29 de setembro de 2016

O Caso Trent: A Melhor Fotografia de OVNI da História (#03 Contato Assombrado)

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Fala Assombrados! Neste novo episódio do quadro "Contato Assombrado" vamos falar do Caso Trent, que é conhecido mundialmente como o que possui a melhor fotografia já feita de um disco voador!

Assombrados, fotos de OVNIs existem aos milhares no mundo, mas algumas se destacam. É o caso destas duas fotos que vamos conhecer a história a seguir.

Era 11 de maio de 1950 em McMinniville Oregon (EUA) e lá estava o casal de fazendeiros Trent. Neste dia, a senhora Trent seguia seu hábito diário de ir alimentar seus coelhos que ficavam em no quintal. Seu marido Paul Trent estava dentro de casa dedicando seu tempo a algum trabalho manual. Concentrada em seus animais a senhora Trent se depara com um objeto estranho que se deslocava em direção noroeste. Desconfiada, a mulher decide correr a procura do marido. Ao retornarem ao quintal a surpresa: Lentamente o objeto plainava no ar. Rapidamente Paul Trent correu para buscar a máquina fotográfica que estava dentro de casa. Após pegar o instrumento o fazendeiro começa a focar o objeto. Embora a câmera estivesse carregada com um filme, o rolo possuía ainda duas ou três fotos disponíveis. E em meio a toda essa correria o OVNI continuava sua aproximação lenta e gradual até que se revelou por completo. Diante daquele casal estava um disco voador prateado, brilhante e que não deixava qualquer rastro de fumaça em seu silencioso vôo. O objeto continua girando e nesse instante, Paul bateu a primeira foto. O objeto acelerou seguindo ao norte e o fazendeiro aproveitou e registrou a segunda foto e após isso o objeto desapareceu no horizonte.

A Primeira Foto batida por Paul Trent, considerada uma das melhores fotos de um disco voador da história


Segunda foto batida por Paul Trent, enquanto o objeto desaparecia nos céus




Foto publicada no jornal
Umhomem chamado Bill Power foi o autor do artigo que daria publicidade ao caso. Ele afirmou que encontrou os negativos no chão do escritório de Paul, embaixo da mesa onde as crianças estiveram brincando. As fotos então ganharam notoriedade e foram publicadas em diversos locais. E isso chamou a atenção de muita gente, inclusive do governo americano.

O casal Trent foi investigado pelo Comitê Condon e tiveram um resultado surpreendente já que não conseguiram encontrar nada que evidenciasse truque ou má fé por parte das testemunhas. A análise dos negativos resultou na comprovação de que o objeto era assimétrico e que ambas as fotografias podiam superpôr-se coincidindo nos seus mínimos detalhes.

Durante anos, desde que as fotografias foram publicadas, centenas de investigadores e gente de peso entrevistaram pessoalmente o casal Trent. A conclusão de todos foi a mesma. São cidadãos significativos, sólidos e honrados da comunidade. E após a análise global dos negativos, depois de ser comprovada a fotometria, índice de brilho, etc, concluía textualmente:

Uma das coisas que mais chamaram a atenção foi a total falta de interesse econômico nas fotos. Muitas vezes o senhor Paul nem mesmo descia do trator enquanto era entrevistado.

A senhora Trent passou por dois testes psicológicos e a conclusão dos analistas foi que ela não mostrou nenhuma tensão notável quando respondia quaisquer das perguntas relativas ao avistamento e eventos associados

Evelyn Trent morreu em 1997 e seu marido Paul em 1998. Ambos morreram jurando que o que diziam era verdade.

Evelyn Trent olhando para o local onde o OVNI foi avistado durante entrevista para a revista LIFE.

Paul Trent segurando sua máquina fotográfica.


É claro que surgiram pessoas que tentaram demonstrar que as fotos eram fraudulentas, só que eles esbaram que em 1950 não existiam computadores pessoais e muito menos softwares de edição.

O software IPACO detectou rastros de uma linha
que suspendia o OVNIs
Recentemente, no ano de 2013, uma nova anpálise destas polêmicas fotografias foi publicada por um grupo de investigadores franceses. Este grupo desenvolveu um software para analisar fotos e vídeos de OVNIs, chamado de IPACO.

Posta à prova, a eficiência do software tem conseguido demolir dezenas de registros ufológicos, demonstrando que eles são fruto de fraude ou apenas o resultado da captura inadvertida de eventos ordinários, sem nada de naves alienígenas em jogo.

Ao analisar as famosas fotos do "disco voador" do caso trent, chegaram a conclusão de que as imagens mostravam apenas um modelo de pequenas dimensões, suspenso por um fio. Eles não detectaram esse fio, mas disseram que ele estava lá pela análise pixel a píxel do local.

Agora é com você assombrado, os dois fazendeiros tiraram autênticas fotos de um OVNI ou não? Deixe seu comentário.

* O quadro "Contato Assombrado" é feito em colaboração com o Wagner do canal Casos Ufológicos. Faça uma visita!
Comentários