30 de janeiro de 2016

A Força Aérea da Índia Teria Abatido "OVNIs" no Distrito de Barmer e Próximo do Aeroporto Internacional Indira Gandhi?

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

Por Marco Faustino

Muitos acreditam que a relação dos indianos com seres de outras civilizações datam de centenas de anos e até mesmo de milênios, então quase sempre vemos notícias sobre OVNIs ou até mesmo casos ufológicos um pouco mais elaborados que envolvam a Índia, que por sua vez é o segundo país mais populoso do mundo. Aliás, a Índia deverá ultrapassar a China e se tornar o país mais populoso do mundo em 2022, segundo relatório da ONU divulgado no ano passado. Entretanto, existem muitos pontos críticos que deveriam ser levados em consideração quando estamos falando de assuntos relacionados tanto em relação aquele país, quanto ao mundo oriental. Uma delas é a fronteira idiomática, visto que muito conteúdo é repassado de forma distorcida, e não é o "distorcido" na visão dos teóricos da conspiração não. Esse distorcido está diretamente relacionado a tradução e interpretação correta dos eventos diante do contexto em que as frases são ditas. Uma outra que posso citar seria pelo fato que, por exemplo, a maior parte territorial da Índia é rural, e composta de pessoas humildes cujas crenças, tradições orais e medos associados ao analfabetismo e a pobreza extrema superam qualquer tipo de julgamento racional.

Nessa postagem iremos contar a vocês sobre um caso que ganhou uma grande repercussão na mídia internacional e consequentemente a notícia acabou chegando aqui no Brasil. Esse caso envolvia a participação da Força Aérea da Índia (IAF), que teria dado ordens para que um caça Sukhoi Su-30 MKI interceptasse um "OVNI" e o abatesse na última terça-feira (26), em plena luz do dia no distrito de Barmer, no estado indiano do Rajastão, um dos maiores da Índia em termos territoriais. No dia seguinte a este incidente, um outro "OVNI" teria sido avistado próximo do Aeroporto Internacional Indira Gandhi, em Déli e "segundo informações locais" o mesmo teria despertado o pânico entre os controladores de voo e os moradores da capital indiana. Vamos saber mais sobre esse assunto?

A Notícia de um "OVNI" que Teria Sido Abatido no Distrito de Barmer, na Índia


Considero interessante que vocês saibam a forma como essa notícia começou a ser propagada pela mídia internacional, principalmente na Inglaterra, que como sabemos possui um relacionamento histórico com a Índia, devido ao longo domínio colonial do Império Britânico sobre o subcontinente indiano. Preste bem atenção sobre a forma como isso foi primordialmente noticiado e replicado ao redor do mundo. Neste caso estaremos usando como base a notícia divulgada pelo site Inquisitr, na quarta-feira, dia 27 de janeiro. Entretanto, ele não foi o único a dar a notícia dessa forma, pois centenas de outros sites começaram a replicar as mesmas palavras, e consequentemente as mesmas informações. Confira a notícia na íntegra e devidamente traduzida:

Foto de capa utilizada na notícia do site Inquistr sobre que um OVNI teria sido abatido no distrito de Barmer, na Índia
"A Força Aérea da Índia disse na terça-feira, que um dos seus jatos de combate interceptaram e abateram um OVNI "suspeito" sobre o distrito de Barmer, ao norte do estado do Rajastão, próximo da fronteira com o Paquistão. O jato de combate foi enviado ao local após o misterioso OVNI ter sido detectado no radar da Força Aérea da Índia, disparando assim um alerta. Não tente me copiar :o)

Após um estranho silêncio por parte das autoridades em relação a natureza do OVNI, que causou fortes explosões após ter sido derrubado, surgiram especulações entre entusiastas de OVNIs de que as autoridades do Departamento de Defesa da Índia estariam acobertando as informações sobre o incidente, e que esta poderia ser a versão indiana do famoso incidente de Roswell, que ocorreu nos Estados Unidos, em 1947.

De acordo com o site "Times of India", em uma declaração dada pela Força Aérea da Índia foi dito que o OVNI em "formato de balão" foi captado por radar pelo radar da Força Aérea da Índia entre 10h30 e 11h da manhã da terça-feira, 26 de janeiro de 2016, e um jato de combate Sukhoi Su-30 MKI foi enviado para interceptá-lo.

Um jato Sukhoi Su-30MKI da Força Aérea da Índia foi enviado para derrubar o OVNI
O jato abateu o objeto sobre Gudgi, no distrito de Barmer. O distrito de Barmer fica a cerca de 500 quilômetros de Jaipur, a capital do Rajastão.

O site "Hindustan Times" reportou que o porta-voz do Departamento de Defesa, o tenente-coronel Manish Ojha, disse que a polícia e oficiais militares foram enviados para Gugdi, cerca de 20 quilômetros da cidade de Balotra, perto da região de Kishor Singh Ki Dhani, para investigar o incidente. Os destroços do OVNI foram localizados, e estavam sendo investigados para determinar sua natureza.



"Entre 10h30 e 11h da manhã de hoje (terça-feira, 26 janeiro, 2016) um objeto em forma de balão não identificado foi captado pelo radar da Força Aérea da Índia (IAF). Um jato da Força Aérea da Índia foi enviado, interceptou o objeto e o abateu. Os materiais foram recuperados e uma investigação detalhada está em andamento", disse o comunicado oficial.

Os investigadores da polícia disseram que cinco objetos metálicos de formato triangular ou de "cone" foram recuperados no local e entregues a Força Aérea da Índia.

"Estamos em contato com as autoridades da Força Aérea da Índia e está estamos enviando os pedaços para análise", disse a polícia de Barmer, por meio de um comunicado.

O Hindustan Times informou que o superintendente da polícia, Jassaram Bose, confirmou o relato que cinco objetos metálicos em formato de cone foram recuperados no local.


De acordo com a Asian News International (ANI), uma agência internacional de notícias da Índia, moradores disseram que logo após os jatos terem sido enviados e o OVNI derrubado, cinco explosões ensurdecedoras foram ouvidas sobre Gudji (Gujri), que espalhou o pânico entre as comunidades rurais vizinhas.

A explosão foi ouvida em um raio de cinco quilômetros. Os moradores dos vilarejos de Gugdi e Panawara (Panawada) na região de Baitu disseram que as explosões foram tão fortes que causaram rachaduras nas paredes de suas casas. Entretanto, não foi relatada nenhuma morte.


"As explosões foram altas... As explosões foram ouvidas cinco vezes e vimos alguns objetos que caíram do céu depois que um avião passou... minha casa ficou com rachaduras", disse Manohar Singh, morador do vilarejo de Gugdi.

A polícia confirmou que esta não foi a primeira vez que fortes explosões foram ouvidas na região. Moradores vizinhos de Sinli Jageer (Sinli Jagir), em Barmer também informaram em janeiro, que os restos de um OVNI caíram do céu após uma forte explosão "misteriosa" ter sido ouvida sobre o vilarejo. Os moradores coletaram amostras dos destroços e as enviaram às autoridades para investigação. Porém, as autoridades de segurança se recusaram a confirmar o que causou as explosões ou a natureza dos destroços misteriosos. Assim sendo, a questão continua a sendo um mistério para os moradores que permanecem apreensivos, provocando especulações entre entusiastas de OVNIs.


Entretanto, a "Press Trust of India" (PTI), a maior agência de notícias da Índia, supostamente citou uma fonte do departamento de defesa dizendo que o objeto pode ter se originado a partir do lado paquistanês da fronteira ("setor ocidental"), e que pode ter sido um balão meteorológico. Porém, as autoridades da Força Aérea da Índia não estavam dispostos a confirmar essa sugestão, e disseram apenas que estavam investigando o objeto. Algumas fontes também sugeriram que o OVNI poderia ser uma aeronave de espionagem paquistanesa.

Notícia do jornal "Roswell Daily Record", de julho de 1947, dizendo que um disco voador foi capturado na região de Roswell
Alguns entusiastas de OVNIs, no entanto, apontaram que o distrito de Barmer fica apenas a cerca de 480 quilômetros de Jaipur, a capital do Rajastão, onde misteriosas bolas de metal caíram do céu no início do mês. Os teóricos da conspiração já começaram a especular que o incidente em Barmer poderia ser a versão indiana do incidente ufológico de Roswell, no Novo México, nos Estados Unidos, de julho de 1947. Os teóricos da conspiração dizem as autoridades do governo norte-americano tentaram encobrir a queda de um OVNI alienígena em Roswell, com a história de que o objeto caiu era apenas um balão meteorológico.

A declaração dada por oficiais militares de que o OVNI de Roswell era apenas um balão meteorológico veio depois de uma declaração anterior divulgada pela mídia de que os militares tinham recuperado um "disco voador" no local da queda. Porém, desde o incidente, várias testemunhas vieram a público para dizer que um OVNI havia de fato caído em Roswell. Algumas até mesmo alegaram que os militares tinham recuperado corpos de alienígenas mortos do local da queda. Alegações de que uma nave extraterrestre e seres alienígenas foram capturados em Roswell, tornaram o local como sendo o mais famoso no mundo em termos ufológicos.

O incidente ufológico de Barmer, na terça-feira, 26 janeiro, aconteceu no dia em que a Índia comemorava seu 67º Dia da República, com as forças de segurança em todo o país mantidas em estado de alerta".

A Realidade em Torno do Caso do Suposto "OVNI" Abatido no Distrito de Barmer, na Índia


Tudo o que vocês acabaram de ler acima é a tradução mais correta a ser feita da notícia publicada pelo site Inquisitr, assim como proveniente de centenas de outros sites de notícias, principalmente no lado ocidental do nosso planeta. Eu poderia simplesmente chegar aqui e contar sobre as possibilidades do que realmente foi abatido, dizer o que realmente foi publicado pela maior parte da imprensa indiana e permanecer o restante do dia tranquilo em minha consciência. Porém, é bem difícil, ao menos para mim, não escrever nada além da mera informação repassada sem quaisquer filtros ou sem um mínimo de pesquisa. Portanto, vou fazer questão de detalhar um pouco essa história para que vocês tenham um conhecimento mais amplo da situação da Índia nessa semana.

Antes de começarmos, no entanto, gostaria de comentar um pouco sobre a notícia divulgada pelo site Inquisitr. Vocês repararam na quantidade de vezes que a palavra "OVNI" foi utilizada? Repararam na tentativa desde o começo de associar ao que aconteceu na Índia com o que teria acontecido em Roswell? Perceberam a confusão das informações que foram mescladas entre depoimentos de moradores locais e das autoridades? Notaram a tentativa de fazer parecer que um objeto desconhecido "em formato de balão" fosse um "OVNI", no sentido mais evidente de que fosse algo extraterrestre? Conseguiram observar que em todos os vídeos do Youtube, que foram originados a partir da mídia indiana, trataram o caso como balão meteorológico ou até mesmo algum objeto de espionagem vindo do Paquistão? Onde está o "OVNI" em sua mais pura essência?

O texto publicado pela Inquisitr soou muito mais como uma tentativa desesperada de associar algo conspiratório a um acontecimento que tinha todas as características de ser completamente mundano. Simples assim. Obviamente, cada um acredita no que quer, porém vou dar uma certa dose de realidade a esse caso, que os sites que divulgaram essa notícia, não fizeram muita questão de comentar.

A Índia realizou na última terça-feira (26) em Nova Déli, capital do país, a parada militar referente ao seu 67º Dia da República. O evento contou com a presença do presidente francês François Hollande como convidado especial. Nesta data os indianos relembram a entrada em vigor de sua Constituição de 1950, sendo que este é um dos três feriados nacionais da Índia juntamente com o Dia da Independência e o Dia de Gandhi Jayanti (data comemorativa relacionada ao nascimento de Mahatma Gandhi). Geralmente as comemorações do Dia da República se estendem por todo o território indiano com desfiles nas principais cidades do país.

Foto da parada militar realizada na Índia, no dia 26 de janeiro de 2016, em comemoração ao 67º Dia da República
Foto da parada militar realizada na Índia, no dia 26 de janeiro de 2016, em comemoração ao 67º Dia da República
Foto da parada militar realizada na Índia, no dia 26 de janeiro de 2016, em comemoração ao 67º Dia da República
Hollande estava em Nova Déli em uma visita oficial de três dias, que teve início no domingo (24), e que teria como ponto central justamente as celebrações do Dia da República, para as quais foi convidado após os atentados em Paris. Em um breve contato com os jornalistas, Hollande destacou a "imensa cooperação" entre os dois países e elogiou o "importante" papel de Narendra Modi, primeiro-ministro da Índia, durante a Cúpula do Clima de Paris em dezembro do ano passado.

O Primeiro-Ministro da Índia, Narendra Modi (à esquerda) abraça o presidente francês François Hollande (à direita),
na cidade de Chandigarh, em 24 de janeiro
Durante as festividades relacionadas ao Dia da República, a segurança por toda a Índia é reforçada, porém nesse ano, pouco mais de dois meses após os ataques terroristas em Paris, em novembro do ano passado, e justamente por contar com a presença do presidente francês François Hollande, evidentemente que as Forças Armadas da Índia mantiveram um alerta ainda maior, uma vez que havia o risco de um atentado terrorista.

O presidente francês, François Hollande (à esquerda) e presidente da Índia, Pranab Mukherjee (à direita),
durante a parada militar em Nova Déli, capital da Índia
Para piorar a situação, na semana passada, o Esquadrão Anti-Terrorismo da Índia, uma força especial policial criada em 1990, e que atua em diversos estados tais como Maharashtra, Gujarat, Kerala, Uttar Pradesh, Rajastão e Bihar, emitiu um alerta após seis paragliders não identificados terem sido localizados ao longo da costa da cidade de Mumbai. Isso motivou inclusive a proibição do paragliding ("prática do parapente", em português) em Mumbai. De acordo com o centro de paragliding mais próximo, localizado na cidade de Pune, nenhum paraglider havia sido autorizado a sobrevoar em direção a Mumbai naquele momento.

Foto do terrorista Abu Jindal (Zabiuddin Ansari), vinculado ao grupo terrorista paquistanês  Lashkar-e-Taiba (LeT),
que atua na região da Caxemira (atualmente dividida entre a Índia, o Paquistão e a China)
As forças de segurança estavam monitorando essa rota aérea desde que o terrorista Abu Jindal (Zabiuddin Ansari), vinculado ao grupo terrorista paquistanês  Lashkar-e-Taiba (LeT), que atua na região da Caxemira (atualmente dividida entre a Índia, o Paquistão e a China), revelou que os terroristas estavam estudando a possibilidade de atacar a India através de alguma rota aérea. De modo a conseguir alcançar esse objetivo, eles também teriam persuadido cerca de 50 paragliders vindos da Europa para treinar os membros de seu grupo.

Como se isso não bastasse, foram detectadas atividades suspeitas nas cidades de Pathankot, Dehradun e Ghazipur, na Índia, justamente no Dia da República (26). Porém, uma vez que as forças de segurança estavam em alerta máximo, as mesmas foram rapidamente interceptadas e resolvidas.



Será que ainda resta alguma dúvida sobre a situação em que a Índia se encontrava justamente no dia em que a mídia "ocidental" resolve propagar a notícia de que teria sido abatido um "OVNI", no sentido mais explícito de que pudesse ser algo extraterrestre? Isso ninguém contou a vocês, não é mesmo?

Pois bem, dentro de todo esse contexto sociopolítico surgiu a notícia que a Força Aérea da Índia havia abatido um "OVNI" sobre algum local (as fontes citam diversos nomes: Gudgi, Gujri, Gugardi, entre outros) no distrito de Barmer, no estado do Rajastão. Adivinhem onde esse distrito fica localizado? Bem próximo da fronteira entre a Índia e o Paquistão, cerca de 126 km de distância em relação ao vilarejo de Munabao, que pertence ao mesmo distrito, e que faz divisa com o Paquistão. Aliás, as cidades ficam próximas da Base da Força Aérea da Índia de Uttarlai, de onde provavelmente partiu o caça para interceptar o objeto. Também não contaram isso a vocês, não é?

Imagem do Google Maps mostrando a distância entre a cidade de Barmer e o vilarejo de Munabao,
ambas no distrito de Barmer
Para que vocês tenham uma noção, praticamente o tempo inteiro a mídia indiana tratou esse caso com apenas três hipóteses possíveis. A primeira é que fosse um balão meteorológico, a segunda é que fosse um objeto ou equipamento de espionagem vindo do Paquistão, e a terceira é que pudesse ser um balão equipado com cargas explosivas com o objetivo de causar algum ataque terrorista na fronteira da Índia com o Paquistão.

A primeira hipótese alimentou a sequência irracional de notícias do lado ocidental do nosso planeta, que atrelaram esse incidente ao caso Roswell. A segunda hipótese foi alimentada pelo fato que as primeiras informações, dadas justamente no dia 26 de janeiro por uma parte da mídia indiana, ou seja, um dia antes da notícia divulgada pela Inquisitr, diziam que não seria apenas um objeto, mas que poderiam ser dois objetos que teriam entre 7,5 e 10m de diâmetro, uma vez que eles tinham o formato de um balão e que estavam equipados com ao menos uma câmera de monitoramento. A terceira foi alimentada justamente pela possibilidade de ataque terrorista no Dia da República, e também pelas declarações do terrorista Abu Jindal. Entenderam?

Autoridades da polícia de Barmer observam os destroços do objeto abatido por um dos caças da Força Aérea da Índia
Informações posteriores divulgadas pelo site de notícias "The New Indian Express" apontaram para declarações do Ministro da Defesa da Índia, Manohar Parrikar, e também para um comunicado da Força Aérea da Índia, dizendo que nenhum indício de carga explosiva proveniente do balão foi encontrado. Aliás, uma frase de "Feliz Aniversário" estaria nesse mesmo balão, que teria sido abatido com 97 rajadas de tiros do canhão automático de 30 mm GSh-30-1, que estaria acoplado ao caça Sukhoi Su-30 MKI, seguindo o que chamaram de "Procedimento Operacional Padrão". O balão ainda teria cerca 3 metros de diâmetro, era brilhante e estava a uma altitude de cerca de 25.000 pés (7.600 metros), mas no distrito de Jaisalmer (150 km ao norte de Barmer), quando foi registrado pelos radares da Força Aérea da Índia, que estavam em alerta máximo, levando em consideração as celebrações do Dia República.

Obviamente os teóricos da conspiração não comentaram sobre isso, mas fizeram questão de repassar uma informação, que um morador local chamado Manohar Singh (ou Manoj Singh, segundo algumas fontes), teria ouvido cerca de cinco explosões. Independentemente de ser verdade ou não, de ter carga explosiva ou não, em nenhum momento a mídia indiana tratou isso como sendo uma "nave extraterrestre". Aliás, nenhum site de notícia indiano, que tenha apresentado esse caso com seriedade, considerou essa possibilidade ou deixou isso implícito. Aliás, ninguém comentou sobre todo o contexto sociopolítico nessa semana na Índia, comentou?

Vocês podem até acreditar que haja o suposto "acobertamento" nesse caso ou uma suposta "blindagem" por parte da mídia indiana, mas o terrorismo também foi inventado? Tudo que foi noticiado antes do incidente estava errado? Sabiam que apareceria algo extraterrestre exatamente naquele local, problemático do ponto de vista sociopolítico, e então montaram todo um esquema para acobertar a situação? Muitos temem e criticam a utilização da palavra "verdade", porém, que tal essa dose de realidade e bom senso de vez em quando?

Surge Outro Caso de um "Balão" que Teria Sido Avistado Próximo ao Aeroporto Internacional Indira Gandhi, em Nova Déli, na Índia


Boa parte da imprensa realmente conseguiu colocar a Índia como o centro das atenções em relação a eventos supostamente ufológicos essa semana. Curiosamente, no dia seguinte a toda aquela história de "OVNI", eis que surge outra notícia dizendo que um "balão vermelho e branco", foi avistado no período da tarde, próximo de uma base da Força Aérea da Índia, na cidade de Gurgaon, nos arredores da Estrada Gurgaon-Faridabad.

Por volta das 15h15 do dia 27 (quarta-feira), guardas que estavam realizando uma patrulha em uma base da Força Aérea da Índia localizada na Estrada Gurgaon-Faridabad informaram ter avistado um "balão não identificado" de cor vermelha e branca, com cerca de 1 metro de diâmetro, voando entre 1 e 1.5 km de altitude, e indo em direção a região das instalações militares de Aya Nagar, em Nova Déli, na Índia. Após esse avistamento, os departamentos de polícia de Nova Déli e de Faridabad foram avisados sobre o caso, justamente pelo departamento de polícia da cidade de Gurgaon.

Imagem do Google Maps mostrando as distâncias entre a Base da Força Aérea da Índia em Gurgaon,
das instalações militares em Aya Nagar e do Aeroporto Internacional Indira Gandhi, em Nova Déli
A questão principal é que o Aeroporto Internacional Indira Gandhi fica relativamente próximo do local do avistamento, sendo igualmente próximo da rota que estava sendo traçada pelo "balão". Evidentemente, o controle de tráfego aéreo do Aeroporto Internacional Indira Gandhi foi avisado da ocorrência. Advinhem o que alguns sites divulgaram? Vai acertar quem responder que um "OVNI" foi avistado perto desse mesmo aeroporto. Entretanto, nada foi abatido nessa ocasião.

Foto do suposto "balão" vermelho e branco avistado por guardas que estavam realizando uma patrulha
em uma base da Força Aérea da Índia localizada na Estrada Gurgaon-Faridabad
É muito importante ressaltar, que é extremamente comum que o Departamento Meteorológico da Índia utilize balões meteorológicos carregados com dispositivos de rádio para coletar dados atmosféricos. Assim sendo, não era muito difícil de imaginar que poderia ser um balão pertencente a este departamento. Pois é, isso acabou sendo confirmado horas depois através de uma mensagem pelo Twitter, do departamento de polícia de Nova Déli. Era apenas e tão somente um balão meteorológico.

Tweet do Departamento de Polícia de Nova Déli em relação ao "balão não identificado" avistado nas proximidades
do Aeroporto Internacional Indira Gandhi
Em maio do ano passado, balões sobre a cidade de Mumbai assustaram dezenas de pessoas, justamente por estarem sobrevoando um aeroporto. Entretanto, esses balões faziam parte de uma campanha publicitária de uma empresa que estava promovendo uma partida local de críquete.

Em maio do ano passado, balões sobre a cidade de Mumbai, na Índia, e assustaram dezenas de pessoas,
justamente por estarem sobrevoando um aeroporto
Ah sim, quase ia me esquecendo! Vocês podem me perguntar, mas e o relato dos moradores da cidade de Jaipur, que teriam avistado "bolas de metal" caindo do céu no começo desse ano? Bem, Jaipur é a capital do estado do Rajastão e possui cerca de 2,3 milhões de pessoas segundo o último censo realizado em 2001. Apesar disso, não encontrei nenhum relato sobre algo assim. O que eu fiquei sabendo é que "bolas de metal" teriam caído na província de Tuyen Quang, no Vietnã, no começo desse ano (clique aqui ou aqui), e que eram muito semelhantes aquelas que caíram em uma determinada região da Espanha no ano passado. Aliás, eu já havia feito uma matéria sobre o assunto naquela época. Assim sendo, não vi necessidade de publicar mais uma vez sobre isso. Confira: Coincidência? Dois Objetos Caem do Céu em Menos de Uma Semana na Região de Calasparra, na Espanha (Atualizado em 16/11)

Como vocês podem perceber, não houve nenhum acontecimento de "outro mundo" na Índia durante essa semana. O que houve realmente foi uma total e completa falta de informação por parte dos sites que simplesmente repassaram essa informação sem qualquer tipo de filtro. Enfim, mesmo que você não busque a verdade sobre alguma coisa, é importante que alguém transmita um pouco de bom senso e uma pitada de realidade em relação ao que é divulgado.

Até a próxima, Assombrados!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/efe/2016/01/25/hollande-se-reune-com-primeiro-ministro-da-india-e-visita-memorial-de-gandhi.htm
http://portuguese.people.com.cn/n3/2016/0127/c309808-9010052.html
http://timesofindia.indiatimes.com/india/IAF-fighter-shoots-down-suspicious-object-in-Rajasthan/articleshow/50730664.cms
http://www.express.co.uk/news/science/638380/New-Roswell-FOUND-Airforce-SHOOT-DOWN-UFO-after-radar-alert
http://www.express.co.uk/news/science/638879/India-s-Roswell-First-images-of-UFO-shot-down-by-air-force-revealed
http://www.hindustantimes.com/india/iaf-spots-balloon-shaped-object-on-radar-fighter-jet-shoots-it-down-over-barmer/story-HjJJbm9uybvKUCgtQTIdYK.html
http://www.india.com/news/india/iaf-fighter-brings-down-balloon-shaped-suspicious-object-in-barmer-rajasthan-investigation-underway-893590/
http://www.india.com/news/india/suspicious-balloon-spotted-in-gurgaon-delhi-ncr-set-on-high-alert-896316/
http://www.indiatimes.com/news/india/one-fine-day-a-weather-baloon-showed-up-over-new-delhi-all-hell-broke-loose-and-everyone-just-lost-it-249936.html

http://www.newindianexpress.com/nation/UFO-Pakistans-Ploy-to-Test-Reflex/2016/01/28/article3248646.ece
http://www.inquisitr.com/2742714/indias-roswell-air-force-shoots-down-ufo-over-rajasthan-officials-say-may-have-been-weather-balloon-video/#XWQ6rF5kiBA9DtTk.99
http://www.jagran.com/news/national-iaf-fighter-shoots-down-suspicious-object-in-rajasthan-13499734.html
https://www.youtube.com/watch?v=4RRvxxayRGw
https://www.youtube.com/watch?v=BqNoKD3qHqE
https://www.youtube.com/watch?v=I7aPC6XjyRQ
https://www.youtube.com/watch?v=TNQDOYI-xy8
https://www.youtube.com/watch?v=VTmVGNJ2hmA
https://www.youtube.com/watch?v=bkKU-TYRenw
Comentários