31 de maio de 2016

Será Verdade que uma Mulher Ficou "Possuída" Enquanto Fazia Compras em um Supermercado na China?

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Quase sempre vemos fotos e vídeos assustadores sendo viralizados pela internet, seja através dos tabloides britânicos, que adoram contar a suposta história por trás deles, seja através das redes sociais tais como Twitter e Facebook ou até mesmo através do mais famoso site de compartilhamento de vídeos do mundo, o YouTube. No entanto, uma categoria se destaca entre todas elas, que é aquela onde um homem ou uma mulher aparece completamente "possuído(a)" em imagens de câmeras do circuito interno de segurança (CCTV) ou quando surge de repente durante um vídeo que está filmado no estilo "found-footage". É claro que não podemos generalizar e dizer que todos os vídeos são falsos, porém casos reais são raros e quando acontecem raramente a explicação para eles é atribuída a um fenômeno sobrenatural.

Hoje, terça-feira (31), o tabloide britânico Daily Mirror publicou uma notícia em seu site mostrando um vídeo de uma "mulher possuída, que se ajoelha no chão e solta gritos de 'gelar o sangue' enquanto os outros clientes do supermercado tentam acalmá-la". Foi exatamente assim que o tabloide britânico resolveu destacar a notícia para os seus leitores. A notícia aponta que as câmeras de segurança de um supermercado registraram o momento em que uma mulher caía de joelhos, e começava a gritar em meio a alegações, que ela estava "possuída por um demônio". No vídeo é possível ver uma "mulher de meia-idade", vestida com roupas escuras, e andando por um corredor, cujas prateleiras estão repletas de produtos do que seria uma seção de "Cama, Mesa e Banho", ou seja, cobertores, edredons, travesseiros, toalhas etc.

Quando ela está no corredor, um produto começa a balançar ao fundo, em uma das prateleiras à esquerda, e cai no chão. A mulher se vira, percebe o produto caído no chão (aparentemente um conjunto de lençol e fronhas), e o coloca de volta na prateleira. Porém, assim que ela faz isso, ela paralisa, larga suas compras no chão e começa a tremer, ainda em pé. A mulher então começa a gemer, a se agitar de "forma inexplicável" e cai de joelhos no chão. Uma jovem que está por perto estende sua mão para ajudá-la, mas ela, de repente, grita assustando todos a sua volta. Um homem se aproxima e coloca uma mão em seu ombro, mas a mulher solta um grito de "gelar o sangue", assustando e fazendo com que os demais clientes ao seu redor recuassem bruscamente. Ele então segura a mulher pelos braços, e pede ajuda de uma funcionária do estabelecimento. Um outro cliente também chega para ajudar. Em seguida, ele coloca as mãos sobre a cabeça de mulher, uma de cada lado, e parece realizar algum tipo de ritual, fazendo símbolos em sua testa como uma das mãos. A mulher se acalma e, segundos depois, nota-se uma inteferência na câmera do supermercado, uma gôndola é empurrada para trás, um cartaz balança, assim como todas as quatro pessoas que aparecem ao redor da mulher também recuam.

Momento em que a câmera do circuito interno de segurança sofre uma "espécie de interferência", uma gôndola é empurrada para trás, um cartaz balança, assim como todas as quatro pessoas que aparecem ao redor da mulher também recuam
Por fim, a mulher parece melhorar, se levanta e caminha lentamente com a ajuda dos demais clientes. E para o "espanto" de todos, o mesmo produto que havia caído e "iniciado" tudo aquilo, cai novamente da prateleira.

Segundo o Daily Mirror, o vídeo intitulado "Strange Demonic Possession in Korea" foi gravado no dia 14 de maio, porém, na verdade, ele teria acontecido na China. O vídeo havia sido disponibilizado através do site de compartilhamento de vídeos chamado Youku, uma espécie de "versão chinesa" do YouTube, onde ele teria se tornado viral e acumulando milhares de acessos. Algumas pessoas disseram que o "incidente" era resultado de um ataque epilético, enquanto outros disseram que era apenas uma "interpretação teatral". Sei que isso me lembrou um caso muito parecido de um outro "vídeo de possessão" divulgado no YouTube, no ano de 2012, que vira e mexe aparece sendo noticiado pela mídia. Enfim, será mesmo que uma mulher foi "possuída por um demônio" dentro de um supermercado na China? Vamos saber mais sobre esse assunto?

Dessa vez nem vou manter tanto o clima de suspense assim sobre esse vídeo, uma vez que já o descrevi anteriormente. Portanto, se você memorizou o que acabamos de dizer, assista o vídeo abaixo, através de um canal de terceiros no YouTube, e confira a sequência dos acontecimentos:



O vídeo dá uma certa agonia, não é mesmo? Entretanto, se você tem o hábito de sempre acompanhar o nosso blog ou nosso canal no YouTube, sabe que esse caso comete alguns "pecados" em relação a sua divulgação. Em nenhuma descrição de vídeo, postagem ou notícia realizada sobre esse "incidente" diz em qual supermercado isso teria acontecido (alguns dizem que teria acontecido em um shopping, e outros até mesmo que teria acontecido no Japão, muito embora o preço em um cartaz apareça em Yuan, a moeda chinesa), nem mesmo informa o nome ou diz quem realmente extraiu esse trecho da suposta câmera de segurança, e o publicou em sites de compartilhamento de vídeos. Não há maiores detalhes. Resumindo, desde já temos um vídeo totalmente questionável, onde cada um inventa uma nova história a cada vez que ela é publicada novamente.

Não é incomum assistirmos vídeos onde produtos caem das prateleiras de supermercado, de uma loja ou de um bar, tão pouco que supostos fenômenos paranormais ou sobrenaturais aconteçam em estabelecimentos comerciais onde no passado se destinava a outra finalidade ou onde ocorreu algum assassinato. A verdade é que um produto caindo de uma prateleira pode ser tanto algo aleatório quanto um clichê utilizado nesse tipo de filmagem. Mesmo diante de uma suposta "crise ou ataque" observamos que poucas pessoas se aproximam. Isso poderia denotar que o supermercado estivesse realmente com poucas pessoas ou que tudo estivesse preparado para aquilo acontecer. Porém, assim como o próprio vídeo, são apenas especulações.

A verdade é que um produto caindo de uma prateleira pode ser tanto algo aleatório,
quanto um clichê utilizado nesse tipo de filmagem
Na tentativa de rastrear esse vídeo até sua fonte, ou seja, tentar entender qual foi sua origem, comecei com elementos muito simples. O Daily Mirror informou que o vídeo era intitulado como "Strange Demonic Possession in Korea". Tentei procurar por esse título no YouTube, mas não o encontrei. Em uma segunda tentativa digitei as palavras "woman" e "possessed", e encontrei duas publicações, sendo que a mais antiga datava de 26 de maio desse ano.

Também tentei fazer uma busca desse vídeo no Youku, por "附身" ("possuída", em português), porém a publicação mais antiga datava de 29 de maio desse ano, e nenhum dos vídeos tinha "milhares de acessos" (o que não quer dizer que não tenha sido publicado anteriormente no Youku, visto que poderia ter utilizado algum outro título contendo alguma outra palavra). Também tentei procurar por "购物" ("shopping", em inglês), e encontrei um vídeo de 5 dias atrás (publicado por volta do dia 27 de maio), com cerca de 3 mil visualizações.

Então, tentei fazer uma busca um pouco mais ampla, fugindo dos sites de compartilhamento de vídeo e partindo para as redes sociais. Foi assim que encontrei uma notícia do dia 28 de maio desse ano, de um site de notícias de Cingapura chamado Stomp, e o mesmo apontava para um vídeo publicado no dia 25 de maio em uma conta no Facebook, ou seja, a mais antiga fonte desse caso até então.



A página do Facebook em questão chama-se "M M & M (Matchstick Men and Matchbox)", que é referente a um fórum de discussões chamado "MatchStick: 論壇", que por sua vez é basicamente uma comunidade de usuários da região de Macau, que desde dezembro de 2009, é considerada uma das duas regiões administrativas especiais da República Popular da China. Vale lembrar que Macau foi colonizada e administrada por Portugal durante mais de 400 anos, portanto os idiomas oficiais são o português e o "chinês". Entrentanto, predomina o cantonês sendo falado por mais de 90%, tornando o "dialeto chinês", como o mais falado de Macau. O português é falado por pouco menos de 1% da população.

Atualmente o vídeo publicado pela página "M M & M (Matchstick Men and Matchbox)" já alcançou mais de 135.000 visualizações e 2.400 compartilhamentos, ou seja, é um forte candidato ao posto de onde essa notícia originalmente passou a ser disseminada. A grande questão é, que assim como as notícias posteriores, não existem maiores informações sobre o local ou detalhes que pudessem elucidar como esse vídeo foi parar nessa página. De qualquer forma, nessa postagem tem um interessante comentário de uma usuária chamada "Wayne Haw", que nos ajuda a compreender um detalhe que pode ter passado desapercebido aos olhos de vocês.

Bem próximo do final do vídeo, a senhora que "aparentemente está sofrendo um ataque" solta um grito um pouco mais alto causando interferência na câmera do circuito interno de segurança, movendo uma gôndola no canto inferior direito (B) e um cartaz logo acima dela (C), porém não movimenta uma cesta de compras deixada no chão (A), tão pouco os demais produtos das prateleiras
Ela observa que entre 2:09 e 2:11 quando existe um "grito" um pouco mais alto da senhora que está sofrendo um aparente "ataque", somente uma gôndola do canto inferior direito, e o cartaz logo acima dela que se mexem, porém a cesta de compras que uma jovem havia deixado no chão, não se movimenta. Isso significa que muito provavelmente quem fez o vídeo se esqueceu de movimentar também essa cesta no chão, o que denotaria uma farsa, ou seja, acrescenta mais um indício contra a possível veracidade do vídeo em questão. Além disso, câmeras do circuito interno de TV, ou seja, câmeras utilizadas para a vigilância em estabelecimentos comerciais costumam ter áudio? Estranho, não é mesmo?

A maior probabilidade até então é que ele tenha sido compartilhado por alguém no próprio fórum de discussões ou até mesmo através de redes sociais locais ou aplicativos de mensagem instantânea. Nada indica que o vídeo seja verdadeiro, muito menos que se tratava de uma "possessão demoníaca". Para piorar a situação, esse vídeo supostamente gravado em um supermercado da China, pode ter sido apenas uma versão "moderna" de um outro vídeo bem antigo e bem popular desse mesmo "gênero".

Esse Vídeo Teria Sido Inspirado em Outro Publicado e Viralizado no Ano de 2012 no YouTube?


Talvez o que poucos de vocês saibam é que recentemente o próprio Daily Mirror, mais precisamente no dia 5 de maio desse ano, "requentou" uma antiga notícia sobre um "vídeo que estaria viralizando", de um homem que teria sido possuído por espíritos enquanto fazia compras na Malásia.

Agora, tentem adivinhar em qual tipo de estabelecimento esse homem fazia suas compras. Acertou quem disse "um supermercado". O Daily Mirror fez questão de republicar esse caso, que viraliza desde o ano de 2012, através de um vídeo publicado em uma conta no YouTube, de um usuário chamado makaveli ilevakam. Confira o vídeo abaixo, sendo que o mesmo já conta com mais de 8 milhões de visualizações (provavelmente você já viu esse vídeo anteriormente):



Segundo o Daily Mirror, no início do vídeo o homem se parece com qualquer outro cliente. Ele se direciona até a geladeira expositora do supermercado e pega uma bebida. De repente, enquanto ele ainda estava segurando a puxador da geladeira, ele começa a tremer, deixando cair a bebida no chão. Então, ele começa esticar a sua camiseta e a balançar a cabeça, "como se estivesse tendo uma espécie de ataque".

Segundos depois, o homem cai de joelhos, ainda esticando sua camiseta. Nesse momento, uma funcionária do estabelecimento aparece. O homem levanta a mão e aponta o dedo para uma pilha de pacotes de rolos de papel higiênico antes de se levantar, e agressivamente puxa seu próprio cabelo. Em seguida, o homem desmaia no chão, e o "reflexo de uma figura fantasmagórica" é visto passando diante do vidro da porta da geladeira, muito embora não haja mais ninguém a sua frente. Por fim, pacotes de rolos de papel higiênico "inexplicavelmente" caem das prateleiras, mas aparentemente não tem ninguém por perto que pudesse ocasionar isso. Impressionante, não é mesmo? Entretanto, notaram as semelhanças entre ambos os vídeos?

Uma funcionária do estabelecimento aparece, o homem levanta a mão e aponta o dedo para uma pilha de pacotes de rolos de papel higiênico antes de se levantar, e agressivamente puxar seu próprio cabelo
A questão primordial é que esse segundo vídeo já foi provado ser falso por diversas vezes, e possui alguns dos mesmos aspectos do anterior. O usuário em questão ou qualquer outro que tenha replicado esse vídeo não informa em qual supermercado o "incidente" teria acontecido, nem mesmo maiores detalhes que pudessem atestar ao menos a veracidade dos acontecimentos, e das pessoas que aparecem na filmagem.

Entrentanto, o ponto principal para demonstrar que esse vídeo muito provavelmente não passa de uma composição de imagens, são alguns descuidos cometidos por quem o gravou e posteriormente o editou. Assista ao vídeo novamente, mas dessa vez observando tão somente o relógio da suposta câmera do circuito interno de segurança que aparece no vídeo. Você verá que a partir do momento que o "reflexo de uma figura fantasmagórica" aparece passando pelo vidro da geladeira expositora, até o momento em que pacotes de rolos de papel higiênico caem no chão, o relógio simplesmente congela.

Observe os dois espaços de tempo: se for seguir o YouTube, acontece a partir de 1:04, enquanto nas imagens da câmera do circuito interno de segurança do supermercado acontece a partir de 01:29:21

Agora, observe o instante anterior aos pacotes de rolos de papel higiênico caírem no chão. O relógio da câmera do circuito interno de segurança marca 01: 29:22, logo no YouTube deveria marcar 1:05. Porém, isso não acontece, aparece 01:08. Isto acontece, porque o relógio da câmera do supermercado permanece durante três segundos em 01:29:22.

Os três segundos em que o relógio ficou parado em 01:29:22, são uma evidência clara de que o vídeo foi simplesmente manipulado, ou seja, não foi bem isso que foi gravado.

Como se isso não bastasse, um pouco antes deste ponto em 1:03, reparem no pé esquerdo do homem "possuído". Vocês irão perceber uma clara evidência de uma edição de vídeo, uma vez que o pé dele "salta" de uma posição para outra. Não é tão fácil perceber isso, porém assistam a uma velocidade de 0,25 e mantenham o foco de vocês no pé esquerdo dele. Dessa forma, vocês notarão o que estamos dizendo.

Aparentemente, o "reflexo de uma figura fantasmagórica" pode ser tão somente de uma pessoa que passava por aquele mesmo corredor. Assim sendo, quem manipulou o vídeo removeu essa pessoa, porém esqueceu de tirar o reflexo dela. Aliás, poderia ser até mesmo ser o reflexo daquele mesmo homem enquanto estava ajoelhado, o que denotaria uma composição de imagens. Apesar de tudo acontecer em um local onde a câmera cobre perfeitamente todos os movimentos do homem, o mesmo poderia estar tanto simulando um ataque, quanto realmente tendo um ataque epilético. Evidentemente é difícil saber, porque não existem maiores informações, porém sua queda final aparenta ser extremamente "encenada", ou seja, algo teatral. Algumas pessoas dizem que o homem olha por diversas vezes para a câmera, mas confesso que não percebi nada isso.

Enfim, ainda que o "caso acontecido em um supermercado da Malásia" fosse parcialmente verdadeiro, ou seja, que o homem estivesse mesmo sofrendo um ataque epilético, o vídeo apresenta uma série de elementos que demonstram uma clara manipulação das imagens, portanto, muito provavelmente o vídeo foi criado ou montado daquela forma para ser tão somente viralizado por alguma razão, a mais provável delas, é claro, por motivos financeiros. Basta ver a repercussão que o mesmo possui no YouTube, e em milhares de sites internacionais de notícias dos mais variados gêneros até hoje.

Sinceramente, o "caso acontecido em um supermercado da China", mostra claramente uma tentativa de "reproduzir e modernizar" o "vídeo da Malásia", que foi amplamente "requentado" pelos tabloides ingleses na primeira semana do mês de maio, apenas alguns dias antes de surgir um "incidente" semelhante na China. Coincidência? Acho que não. Aliás, basta falar em "Rússia", "China" ou algum país do Sudeste Asiático que a maioria das pessoas sempre acredita ou pelo menos desconfia que não possa ser verdade de alguma forma, não é mesmo? Parece sempre ter uma "aura misteriosa".

De fato, quem editou o vídeo evitou alguns erros grotescos cometidos anteriormente, mas ainda sim deixou algumas pontas soltas e totalmente questionáveis para um bom observador. Até então, nada indica que esse mais recente vídeo sequer seja "parcialmente verdadeiro". É claro que se tivermos maiores informações, atualizaremos vocês por meio dessa postagem, porém, não esperem muito sobre esse assunto, ainda mais considerando que, entra ano e sai ano, e a criatividade dos vivos parece se limitar a ingenuidade dos mortos.

Até a próxima, AssombradOs!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://singaporeseen.stomp.com.sg/this-urban-jungle/item-falls-off-supermarket-shelf-by-itself-and-woman-becomes-possessed-after
http://skepticsboot.blogspot.com.br/2016/05/the-nostalgia-skeptic-malaysian.html
http://v.youku.com/v_show/id_XMTU4ODI0MDM0MA==.html?from=s1.8-1-1.2
http://v.youku.com/v_show/id_XMTU5MDE1NzgwOA==.html?from=s1.8-1-1.2
http://v.youku.com/v_show/id_XMTU5MTE4MzYzMg==.html?from=s1.8-1-1.2
http://www.mirror.co.uk/news/world-news/possessed-man-jerks-violently-ghostly-7904636
http://www.mirror.co.uk/news/weird-news/possessed-woman-drops-knees-lets-8086737
https://www.facebook.com/seng.chan.58/videos/1189592211075332/
https://www.youtube.com/watch?v=M4OAc1sZngI
https://www.youtube.com/watch?v=pU3x__NNc3E
Comentários