18 de novembro de 2015

O Estranho Caso da Boneca que "Chora" no Cemitério de Chañar, na Argentina

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:

.
Por Marco Faustino

É praticamente inevitável. Sempre nos deparamos com algum assunto paranormal ou no mínimo estranho relacionado a bonecas. Este caso que iremos comentar daqui a pouco não é diferente, pois envolve uma única boneca que está colocada em túmulo, fechada por uma porta de vidro com cadeado, cercada de tantas outras bonecas e até mesmo bichinhos de pelúcia. Entretanto, os moradores de uma cidade chamada Chañar, na Argentina, estão um tanto quanto envolvidos emocionalmente diante do que eles consideram como algo sem explicação. Essas bonecas e bichinhos de pelúcia foram colocados, não se sabe quando, em frente ao túmulo de uma bebê, que faleceu há alguns anos. Isso parece ser uma prática comum, visto que túmulos adjacentes também possuem um certo carinho e cuidado especial, provavelmente também de outros bebês ou crianças.

A mídia argentina divulgou fervorosamente esse caso, que surgiu no início desse mês, sendo que é exatamente sobre isso que vamos tentar trazer um pouco mais de conteúdo. Digo isso porque a maioria das notícias que encontrei praticamente são um resumo ou simplesmente cópias de outras. Vamos saber mais sobre o assunto?

De acordo com o último censo realizado em 2010, a cidade de Chañar possui cerca de pouco menos de 1.000 habitantes. A cidade fica localizada no de Departamento General Belgrano, na província de La Rioja, na Argentina, e aproximadamente a 950km de distância da capital, Buenos Aires. Como vocês podem perceber é uma cidade bem pequena mesmo. No entanto, ela seria o foco das atenções no início desse mês por um motivo um tanto quanto estranho: uma boneca que chora em um cemitério local de La Rioja, que fica a cerca de 1,5km de Chañar.

Imagem do Google Maps mostrando a distância entre a cidade de Chañar e Buenos Aires, capital da Argentina
Quem realizou a melhor matéria sobre o assunto foi um site argentino chamado "El Caudillo Digital", através de uma divisão do jornalismo deles chamada "INFO3", que foi até a cidade e conversou com um cidadão chamado Marcelo Díaz, da Rádio Ritmo FM 93.1 Mhz, que por sua vez forneceu maiores detalhes sobre a boneca, uma vez que a repercussão sobre o caso foi gerada justamente, porque fotos começaram a viralizar através das redes sociais, muito provavelmente pelo Facebook ou Twitter.

Como dissemos anteriormente, essa boneca se encontra dentro do túmulo, fechado por um vidro, como uma espécie de adorno ao próprio túmulo de uma bebê que faleceu há mais de 10 anos. A notícia então gerou um grande impacto em toda a província de La Rioja.

Foto da boneca que supostamente chora em um cemitério local de La Rioja,
que fica a cerca de 1,5km da cidade de Chañar.
Durante a entrevista Marcelo começou a narrar como a notícia se espalhou na cidade, uma vez que um dos moradores ouviu um estranho choro de um bebê no cemitério, e foi atrás de onde estaria vindo o som. Foi nesse momento que ele percebeu que vinha do túmulo de onde estava a tal boneca.

"Algo paranormal ocorreu. Isso vem acontecendo há uma semana no cemitério local, que fica a 1,5km de Chañar.... Devido aos pedidos dos moradores, eu fui até o túmulo de uma bebê que morreu cerca de 10 anos atrás. Pelo que tenho conhecimento, ela morreu entre 20 e 30 dias de vida, e por morte natural", disse Marcelo.

Imagem detalhando o que seria uma lágrima escorrendo
do olho esquerdo da boneca
"... Na semana passada, um morador me disse que tinha ouvido um bebê chorando. Era um choro bem agudo, bem agudo mesmo. Ele seguiu esse choro até chegar nesse túmulo onde há alguns bonecos. Uma das bonecas, que foi justamente a propagada pelas redes sociais, possui lágrimas", continuou.

Marcelo Diaz inclusive chegou a comentar que a boneca já estaria supostamente chorando há alguns dias.

"Consegui ir até o local e pude constatar que havia uma lágrima no olho direito, e do olho esquerdo escorria uma lágrima pelo seu rosto. Se você observar atentamente a boneca, poderá ver que já tinham escorrido lágrimas em dias anteriores, uma vez que foi deixada uma marca na bochecha da boneca. Estamos todos surpresos, porque é a primeira vez que isso aconteceu na nossa região. Quando eu fui, havia mais 15 ou 20 pessoas que também viram isso, logo posso atestar o que vi", prosseguiu.

No local onde está a boneca, é possível ver outros bichos de pelúcias e também outras bonecas. Quando foi perguntado se algum outro brinquedo teria algum comportamento incomum, Diaz respondeu que existia outra boneca, que segundo alguns moradores, teria um comportamento um tanto quanto "sobrenatural".

"A boneca que está atrás de uma outra maior, que possui um rosto manchado, dizem que em certas vezes que você olha para ela, ela possui um olhar um tanto quanto intimidador. Já em outros momentos é como se ela olhasse para você, te deixando com medo só pelo olhar", completou.

Segundo moradores, uma outra boneca possui um comportamento um tanto quanto pararnomal, devido ao seu olhar sombrio.
Entretanto, vendo as fotos que foram tiradas por diversas pessoas, é possivel notar que pode se tratar apenas do ângulo
em que a pessoa estiver olhando para a boneca, não é mesmo?
"Estou nesse ramo do jornalismo há 14 anos. Sempre se escuta algo, lê uma notícia, vê uma imagem de algo que sempre está bem distante de nós, e ter vindo aqui ver essa imagem, assim como os demais moradores, me deixou comovido", finalizou Marcelo. Veja a entrevista e a matéria feita pelo INFO3 (em espanhol):



Entretanto, aquela boneca é a única que aparentemente chora. Os morador que chegou até aquele túmulo, por ter seguido o som de um choro de um bebê, não afirma ou diz explicitamente que o choro seria daquela boneca. Tudo o que pode ser visto são as supostas "lágrimas" nos olhos dela.

Segundo o site "El Caudillo Digital", quanto as possíveis razões para explicar essas mesmas "lágrimas", muitos diziam que a boneca poderia ter sido deixada ao ar livre, e as tais lágrimas seriam das chuvas que caíram entre o fim de outubro e começo de novembro, porém a boneca é protegida por um vidro e nenhuma outra boneca ou pelúcia aparenta estar úmida ou com "lágrimas" nos olhos.

Em relação ao choro que foi escutado no cemitério, alguns levantaram a hipótese que poderia ser alguma boneca que funcionasse a pilha. Entretanto, de acordo com o Marcelo Diaz, o local onde a boneca se encontra seria aparentemente bem pouco frequentado, mesmo que família da bebê, que faleceu há mais de uma década, ainda resida em Chañar. Ainda segundo o site, a polícia estaria aguardando uma autorização da família para que pudesse abrir o túmulo, que está protegido por um vidro, para que pudesse retirar a boneca e verificassem do que realmente se tratava.

Sinceramente esse é um caso bem estranho. Será que alguém abriu a parte de vidro e pingou alguma substância nos olhos da boneca? Seria devido a decomposição de algum material dos olhos da boneca, que devido a ação do tempo começou a "derreter"? Também notei no vídeo que o cadeado que fecha a parte de vidro, está com a aparência de novo, considerando um túmulo, que segundo Marcelo Diaz, é bem pouco frequentado, sendo que, pelo menos aquele local, aparenta estar limpo e conservado. Bem suspeito, não acham?

Enfim, fato é que não houve mais nenhuma notícia sobre esse assunto desde o início do mês, e não acredito que será feita qualquer tipo de análise. Entretanto, caso apareça alguma coisa nesse sentido, deixaremos vocês atualizados através desta postagem, combinado?

Até a próxima, Assombrados!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://elcaudillodigital.com.ar/increible-caso-de-muneca-que-llora-en-chanar/
http://www.quepasasalta.com.ar/noticias/mundo-bizarro_16/conmocion-en-la-rioja-una-muneca-llora-en-la-tumba-su-madre-una-nena-fallecida_130248
http://blogs.tn.com.ar/creeroreventar/2015/11/04/la_rioja_terror_por_una_muneca_que_llora_en_la_tumba_de_una_nena/
http://www.cronica.com.ar/article/details/46750/conmocion-por-muneca-que-llora-sobre-tumba-de-nena
http://www.fenix951.com.ar/nuevo_2013/noticia.php?id=47990

https://www.youtube.com/watch?v=VUacbPdTkoQ
Comentários