15 de março de 2016

Mulher Vestida de Branco "Supostamente Possuída" Aterroriza Motoristas e Moradores em Culiacán, no México

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Costumo dizer que ao serem divulgadas notícias sobre casos ou fenômenos estranhos em países latinos ou asiáticos é sempre bem complicado coletar as informações sobre o que realmente aconteceu para que possamos então comentar. Quando se trata da possibilidade de haver uma "possessão demoníaca" a situação se torna um pouco pior, visto que na América Latina, assim como no México, existe uma forte religiosidade implícita, que muitas vezes é positiva, porém a mesma pode levar a casos extremas de pura incompreensão, temor, e perfazendo um cenário cujo desfecho pode se tornar um tanto quanto dramático e desastroso.

Nesta postagem vamos conhecer um caso de uma jovem aparentando ter por volta 25 anos, cujo nome seria "Sofia", que foi filmada usando uma espécie de túnica branca, perambulando por uma rua do distrito de Colinas del Rey, no município de Culiacán, estado de Sinaloa, no México. A mulher que possuía cabelos longos e negros aparentava estar completamente desorientada e tentando "atacar" motoristas de um carro que estava passando pela rua. Ela emitia sons considerados "estranhos" por muitos, algo como se fosse um "grunido de animal" e se comportando de maneira totalmente alheia ao que consideramos como normalidade. Poderia ser um caso comum de transtorno mental, porém a possibilidade da mulher está sofrendo devido a uma possessão demoníaca fez com que o vídeo viralizasse no mundo inteiro. Vamos saber mais sobre esse assunto?

Desde o dia 22 de fevereiro um vídeo segue circulando nas redes sociais, principalmente no Facebook. Isso tudo devido a uma série de vídeos muito semelhantes entre si que foram postados no Youtube por volta da mesma data. Nele aparece uma mulher usando uma roupa de cor branca, uma espécie de túnica, no meio de uma rua do pequeno distrito de Colinas del Rey, em Culiacán, no México.

Imagem do Google Maps mostrando a localização do distrito de Colinas del Rey, em Culiacán, no México

Foto mostrando uma visão geral do distrito de Colinas del Rey, em Culiacán, no México


No início do vídeo é possível notar uma certa tentativa da mulher em "atacar" as pessoas que estão dentro de um carro. Em outro momento, porém, aparentemente a mulher começar a "beijar" uma árvore. Em outra situação vemos uma aglomeração de pessoas ao seu redor até a chegada das autoridades competentes para prestar um primeiro atendimento a jovem. Confira o vídeo a partir de uma fonte de terceiros no Youtube:



Veja também este outro vídeo:



Como vocês podem notar no vídeo, a mulher possui cabelos compridos e negros. Imediatamente isso me chamou a atenção pela semelhança com a aparência retratada de um "lendário fantasma", muito popular em diversos países latinos, e também no México, chamado de "La Llorona" ("A Chorona", em português).

Em postagens anteriores nós já comentamos sobre ela, porém caso não saiba sobre o que se trata, não tem problema, iremos explicar resumidamente para vocês. "La Llorona" seria um proeminente fantasma pertencente ao folclore da América Hispânica, muito embora haja semelhanças com outras culturas e mitologias. De acordo com a tradição, "La Llorona" é o fantasma de uma mulher que perdeu seus filhos e chora ao olhar para eles diante de um rio, muitas vezes causando infelicidade a quem ouvi-la. Em algumas versões da lenda dizem que "La Llorona" sequestra crianças que se pareçam com seus filhos e os afoga em algum córrego. No México, é dito que ela aparece em lagos e rios durante as madrugadas e seu choro pode ser ouvido a uma distância considerável.

Concepção artística de "La Llorona"


Não é difícil encontrar vídeos no Youtube de pessoas que alegam ter filmado o fantasma dessa suposta mulher "andando" pelas ruas de determinadas cidades, assim como registrando também o seu choro um tanto quanto agoniante de ser escutado. Quando casos envolvendo "La Llorona" surgem na mídia, é praxe das autoridades policiais alertarem os moradores para que não saiam de suas casas ao ouvir tal "choro", pois geralmente é uma prática comum dos criminosos, que atraem vítimas ou fazem com que as mesmas saiam de suas casas, para que possam furtá-las ou cometerem outros atos de violência. Leia também uma notícia que já fizemos sobre esse assunto: Apenas Uma Lenda Ou Um Bando de Ladrões? Suposto Fantasma de "La Llorona" Assusta Moradores na Argentina

Foi justamente essa semelhança que gerou a desconfiança entre muitos usuários. Os mesmos alegavam que o vídeo se tratava de alguma ação de marketing para promover algum filme de terror. Outros acreditavam em uma linha muito parecida: o vídeo seria simplesmente falso, e tão somente apenas uma brincadeira para viralizar pela internet. Alguns elementos corroboravam com essas hipóteses, visto que não havia data, hora ou local exatos de quando a filmagem havia sido realizada. O que estava sendo propagado é que teria sido gravado em Colinas del Rey, em Culiacán, no México, e que a jovem se chamaria Sofia, pois aparentemente moradores a conheciam e a chamavam por esse nome no vídeo.

A mulher que aparece no vídeo em determinado momento
levanta seus dois braços e fica parada diante do carro
Não obstante, foi exatamente isso que muitos sites de notícias latinos fizeram, uma vez que categorizaram o vídeo e a escassa informação inicial como "viral". Sendo assim se eximiram de pesquisar se tal incidente era realmente verdadeiro, visto que nesta categoria não há uma necessidade implícita de ser realidade. O senso comum da maioria dos sites foi supor que a jovem estava "possuída por um demônio", valendo-se do fato das frases que eram proferidas pelas pessoas que a observavam e tentavam de alguma forma ajudá-la.

Entretanto, é possível notar certos movimentos da mulher quando o carro recua com os faróis ligados e ela permanece em pé, levantando as mãos para o alto em "sinal de rendição". Nesse determinado momento não há nenhum sinal de agressividade de sua parte em tentar, por exemplo, avançar sobre o carro.

Presume-se, considerando outros eventos igualmente registrados anteriormente, que houvesse um "descontrole físico" muito maior diante do carro do que foi apresentado no vídeo. Isso não significa que o vídeo fosse falso, porém aparentemente não conta toda a suposta história por trás dele.

No vídeo é possível ouvir uma pessoa dizendo "Sofía ya estás con Dios y no te va a pasar nada" ("Sofia, você está com Deus e nada vai acontecer com você"). Também é possível ouvir alguém perguntando: "Por qué no le habla al padre?" ("Por que não conversa com o padre?"). Em seguida alguém responde: "Ay, si la corrió..." ("Ela tentou e saiu correndo").

Diante de tais frases, um portal de notícias de Sinaloa chamado "Café Negro", entrou em contato com Esteban Robles Sánchez, porta-voz da diocese de Culiacán, para saber mais detalhes sobre o caso. Ao contrário do que muitos imaginavam, o porta-voz confirmou que a mulher que aparece no vídeo realmente visitou uma das igrejas de Culiacán durante o fim de semana compreendido entre os dias 20 e 21 de fevereiro, mas negou que ela tenha sido atendida de fato por um padre. Ele também não quis informar qual seria o nome da igreja que a mulher visitou, tão pouco a localização da mesma.

Esteban Robles Sánchez,
porta-voz da diocese de Culiacán
"O que eu sei é que foi prestado socorro a ela, porque era uma situação que envolvia ajudar a essa pessoa, mas ela se recusou a receber ajuda. Na verdade, elas estava nos arredores de uma igreja tentando entrar. Eu também levanto a questão sobre a possessão demoníaca, porque se uma pessoa está possuída, creio que o lugar menos provável de ir seria em um igreja, mas sim a lugares que não estejam relacionados a Deus. Essa pessoa tentava entrar. Tenho conhecimento que ficou desde certo horário do dia até a noite, quando ela foi embora por conta própria", disse Esteban Robles Sánchez.

O Portal "Café Negro" cogitou a hipótese da mulher ter sido expulsa por um padre ao tentar entrar na igreja, sendo que alguns outros sites como o Canal 44, um canal de notícias regional de Ciudad  Juárez, em  Chihuahua, no México, por exemplo, interpretaram o áudio do vídeo que está sendo divulgado, como se a mulher houvesse sido realmente atendida por um padre, ao invés de simplesmente fugir em uma eventual prestação de ajuda por parte de algum membro da igreja, na qual ela teria ido durante aquele fim de semana.

Apesar das informações um tanto quanto desencontradas entre os sites de notícias mexicanos, algumas coisas convergem para uma mesma direção. Uma delas é a declaração do próprio Esteban Robles Sánchez, porta-voz da diocese de Culiacán, dizendo que ele não podia afirmar que a jovem estava possuída por um demônio, pois não tinha informações suficientemente claras para atestar isso. Seria necessário conhecê-la melhor e fazer toda uma análise de seu perfil para chegar a tal conclusão, mas disse que casos assim estão ocorrendo com maior frequência tanto em Sinaloa quanto ao redor do mundo.

O site de notícias "La Opinión", dedicado a comunidade latina de Los Angeles, nos Estados Unidos, chegou a informar que a mulher poderia ser de origem costa-riquenha. Já o site do Diário "La Prensa" de Honduras, supôs que a mulher teria por volta de 25 anos, porém a real identidade da mesma não foi revelada por nenhum site de notícias. O que se sabe é que pessoas, talvez conhecidas da jovem, a chamavam de Sofia. Rapidamente, um apelido um tanto quanto pejorativo tomou conta das redes sociais: "Sofia, a Louca".

Quase todos os sites, no entanto, divulgaram declarações públicas de Ernesto Echeverría Aispuro, secretário de Saúde do Estado de Sinaloa, no México, onde o mesmo acreditava que diante das imagens, a mulher poderia estar sofrendo de algum transtorno mental ou então estar sob influência de drogas. Ele chegou a dizer que ela poderia ter utilizado uma droga conhecida como "sais de banho", que produz alucinações e paranoia (entre outros sintomas, é claro), observando que os efeitos mediante seu consumo poderia ser confundido com um transtorno mental.

Ernesto Echeverría Aispuro, secretário de Saúde do Estado de Sinaloa, no México
Especula-se inclusive, que droga conhecida "sais de banho", assim como diversas outras drogas sintéticas até 100 vezes mais fortes que a maconha ou a cocaína, e que estão se espalhando pelo mundo nos últimos anos, possam até mesmo gerar um sintoma de canibalismo entre os usuários. Leia mais aqui e aqui.

"Sais de banho e Krokodil são drogas que alteram a consciência das pessoas. Sais de banho é o nome de uma droga perigosa, que agora está em nossas ruas, e ela é tão alucinógena que altera a mente, enquanto o Krokodil, é uma heroína alternativa altamente viciante", disse Ernesto Echeverría Aispuro.

"Sais de banho é uma droga que é confundida com transtornos psicóticos, que pode levar a pessoa a ter necessidade de ingerir muitas proteínas, fazendo com que as pessoas comam até mesmo um animal ou se auto-mutilem", continuou, dizendo que o consumo desse tipo de droga no país é recente e mais concentrado na região norte do país, que faz fronteira com os Estados Unidos.

Ernesto Echeverría disse que nos últimos anos houve apenas um registro de uma pessoa sob efeito do Krokodil, no qual essa pessoa tentou se atirar de uma estrutura metálica de um outdoor na cidade de Culiacán, com o claro objetivo de cometer suicídio. Entretanto, havia um outro incidente no distrito de Toledo Corro, também em Culiacán, no qual um homem matou e comeu um cachorro, no qual presumiram que ele estaria sob o efeito da droga conhecida como "sais de banho". Ele ainda disse que se a mulher que aparece no vídeo fosse localizada, a mesma passaria por uma avaliação médica. Caso fosse confirmado um transtorno mental, ela seria encaminhada para o Hospital Psiquiátrico de Sinaloa ou então a um centro de reabilitação.

Vale ressaltar nesse ponto que o Krokodil seria a desomorfina, um derivado da morfina com uma rápida e poderosa ação opiácia.  Foi sintetizada pela primeira vez em 1932 e patenteada em 1934, sendo usada na Suíça sob o nome de Permonid, e sendo descrita como tendo uma ação de inicio rápido e de curta duração, gerando relativamente poucas náuseas ou depressão respiratória em comparação com doses equivalentes de morfina. O consumo de desomorfina na Rússia atraiu a atenção internacional em 2010, devido a um aumento na sua produção clandestina, presumivelmente devido à sua síntese relativamente simples a partir da codeína que era disponível para venda livre.

Usuários de Krokodil preparando a droga em uma espécie de laboratório caseiro

A droga pode ser feita a partir da codeína e do iodo derivado da oxitetraciclina e fósforo vermelho de munição, em um processo semelhante a da fabricação de metanfetamina. Assim como a metanfetamina, por ser feita dessa forma, a desomorfina é frequentemente contaminada por diversas substâncias. O "nome de rua" ou popular, na Rússia, para sua forma caseira é krokodil (крокодил, em russo, ou seja, crocodilo, em português), possivelmente relacionado com o nome químico do precursor α-Clorocodina ou pela semelhança da pele humana, que sofre sérios danos devido a utilização da droga, tal como ao couro de um crocodilo, fazendo com que o usuário corra o risco inclusive da amputação de membros do corpo. Evitaremos de postar imagens dos efeitos causados por essa droga no corpo humano devido ao impacto que tais imagens poderiam ter em pessoas mais sensíveis. De qualquer forma você pode obter maiores informações clicando aqui.

Usuário de Krokodil injetando uma dose da droga em seu próprio corpo
Segundo o site Telemundo, bem como o site do jornal El Mañana, informações extraoficiais dariam conta que a mulher estaria atualmente hospitalizada, mas sem nenhuma melhoria do seu quadro psicológico. Tais informações contradizem diversas notícias publicadas no site do jornal El Debate de Culiacán, que é a maior e mais importante fonte de notícias daquela região do México.

O El Debate, em uma notícia publicada no dia 24 de fevereiro, teria entrevistado um dos irmãos da mulher que aparece no vídeo, que a descreveu como uma pessoa de grande coração e que sempre tenta ajudar aos outros. Esse irmão, que não quis se identificar, disse que a sociedade não tinha nada com o que se alarmar, pois sua irmã não estava possuída, nem mesmo sob o efeito de drogas, mas que uma "estava tendo apenas uma espécie de desordem em seus hábitos alimentares", que a levaram aquela situação.

Ele a definiu como uma pessoa decente, que é focada em ajudar aos outros, e que foi justamente por esse desejo de fazer coisas boas para aqueles que precisam, que a levou a parar de comer por dezenas de horas e que tudo isso estava minando sua saúde. Ressaltou ainda que ela já estaria recebendo assistência médica e teria um estado de saúde estável. De acordo com esse familiar, aqueles que divulgaram o vídeo, bem como o rosto da mulher, teria somente como objetivo prejudicar a imagem de alguém que tenta ajudar as pessoas.

Um morador do distrito, que também não quis se identificar, descreveu a mulher como sendo muito devota da Igreja Católica, amigável e solidária em estender a mão para aqueles que precisam de sua ajuda. Ele disse que preferiu não assistir ao vídeo completo, porque doía em ver uma pessoa tão boa sendo mostrada naquele estado. A notícia ainda informa que ela é bem conhecida no distrito onde ela mora, que frequenta regularmente a igreja e sempre anda vestida de branco. Por fim, acrescentou que recentemente ela teria estaria visitando hospitais e pedindo permissão aos familiares dos enfermos para que pudesse orar por eles.

Caso estranho esse, não é mesmo Assombrados? Um vídeo que se tornou viral, porém aparentemente não é falso. Uma mulher agindo de forma estranha, que disseram estar possuída, mas em determinada cena mostra claramente um sinal de rendição. Uma mulher que disseram que poderia estar sob efeitos de drogas sintéticas extremamente agressivas, porém um familiar e moradores apontam que ela é apenas uma mulher que sempre busca ajudar o próximo e de nobre coração. Afinal, quem tem razão em toda essa história? Este é um caso complexo, com escassas e desencontradas informações e que provavelmente será esquecido daqui um tempo.

Não é possível afirmar que a mulher que aparece no vídeo estava possuída, tão pouco que estava sob o efeito de drogas. De qualquer forma, o que podemos notar é que casos assim, realmente estão se tornando cada vez mais comuns. Não que isso seja uma guerra espiritual, mas sim uma guerra que as novas gerações terão que enfrentar diante de um mundo caótico. Não é algo novo, mas isso, independentemente do que for, está levando as pessoas para um caminho que talvez nem mesmo a fé possa mais reverter.

Até a próxima, Assombrados!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://www.canal44.com/video-mujer-poseida-camina-por-calles-de-culiacan/
http://www.cronica.com.ar/article/details/55853/mujer-poseida-por-el-demonio-aterroriza-a-mexico
http://www.debate.com.mx/culiacan/Circula-video-de-mujer-en-Culiacan-con-actitud-extrana-20160222-0046.html
http://www.debate.com.mx/culiacan/Esto-dijo-el-secretario-de-Salud-sobre-mujer-del-video-20160222-0153.html
http://www.debate.com.mx/culiacan/Joven-exhibida-en-redes-se-dedica-a-la-labor-social-20160224-0019.html
http://www.elheraldo.hn/otrassecciones/ademashoy/935682-466/mujer-poseída-por-demonios-camina-por-las-calles-causando-pánico
http://www.elmanana.com/mujerposeidacaminaporcallesdeculiacan-3205378.html
http://www.laopinion.com/2016/02/29/mujer-endemoniada-le-ruge-a-los-conductores/
http://www.laopinion.com/2016/03/01/el-espiritu-de-una-mujer-de-blanco-atormenta-a-sinaloenses/
http://www.laprensa.hn/mundo/noticiasinsolitas/935246-410/mujer-supuestamente-endemoniada-sembró-el-pánico-en-méxico
http://www.record.com.mx/insolito/mujer-supuestamente-poseida-atemoriza-redes-sociales
http://www.sdpnoticias.com/estados/2016/03/03/genera-polemica-video-de-mujer-presuntamente-poseida-en-culiacan
https://www.telemundo.com/shows/2016/03/02/mujer-poseida-por-demonios-camina-por-las-calles-causando-panico-video
Comentários