20 de março de 2016

Conspiração UFO: Philip Schneider, O Homem que Matou Dois Extraterrestres

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Fala Assombrados! Hoje vamos falar de teoria da conspiração que envolve ETs, Nova Ordem Mundial, Governo Americano, ONU, Abduções... Coisas que muitos de vocês adoram! Contarei para vocês o incrível caso Philip Schneider. Schneider trabalhou para o governo na escavação de várias bases subterrâneas. Depois de muito tempo ele resolveu contar sua história em conferências e, entre as várias coisas que disse, dizia que ele tinha matado dois extraterrestre enquanto trabalhava na construção da base Dulce em 1976 e que o Governo dos EUA tinham um acordo com os extraterrestres. Apenas 7 meses depois de começar a abrir o bico, ele foi encontrado morto em seu apartamento: "suicídio". Vamos conhecer melhor essa incrível história.

A Vida de Philip Schneider

Philip Schneider nasceu em 23 de abril de 1947, no Hospital Naval de Bethesda, EUA. Era filho do casal alemão Sally Schneider e Otto Oscar Schneider, um homem que lutou em ambos os lados da 2ª Guerra Mundial. Ele foi originalmente um capitão de U-boat e foi capturado e repatriado para os Estados Unidos. Envolveu-se com diferentes tipos de trabalhos, como a bomba atômica, a bomba-H e o Experimento Filadélfia.

Schneider era um homem bem inteligente. Estudou e se formou em engenharia e geologia e por conta disso foi trabalhar para o Governo Americano e permaneceu no emprego por durante 17 anos.

Em 1986 ele conheceu Cynthia Marie Drayer Simon, com quem se casou em 1987  em Carson City, Nevada. Em setembro daquele mesmo ano nasceu a filha do casal Marie Schneider.

Schneider não era um homem fácil de lidar devido a seus problemas de saúde. Phil tinha uma placa na cabeça, utilizava cadeira de rodas, cateteres, fraldas e outros acessórios médicos.

Cynthia diz que durante seu convívio com Schneider, conheceu um bom homem, mas que sofria de dores crônicas e que não lembrada direito do seu passado. Dizia que ele também sofria de depressão e que ele, às vezes, era um perturbador emocional, e poderia chegar a ser bastante mal e abusivo. Além disso tinha paranoia, e dizia que a qualquer momento o governo iria bater a sua porta.

Com esse currículo, o casamento não iria longe e eles acabaram se divorciando em 1990. Philip foi embora de casa e passou a viver em um complexo de apartamentos em Wilsonville, Oregon.

Schneider então, junto com a amigo Rum Rummel, que também trabalhou durante muito tempo no Governo Americano, começaram a publicar uma revista chamada "The Alien Digest", destinada a falar da relação do Governo com os Extraterrestres. Rum Rummel publicava os artigos na revista com o codinome de Creston.

A revista parou de ser publicada em 1993 quando Rum Rummel, foi encontrado morto em um parque devido a uma ferida de bala na cabeça. Causa da morte: suicídio. Phil estava convencido de que seu amigo não havia se suicidado, mas sim que havia sido assassinado.

Em 1993 morreu também seu pai, Otto Oscar Schneider. Philip foi a sua casa e encontrou algumas cartas de Otto para ele no porão. Estas cartas trariam a confirmação da verdade sobre seu passado e também confirmariam a existência do Experimento Filadélfia.

Separado da mulher, com câncer, dores crônicas e tendo perdido seu pai e o grande amigo Rum Rommel, Schneider então tomou uma decisão que sabia que teria um final trágico. Resolveu fazer conferências pelos EUA contando o que ele fez nos 17 anos que trabalhou para o governo...

Philip Schneider


Cynthia, Philip e sua filha Marie (provavelmente uma foto de 1987-1988)


Revista "The Alien Digest" Volume 1, publicado por Schneider e Rum Rummel com o codinome de Creston


O que Falava nas Conferências?

Schneider foi o primeiro homem que teria um alto nível de classificação de segurança - Credenciamento de Segurança Rhyolite 38 nível 3, que seria um dos mais altos níveis de autorização - a difundir informação classificada.

Quando começava suas conferências, Schneider deixava claro que ia revelar e contribuir com informação de grande importância sobre os segredos do governo dos Estados Unidos e provavelmente não viveria durante muito tempo. Schneider deu a conhecer que ele havia estado trabalhando com os militares dos Estados Unidos para construir treze instalações militares subterrâneas por todo os Estados Unidos.

As conferências começaram com um público tímido e foi aumentando com o tempo. Ele fez por volta de 20 palestras em 2 anos e falou para cerca de 45.000 pessoas segundo ele próprio.

Basicamente, o que Schneider falava nessas conferências era:

- O Governo Federal  possui relações com extraterrestres há muito tempo, com o intercambio informações entre os dois lados
- Que existe um Orçamento Negro dos EUA que é usado para financiar projetos secretos
- Que existem 129 bases subterrâneas foram no EUA, e que essas bases são basicamente grandes cidades subterrâneas conectadas por trens de levitação magnética de alta velocidade que se movem até uma velocidade de Mach 2
- Que ele matou dois extraterrestres do tipo Grey enquanto trabalhava na construção da base Dulce
- Há uma guerra ocorrendo no subsolo entre os ETs e os seres humanos
- Que pessoas que não concordam com o governo federal e a Nova Ordem Mundial serão presas.
- Sobre o programa Star Wars
- A Verdade Sobre os Helicópteros Negros
- A AIDS foi inventada nos EUA como arma biológica
- O Governo Federal inventou um dispositivo para terremotos

Vamos detalhar esses pontos agora...

Philip Schneider falando em uma de suas palestras


O Acordo do Governo com os Extraterrestres

Voltando aos anos de 1954, sob a administração de Eisenhower, o Governo Federal decidiu enganar e trapacear à Constituição dos Estados Unidos e realizou um tratado com entidades alienígenas.
O mesmo foi chamado 'O Tratado 1954 de Grenada', no qual e basicamente, foi feito um acordo em que os extraterrestres envolvidos tomariam algumas vacas e comprovariam algumas de suas técnicas de implante em vários seres humanos, mas eles dariam os detalhes de suas investigações sobre as pessoas envolvidas.

Lentamente, os extraterrestres alteraram o pacto até que eles decidiram não se ater ao mesmo.

O governo americano tinha um acordo com os Alienígenas, hoje eles vivem em pé de guerra


As Bases Subterrâneas

Schneider falou sobre o Orçamento Negro, que é dinheiro que sai sem aprovação do Congresso e portanto são ilegais e que na época era algo como $1.25 trilhões por ano. Essa dinheirama toda era usada entre outras coisas na construção e manutenção das bases militares subterrâneas.

Foram construíram 129 bases dia e noite incessantemente desde o princípio da década de 40, algumas delas foram construídas antes de 1940 e essas bases são basicamente grandes cidades subterrâneas conectadas por trens de levitação magnética de alta velocidade que se movem até uma velocidade de Mach 2 (2 448 km/h).

A profundidade média dessas bases é de um pouco mais de um quilômetro e meio e todas têm entre 4.280 e 6.839 quilômetros cúbicos de tamanho, eles possuem máquinas perfuradoras laser que podem perfurar um túnel de 11.265 quilômetros de comprimento em um dia.

Uma das bases que ele ajudou a construir a base Dulce. A mesma tem sete níveis e mais de 2.5 milhas (aprox. 4 quilômetros) de profundidade, e provavelmente é a mais profunda de todas.

Seu trabalho era o de descer pelos buracos e checar as amostras de rocha e recomendar o explosivo que deveria ser usado para essa rocha em específico, e quando ele estava no fundo de um dos buracos, ele se encontrou no meio de uma grande caverna que estava cheia de extraterrestres do espaço exterior conhecidos como os grandes Greys. E foi ali que aconteceu a batalha...

Localização de diversas bases americanas, entre elas Dulce


O Encontro com os Greys

Roupa térmica similar a utilizada por
Philip durante o confronto.
Schneider entrou em detalhes a respeito de seu primeiro e único encontro com os extraterrestres em agosto de 1979, enquanto ele e o pessoal do governo militar estavam trabalhando em uma nova base subterrânea em Dulce (Novo Mexico). Pouco depois da máquina de perfuração ter se avariado novamente, Schneider e outros foram enviados a um buraco rumo ao subterrâneo para recolher amostras de rocha.

Ao entrar no buraco, Schneider notou que havia um repugnante cheiro. Justo quando chegou no fundo, Phil encontrou uma abertura e com o que parecia ser uma espécie de criatura humanoide. Durante aquele momento, naturalmente que ficou totalmente assustado e tentou sacar sua pistola.

Se atrapalhou por vários momentos com sua roupa tratando de separar sua pistola do traje especial que utiliza naqueles meios para perfurações, assim que quando voltou o olhar à criatura humanoide, de repente, se somaram várias outras mais. Schneider disparou e aparentemente matou a dois dos dos que chamou de "Greys" e então o pessoal militar começou a disparar contra os seres.

Depois que as duas criaturas receberam os disparos, um terceiro ser que ainda permanecia vivo fez uma espécie de movimento com sua "mão" sobre seu peito (como se estivesse fazendo ondas no próprio peito) e uma espécie de raio azul impactou na caixa torácica de Phil fazendo com que caísse ao chão.

A "onda elétrica", que na verdade era uma sórdida dose de radiação de cobalto, havia impactado sobre o peito de Schneider, lhe cortou e queimou vários dedos e unhas da mão e do pé e lhe causou um cancer.

Esteve durante mais de quatrocentos dias em uma terapia de isolamento por radiação e mais tarde descobriu que ele era apenas um dos três homens que conseguiram sair vivos daquele incidente. Sessenta e seis outros haviam perecido na batalha contra os humanoides.

Detalhe da mão de Philip Schneider sem os dedos


Philip Schneider mostra as cicatrizes resultantes do confronto com os greys

As Guerras Subterrâneas

Aqui o negócio fica tenso, porque ele diz que os Extraterrestres estão planejando matar quase 90% da população do planeta até 2029 e os remanescentes escravizados!

Schneider diz que até pouco tempo atrás, onze raças estariam presentes no planeta: quatro com boas intenções (que foram embora) e sete com más intenções, que estão em guerra contra a humanidade. A humanidade até derruba alguns OVNIs, mas eles estão em vantagem, tento matado entre seis e sete milhões de pessoas. E mais, aliens de aparência humana trabalharam ou estariam trabalhando no Pentágono faz mais de meio século.

A base da alimentação de algumas das raças seria secreções glandulares humanas, e para outros raças essas secreções provocariam o efeito de uma droga estimulante, equivalente da cocaína para nós. O interessante é que temos um relato, chamado "Seria Mesmo um Crime ou Apenas Paranoia", onde um leitor conta que tem um buraco no céu da boca e que esse buraco permite acesso cirúrgico à glândula hipófise no cérebro. O que há na glândula hipófise? Hormônios. E daí? Há o hormônio ACTH que pode ser usado como alucinógeno pois induz a pessoa a um transe e pode até causar surtos de psicose!

Os ETs, que vivem no subsolo, estão em guerra com os governos mundiais. Eles querem nos matar e escravizar


Pessoas Serão Presas por Discordar do Governo

O Governo Americano mente para o seu povo e ataca os poderosos que querem revelar a verdade.

Para comprovar isso, Schneider diz que conheceu um homem que disse assustado para ele que “estão construindo trens para prisioneiros”. O Governo fez um contrato para construir 107.200 vagões completos, cada um com 143 pares de algemas. Existem 11 firmas terceirizadas neste projeto gigante.

Se você multiplicar 107.200 vezes 143 vezes 11, resultará em cerca de 15 milhões. Este é, provavelmente, o número de pessoas que não concordam com o governo federal e serão presas.

Lembra dos caixões da FEMA que ficaram famosos a uma década atrás? Eles ficam em grandes complexos e vários foram descobertas pelos EUA. Todos os campos tem um mesmo projeto e comportam 40 mil pessoas, e tem um perímetro de segurança em sua volta. Ninguém pode se aproximar... Estranho né.

Caixões da FEMA. Ninguém sabe para o que serve

Mapa mostrando onde estão localizados os centros da FEMA com os caixões


O Programa Star Wars

A Iniciativa Estratégica de Defesa (do inglês: Strategic Defense Initiative, SDI), informalmente conhecido como Guerra nas Estrelas, é o programa militar estadunidense proposto pelo Presidente Ronald Reagan, para construir um sistema de defesa que capaz de impedir um ataque nuclear contra o território dos Estados Unidos. Ele foi lançado oficialmente em 1983.

Só que segundo Schneider, o programa visa na verdade é se proteger dos Extraterrestres.

Para isso depende fortemente de armamento stealth (invisíveil) - que só foi possível de ser construído porque os EUA desmontaram naves alienígenas acidentadas.

Ele dizia nas palestras: Alguns de vocês podem perguntar o porque do “ônibus espacial” ser “vaivém”. Grandes lingotes de metais especiais são processados no espaço porque não podem ser produzidos na superfície da Terra. Eles precisam do vácuo perto do espaço exterior para produzi-los. Não está sendo dito nada próximo da verdade. Até algumas semanas atrás eu era empregado pelo governo dos EUA com um fator de Rhyolite-38, um dos mais altos do mundo. Creio que o programa Star Wars existe unicamente para agir como uma ameaça para evitar o ataque alienígena, não tem nada a ver com a “guerra fria” que era apenas uma artimanha para angariar dinheiro de todas as pessoas, e para quê? A mentira inteira foi planejada e executada nos últimos 75 anos.

Representação artística de uma arma a laser baseada em um satélite espacial que faria parte da rede de satélites deste tipo para compor o SDI "Guerra nas Estrelas".


A Verdade sobre os Helicópteros Negros

Os helicópteros negros não possuem nada em seu exterior. São usados para intimidação e já foram vistos perseguindo OVNIs e em locais onde houve mutilação de gado.

Schneider diz que há mais de 64.000 helicópteros negros nos Estados Unidos e que para cada hora que passa um está sendo construído. Para que o governo federal precisa de 64.000 helicópteros táticos? Para escravizar o povo...

Helicópteros negros são usados para intimidar...
AIDS e a Máquina de Terremotos

Na parte final de suas conferências, o negócio ficava tenso. Isso porque Schneider dizia que o governo federal já inventou um dispositivo - baseado nos estudos de Nicola Tesla - para iniciar terremotos e que ele provocou os terremotos de Kobe no Japão e o de 1989 em São Francisco.

E mais, a AIDS foi inventada em 1972 pelo Laboratório Nacional em Chicago, Illinois e que era uma arma biológica para ser usada contra o povo dos Estados Unidos. Eles usaram as excreções glandulares de animais, seres humanos e alienígenas para criar o vírus.

E para piorar, diz que não temos defesas contra os germes dos humanóides que trabalham com o governo e que cada alienígena no planeta precisa ser isolado.

E fim de palestra, ufa! Tudo o que falei acima foi um grande resumão do texto transcrito de uma palestra que ele deu maio de 1995. Leia a íntegra clicando aqui.

Philip Schneider foi encontrado morto sete meses após ter dado essa conferência contando sua história...

Terremoto de Kobe, no Japão, teria sido causado por uma máquina de terremotos americana segundo Philip Schneider


A Morte de Philip Schneider

Desde o momento em que resolveu iniciar suas palestras Schneider sabia morre. Sua esperança era que divulgando tudo, o governo não visse mais razão para matá-lo. Ele iniciava suas palestras assim:

É por causa da estrutura horrível do governo federal que me sinto diretamente ameaçado, e antes que me matem devo revelar este material.

Ele dizia para todo mundo "se alguma vez disserem que eu cometi suicídio, você vai saber que eu fui assassinado"

E não deu outra, em 17 de janeiro de 1996, Philip Schneider foi encontrado morto em seu apartamento. Causa da Morte: Suicídio!

Sua ex-esposa Cynthia foi contactada. Segue suas palavras:

Em 17 de Janeiro de 1996 recebi uma ligação dizendo que Philip havia morrido em seu apartamento e, aparentemente, era suicídio e ocorrera uma semana antes do seu corpo ser descoberto.

No momento da remoção de seu corpo, me informaram que a causa da morte teria sido um acidente vascular cerebral (AVC). Quando eu fui para a funerária estava muito abalada com sua morte, mesmo assim pedi para ver o corpo, porém devido à decomposição do corpo, o agente funerário sugeriu o contrário. Mesmo assim eu queria ver para ter certeza que aquilo não era uma morte por “causas naturais”.

Um dia depois de encontrarem o corpo de Philip, recebi um telefonema do Detetive Clackamas me informando que o agente funerário tinha encontrado “algo” em torno do pescoço de Felipe. Uma autópsia foi realizada no Multnomah County Medical Examiner em Portland, Oregon pela Dr. Gunson e foi ela que determinou que Philip tinha cometido suicídio envolvendo uma mangueira de borracha cateter enrolando três vezes ao redor do pescoço dele e atando-a na nuca.

O médico legista colheu amostras de sangue e urina na autópsia mas se recusou a analisá-los, dizendo que o município não iria “desperdiçar seu dinheiro em um suicídio”. Embora eu estava certa de que as amostras seriam mantidos por 12 meses, quando eu perguntei para estes sobre as amostras para serem enviadas para um laboratório independente onze meses depois eles informaram que tais amostras foram “perdidas” ou melhor “destruídas”.

E olha que interessante, quando Cynthia voltou para o apartamento, percebeu que todo o material que Phil utilizava para dar as palestras havia sido roubado, mas objetos de valor como ouro, dinheiro e jóias não foram tocados.

Cynthia diz ter sido impossível que Phil tenha segurado a mangueira de borracha com a mão esquerda e enrolado a mangueira três vezes já que lhe faltava dedos nesta mão e os movimento dos ombros estavam bastante limitados. Além de que se matar dessa forma é difícil e dói bastante. Se Phil quisesse se matar, ele tinha vários remédios à disposição e uma arma de nove milímetros, com os quais poderia ter tirado sua vida muito mais rapidamente e sem tanta dor e sofrimento. E como se explica as demais lesões que sugerem tortura? Ele se torturou?

Cynthia afirmou que Phil era muito religioso e não acreditava em suicídio...

Fotografia de Philip Schneider morto

É Possível Construir uma Base Subterrânea bem a vista das Pessoas?

Muita gente não acredita que os EUA pudessem construir grandes bases subterrâneas bem na frente das pessoas e elas nem perceberem. Para provar que sim temos de ir até a cidade de White Sulphur Springs, no estado americano da Virgínia Ocidental e conhecer o GreenBrier, um prédio que já foi um lindo hotel.

Construído em 1913, esse hotel tinha uma peculiaridade. Construído no subsolo dele, dentro da colina, existe um bunker feito para continuar o governo em caso de Guerra Nuclear!

Entre os anos de 1958 e 1961, milhares de toneladas de terra e equipamentos foram levados e tiradas diante de centenas e centenas de hospedes e ninguém percebeu! E olha que o bunker é imenso: 10.455 metros quadrados!

Os hóspedes do hotel passavam em frente as portas camufladas que davam acesso ao bunker e nem percebiam o que exista lá.

Eles fizeram uma parede falsa no hotel e colocaram 3 portas de 18 toneladas lá dentro, que usa vez fechadas, isolam-o do mundo exterior. Ninguém mais entra. Havia suprimento de comida para 60 dias, diesel para 42, hospitais, dormitórios e até um crematório.

Uma funcionária que trabalhou no hotel dizia que ouviam rumores que havia algo, e que eles desconfiavam que o pessoal da manutenção das câmeras de segurança. Estavam certo.

O jornal Washington Post Magazine então revelou a verdade e o último caminhão do governo partiu em 31/07/1995, deixando para trás a história e mostrando que o governo pode sim fazer uma construção subterrânea bem diante do nariz das pessoas.

Hotel Greenbrier em White Sulphur Springs tem um bunker secreto que garantiria a continuidade do governo em caso de guerra nuclear


Conclusão

Assombrados, que história heim! Fica a pergunta, devemos acreditar em tudo o que Philip falou, em partes ou em nada?

O fato é que suas palestras, muitas coisas incríveis foram ditas. Algumas fazem sentido, como o Orçamento Negro e as bases subterrâneas. Lembre-se que os EUA estão e constante alerta contra ataques e que as suas bombas nucleares ficam escondidas no solo, em bases subterrâneas! E como podemos ver, o governo dos EUA pode construir uma grande cidade embaixo da terra bem na frente do seu nariz!

Agora sobre a guerra com os greys, Philip costumava mostrar sua enorme cicatriz na barriga e sua mão faltando dedos, além de dizer que o câncer que tinha foi causado pelo raio lançado por um dos ETs. Isso é prova suficiente? Não. Mas não deixa de ser interessante a relação.

Sobre o projeto Star Wars, ele realmente existiu e não chegou a ser finalizado. O interessante é que muitos cientistas que trabalharam nele foram encontrados mortos. Causa da morte: "Suicídio".

Os helicópteros negros existem, agora na quantidade que ele falou, eu acredito que não.

Sobre a AIDS ser invenção das Nações Unidas, os EUA terem construído uma Máquina de Terremotos, a morte das pessoas que não concordam com o governo, a construção de mais de 107 mil vagões de trens, eu acho meio forçado, assim como dizer que existem cidades subterrâneas ligadas por trens de levitação magnética.

Agora sobre sua morte. Quase 100% de certeza que ele foi morto e não que se suicídio.

Philip sabia que ia morrer desde o momento em que começou suas palestras, e infelizmente ele estava certo...

Tradução/Adaptação: Mateus Fornazari & rusmea.com

Fontes (acessadas em 19/03/2016):
- UfoReview: The Mysterious Life and Death of Philip Schneider
- AboveTopSecret: Phil Schnider Debunked! I'm tired of the lies!
- APFN: The Phil Schneider Story
APNF: A Message from the ex-wife of Philip Schneider
- MundoGump: A revolta dos subníveis
- MundoGump: Quem matou Phillip Marshall?
- Wikipedia.pt: Iniciativa Estratégica de Defesa
- MundoAlien: Carta da Ex-Esposa
- MundoAlien: A incrível história de Philip Schneider.
- AssombradO.com.br: Seria Mesmo um Crime ou Apenas Paranóia?
- Revista "The Alien Digest"
Comentários