11 de outubro de 2015

Robert: O Boneco Maldito de Key West

Boneco a mais de 100 anos assusta os americanos. História diz que ele tem feitiço Vodú e tem vida própria. Em exposição hoje em um museu, serviu de inspiração para o boneco Chucky, do filme Brinquedo Assassino.
.
Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes
.
Em homenagem ao Dia das Crianças finalmente trago o post e o vídeo sobre o boneco Robert!

Key West, Florida, EUA. Uma criança de dez anos acorda no meio da noite e encontra um de seus mais queridos companheiros diurnos, um boneco de pano, olhando para ele do pé de sua cama. Há algo anti-natural nos seus olhos de vidro, no seu rosto inexpressivo.

A criança, por nenhuma razão que possa entender, fica paralisada de medo. Do outro lado da casa, a mãe é despertada pelos gritos de seu filho e os sons de móveis sendo derrubados. Ela corre ao seu quarto, em pânico, para encontrar a porta trancada. Do outro lado da porta, ela pode ouvir os sons de caos e risadas, cortadas apenas pelos gritos de seu filho chamando por ela, pedindo por socorro.

Quando finalmente ela arromba a porta, encontra seu filho ainda encolhido, o quarto completamente destruído e um boneco de pano sentado placidamente ao pé da sua cama. "Robert fez isso", diz o menino em um sussurro trêmulo.

Não é incomum que crianças tenham amigos imaginários e não são poucas as vezes que uma criança travessa põe a culpa de algum erro ou alguma presença espectral, em seu brinquedo favorito, e os pais logo classificam à criança como sendo de imaginação fértil.

Mas o que acontece quando um brinquedo começa a atormentar à criança e aterrorizar qualquer um que viva na casa? Tal é o estranho caso de Robert, o boneco assombrado de Key West, Florida. 

Um Presente Amaldiçoado

Robert "Gene" Otto
A construção agora conhecida como "The Artist House" foi construída em 1898 pelo Sr. e Sra Thomas Otto. Segundo muitos registros, eles eram abastados, mas abusivos com relação aos seus empregados.

Uma jovem servente jamaicana, que havia sido gravemente maltratada e aparentemente hábil nas artes do Vodu, presenteou ao seu filho, Robert "Gene" Otto em 1906, um boneco de pano costurado a mão de aproximadamente 1 metro de altura, para que fosse seu companheiro e amigo por toda a sua infância. Este tipo de encantamento de algumas práticas vodu, envolveriam um pequeno cristal colocado em um objeto, impregnando-o assim com a energia roubada da alma do dono.

Na época que o boneco foi presenteado ao menino, sua irmã havia morrido recentemente, e ele estava muito impressionável. Gene tomou imediatamente o boneco e deu-lhe o seu primeiro nome, Robert, e exigiu que a partir daquele dia, ele deveria ser chamado de Eugene, quem levava o brinquedo a todos os lugares. Dizem que os pais muitas vezes ouviam ele lá em cima conversando com o boneco e respondendo com uma voz completamente diferente.

Coisas Estranhas Começam a Acontecer

Mas coisas estranhas começaram a ocorrer como infortúnios que começaram a recair sobre a família, e sempre Gene aparecia segurando Robert com sua roupa branca de marinheiro e declarando: "Robert fez isso.", enquanto que, aos olhos de quem estava de fora, seria obra de uma criança indisciplinada, os amigos íntimos da família concordavam que, de fato, o boneco era de alguma forma culpado. Muitos diziam ouvir risos vindo do brinquedo ou tendo um vislumbre dele correndo os degraus ou ainda, olhando para eles da janela da sala.

Enquanto a maioria das crianças tendem a superar os amigos imaginários, o domínio de Robert sobre Gene era forte. Eventualmente, ficou evidente para todos os que viviam na casa, que algo não estava certo com aquele boneco. Mais preocupante ainda foram os acontecimentos inexplicáveis ​​que começaram a ocorrer:

- copos e talheres jogados sobre a sala de jantar
- empregados eram trancados à chave durante suas rondas noturnas
- roupas apareciam rasgadas
- camas dos quartos de hóspedes movidas de lugar, com seus lençóis amassados e jogados no chão.
- outros brinquedos queridos pertencentes ao jovem Gene, começaram a aparecer brutalmente mutilados e enquanto das profundezas da noite, ouvia-se o som de risadas.

Certa vez, uma tia de Gene, que estava em visita por alguns dias e viveu esses terrores, sugeriu que o boneco fosse trancado no sótão. Naquela mesma noite, a tia de Gene foi encontrada morta em sua cama, aparentemente de um ataque cardíaco.

Robert ganha um Quarto

The Artist House, a casa de Robert
Quando seus pais morreram e Gene herdou a casa, Robert foi redescoberto no sótão onde havia sido trancado anos atrás pelo pai do menino. Desde o momento em que Gene, agora adulto, pousou os olhos novamente sobre ele, a influência de Robert podia ser sentida. Sua esposa Anne, achou aquilo inquietante, insistindo que ela havia visto a expressão do rosto do boneco mudar, mas Gene não lhe deu ouvidos naquele momento. Quando ela trancou o boneco de volta no sótão, Gene entrou em fúria, vociferando que Robert precisava de um quarto próprio seu, de onde ele pudesse ver a rua. Não demorou muito para que sua sanidade fosse colocada em questão.

Gene mandou que artesões construíssem uma sala com dimensões para o tamanho de Robert, na terceira torre de sua casa de estilo vitoriano, e ainda haviam móveis construídos com os limites máximos reduzidos.

Gene se recusou a permitir que as pessoas visitassem o boneco e por boas razões. Crianças a caminho da escola para casa (e muitos foram entrevistados - sempre com os mesmos resultados) afirmavam terem visto Robert se movimentar nas janelas no andar de cima encarando-as mesmo quando ninguém estava em casa, e em algumas ocasiões, teriam avistado ele saltando da janela do seu quarto para passar para a outra do lado oposto.


Algum tempo e muitos acontecimentos inexplicáveis depois, Gene teve o suficiente e decidiu colocar Robert no sótão. Robert, ao que parecia, tinha outros planos. As visitas podia ouvir algo andando para trás e para a frente no sótão, embora ninguém estivesse lá em cima, e várias vezes risadas demoníacas irrompiam nas noites calmas.

Mesmo outros cidadãos de Key West haviam ouvido falar sobre Robert e seus maus hábitos. Gene, que insistia em dizer que Robert estava no sótão, ficou bastante surpreso ao encontrá-lo na cadeira de balanço perto da janela da sala da torre. Ele pegou o boneco e levou-o de volta ao sótão, apenas para encontrá-lo novamente na cadeira de balanço, quando voltou para baixo.

Gene envelheceu e tornou-se cada vez mais abusivo com sua esposa Anne, e descobriu-se que em muitas ocasiões, ele trancou-a em um armário sob o quarto de Robert por vários dias seguidos. Ficava colérico de repente apenas para voltar ao normal como se nada tivesse acontecido, culpando Robert pelos incidentes.

A Morte de Eugene e Anne


Após a morte de Gene e o enterro no cemitério Key West  em 1974, Anne foi viver na casa da família em Boston e colocou a casa para ser alugada.

Mas antes de ir, ela deixou Robert trancado em seu quarto lá em cima e colocou no contrato de locação que "Robert deveria sempre permanecer como único ocupante do quarto do sótão", ou o contrato seria anulado. Esta cláusula foi mantida até a sua morte em 1976. 

Com a morte dos dois, muitos pensaram que fosse o fim de Robert, mas o mal, porém, nunca morre...

Uma Nova Família é Atormentada na Casa

Robert esperou pacientemente até que outra família comprasse a casa. Quando sua menina, que tinha apenas 10 anos de idade na época encontrou Robert no sótão, ela imediatamente reclamou a sua posse para logo saber que havia desencadeado um tenebroso inferno sobre si mesma. Ela alegou que o boneco a torturava e agora, mais de trinta anos depois, ela afirma firmemente que o boneco estava vivo e queria matá-la. Ela ainda segue profundamente traumatizada. Naquele mesmo tempo, incomodados com às afirmações da menina, os ocupantes da casa trancaram o boneco em um baú no sótão.

Enquanto histórias assombradas de bonecas não são incomuns, o caso de Robert é o único que muitos afirmam ter testemunhado o seu mal em primeira mão. Os visitantes que viram ele, afirmam ter testemunhado sua expressão transformando-se em um sorriso ameaçador, e um encanador uma vez fugiu da casa alegando ter ouvido uma rizadinha vinda do brinquedo.



Seu novo Lar, um Museu

Depois de muitos anos, Robert finalmente foi redescoberto em um depósito no East Martello Museum e devido à demanda popular, foi colocado em exposição. Muitas pessoas têm especulado que Robert perdeu suas energias enquanto ele ficou preso no baú por todos aqueles anos, no entanto, agora que ele mais uma vez tem contato com humanos, ele estaria drenando energia.  

Curadores do museu relatam que Robert sempre muda de posição durante a noite mesmo que ele esteja trancado atrás do vidro de uma caixa dentro do museu de tijolos com portas de madeira fechadas de três polegadas e barras nas janelas. 

Robert ainda veste a sua roupa de marinheiro branca e segura seu leão de pelúcia e teria feito também, muitas brincadeiras de mau gosto com aqueles que cuidam dele. Um empregado do Museu certa vez limpou Robert e foi embora trancando as portas atrás e desligando as luzes antes de ir. Quando ele chegou no dia seguinte, várias luzes, incluindo uma perto da caixa de Robert, estavam acesas e Robert estava colocado de forma diferente de quando o empregado viu ele pela última. Mais estranho ainda, é que as solas dos sapatos de Robert estavam revestidas de poeira fresca, como se ele tivesse andado pelo Museu. 

Ainda por cima, os funcionários relatam ouvir o som de alguém batendo no vidro, quando passam pela caixa de vidro onde Robert se encontra. Quando eles se voltam para olhar, eles vêem a mão de Robert pressionada contra o vidro.

Museu de Martello em Key West
Hoje, Robert vive confortavelmente, embora bem guardado, no Museu de Martello em Key West. Os visitantes são bem-vindos para vê-lo, apesar de tirar fotos tem provado ser uma tarefa difícil. Câmeras tendem a parar de funcionar quando apontam para o boneco, apenas para reiniciar o seu funcionamento normal, fora dos muros do Museu.

Dizem que, se um visitante quer tomar uma foto do boneco, deve primeiro pedir educadamente a sua permissão; aqueles que não fazem isso, afirmam que a foto aparece borrada e que Robert aparece com a cabeça em posições estranhas na imagem. 

Embora Robert esteja disponível para receber visitantes durante todo o ano, o melhor momento de visitá-lo, uma prática recomendada e seguida pela equipe do Museu, é durante o mês de outubro.

Durante um mês, Robert é tirado do Museu Martello e ocupa a histórica casa da alfândega alguns quarteirões abaixo. É durante esta época do ano em que ele estaria mais ativo, e os funcionários sempre deixam um saco de balas de menta para persuadi-lo a se comportar. Eles juram que sempre há menos doces na manhã seguinte.

Robert foi exibido na Taps CON, uma convenção paranormal realizada em Clearwater, Florida, em maio de 2008. Esta foi a primeira vez que ele deixou Key West em seus, naquele momento,104 anos de existência.



.
Inspiração para o Boneco Chuck de Brinquedo Assassino

Em 1988 estreou nos cinemas o filme Brinquedo Assassino, com a seguinte sinopse:

Um serial killer é morto em um tiroteio com a polícia, mas antes de morrer utiliza seus conhecimentos de vodu e transfere sua alma para um boneco. Um menino ganha exatamente este brinquedo como presente da sua mãe. O menino tenta alertar que o boneco está vivo, mas sua mãe e um detetive da polícia só acreditam nele após o brinquedo ter feito várias vítimas. Mas o boneco está realmente interessado é no garoto, pois só no corpo dele poderá continuar vivo, e isto coloca a criança em grande perigo.

O boneco do filme chama Chuck e o boneco Robert e sua história foi a inspiração para ele.

O filme fez enorme sucesso e gerou algumas sequências, como Seguido por Brinquedo Assassino 2 (1990), Brinquedo Assassino 3 (1992), A Noiva de Chucky (1997) e O Filho de Chucky (2004).

Tradução/Adaptação: rusmea & Mateus Fornazari

Fontes (acessadas em 10/10/2015):
- Wikipedia.en: Robert (doll)
- AstralPulse: Soul Stones and Haunted Dolls? -Story of Robert
- Haunted American Tour: A HAUNTED KEY WEST GHOST STORY
- WeirdUs.com: Robert – Key West’s Living Doll
- Wikipedia.pt: Key West (Flórida)
- Megacurioso: Conheça Robert, o boneco possuído que assombra os americanos há 100 anos
- ObservatoriodoCinema: Robert the Doll | Sai o trailer do filme sobre boneco que inspirou Chucky
Comentários