19 de setembro de 2016

Será que um "Anjo" Foi Fotografado Sobre o "Tributo de Luz", Criado em Homenagem às Vitimas do 11 de Setembro?

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Nas últimas duas semanas os Estados Unidos vem ganhando destaque na mídia internacional devido a inúmeros casos considerados "misteriosos" e, eventualmente, "sobrenaturais". Recentemente, escrevi uma matéria completa sobre os casos de avistamentos de palhaços, principalmente durante o período da noite, em cidades de diversos estados norte-americanos. Aquela postagem foi uma das maiores matérias sobre esse assunto no mundo, e com certeza absoluta a mais completa publicação em língua portuguesa (leia mais: Palhaços Estariam Realmente Assustando Moradores e Atraindo Crianças para Florestas, nos Estados Unidos?). Pouco tempo depois, começou a circular na mídia internacional um estranho caso que ocorreu na pacata cidade de Norwalk, no estado de Ohio, onde uma equipe de paramédicos encontrou um coração supostamente humano dentro de um saco plástico ziplock. Ainda não temos a confirmação se o mesmo seria realmente de origem humana ou animal, visto que testes estão sendo realizados na cidade de Toledo, no Condado de Lucas, também localizado no estado de Ohio (leia mais: Um Coração Humano Teria Sido Encontrado Dentro de um Saco Plástico na Cidade de Norwalk, nos Estados Unidos?). Enquanto o resultado dos exames não saem, na semana passada uma estranha foto começou a viralizar nas redes sociais, a respeito do que seria a figura de um "anjo em cima de uma nuvem" durante um tributo em homenagem às vítimas de um dos piores atentados terroristas de todos os tempos, que ficou simplesmente conhecido como "11 de setembro".

É interessante ressaltar, que nessa última semana vi uma série de notícias ou postagens de outros sites ou blogs, um tanto quanto surreais. Algumas pessoas, por exemplo, não acreditam que aviões atingiram as chamadas "Torres Gêmeas", pelo contrário, acreditavam que os aviões eram apenas hologramas, e que o atentado era apenas uma espécie de "operação de bandeira falsa" (operações supostamente conduzidas por governos, corporações, indivíduos ou outras organizações, que aparentam ser realizadas pelo inimigo de modo a tirar partido das consequências resultantes). Outros, por exemplo, fizeram questão de ressaltar um artigo de uma determinada revista científica, o taxando de "estudo científico" (sendo que não era, e no máximo poderia ser taxado de "técnico", visto que nem mesmo os autores o consideravam assim) sobre o atentado de "11 de setembro", levantando uma das mais famosas hipóteses para a queda das "Torres Gêmeas": a implosão controlada dos edifícios.

Entretanto, sempre é um grande problema quando sua principal fonte é um site totalmente conspiratório, e sem nenhum compromisso em expor detalhadamente a realidade sobre os fatos ou quando você nem mesmo lê o que foi originalmente publicado. De qualquer forma, esse atentado terrorista ou operação de falsa bandeira, como você queira imaginá-lo ou considerá-lo, resultou em milhares de mortes de pessoas inocentes, pessoas que estavam dentro dos aviões, pais e mães que perderam seus filhos, e filhos que perderam seus herois diante da morte de centenas de bombeiros. Portanto, sempre é necessário muito respeito ao tratar de algo assim, ainda que seja meramente uma foto tirada de um tributo em homenagem a essas vítimas, 15 anos após o ocorrido. Vamos saber mais sobre esse assunto?

O "Tributo de Luz". Uma Singela Homenagem às Vítimas do 11 de Setembro


Antes de entrarmos no assunto principal dessa postagem, é necessário que você compreenda no que consiste o chamado "Tributo de Luz".  Isso não mais é do que uma instalação de arte composta por 88 holofotes (44 para cada "torre"), cada um com 7.000 watts de potência, colocados ao lado do local do World Trade Center (na cobertura de um edifício garagem) para criar duas colunas verticais de luz em memória aos ataques de 11 de setembro. Esse "evento" é organizado anualmente pela Sociedade Municipal de Arte de Nova York, nos Estados Unidos.

O "Tributo de Luz" é uma instalação de arte composta por 88 holofotes (44 para cada "torre") colocados ao lado do local do World Trade Center (na cobertura de um edifício garagem) para criar duas colunas verticais de luz em memória aos ataques de 11 de setembro
Foto mostrando mais de perto alguns do holofotes utilizado pelo "Tributo de Luz"
Cada holofote possui cerca de 7.000 watts de potência
O "evento" é organizado anualmente pela Sociedade Municipal de Arte de Nova York, nos Estados Unidos
Algumas pessoas, entre elas fotógrafos, são autorizados a acompanhar esse "show de luzes" mais de perto
Cada conjunto de holofotes cria uma coluna de luz vertical que pode ser visto a dezenas de quilômetros
O projeto inicialmente foi chamado de "Towers of Light" ("Torres de Luz", em português), mas as famílias das vítimas sentiram que o nome enfatizava  mais os edifícios destruídos do que as pessoas que morreram.

Em noites claras, as luzes podem ser vistas por mais de 97 km de distância, sendo visível em toda a cidade de Nova York, e na maioria dos subúrbios ao norte de Nova Jersey e Long Island, Condado de Fairfield, Connecticut, Condado de Westchester, Condado de Orange (em Nova York) e Condado de Rockland (em Nova York), ou seja, é possível avistá-las de bem longe do chamado "Marco Zero".

Foto tirada em 2010 do "Tributo de Luz" a partir do Brooklyn, na cidade de Nova York
Foto tirada em 2011 do "Tributo de Luz" avistado de East Village, Manhattan
Uma parte interessante sobre os geradores, que permitem o funcionamento desses holofotes, é que eles são abastecidos com biodiesel produzido a partir de óleo de cozinha usado, que é coletado de restaurantes locais, desde 2008. Apesar de ser bonito e ecologicamente correto devido a utilização de biodiesel, por assim dizer, o projeto enfrentou duras críticas dos ambientalistas.

Foto tirada em 2009 do "Tributo de Luz" a partir de um escritório do edifício "One Exchange Plaza"
Em 2010, cerca de 10.000 aves migratórias ficaram desorientadas e acabaram ficando "presas" em meio aos feixes de luz. Para ajudar as aves a escaparem dessa situação foi necessário o desligamento das luzes, por cerca de 5 vezes, em períodos de 20 minutos, para que as mesmas pudessem "escapar da armadilha de luzes".

Desde então, para garantir que as luzes não afetem as aves migratórias, a Sociedade Municipal de Arte de Nova York trabalha juntamente com filial nova-iorquina da Sociedade Nacional Audubon, uma organização ambiental sem fins lucrativos dedicada à conservação, a respeito do posicionamento da iluminação. Enfim, agora que você conhece um pouco mais sobre esse projeto, vamos ao nosso assunto principal.

A Foto de um Suposto "Anjo Sobre uma Nuvem" Enquanto o "Tributo de Luz" Iluminava os Céus de Nova York


Essa foto em questão teria sido tirada pelo fotógrafo Rich McCormack, morador da cidade de Jersey, na noite do dia 9 de setembro, uma sexta-feira, por volta das 21h30, do outro lado do rio Hudson, na cidade de Hoboken, também localizada no estado norte-americano de Nova Jersey. Vale a pena destacar nesse ponto, que Rich trabalha como freelancer para o "The Jersey Journal".

"Dê um zoom no topo do feixe de luz. Você vê alguma coisa? Tirei essa foto, não usei Photoshop e nem fiz quaisquer edições. Tirei muitas fotos e somente nessa aparece essa imagem. Direitos autorais a Richard J McCormack, 9/9/2016", disse Rich McCormack, em sua postagem no Facebook, no dia 12 de setembro.

"Dê um zoom no topo do feixe de luz. Você vê alguma coisa? Tirei essa foto, não usei Photoshop e nem fiz quaisquer edições. Tirei muitas fotos e somente essa aparece essa imagem. Direitos autorais a Richard J McCormack, 9/9/2016", disse Rich McCormack, em sua postagem no Facebook, no dia 12 de setembro.
De qualquer forma, assim como acontece em 99% dos casos em que contamos para vocês, ele não percebeu nenhuma anormalidade no momento em que tirou a fotografia, e só percebeu que havia algo de estranho posteriormente. Assim que ele notou, ele publicou em sua conta no Facebook, mais precisamente no dia 12 de setembro, ou seja, na segunda-feira passada.

Segundo muitos dos seus seguidores, a foto tirada por ele seria, "possivelmente", de um anjo olhando pelas vítimas e os entes queridos, que acabaram sendo afetados pelo ataque terrorista em 11 de setembro de 2001.

Ampliação da foto tirada pelo fotógrafo Rich McCormack, na noite do dia 9 de setembro, uma sexta-feira, por volta das 21h30, do outro lado do rio Hudson, na cidade de Hoboken, também localizada no estado norte-americano de Nova Jersey
"Não havia percebido que a imagem estava lá, até olhar novamente as fotos na câmera. Vi uma parte maior esbranquiçada, e continuei ampliando a foto até ver a imagem", disse Rich McCormack, em entrevista ao site da revista "Inside Edition".

"Parecia com a imagem de Jesus Cristo ou um anjo... Sinto como se os anjos estivessem cuidando de nós", completou, repetindo praticamente uma outra declaração concedida com site de notícias NJ.com, onde Rich mencionou acreditar que "aquela era a visão de Jesus Cristo com os braços cruzados".

Como não podia deixar de ser, a foto começou rapidamente a viralizar, e muitas pessoas reagiram de forma igualmente emocionada, visto que as mesmas se lembraram das vidas, inclusive de familiares, que foram perdidas há 15 anos, durante o atentado de 11 de setembro.

Foto publicada por Rich McCormack em sua conta no Facebook
"Uma mensagem.......lindo", dizia um dos comentários postados na publicação de Rich McCormack, no Facebook.

"Alguns dizem que é photoshop, mas eu sei que você não iria nos enganar... Isso me deixou com tanta fé... Deus está cuidando de nós", disse uma outra pessoa.

Uma mulher chamada Yvette Cid disse que perdeu entes queridos no 11 de setembro, e que a foto acabou transmitindo um certo conforto para ela. "Essa é uma foto impressionante, nossa, perdi meus dois filhos, e acredito que este é um sinal para todos aqueles que perderam um ente querido", disse Yvette.

O fotógrafo Rich McCormack (em primeiro plano), e a fonte do Parque Lincoln, em Nova Jersy (ao fundo).
"Incrível, Richard. Existem tantos sinais maravilhosos. Você deve ser um ser humano muito especial para ter registrado este. Temos que acreditar que existe algo muito maior do que os horrores que se manifestam neste planeta. Obrigado Jesus", disse Cristina Fontanelli.

O site da FOX News também fez questão de ressaltar duas outas fotos bem interessantes tiradas do local onde ficavam as "Torres Gêmeas". A primeira delas teria sido tirada no dia 10 de setembro de 2015, uma quinta-feira, e mostrava um "impressionante arco-íris", que teria sido surgido sobre o World Trade Center.

A outra foto teria sido tirada no dia 8 de setembro, também uma quinta-feira, ou seja, justamente um ano depois, e mostrava um "majestoso reflexo de luz" a partir da "Freedom Tower", ("Torre da Liberdade", em português). Ambas as fotos teriam sido tiradas por Ben Sturner, proprietário da Agência Leverage, especializada em campanhas de marketing e eventos esportivos.

A primeira delas (à esquerda) teria sido tirada no dia 10 de setembro de 2015, uma quinta-feira, e mostrava um "impressionante arco-íris, que teria sido surgido sobre o World Trade Center. A outra foto (à direita) teria sido tirada no dia 8 de setembro, também uma quinta-feira, ou seja, com um ano de diferença, e mostrava um "majestoso" reflexo de luz a partir da "Freedom Tower", ("Torre da Liberdade", em português)
Entretanto, será que a foto tirada por Rich McCormack teria sofrido algum tipo de edição? Será que é mesmo a imagem de um "anjo" ou de "Jesus Cristo"? Se não houver nenhum tipo de edição, não seria apenas pareidolia? Esse é um assunto para os meus comentários finais.

Comentários Finais


Uma vez que não temos acesso ao arquivo original da fotografia tirada por Rich McCormack é difícil cravar sobre a autenticidade da mesma. Aliás, mesmo formatos de imagens que sofrem algum tipo de compressão como o popular ".jpeg" muitas vezes não servem como prova documental de um processo jurídico em determinados países. Isso não quer dizer, é claro, que não temos outros elementos que possam corroborar uma eventual conclusão, na qual a realidade nos aponte que não seja exatamente aquilo que estamos vendo. Ao longo do tempo cansei de ver casos em que balões publicitários foram interpretados como "OVNIs" (no sentido explícito de ser algo extraterrestre, assim como a maioria dos sites dão a entender), e até mesmo pessoas sem o menor senso crítico, para não dizer outra coisa, mencionando que um boneco inflável da Michelin representava a "segunda vinda de Jesus Cristo à Terra". A tentativa de exploração sensacionalista de um assunto é muito pior do que qualquer teoria conspiratória. Outros diriam que isso faria parte de um projeto secreto do governo norte-americano chamado "Blue Beam", e que as pessoas seriam enganadas diante de um "deus holográfico", e diante da inserção de ideias para uma dominação global. Sinceramente, na maioria dos casos, quem engana você são as mídias sensacionalistas, e blogs pseudocientíficos, cujas pessoas que neles participam não ligam a mínima para o que escrevem, e nem mesmo seguem aquilo que anteriormente tinham prometido que fariam.

Também temos que considerar que Rich McCormack é fotógrafo, provavelmente acostumado a utilizar ferramentas de edição de imagens, e assim como qualquer pessoa que consegue seus cinco minutos de fama na mídia internacional, começou a compartilhar as notícias que passaram a sair sobre a sua foto. É complicado tentar deduzir se ele estava buscando algum tipo de notoriedade em sua carreira, e resolveu manipular digitalmente uma fotografia, mas o fato é que muitas pessoas ainda tiram fotos, mesmo que a distância, do local onde ficavam as "Torres Gêmeas". Foi um ferimento profundo, cuja cicatriz permanecerá visível na história dos Estados Unidos e do mundo moderno. Muitas pessoas estão acreditando que seja realmente manipulação digital, porém outras preferem apostar na famosa e fatídica "pareidolia", um fenômeno psicológico comum em todos os seres humanos, conhecido por fazer as pessoas reconhecerem imagens de rostos humanos ou animais em objetos, sombras, formações de luzes e em qualquer outro estímulo visual aleatório. Tem gente, por exemplo, acreditando que a imagem seja de algum guitarrista famoso, visto que na imagem parece existir uma "guitarra". Esse fenômeno é bem conhecido e discutido no blog AssombradO.com.br, sendo que os mais famosos exemplos disso são as notícias envolvendo supostas "pedras levitando", "animais" e até mesmo o que seriam "estátuas" na superfície do planeta Marte.

Por último, é importante destacar que a crença das pessoas, a busca por algo que dê esperança de dias melhores sempre fala mais alto diante desses momentos. Como você diria para uma pessoa que aquilo não é um sinal de fé? Como explicar isso para uma mãe que perdeu seus dois filhos, que ela acompanhou seus primeiros passos, chorou, riu, e se desdobrou para fazê-los ter uma boa educação e serem pessoas dignas, para que em uma manhã suas vidas ruíssem de maneira fatal? É necessário coragem para dizer isso olhando em seus olhos, e não apenas através de um texto de um blog, porém é necessário haver uma certa dose de bom senso em não tentar enganar as demais pessoas, que buscam um respiro de credibilidade em meio a tantos textos falaciosos. Portanto, se considerarmos que a foto não tenha sofrido nenhum tipo de manipulação digital, temos tão somente um caso de pareidolia quando o feixe de luz passou por uma nuvem no céu, e assim ressaltou o que parece ser uma imagem angelical para muitos. Se considerarmos a foto como sendo manipulada digitalmente, bem, não é necessário dizer mais nada, seria tão somente mais uma farsa diante de tantas que estamos acostumados diariamente. Sinceramente, acredito que seja apenas uma pareidolia. Isso não me impede, no entanto, de acreditar que algo maior esteja olhando pelos familiares daqueles que ficaram, e continuarão olhando para os céus em busca de respostas. O "Tributo de Luz" é mais do que mera uma homenagem, é um elo simbólico entre os que se foram, e aqueles que ficaram.

Até a próxima, AssombradOs.

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://abc7ny.com/news/photos-up-close-look-at-the-wtcs-9-11-tribute-in-light/1507591/#gallery-11
http://insider.foxnews.com/2016/09/16/mystery-image-photo-911-tribute-light
http://www.australianetworknews.com/angel-spotted-during-911-memorial-at-wtc-see-photos-here/
http://www.cbs8.com/story/33106046/mysterious-figure-appears-in-photo-of-911-tribute-in-light-i-feel-like-it-was-angels-watching-over-us
http://www.insideedition.com/headlines/18679-mysterious-figure-appears-in-photo-of-911-tribute-in-light-i-feel-like-it-was
http://www.nj.com/hudson/index.ssf/2016/09/in_a_snap_heavenly_image_is_captured_above_wtc_sit.html
http://www.thepoliticalinsider.com/world-trade-center-angel-appear-photograph/
https://en.wikipedia.org/wiki/Tribute_in_Light
https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10210267040573709&set=a.1275380045888.2041450.1271571778&type=3
Comentários