um fantasma" na foto. Outra opinião que estava ganhando força para algumas pessoas, é que a foto realmente não teria sofrido quaisquer alterações (exceto ter sido "clareada"), mas que haveria uma "pessoa de verdade" naquele local. Essa pessoa estaria em meio as sombras geradas pelos demais convidados. Devido a qualidade da câmera (muito provavelmente de um iPhone, segundo a "Haunted Happenings") e ao "clarear" a imagem original, seu rosto teria saído com uma aparência fantasmagórica.

A questão é que não sabemos o quão Phil acrescentou de brilho, contraste ou correção de gamma nessa imagem, sendo que nem mesmo a foto original (por mais que .jpg ou .jpeg não sirva de prova cabal nesses casos) foi divulgada pela "Haunted Happenings" para que a mesma pudesse ser analisada pelos demais usuários ou eventuais especialistas de plantão. A primeira impressão, descartando maiores manipulações ou até mesmo a utilização de "carimbo" através de aplicativos, é que poderia ser perfeitamente uma pessoa real com um blusa contendo uma estampa moderna.

Essa grande alteração do brilho e do constraste feita pelo Phil Barron antes da foto ser publicada na página da "Haunted Happenings", fica praticamente evidente quando comparamos com outra foto que foi tirada no mesmo local, porém reunindo um outro grupo na noite do dia 5 de novembro. Compare ambas as fotos:

Essa grande alteração do brilho e do constraste feita pelo Phil Barron antes da foto ser publicada na página da "Haunted Happenings" (Abaixo), fica praticamente evidente quando comparamos com outra foto que foi tirada no mesmo local, porém reunindo um outro grupo na noite do dia 5 de novembro (acima)
Considerando que a câmera (muito possivelmente um iPhone), seus respectivos ajustes, e as condições de iluminação fossem as mesmas em ambas as noites, seria possível perceber que a foto tirada do grupo do dia 31 de outubro teria sido bem alterada, o que poderia facilmente provocar um efeito "fantasmagórico" em algum dos convidados. Por outro lado, se realmente é uma pessoa "de verdade" que aparece na foto, até agora ela não apareceu em nenhum lugar, pelo menos até o fechamento dessa postagem. Nem na conta do Facebook do "Haunted Happenings" ou qualquer outro site ou fórum de discussões.

O "Segundo Fantasma" da Foto


Como se não bastasse, muitos usuários notaram que teria uma espécie de "segundo fantasma" na foto, que seria um outro "rosto" logo abaixo do "primeiro fantasma". Veja "ambos" na imagem abaixo:

Como se não bastasse, muitos usuários notaram que teria uma espécie de "segundo fantasma" na foto,
que seria um outro "rosto" logo abaixo do "primeiro fantasma"
Não sei quanto a vocês, mas acredito já ter visto esse "segundo rosto" em algum lugar. Pode ser, é claro, que eu esteja me confundindo diante de tantos casos e fotos com que já me deparei, desde que passei a escrever para o blog AssombradO.com.br. Alguém também lembra de ter visto esse "segundo fantasma" em algum outro lugar? Parece um "rosto bem comum", não é mesmo? Em uma rápida pesquisa na internet, no entanto, alguns exemplos surgiram:

Não sei quanto a vocês, mas acredito já ter visto esse "segundo rosto" em algum lugar. Pode ser, é claro, que eu esteja me confundindo diante de tantos casos e fotos com que já me deparei, desde que passei a escrever para o blog AssombradO.com.br. Em uma rápida pesquisa na internet, no entanto, alguns exemplos semelhantes surgiram
Será que esse "segundo fantasma" é a apenas a estampa de uma camiseta ou um moletom?

A "Haunted Happenings" Precisaria Falsificar uma Imagem Para se Promover?


É muito complicado responder a essa pergunta. Aparentemente não, porém isso não quer dizer que temos um "fantasma" nessa foto, até mesmo porque ela sofreu uma edição antes de ser publicada no Facebook, e sequer temos a foto como foi originalmente tirada. Sem uma análise técnica da mesma, a questão se tornou muito mais uma interpretação ao gosto, mentalidade e crença de cada um, ou seja, cada vê aquilo que lhe é mais conveniente.

No site da empresa, a "Haunted Happenings" alega ser uma empresa popular no ramo de eventos de cunho paranormal, e que vem realizado com sucesso uma série de passeios por todo o Reino Unido e Europa por quase uma década. A empresa também alega que já promoveu tais passeios para mais de 100.000 pessoas, em mais de 3.000 eventos realizados, sendo que eles se orgulham muito pela confiança depositada em oferecer uma experiência única e memorável. Ainda dizem que já trabalharam em conjunto com inúmeras produtoras de cinema e celebridades.

No site da empresa, a "Haunted Happenings" alega ser uma empresa popular no ramo de eventos de cunho paranormal, e que vem realizado com sucesso uma série de passeios por todo o Reino Unido e Europa por quase uma década
A "Haunted Happenings" menciona que organiza e realiza eventos particulares e empresariais. Os eventos são projetados de acordo com o orçamento disponível pelo cliente e o número de convidados. E que eles garantem que o evento em questão "será lembrado por muitos anos pelas razões certas". Isso porque a empresa garante que nenhum membro da equipe faz qualquer tipo de encenação nos locais, cujos passeios são realizados. Tudo o que pessoa vê, escuta ou sente seria devido a sua própria experiência. A pessoa poderia ficar despreocupada, visto que ninguém da "Haunted Happenings" iria promover nenhum tipo de ilusão, truques ou falsificações que pudessem alterar a crença dos participantes.

No site da "Haunted Happenings" é possível ver que os valores dos passeios variam muito, entre £18 e £75 (aproximadamente entre R$ 70 e R$ 300) por pessoa, de acordo com o local desejado.  Isso sem contar com uma média de 50 passeios realizados por mês. Para vocês terem uma ideia, caso alguém queira visitar o Newsham Park Hospital através da "Haunted Happenings", é claro, só existe "vaga" para 6 de janeiro de 2017.

Resumindo, aparentemente essa é uma empresa que já era bem popular nessa indústria do mundo paranormal do Reino Unido, e teoricamente não teria razão para falsificar uma foto. Contudo, é bom deixar claro, novamente, que infelizmente é impossível dizer que seja um "fantasma", visto que essa história possui todos os elementos de casos anteriores, que se provaram fraudes ou então foram interpretados de maneira totalmente incorreta (a pessoa só vê a foto horas mais tarde ou no dia seguinte, foto tirada de smartphone, mesmo sendo um iPhone, mas em péssimas condições de luminosidade, granulação etc.).

E vocês, AssombradOs? No que vocês acreditam? Lembrando que se surgirem novidades sobre esse caso, manteremos vocês informados através de uma atualização nessa mesma postagem!

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://www.dailymail.co.uk/news/article-3912692/Zombie-like-phantom-photobombs-visitor-tour-old-orphanage-image-eerie-ghost-hunters-say-spooked.html
http://www.liverpoolecho.co.uk/news/liverpool-news/step-inside-newsham-park-hospital-9488132
http://www.newshamparkhospital.com/
https://www.facebook.com/hauntedhappeningsuk/
https://www.hauntedhappenings.co.uk/company.php
https://www.hauntedhappenings.co.uk/ghost_hunts/Newsham_Park_Hospital.php
https://www.reddit.com/r/Paranormal/comments/5ar2zx/2_entities_caught_in_single_photograph_newsham/
Comentários