28 de setembro de 2016

O Misterioso Vídeo "I Feel Fantastic": O Vídeo de um Serial Killer? Uma Ginoide Matou Seu Criador? Seria apenas Creepypasta?

Por Marco Faustino

Provavelmente as atividades supostamente sobrenaturais ou paranormais relacionados a bonecos(as) ou manequins estão no topo da lista da preferência dos nossos leitores e inscritos em nosso canal no YouTube. Somente nessa semana tivemos uma postagem relacionada a caso de uma suposta menininha considerada santa que teria aberto os olhos, lá na Catedral de Guadalajara no México (leia mais: Será Verdade que os Olhos do "Corpo Embalsamado de uma Criança" Teriam Aberto Após 300 Anos, na Catedral de Guadalajara, no México?), assim como fizemos um especial que estava sendo muito aguardado por vocês, que era sobre "La Pascualita" (leia mais: O Caso "La Pascualita": Será Verdade que o "Manequim" de uma Loja Mexicana é uma "Noiva Embalsamada"?). No passado recente, por exemplo, chegamos a publicar uma história muito interessante sobre um manequim supostamente "possuído" que teria sido baleado no rosto após ter atacado cadetes durante a noite, no Colégio Militar do Exército da Bolívia. Lembram desse caso? Na época, Heriberto Ozinaga, diretor do Museu do Colégio Militar, disse que tudo isso não passava de histórias que eram contadas para assustar os novos cadetes, e que já eram contadas desde a década de 70 ou 80. Resumindo, isso não era nada recente, e no máximo a reportagem comentava sobre as lendas ou eventos sobrenaturais que "assombravam" os cadetes do Colégio Militar do Exército da Bolívia, em La Paz (leia mais: Um Manequim "Possuído" Teria Sido Baleado Após Ter Atacado Cadetes Durante a Noite, no Colégio Militar do Exército da Bolívia?).

Entretanto, um pouco antes do especial relacionado a "La Pascualita" ser publicado, nosso patrão "Saul Mendez", da SSA (Sociedade Secreta dos AssombradOs), que por sua vez é um grupo fechado no Facebook, no qual participam todos aqueles, que voluntariamente contribuem para que possamos continuar nosso trabalho em trazer cada vez mais conteúdo e pesquisa para vocês (saiba mais como participar clicando aqui), comentou sobre um intrigante vídeo chamado "I Feel Fantastic". Esse vídeo é recorrente na internet, e sempre temos alguém que nos envia um email pedindo para que façamos alguma matéria sobre esse assunto. O motivo? Existem duas versões muito populares sobre esse vídeo. A primeira aponta que a pessoa que fez o vídeo seria um serial killer ("assassino em série", em português). Ele(a) teria matado suas vítimas e usado as roupas delas em uma ginoide (termo muitas vezes utilizado para se referir a robôs desenhados para se parecerem com mulheres). O vídeo também mostraria a localização de onde os corpos estariam enterrados. O autor(a) odiaria o fato das vítimas chorarem muito, então ele projetou a ginoide dizendo que se sentia fantástica, que era o que ele(a) queria ouvir de suas vítimas enquanto as assassinava. A segunda aponta que a ginoide teria ganhado vida, e teria simplesmente matado o(a) seu(ua) criador(a).

Diante de uma semana recheada de assuntos relacionados direta ou indiretamente com bonecos e manequins, resolvemos presentar vocês com uma matéria sobre o vídeo "I Feel Fantastic", e mostrar para vocês o que pode existir ou não de verdade sobre o mesmo. É possível que você já tenha ouvido falar sobre esse vídeo, mas temos certeza que vocês não vão se arrepender do conteúdo que preparamos para vocês. Vamos saber mais sobre esse assunto?

Conheça o Vídeo "I Feel Fantastic"


Evidentemente, é necessário que vocês conheçam esse vídeo, saber quem o publicou, e o suposto propósito dele. Portanto, confira abaixo o vídeo que ficou conhecido por "I Feel Fantastic", que foi publicado no canal "Creepyblog", no YouTube, no dia 15 de abril de 2009:



Sinceramente, não senti absolutamente nada ao assistir esse vídeo, porém centenas de milhares de pessoas se sentem desconfortáveis, sentem dores de cabeça e até mesmo enjôo ao assistí-lo. Muitas dizem que é transmitida uma sensação de agonia e mal-estar, atribuindo ao vídeo um caráter apavorante. Para vocês terem uma ideia, é difícil não encontrar esse vídeo na lista dos vídeos mais estranhos, bizarros e amedrontadores de todos os tempos na internet. Dá para notar a repercussão diante do número de visualizações que o mesmo já obteve, contando com mais de 8 milhões de acessos.

Não acontece praticamente nenhuma ação no vídeo. A câmera pemanece fixa, e o que inicialmente muitos pensam ser um manequim, na verdade é uma ginoide, mas que não movimenta nada além de sua cabeça, lábios e mãos. Apesar disso causar uma certa "má impressão" em muitas pessoas, a reputação "assustadora do vídeo" viria de apenas dois elementos presentes no mesmo.

O primeiro está relacionado a uma cena filmada em um local aberto, onde a ginoide não aparece, possivelmente às margens de um bosque ou talvez seja apenas o quintal de alguém, no qual a câmera aproxima e foca no que seria uma pilha de gravetos, folhas e terra. Isso destoa totalmente do restante do vídeo e levou muitos a acreditaram que o autor do vídeo queria apontar para um lugar onde uma ou mais pessoas poderiam estar "enterradas" (essa cena aparece entre 1:47 e 1:59). De qualquer forma é importante ressaltar nesse ponto, que não há qualquer indicação explícita de um suposto assassinato nesse vídeo.

A cena filmada em um local aberto, onde a ginoide não aparece, possivelmente às margens de um bosque ou talvez seja apenas o quintal de alguém, no qual a câmera aproxima e foca no que seria uma pilha de gravetos, folhas e terra.
Já o segundo elemento é a letra da música que é cantada pela ginoide (se é que podemos chamar aquilo de letra). É possível notar algumas frases totalmente aleatórias e repetitivas, tais como: "I feel fantastic, hey, hey, hey" ("Eu me sinto fantástica, hey, hey, hey", em português), "You feel fantastic" ("Você se sente fantástico"), "Please leave, run, run, run" ("Por favor saia, corra, corra, corra"). Para muitos isso essa letra passou a ecoar como frases que evidenciavam ainda mais um suposto assassinato, embora, mais uma vez repito, não houvesse nenhuma indicação explícita sobre isso no vídeo em questão.

O Vídeo "I Feel Fantastic" Foi o Único Vídeo Publicado no Canal "Creepyblog"?


Um dado interessante é que esse vídeo entra para o seleto grupo de vídeos, que pertenceriam a canais que só teriam publicado um único vídeo muito estranho desde a sua criação. Um exemplo recente disso é o vídeo "Hi Walter! I got a new gf today!" com sua suposta única publicação denominada "Hi Walter! Its me Patrick!" desde outubro de 2009. Aliás, nós chegamos a fazer um vídeo a respeito desse caso (saiba mais: "Hi Walter! Perturbador Vídeo é Real?").

Outro dado interessante é que o vídeo "I Feel Fantastic" entra para o seleto grupo de vídeos,
que pertencem a canais que só teriam publicado um único vídeo muito estranho desde a sua criação
De qualquer forma, é difícil saber se o canal "Creepyblog" teria realmente publicado um único vídeo ao longo do tempo, visto que esses canais costumavam ter pouquíssimos acessos, e acabaram ganhando repercussão ao longo do tempo devido a matérias e vídeos realizados por terceiros, tal como estamos fazendo nesse exato momento.

Até mesmo serviços como a "Wayback Machine" (serviço que permite aos usuários visualizarem páginas da internet arquivadas esporadicamente ao longo dos anos) muitas vezes acabam não fornecendo maiores detalhes sobre esses canais do YouTube.

Mesmo serviços como a "Wayback Machine" (serviço que permite aos usuários visualizarem páginas da web arquivadas esporadicamente ao longo dos anos) muitas vezes acabam não fornecendo maiores detalhes sobre canais do YouTube
Por fim, podemos acrescentar apenas que o canal "Creepyblog" foi criado em 7 de abril de 2009, e esse suposto único vídeo foi publicado cerca de 8 dias depois, em 15 de abril de 2009. Desde então, segundo informações coletadas de fóruns de discussão, o canal nunca mais teria publicado absolutamente nada.

Analisando a Descrição do Vídeo


Outro ponto muito peculiar é a descrição desse vídeo. Apesar de não fazer parte da descrição, iremos adicionar algumas imagens para que a leitura não fique tão cansativa, combinado? Confira a tradução:

"Na mitologia grega, Pigmaleão foi um escultor altamente talentoso. Embora hábil em imitar a forma humana, e bem familiarizado com suas nuâncias, ele ficou enojado quando testemunhou as Propoetides se prostituindo. Essas mulheres foram punidas por Vênus por sua falta de adoração de forma ríspida e cruel e, em seguida, foram forçadas à prostituição. Vendo isso, o escultor Pigmaleão sentiu repulsa, e já não podia mais apreciar as mulheres. Aparentemente solitário, Pigmaleão procurou criar para si uma companheira perfeita, pura e imaculada. Ele usou suas habilidades específicas para este fim: ele criou uma estátua de uma noiva.

Pigmaleão por Jean-Baptiste Regnault, em 1786, no Musée National des Châteaux de Versailles et de Trianon
("Museu Nacional dos Palácios de Versalhes e do Trianon", em português)
O que você está prestes a assistir é um vídeo misterioso. Sua origem é atribuída por diversas vezes, e quase certamente de maneira hipotética, a diversos artistas abstratos ou surrealistas. A verdade é que o que estamos vendo, e o que nós percebemos ser estranho e perturbador, é realmente algo belo para seu criador. Talvez o que estejamos vendo é o trabalho de um Pigmaleão moderno. Para ele, sua voz inexpressiva, a palidez de sua pele e a vibração comparativa dos lábios, pode ser de fato a própria personificação de uma mulher perfeita...

A pintura a óleo de Laurent Pécheux, em 1784, representando um clássico da paixão
do escultor pela sua obra, nesse caso o mito de Pugmaleão e Galatéia
Considere o imaginário do criador. Em qual mente isso parece belo? Em qual mente isso é puro, próximo da adoração? Será que estamos nos esquecendo de algo em relação a sua perspectiva?

Quem somos nós para ter medo ou julgá-los? Ele pode muito bem amá-la plenamente, talvez de forma mais completa do que qualquer um de nós poderia ter a esperança de ser amado. Na mente de seu criador, ela é quase uma deusa; a representação perfeita, não apenas de feminilidade, mas o auge do potencial humano. Um ser perfeitamente satisfatório.

Como é que esse tipo de amor incondicional se sente?

Bem, como ela se sente?

Fantástica.
"

Está se sentindo meio perdido diante dessa descrição? Vamos descomplicar para você. Segundo Ovídio, poeta romano contemporâneo de Augusto, Pigmaleão era um escultor e rei de Chipre que se apaixonou por uma estátua, chamada Galatéia, que esculpira ao tentar reproduzir a mulher ideal. A deusa Vênus teria ficado com pena dele e atendendo ao seu pedido, uma vez que não encontrou na ilha uma mulher que, em beleza e pudor, chegasse aos pés do que Pigmaleão esculpira, transformou a estátua numa mulher de carne e osso.

Estátua de Ovídio na cidade de Constança, na Romênia (em primeiro plano), uma vez que o poeta romano teria morrido nessa cidade (historicamente conhecida como Tomis) em 17 ou 18 d.C.
Pigmaleão casou-se com Galatéia e, nove meses depois, tiveram uma criança chamada Pafos (ou Paphos). Alguns dizem que teria sido uma menina, outros que seria um menino, porém o nome da criança teria sido atribuído a uma cidade, que hoje em dia é um destino dos sonhos para turistas apaixonados.

Imagem do Google Maps mostrando a localização da cidade de Paphos, no Chipre, um país insular no leste Mar Mediterrâneo,
sendo a terceira maior e mais populosa ilha no Mediterrâneo e um Estado-membro da União Europeia desde 2004
Diz a mitologia que Pigmaleão casou-se com Galatéia e, nove meses depois, tiveram uma criança chamada Pafos (ou Paphos). Alguns dizem que teria sido uma menina, outros que seria um menino, porém o nome da criança teria sido atribuído a uma cidade, que hoje em dia é um destino dos sonhos para turistas apaixonados.
Toda essa história foi narrada em um poema de Ovídio chamado "Metamorfoses", que é compreendido por cerca de 15 livrosm e cerca de 250 narrativas mitológicas. O poema narra a história do mundo desde sua criação até a deificação de Júlio César dentro de uma vaga estrutura mítico-histórica. A parte relacionada a Pigmaleão e sua estátua está compreendida no décimo livro. A "Metamorfoses" de Ovídio permanece até hoje como um dos trabalhos poéticos mais aclamados sobre mitologia, e um dos poemas mais influentes da história da poesia e da arte.

Toda essa história foi narrada em um poema de Ovídio chamado "Metamorfoses", que é compreendido por cerca de 15 livros e cerca de 250 narrativas mitológicas. O poema narra a história do mundo desde sua criação até a deificação de Júlio César dentro de uma vaga estrutura mítico-histórica
A mitologia em torno de Pigmaleão mostra o poder da expectativa sobre o comportamento das pessoas; tal fenômeno foi denominado "Efeito Pigmaleão". Sob esta ótica, as pessoas tornam-se de acordo com a imagem que temos dela. Nos relacionamentos íntimos, como o namoro, acredita-se que a expectativa que cada um tem em relação ao outro possa exercer uma forte influência e está relacionada ao sucesso ou ao fracasso do namoro. A visão que uma pessoa tem em relação a outra acaba determinando uma verdade que a outra passa a demonstrar.

O "Efeito Pigmaleão" foi assim nomeado por Robert Rosenthal e Lenore Jacobson, renomados psicólogos norte-americanos, ao realizarem um importante estudo sobre como as expectativas dos professores afetam o desempenho dos alunos. Os professores que tinham uma visão positiva dos alunos estimulavam e conseguiam que seus alunos obtivessem bons resultados. No entanto, professores que tinham uma visão negativa de seus alunos, adotavam posturas que comprometiam o desempenho deles. Interessante, não é mesmo?

O "Efeito Pigmaleão" foi assim nomeado por Robert Rosenthal e Lenore Jacobson, renomados psicólogos americanos, ao realizarem um importante estudo sobre como as expectativas dos professores afetam o desempenho dos alunos
De qualquer forma, é importante que vocês entendam, que Pigmaleão apaixona-se pela estátua porque ele lhe deu a forma de uma verdadeira donzela, nunca antes vista em outras mulheres. A ênfase é projetada na perfeição da estátua, e não no comportamento desviante de um personagem masculino. Pigmaleão não se apaixona pela estátua em si, mas pelo resultado de suas próprias qualidades artísticas. Ele tinha conseguido dar à estátua o aspecto de uma verdadeira donzela e assim presenteava a si mesmo com a realização do seu desejo não-expresso. A donzela era ele mesmo, porque ele a havia criado de acordo com as suas próprias concepções. Entenderam?

Por fim, é importante dizer que Pigmaleão não está associado com a "morte". Conforme dissemos anteriormente, a mitologia em torno de Pigmaleão basicamente mostra o poder da expectativa sobre o comportamento das pessoas, ou seja, mais uma vez não possui nada relacionado a assassinatos.

A Origem da Ginoide de "I Feel Fantastic"


Antes de comentarmos sobre as lendas em torno desse vídeo, é interessante que você conheça a origem dessa ginoide que aparece no vídeo. Apesar de ser um pouco estranha, é necessário voltar no tempo para compreender melhor seu propósito real.

Um Site Sobre o Universo dos Androides Chamado "Android World"


Se você gostasse de robôs e mais especificamente de androides na virada do século 21, provavelmente você iria acessar um site chamado "Android World", cujo domínio foi registrado em 1997 e permanece sendo atualizado periodicamente até hoje, ou seja, é um site praticamente com 20 anos de existência. É justamente nesse site, logo em sua página principal, que encontramos as primeiras pistas sobre a ginoide que aparece no vídeo. Confira a imagem abaixo:

É justamente no site "Android World", logo em sua página principal,
que encontramos as primeiras pistas sobre a ginoide que aparece no vídeo
Ao lado da imagem da ginoide que aparece no vídeo "I Feel Fantastic" é possível ler o seguinte texto: "Tara foi construída por John Bergeron entre 2003 e 2004. John estava tentando dar um impulso a indústria de androides, assim como tenho tentado fazer. Ela é um pouco primitiva, mas isso já era esperado considerando o baixo orçamento disponibilizado ao John. Em 2004, John fez um vídeo onde mostra a Tara cantando. Algumas pessoas acham que é apavorante, mas acho apenas um pouquinho assustador. Você pode comprar este vídeo aqui por cerca de US$ 11 se estiver dentro dos Estados Unidos e US$ 19 se estiver fora dos Estados Unidos. Atualmente não possuo nenhum endereço de e-mail do John Bergeron."

Ao clicar no link para a comprar o vídeo, o usuário é redirecionado para essa página:

Página para qual o usuário é redirecionado ao tentar adquirir os vídeos a partir do site "Android World"


Notaram alguma coisa interessante no título das músicas? Uma delas chama-se "Please" e talvez seja a mesma música do vídeo "I Feel Fantastic", simplesmente devido a frase "Please leave, run, run, run". Resumindo, o criador supostamente chamado de John Bergeron (considerando que esse não seja um pseudônimo) teria criado essa ginoide chamada "Tara" entre 2003 e 2004, e posteriormente teria gravado 5 vídeos de aproximadamente 3 minutos com a mesma cantando algumas músicas, sendo que duas delas possuem uma variante cada.

Enfim, está curioso para ver uma pequena amostra de 15 segundos que está disponível no site "Android World" em relação ao vídeo chamado "Brutal metal"? Assista abaixo:



Esse vídeo disponibilizado para download na página do site "Android World" nos revelava uma outra pista. Basicamente tínhamos um outro endereço virtual, possivelmente de seu criador. O único problema, no entanto, é que o site não existia mais. O motivo não está relacionado a ocultar pistas de um eventual assassinato, e sim pelo fato que o serviço de hospedagem gratuita chamado "GeoCities" ter encerrado suas atividades em 2009. Esse serviço era muito famoso e popular no passado, sendo oferecido por cerca de 10 anos pela Yahoo!. Na época que foi anunciado o encerramento das atividades, cerca de 38 milhões de sites estavam hospedados por lá. Atualmente esse serviço é oferecido apenas no Japão.

Assim sendo, surgiu um serviço de hospedagem chamado "GeoCities.ws", visando construir um arquivo de sites que eram hospedados no GeoCities. É importante ressaltar que não havia nenhuma relação formal entre o GeoCities e GeoCities.ws, uma vez que eram empresas completamente diferentes. Muitos sites foram automaticamente duplicados a partir GeoCities para GeoCities.ws, mesmo após muitos meses do encerramento das atividades do GeoCities. Portanto, será que haveria alguma chance de encontrá-lo? A resposta é um sonoro "Sim!".

A Página "Android Music Videos" no GeoCities.ws


Aparentemente, a página "Android Music Videos" fez parte do grupo de sites que foram automaticamente duplicados pelo GeoCities.ws, sendo que é possível acessar normalmente essa cópia (clique aqui para acessar o site). Nessa página você se depara com informações muito interessantes.

Primeiramente, é informado que "Tara" seria um androide, um robô com aparência humana, tendo uma estrutura de metal e a pele de borracha sintética. Também é mencionado que Tara podia cantar, mas não podia fazer muito mais do que isso até aquela época. O criador pedia para que as pessoas aguardassem pelas próximas atualizações, que seriam feitas o mais brevemente possível, e que iriam adicionar muita expressividade ao androide nos próximos vídeos. Além disso, Tara não seria exposta ao público até que uma atualização de hardware fosse feita.

Algumas das fotos da ginoide "Tara", que foram divulgadas pela página "Android Music Videos"
Primeiramente é informado que "Tara" seria um androide, um robô com aparência humana, tendo uma estrutura de metal e a pele de borracha sintética. Também é mencionado que Tara podia cantar, mas não podia fazer muito mais do que isso até aquela época.
Na página, o criador John Bergeron aparece como designer de androides, programador, operador de câmera, editor de vídeo, músico, compositor, produtor e diretor, ou seja, ele seria o responsável pelas músicas e também pelos vídeos de Tara. Ainda segundo a página, todas as músicas foram produzidas através de software de computador, que na época não tinha tantos recursos como atualmente temos.

Na página, o criador John Bergeron aparece como designer de androides, programador, operador de câmara, editor de vídeo, músico, compositor, produtor e diretor, ou seja, ele seria o responsável pelas músicas e também pelos vídeos de Tara
Os cinco vídeos mencionados pelo site "Android World" estavam disponíveis para download, gratuitamente, pela plataforma chamada "Lulu.com" no passado, porém atualmente o endereço não está mais ativo. Se as pessoas quisessem adquirir os DVDs com os vídeos ou somente os CDs com as músicas poderiam adquirí-los através do site "Android World".

Considerando que a última atualização do site "Android Music Videos" de John Bergeron foi em fevereiro de 2006, e esses arquivos ainda estavam disponíveis para download, no mínimo até dezembro de 2007 (visto que não existe mais nenhuma outra cópia arquivada desse site entre 2007 e 2012), é bem possível que muitas outras pessoas tenham realizado o download desses vídeos de forma gratuita.

Cópia arquivada do endereço "http://www.lulu.com/content/231814", em 14 de dezembro de 2007
Curiosamente, uma amostra do vídeo "Electricity" ainda está disponível para download, assim como um trecho das músicas "Electricity" e "Brutal V1". Confira abaixo esse vídeo e ouça os trechos das respectivas músicas:



Confira um trecho da música Electricity (Metal Version):



Confira um trecho da música Brutal V1



Algo que poucos sabem, no entanto, é que John Bergeron possuía uma outra página chamada "Android Builder", que não consta no GeoCities.ws, mas que é possível ver como era a mesma através do serviço "Wayback Machine". E acreditem, ela remonta ao ano de 2001! Vamos conferir o que existia?

O Criador de Tara Seria Mesmo John Bergeron? Toda Essa História Seria Mesmo Tão Antiga Quanto as Informações Publicadas?


Conforme tudo indicava anteriormente, o criador de Tara seria mesmo John Bergeron. A razão para isso é uma página, que praticamente nenhum vídeo realizado sobre a mesma comenta, chamada "Android Builder", pertencente ao próprio John, e que ficou no ar no GeoCities (da Yahoo!) no mínimo entre 2001 e 2009. Ao utilizarmos o serviço "Wayback Machine", podemos acessar cerca de 14 screenshots entre 1 de maio de 2001 e 27 de outubro de 2009.

Em 2001, a página de John exibia cerca de 3 projetos envolvendo robótica. O primeiro deles era o projeto de mão robótica, criada principalmente a partir de uma estrutura interna de metal, envolvida em uma "luva de pele" removível, dando a aparência de uma mão humana, cujo material seria borracha sintética. O segundo projeto era de uma ginoide chamada Tara, um robô com aparência humana, e pele de borracha sintética. O terceiro projeto era de um robô com aparência mecanoide.

O primeiro deles era o projeto de mão robótica, criada principalmente a partir de uma estrutura interna de metal, envolvida em uma "luva de pele" removível, dando a aparência de uma mão humana, cujo material seria borracha sintética
O segundo projeto era de uma ginoide chamada Tara, um robô com aparência humana, e pele de borracha sintética
O terceiro projeto era de um robô com aparência mecanoide
Evidentemente, nosso interesse é apenas no segundo projeto. A cópia arquivada da página de 20 de novembro de 2001, nos revela informações preciosas sobre a ginoide Tara. Descobrimos, por exemplo, que o nome Tara é derivado de um "significado matemático" chamado "tera" (prefixo métrico reconhecido pelo Sistema Internacional de Unidades, com equivalência numérica igual a 1 trilhão). Seu criador, John Bergeron, menciona as seguintes utilizações possíveis da Tara:
  • Demonstração para parques temáticos, feiras e publicidade em geral;
  • Pesquisa relacionada ao processamento da visão por computação, interação humana (I.A.) etc.;
  • Uso doméstico ou para entretenimento;
  • Segurança. Um único operador humano poderia controlar diversos androides remotamente, mantendo-o em segurança em um local mais seguro. Aparência masculina, entre outras aparências são possíveis. Resulta em dissuasão, e possui uma aparência amigável;
  • Vídeos ou performances musicais ao vivo (principalmente se for modificada para tal finalidade).
John menciona que Tara é um robô controlado por computador com aparência humana, e que estava sendo aperfeiçoado com recursos adicionais. Além disso, encomendas especiais poderiam ser realizadas para atender as necessidades do comprador. Caso o comprador quisesse ver Tara pessoalmente, poderia agendar uma visita, em alguma localidade não mencionada no estado norte-americano de Vermont.

As primeiras versões de Tara criadas por John Bergeron na década de 1990
De acordo com a página, a cabeça de Tara possuía olhos azuis de cerâmica "incrivelmente realísticos". Eles não possuíam mini câmeras dentro deles, então a cabeça em si seria interessante para ser usada como demonstração, sendo possível assim adquirir somente a cabeça.

Entretanto, existia uma versão da cabeça de Tara com câmeras dentro dos olhos, sendo que um monitor de TV poderia exibir exatamente o que Tara estava vendo, ainda que a distância, e inclusive poderia gravar em fita cassete (VHS).

Uma das últimas versões criadas de "Tara" no ano de 2006
Na época, Tara já contava com movimentos da cabeça, braços, mãos e inclusive do lábios, que apenas abriam e fechavam enquanto ela falava, porém o planejamento era fazer com que ela tivesse maior expressividade no movimento da boca para ficar de acordo com a pronúncia das palavras. Diferentes cortes, comprimentos e cores de cabelo também estariam disponíveis. Os ouvidos de Tara contavam com microfones para uma eventual interação nesse sentido, sendo que ela poderia ser programada para falar em quaisquer idiomas.

O custo de Tara? Cerca de US$ 20.000 (cerca de R$ 70.000 pela cotação atual). Esse valor, ainda mais para a época, era muito alto, porém dependendo da utilização e do tempo pela qual Tara fosse utilizada, era até mesmo possível alugá-la. Lembrando, é claro, que um androide ou uma ginoide totalmente nova poderia ser construída por John de acordo com a necessidade do comprador.

Enfim, resta alguma dúvida que John Bergeron, por mais que seu rosto nunca tenha sido revelado e mesmo que tivesse sido apenas um pseudônimo, teria sido o criador da Tara? Aliás, mais uma vez é importante ressaltar que não há nenhum indicativo de eventual assassinato relacionado a essa ginoide.

De qualquer forma, poucos meses depois que o vídeo "I Feel Fantastic" foi publicado no Youtube pelo canal "Creepyblog", um outro canal, de um usuário chamado "Niyou77" alegou ser o proprietário de Tara. Estranho, não é mesmo? Será que isso pode ser verdade?

O Usuário "Niyou77" é o Proprietário de Tara? Seria ele o John Bergeron?


No dia 14 de janeiro de 2010, um usuário chamado "Niyou77" publicou no YouTube praticamente o mesmo vídeo anteriormente publicado pelo canal "Creepyblog", porém o título era um pouco diferente: "Fantastic Hey Hey Hey".

A descrição do mesmo era bem simplória e não acrescentava nada demais ao que já mostramos para vocês. No entanto, no dia 4 de maio de 2011, esse usuário postou mais quatro vídeos relacionados a Tara, justamente aqueles que faltavam em relação a informação sobre a existência de um total de 5 vídeos dessa ginoide. Assista cada um deles:









A descrição de todos os esses vídeos apenas dizia a seguinte frase: "my android" ("meu androide", em português). Isso levou muitas pessoas a deduzirem que "Niyou77" era o proprietário de Tara, visto que a maioria sequer sabia da existência de mais vídeos dela.

Essa hipótese foi reforçada com a publicação de mais vídeos relacionados a Tara, em 28 agosto de 2013, ou seja, mais de 5 anos após a última atualização da página "Android Music Videos". Confira esses outros vídeos:













Sinceramente, seria muito infantil considerar o usuário "Niyou77" como o proprietário de Tara ou sequer imaginar que ele pudesse ser John Bergeron por uma série de razões.

Primeiramente, porque os "novos vídeos" publicados em 2013 possuem a mesma qualidade daqueles que foram gravados em 2006, ou seja, 7 anos depois era de se esperar que a qualidade da gravação fosse bem melhor. Em segundo lugar, as mãos de quem manipula a Tara são de uma pessoa bem mais velha do que o usuário "Niyou77" aparentava ser na mesma época que gravou alguns vídeos para o seu canal. Veja esse comparativo abaixo:

As mãos de quem manipula a Tara (imagens superiores) são de uma pessoa bem mais velha do que o usuário "Niyou77", que aparentava ser bem mais novo na mesma época que gravou um vídeo para o seu canal (imagem inferior).
É claro que alguns poderiam dizer que o usuário "Niyou77" poderia ser, eventualmente, o filho de John Bergeron, mas isso é muito pouco provável. Esse usuário em questão acabou ficando famoso pelas descrições contidas nesses últimos vídeos publicados sobre a Tara. A razão? Veja abaixo algumas dessas frases que acompanhavam os vídeos:
  • "Pude ouvir meu androide se aproximando, então escondi no meu armário e gravei este vídeo. Ela não se moveu e continua parada na frente da porta do armário. Alguém chame a polícia, por favor" (vídeo "standing around");
  • "Não consigo consertá-la, por favor me ajudem" (vídeo "my androis bit off my finger");
  • "Essa foi minha primeira tentativa de tentar matar o androide, que eu acidentalmente criei. Não tive muito sucesso" (vídeo "piercing the android");
  • "Esse vídeo demonstra o poder destrutivo terrível do androide, que eu acidentalmente criei, quando estava tentando criar um braço biônico para o meu pai" (vídeo "Tara, interactive android");
  • "Enviei meu androide para o espaço novamente, e ela apareceu com mais uma fita VHS. Alguém me ajude, ela não quer ir embora, só quero viver em paz" (vídeo "Tara Goes To Space").
Novamente vocês podem perceber que é impossível que o usuário "Niyou77" seja o proprietário de Tara, e muito menos ser o John Bergeron, não é mesmo? Nesse momento, no entanto, muitos de vocês podem estar se perguntando como ele teve acesso a esses vídeos, e a razão pela qual ele resolveu publicar tantos vídeos sobre a Tara. Bem, a resposta para essas questões iremos conferir a seguir.

Todo Esse "Terror" não era Nada Além de "Creepypastas", que Foram Publicadas Desde 2009, na Internet, Sobre o Vídeo "I Feel Fantastic"?


Antes de mais nada é necessário que você saiba o que é uma "creepypasta". Bem, "creepypasta" é o nome dado para as histórias de terror ou lendas urbanas que são divulgadas através da internet. Basicamente, são narrações escritas de modo bastante envolvente, normalmente relacionadas com conteúdos ou produtos da cultura popular, assim como músicas, filmes, videogames, personagens de desenhos animados, etc. O principal objetivo das "creepypastas" é assustar os leitores, além de se espalharem para o maior número possível de pessoas, através de compartilhamentos.

As "creepypastas" mais famosas estão relacionadas com "episódios perdidos" de séries televisivas ou de desenhos animados, que mostram cenas em que os personagens supostamente cometem suicídio ou cometem outros atos considerados bizarros. As histórias do "Slender Man" e do "Jeff the Killer" são alguns exemplos de "creepypastas" mais populares na internet.

As histórias do "Slender Man" e do "Jeff the Killer" são alguns exemplos de "creepypastas" mais populares na internet
Particularmente, sou indiferente a quem faça isso, porém enganar as pessoas ao tentar simular um conteúdo supostamente verídico é sempre muito complicado. De qualquer forma, no passado, as "creepypastas" tinham muita força e repercussão na internet, visto que criaram lendas que são propagadas até hoje, e muitas vezes por canais que não se preocupam com a veracidade do que estão divulgando. É justamente nesse cenário que as histórias relacionadas ao vídeo "I Feel Fantastic" se encaixam.

Conforme dissemos no início dessa postagem, uma das "creepypastas" criadas sobre esse vídeo dizia que a pessoa que fez o vídeo seria um serial killer ("assassino em série", em português). Ele(a) teria matado suas vítimas e usado as roupas delas em uma ginoide. O vídeo também mostraria a localização de onde os corpos estariam enterrados. O autor(a) odiaria o fato das vítimas chorarem muito, então ele projetou a ginoide dizendo que se sentia fantástica, que era exatamente o que ele(a) queria ouvir de suas vítimas enquanto as assassinava. A segunda versão apontava que a ginoide teria ganhado vida e teria simplesmente matado o(a) seu(ua) criador(a).

As histórias de terror relacionadas ao vídeo "I Feel Fantastic" são apenas "creepypastas"
Entretanto, existem outras "creepypastas" sobre esse vídeo, por exemplo, dizendo que Tara seria a esposa de John Bergeron, que foi assassinada por seu marido, que a escondeu e a enterrou no quintal de casa. Sinceramente, eu poderia inventar qualquer coisa, dizer que ele matou sua sobrinha, neta, a família, sem que isso refletisse a realidade sobre os fatos. Entenderam?

Para vocês terem uma ideia, teve gente dizendo que John Bergeron assassinou uma mulher chamada Tara, que por razões desconhecidas, não conseguiu fazer jus ao seu padrão de perfeição. John Bergeron então teria construído um robô semelhante a Tara, vestindo-o em suas roupas, e o programando para cantar para ele. Talvez esse fosse um primeiro passo para trazê-la de volta a vida ou talvez para afastar a lembrança dos gritos de sua vítima.

No caso de "I Feel Fantastic" teve até mesmo um canal no YouTube dizendo que encontrou John Bergeron, e que ele evitou de comentar sobre Tara. Contudo, tenho 99,9999999% de certeza, que tenha sido mais uma "mentira" apenas para ganhar visualizações sobre essa antiga história. Confira o vídeo onde seria possível escutar a voz de John Bergeron (em inglês), lembrando que é muito improvável que seja algo verdadeiro:



No vídeo, o suposto John Bergeron desconversa sobre o assunto, e tão somente por isso foi exaltado como o suposto criador da ginoide Tara. A questão é que o vídeo não prova absolutamente nada, visto que não fornece nenhum dado comprobatório do que está alegando ser verdade. Logo, é impossível atestar que a gravação seja verdadeira, ou seja, que realmente tenha a participação do criador de Tara.

Em um mero comentário de um usuário chamado "XSeveredX ", na rede social Reddit, no ano de 2011, é possível notar o começo de toda essa repercusão do vídeo "I Feel Fantastic". O usuário mencionou que tinha pesquisado muito sobre o vídeo, e que o mesmo tinha sido originalmente postado no YouTube com uma descrição que constava apenas a frase "Não fiz isso" ou alguma coisa nesse sentido. O "youtuber" que publicou não respondia a nenhuma pergunta, e foi necessário repetir a mesma pergunta por mais de cinco vezes até que ele ficasse irritado para responder que tinha encontrado o vídeo a partir de alguma empresa especializada em vídeos raros ou estranhos.

O usuário "XSeveredX " mencionou que tinha pesquisado muito sobre o vídeo, e que o mesmo tinha sido originalmente postado no YouTube com uma descrição que constava apenas a frase "Não fiz isso" ou alguma coisa nesse sentido
O usuário "XSeveredX" menciona ter encontrado o site da empresa (por mais que ele não lembrasse do nome da mesma de cabeça), mas pertencia a uma coletânea de 20 DVDs contendo vídeos estranhos. Ele disse acreditar que o vídeo pertencia ao DVD nº 17, intitulado "creepy singing robot". Também foi mencionado que o usuário enviou diversos emails para a empresa, porém nunca obteve nenhuma resposta. Ainda segundo "XSeveredX", o vídeo original havia sido removido por esse "youtuber", porque provavelmente ele tinha se cansado das pessoas perguntando sobre o vídeo, que passou a ser amplamente republicado.

Foi nessa mesma época, entre 2009 e 2011, que surgiram as primeiras creepypastas sobre o tema, e que permanecem circulando até hoje pela internet. Resumindo, não importa o quão estranha e assustadora foi a versão que você leu ou escutou, é muito improvável que ela seja verdadeira. Assim sendo, o usuário "Niyou77" simplesmente teria se aproveitado de uma maior repercussão na época para se promover. Simples assim.

No fim de novembro de 2015, tivemos até mesmo um usuário russo chamado "Brand-Smetana", cujo nome atual não iremos divulgar por questões morais, alegando que teria publicado a "versão completa e contínua" dos vídeos de John Bergeron, resultando em um total de 15 minutos relacionados a ginoide Tara, em seu canal no YouTube (clique aqui para assistir a essa versão). Enfim, de qualquer forma isso não muda absolutamente nada em relação a origem de Tara.

Comentários Finais


Há quem diga que a inspiração para o nome do vídeo "I Feel Fantastic" tenha vindo de uma música de mesmo nome do álbum "Our Bodies, Ourselves, Our Cybernetic Arms" do cantor Jonathan Coulton, em resposta a um artigo publicado pelo site Popular Science, onde se discutia sobre o futuro dos produtos farmacêuticos, e as possibilidades de modular emoções humanas através dos medicamentos. Apesar de ser amplamente possível devido a conotação e contexto da época em relação ao usuário "Creepyblog", é muito pouco provável se formos correlacionar ao John Bergeron. Provavelmente, John tinha uma certa idade e queria revolucionar o mundo da personificação humana através da robótica. Algo que não é muito diferente do que acontece hoje em dia. Contudo, atualmente estamos muito mais preocupados e influenciados, que as máquinas dominem nosso mundo, do que debater a real importância delas em nossos meios sociais. Talvez essa fosse a maior preocupação daquela época, ou seja, o quão uma máquina poderia influenciar na vida de uma pessoa. Porém, atualmente pensamos de uma maneira muito mais global.

Infelizmente ou felizmente, dependendo do sentido que você queira imprimir, as histórias de terror relacionadas ao vídeo "I Feel Fantastic" são totalmente fantasiosas. Sei que muitos sites e muitos canais deixam margens para serem questionadas e eventualmente deixam uma espécie de "respiro" para que as lendas e as "creepypastas" se perpetuem, mas sinceramente não vejo nenhuma necessidade disso. John Bergeron, ainda que não tenha sido esse o seu verdadeiro nome, foi um visionário que perdeu horas trabalhando no que amava e acreditava. Foi um dos precursores da robótica, que merecia ser lembrado na história, assim como milhares de pessoas, inclusive brasileiros, que se dedicam, ainda que diante de poucos recursos, a criar algo que seja útil ou revolucionário para nossa sociedade. Não vejo razão para perpetuar histórias infantis sobre um suposto transgressor, que preferiu se manter no anonimato, do que ser julgado por diversas pessoas sem nome, que lhe apontaram o dedo e o acusaram injustamente de ser um assassino em série.

Talvez essa matéria não faça muito sentido ou até mesmo seja "desnecessária" para muitos, mas é importante lembrar que centenas de milhares de pessoas ainda acreditam na obscuridade infundada desse vídeo. Portanto, a matéria é uma espécie de correção, ainda que tardia, para uma série de absurdos que foram publicados e republicados em nome tão somente de reconhecimento ou dinheiro. A arma para combater o medo é o conhecimento, ou seja, o medo é facilmente imposto por imagens, gravações, composições musicais e toda uma ambientação propícia para que você se mantenha em alerta ao menor sinal de perigo. Contudo, quando você conhece exatamente o que enfrenta, e sabe exatamente o que esperar sem o risco de eventuais manipulações, esse medo desaparece. Não estou tentando ser desagradável ou tirar seu medo, pelo contrário, você pode continuar acreditando livremente nessa história ou então compreender tudo isso, e evitar condenar uma pessoa, que você nunca conheceu, e muito provavelmente nunca vai conhecer, por assassinato. O que você prefere?

Até a próxima, AssombradOs.

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://web.archive.org/web/20021007002705/http://www.geocities.com/androidbuilder/
http://web.archive.org/web/20011120134548/http://www.geocities.com/androidbuilder/tara.html
http://www.blumhouse.com/2016/04/12/i-feel-fantastic-the-horrifying-history-of-tara-the-android/
http://www.dprg.org/gallery/misc/0012.html
http://www.geocities.ws/androidmusicvideos/
http://www.jonathancoulton.com/wiki/I_Feel_Fantastic
http://www.urbandictionary.com/define.php?term=i%20feel%20fantastic
https://battlebears.vanillaforums.com/discussion/43642/information-about-i-feel-fantastic
https://silentthrill.wordpress.com/2016/01/17/tara-the-android/
https://www.jwz.org/blog/2013/06/i-feel-fantastic/
https://www.reddit.com/r/creepy/comments/j4wnp/i_feel_fantastic_creepy_android_singing/
https://www.reddit.com/r/creepy/comments/nqr1g/whats_the_story_behind_the_i_feel_fantastic_video/
Comentários