16 de setembro de 2016

Um Coração Humano Teria Sido Encontrado Dentro de um Saco Plástico na Cidade de Norwalk, nos Estados Unidos? (Atualizado 18/09)


Por Marco Faustino

Aparentemente, entre o fim de agosto e meados deste mês, os Estados Unidos vêm passando por momentos um tanto quanto "inusitados" quando o assunto está relacionado a mistérios. Provavelmente, vocês devem se lembrar da nossa última postagem relacionada a diversos avistamentos de palhaços, que inicialmente começaram a ocorrer na cidade de Green Bay, no estado norte-americano do Wisconsin, sendo que posteriormente a cidade canadense de Gatineau também enfrentou um problema semelhante. Contudo, ambos os casos rapidamente foram solucionados e os suspeitos identificados. Com o passar dos dias, pessoas de diversas cidades e condados dos estados norte-americanos da Carolina do Sul e da Carolina do Norte também começaram a relatar supostos avistamentos de palhaços, que se tornaram uma espécie de "endemia", se espalhando para outras localidades. Nesses casos, no entanto, diversos departamentos de polícia foram incapazes de localizar quaisquer suspeitos ou então encontrar evidências físicas dos tais palhaços, além, é claro, dos relatos de dezenas de crianças e, inclusive, muitos adultos (leia mais: Palhaços Estariam Realmente Assustando Moradores e Atraindo Crianças para Florestas, nos Estados Unidos?). Apesar dessa "estranha onda de eventos" ter perdido intensidade ao longo dos últimos dias, um outro caso, igualmente misterioso, vem deixando os moradores da pacata cidade de Norwalk, no condado de Huron, no estado norte-americano de Ohio, um tanto quanto apreensivos.

Um coração supostamente humano foi encontrado dentro de um saco plástico transparente com fecho ziplock, em um gramado, no estacionamento de uma loja de conveniência chamada "Friendship Food Stores". Aliás, quem encontrou o suposto coração humano teria sido uma equipe de paramédicos da North Central EMS ("Emergency Medical Services", em inglês, ou "Serviços Médicos de Emergência", em português). Inicialmente, a unidade médica estava estacionada próxima a essa loja de conveniência, porém teria sido deslocada para atender um chamado. Ao retornar, e para a surpresa dos paramédicos, havia um coração dentro de uma saco plástico, que foi deixado sobre um gramado, bem ao lado do local onde o veículo havia estacionado. Imediatamente, a unidade chamou a polícia, que encaminhou o coração para análise, uma vez que é necessária a confirmação se o mesmo pertence a um ser humano ou não. Autoridades locais disseram que haveria 95% de chances de que o mesmo seja realmente de origem humana, porém ainda há uma hipótese de ser tão somente o coração de um "porco" deixado no local por alguém que queria fazer apenas uma "brincadeira de mau gosto". Vamos saber mais sobre esse assunto?

A Notícia Veiculada Pelo Site do Jornal Local "Norwalk Reflector"


Essa notícia de um suposto "coração humano" foi inicialmente publicada pelo site do jornal local "Norwalk Reflector", no dia 3 de setembro (posteriormente atualizada em 7 de setembro), e ganhou tanta repercussão, que acabou indo parar em sites renomados como o "The New York Times" e o "The Washington Post". Contudo, para que vocês possam compreender melhor esse caso, vamos mostrar para vocês o que foi inicialmente publicado. Confira o texto abaixo:

"Um coração, possivelmente de um ser humano, foi recentemente encontrado por paramédicos em um saco plástico em Norwalk. As autoridades estão investigando o caso.

O Sargento detetive Jim Fulton, da polícia de Norwalk, compartilhou as informações com o 'Reflector'

Em 25 de agosto, uma equipe da North Central EMS estava estacionada na Friendship Food Stores, na Avenida Milan nº 275. Jim Fulton disse que eles estacionaram no local com o propósito de aguardar por algum chamado, e que inicialmente o coração não estava lá. Pouco tempo depois, a equipe teria sido requisitada para atender a um chamado.

Em 25 de agosto, uma equipe da North Central EMS estava estacionada na Friendship Food Stores, na Avenida Milan nº 275, na cidade de Norwalk, no estado norte-americano de Ohio, quando em um determinado momento se depararam com um coração deixado em um saco plástico sobre um gramado
'Quando eles voltaram, ele estava lá', disse Fulton, que estimou o período de tempo em cerca de uma hora, talvez menos. 'Eles inicialmente reportaram a central', acrescentou, referindo-se a North Central.


Um coração, possivelmente de um ser humano, foi recentemente encontrado por paramédicos da North Central EMS, em um saco plástico na cidade de Norwalk, nos Estados Unidos. As autoridades estão investigando o caso
'Em seguida eles foram orientados a ligar para o departamento de polícia', completou.

Os policiais chegaram ao local, e imediatamente chamaram o Dr. Jeff Harwood, médico legista do Condado de Huron. Fulton disse que o médico legista colocou o coração em seu respectivo saco em um 'cooler', e no dia seguinte, um oficial o transportou para o Gabinete do Médico Legista do Condado de Lucas para que fossem realizados os testes necessários.

Os paramédicos foram atender a um chamado, porém, ao retornar, se depararam com um coração supostamente humano em um saco com fecho ziplock no gramado ao lado de onde inicialmente estavam estacionados
'Acredito que eles acham que é humano. Acredito que eles estejam tendo o cuidado de não divulgar essa informação até que tenham certeza absoluta', finalizou Fulton.

 Ainda não se sabe quanto tempo os testes vão demorar."

O Relatório da Ocorrência Realizado pelo Departamento de Polícia de Norwalk


Curioso para ver o relatório policial sobre esse incidente na cidade de Norwalk? Confira ele abaixo (lembrando que as fotos podem ser um pouco impactantes principalmente para pessoas mais sensíveis):

Primeira página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Segunda página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Terceira página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Quarta página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Quinta página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Sexta página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Sétima página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Oitava página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Nona página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Décima página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Décima primeira página do relatório de ocorrência gerado pelo Departamento de Polícia de Norwalk

Estranho, não é mesmo?

Essa notícia também foi veiculada, no dia 7 de setembro, pelo site norte-americano "EMS1.com", uma espécie de portal destinado a notícias, informações e até mesmo de pesquisa de produtos e fornecedores, voltado principalmente para profissionais de serviços médicos de emergência.

Algumas "Novas Informações" Foram Divulgadas pelo Site Norwalk Reflector


Entretanto, algumas "novas informações" foram divulgadas pelo site do "Norwalk Reflector", no dia 8 de setembro, quase uma semana após noticiarem o caso pela primeira vez. Foi ressaltado que autoridades policiais não tinham conhecimento de quaisquer casos que envolvessem um cadáver a partir do qual o coração tivesse sido removido.

"Nunca ouvi falar de algo assim. Espero que a divulgação dessa história pelos jornais nos deem alguma pista", disse Dave Light, chefe do Departamento de Polícia de Norwalk.

"Nunca ouvi falar de algo assim. Espero que a divulgação dessa história pelos jornais nos deem alguma pista", disse Dave Light, chefe do Departamento de Polícia de Norwalk
Ao ser questionada, Jill Del Greco, porta-voz do Departamento de Investigação Criminal de Ohio, chegou a mencionar que o departamento não tinha conhecimento de quaisquer casos em que "o coração de um corpo estivesse desaparecido".

"Não necessariamente ouviríamos falar sobre isso, até porque boa parte dos casos são tratados em nível local", disse Jill Del Greco.

O sargento Jim Fulton, que foi o primeiro a compartilhar as informações com o jornal "Norwalk Reflector", voltou a repetir a mesma versão inicial, sendo que Dave Light foi questionado na quinta-feira retrasada (8) se os paramédicos poderiam identificar positivamente o que tinham visto como sendo um coração humano. Dave disse que os paramédicos não tinham certeza do que se tratava, e por isso chamaram a polícia.

Em informações divulgadas no dia 8 de setembro, quinta-feira retrasada, publicadas pelo site do jornal local "Norwalk Reflector", foi ressaltado que autoridades policiais não tinham conhecimento de quaisquer casos que envolvessem um cadáver a partir do qual o coração tivesse sido removido.
Em entrevista para o "Norwalk Reflector", Jeff Harwood, médico legista do Condado de Huron, disse que "o coração estava em uma condição muito boa, mas havia um certo odor de decomposição". Jeff não sabia responder se o coração era realmente humano, razão pela qual enviou o mesmo para análise. Contudo, Dave foi bem mais enfático em suas declarações, o que causou um verdadeiro alvoroço na mídia norte-americana e internacional.

"Eles têm 95% de certeza de que seja humano, mas eles querem ter 100% de certeza", disse Dave Light. Lembrando que Dave é o chefe do Departamento de Polícia de Norwalk. Curiosamente, Jeff Harwood, que confirmou ter enviado o coração para ser analisado, disse que ninguém apareceu para reinvindicar o coração.

A Repercussão do Caso Sobre um Coração Supostamente Humano Dentro de uma Sacola Plástica na Mídia Norte-Americana


Evidentemente, um caso como esse não passaria simplesmente "batido", porém demorou "um pouco" para esse assunto ganhar uma maior notoriedade. Aliás, o objetivo não era apenas tentar descobrir se realmente seria um coração humano, mas se fosse, de quem seria o coração, e se estaria relacionado a um eventual homicídio.

A WOIO (mais conhecida como Cleveland 19), emissora de TV afiliada da CBS, que cobre a região da Grande Cleveland e boa parte da região nordeste do estado de Ohio foi atrás de maiores informações, e realizou uma nova entrevista com o sargento Jim Fulton.

Dr. Jeff Harwood, médico legista do Condado de Huron
"Isso é muito incomum. Não temos ideia de onde veio", disse Fulton, acrescentando que coração estava em "boas condições, e mal tinha começado a se decompor". Ele chegou a mencionar que não havia nenhuma indicação de que o mesmo fosse parte de um crime violento.

"Conversei com o médico legista do Condado de Lucas, e ele parecia acreditar que o coração não tinha sido deixado no gramado há muito tempo. Poderia ter estado congelado anteriormente", continuou.

Inicialmente, o paramédico que descobriu o jogou em uma lixeira nas proximidades, porém, algum tempo depois foi instruído a pegar o coração de volta, para que fosse realizada uma investigação. Apesar não haver indicação de crime, Fulton não sabia se algo nesse sentido teria acontecido.

"Não temos um corpo que esteja faltando um um coração. Então, acho que é uma ocorrência incomum, por assim dizer. É o que está escrito em nosso relatório (boletim de ocorrência). Esperamos ser capazes de classificá-lo como sendo algo mais e fechar esse caso", completou.

O médico legista do Condado de Lucas disse na última disse terça-feira (13), que o coração parece ser humano, mas que patologistas da cidade de Toledo estavam realizando testes para confirmar essa informação. Eles também estavam realizando testes para ver se existem quaisquer substâncias conservantes no saco ziplock. Um veterinário também estava tentando identificar se o coração veio de um animal, assim como um porco, que tem "um coração semelhante a de um ser humano".

"O coração pode ter vindo de uma funerária, de uma autópsia. Há infinitas possibilidades", completou Fulton. Os investigadores estava esperando obter alguma informação por parte da população ao divulgar essa história, para tentar ajudar a determinar de onde este coração misterioso teria surgido.

O médico legista do Condado de Lucas na última disse terça-feira (13) que o coração parece ser humano, mas que patologistas da cidade de Toledo estavam realizando testes para confirmar essa informação. Um veterinário também estava tentando descartar se o coração veio de um animal, como um porco, que tem um coração semelhante a um ser humano.
Em uma matéria publicada ontem (15), pelo site do "The New York Times" (NYT), foi ressaltado que os homicídios eram bem raros na cidade de Norwalk, no estado norte-americano de Ohio, uma comunidade de cerca de 17.000 habitantes, a cerca de 80 km a oeste da cidade de Cleveland, próxima do Lago Erie, e mais conhecida como "Maple City" ("Cidade do Bordo", em português). As autoridades disseram que durante anos não houve praticamente nenhum caso, e no ano passado o departamento de polícia investigou apenas um. Resumindo, é uma cidade que tem seus problemas, mas ainda assim é uma cidade tranquila.

Para vocês terem uma ideia, não foi registrado nenhum homicídio em Norwalk entre os anos de 1992 e 2013, sendo que apenas um foi registrado nos últimos dois anos. Quantas cidades podemos dizer o mesmo?

Imagem do Google Maps mostrando a localização da cidade de Norwalk, no estado norte-americano de Ohio, uma comunidade de cerca de 17.000 habitantes, a cerca de 80 km a oeste da cidade de Cleveland, próxima do Lago Erie, e conhecida como "Maple City" ("Cidade do Bordo", em português).

Para vocês terem uma ideia, não foi registrado nenhum homicídio em Norwalk entre os anos de 1992 e 2013, sendo que apenas um foi registrado nos últimos dois anos
Segundo o NYT, o coração tinha sido encontrado por dois paramédicos, por volta das 19h (mesmo assim ainda estava claro devido a localização da cidade). A matéria ressaltou que o sargento Fulton estava mais acostumado a resolver crimes relacionados ao tráfico de drogas, agressões sexuais, roubos e homicídios (com cadáveres), mas não esse tipo de situação. Em uma entrevista realizada na quarta-feira (15), ele mencionou que ligaram para a casa dele para comunicar o incidente, e que ao se deparar com o coração não sabia o que pensar. Era necessário respirar fundo, e refletir bem diante da situação, porque não havia sequer um corpo.

O Dr. Jeff Harwood, médico legista do Condado de Huron, também foi consultado. Ele disse que por ser um médico legista do interior, ele é normalmente solicitado para responder questões sobre ossadas, que geralmente acabam sendo apenas de animais.

"Meu pensamento inicial era: 'não vou encarar isso como sendo um coração humano'. Quando olhei para ele, eu meio que... bem, é... isso se parece como um coração humano, e isso é tudo o que posso dizer apenas ao observá-lo", disse o Dr. Jeff Harwood.

"Neste caso, não posso dizer que não é humano. Provavelmente vai acabar sendo analisado como sendo algum tipo de 'amostra laboratorial'. Assim sendo, por que foi parar naquele lugar e por que agora? Não sei. Acho que é um mistério", completou.

O Dr. Jeff Harwood, médico legista do Condado de Huron, também foi consultado. Ele disse que "ao ser um médico legista do interior, ele é geralmente solicitado para responder questões sobre ossadas, que geralmente acabam sendo apenas de animais
Os investigadores analisaram o vídeo registrado por uma câmera de segurança do posto de gasolina, em frente a loja de conveniência, mas, por enquanto, eles não planejam liberar as imagens publicamente, visto que não mostrariam nada suspeito, e a câmera não teria registrado a região onde o coração foi jogado ou descartado. Também foram verificadas possíveis impressões digitais no saco plástico, porém não há maiores detalhes sobre isso.

O sargento Fulton disse que o mais próximo que ele já chegou de uma história semelhante em sua carreira de 18 anos como policial, foi há alguns anos atrás, quando alguém se apresentou a polícia com um feto em um frasco. A investigação descobriu que ele tinha sido esquecido num edifício utilizado por um médico devido ao seu trabalho em uma instituição de ensino.

Os investigadores analisaram o vídeo registrado pela câmera de segurança do posto de gasolina em frente a loja de conveniência, mas eles por enquanto eles não planejam liberar as imagens publicamente, visto que não mostraria nada suspeito, e a câmera não teria registrado a região onde o coração foi lançado ou descartado
Já a matéria publicada pelo "The Washington Post", disse que porcos, chimpanzés e cães possuem corações que se assemelham aos corações humanos, enfatizando, por exemplo, um trecho publicado pelo site Popular Science onde é citado que "corações de suínos eram bem promissores porque eles são bem próximos, anatomicamente falando, em relação aos corações humanos". O artigo em questão tratava sobre a possibilidade de utilização de corações de animais para transplantes em pacientes humanos.

De acordo com o Instituto Nacional do Coração, Pulmão e Sangue dos Estados Unidos, todos os dias, cerca de 3.000 pessoas permanecem aguardando por um transplante de coração, porém somente cerca de 2.000 corações acabam sendo disponibilizados anualmente. A espera pode levar dias ou meses, e ainda depende das condições clínicas e tipo sanguíneo do paciente.

O "The Washington Post" também ressaltou que rastrear partes de corpos humanos, algumas vezes acaba virando mesmo caso de polícia. Em junho, a polícia do Distrito de Penn, no estado norte-americano da Pensilvânia, encontrou um cérebro humano embaixo da varanda de um suspeito de roubo.

O cérebro até mesmo tinha um nome: Freddy. A polícia disse que o nome do cérebro foi dado por um homem chamado Joshua Lee Long, que está preso por sua ligação com uma série de assaltos na Pensilvânia. As autoridades, no entanto, acreditavam que o cérebro tenha sido roubado. Charley Hall, médico legista do Condado de Cumberland, confirmou que o cérebro pertencia a um ser humano adulto.

Em junho, a polícia do Distrito de Penn, no estado norte-americano da Pensilvânia, encontrou um cérebro humano embaixo da varanda de um suspeito de roubo. As autoridades, no entanto, acreditavam que o cérebro tenha sido roubado

Bob Hicks, policial rodoviário do Estado da Pensilvânia, disse a WPMT, emissora de TV afiliada da FOX, que os investigadores acreditavam que o cérebro tinha sido originalmente utilizado para fins acadêmicos. A polícia acusou Joshua Lee Long de aumentar o efeito da maconha ao pulverizar os fluidos de embalsamamento do órgão sobre a mesma. Tenso, não é mesmo?

Enfim, AssombradOs, por enquanto não temos maiores detalhes sobre esse caso. Não sabemos se o coração é realmente humano, e nem mesmo a sua procedência. Contudo, essa história além de bizarra, é um tanto quanto macabra. Por que alguém deixaria simplesmente um coração dentro de um saco plástico praticamente a beira de uma avenida de uma cidade aparentemente pacata? Muito esquisito, mas se tivermos quaisquer novidades, atualizaremos vocês por meio dessa mesma postagem ou através de um "Minuto AssombradO", combinado?

Atualização #1 - 18/09 as 16h45


Ainda não temos a confirmação se o coração encontrado na cidade de Norwalk, Ohio, seria mesmo de origem humana, porém temos um artigo bem interessante nesse sentido, que foi publicado pela Rachael Rettner, do site "Live Science", na última sexta-feira (16) para vocês.

Conforme vocês já sabem, as autoridades em Ohio disseram que mais testes serão necessários para determinar se um coração, encontrado sobre um gramado, dentro de saco ziplock, é realmente um órgão humano ou se pertence a algum outro animal. Entretanto, quais testes são necessários para provar que um coração é humano?

De acordo com o Dr. Gregory G. Davis, professor de patologia na Escola de Medicina da Universidade do Alabama, e médico legista-chefe do Condado de Jefferson, também no estado norte-americano do Alabama, e que não está envolvido na investigação, os especialistas nem sempre realmente conseguem dizer se um coração é de um ser humano ou de outro animal, simplesmente olhando para ele.

"Não acredito que olharia e simplesmente diria: 'Isso não é humano', considerando as semelhanças entre os corações humanos e os de outros animais", disse o Dr. Gregory G. Davis.

O Dr. Gregory G. Davis, professor de patologia na Escola de Medicina da Universidade do Alabama, e médico legista-chefe do Condado de Jefferson, no Alabama
"Um teste que um patologista forense poderia fazer para determinar se o coração é humano ou não, seria analisar qualquer pequena quantidade de sangue deixado sobre ou dentro do coração. É possível que o órgão em Ohio ainda tivesse algum sangue em seu interior, que pode ser utilizado para testes", continuou.

"Este teste procuraria por proteínas, chamadas antígenos, na superfície das células vermelhas do sangue. Os seres humanos possuem determinados antígenos na superfície de suas células vermelhas do sangue, e são esses antígenos que determinam os tipos sanguíneos das pessoas (do tipo A, B, AB ou O.)", completou.

"Os animais também possuem diferentes antígenos na superfície de suas células vermelhas do sangue, que impedem as pessoas de utilizarem sangue de animais para transfusões. Há diferenças antigênicas que fariam com que os seres humanos rejeitassem o sangue não-humano. Porém, os antígenos poderiam revelar de qual tipo de animal o coração veio", observou.

"Outro teste possível seria extrair material genético de células do coração e realizar um exame de DNA.  Embora os seres humanos e mamíferos partilhem muitos dos mesmos genes, existem diferenças genéticas suficientes para que os especialistas possam determinar se as células são de um ser humano ou de outro animal", finalizou.

Enfim, continuamos aguardando por novidades!

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://my.chicagotribune.com/#section/-1/article/p2p-91096455/
http://www.cleveland19.com/story/33071367/heart-found-in-field-in-norwalk
http://www.ems1.com/ems-oddities/articles/124299048-Ohio-medics-find-heart-in-plastic-bag/
http://www.foxnews.com/us/2016/09/14/heart-found-next-to-gas-station-likely-human-coroner-says.html
http://www.norwalkreflector.com/Law-Enforcement/2016/09/07/Possible-heart-being-tested-by-coroner
http://www.norwalkreflector.com/Law-Enforcement/2016/09/08/Abandoned-heart-undergoing-more-tests.html
http://www.nytimes.com/2016/09/16/us/has-murder-come-to-town-this-heart-tells-no-tales.html?_r=0
https://www.washingtonpost.com/news/true-crime/wp/2016/09/11/somebody-left-a-heart-in-a-field-in-ohio-now-police-cant-figure-out-to-whom-it-belongs
Comentários