25 de setembro de 2015

Usuários do Google Maps Encontram Um Suposto "Demônio" Em Florianópolis, Brasil

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:

.
Por Marco Faustino

Não é de hoje que muitas pessoas encontram situações inusitadas ou cenas no mínimo curiosas no Google Maps ou no Google Earth. Com a expansão dos serviços de mapeamento global, que inclusive geram problemas em relação a privacidade com governos, principalmente na Europa, temos praticamente um "Big Brother" ao alcance de qualquer um. Isso faz com que cada vez mais se procure por algo ainda inexplorado, muitas vezes para chamar a descoberta de sua, e eventualmente gerar um viral que na maioria das vezes resulte em benefícios financeiros.

Quem não se lembra de Charlie Charlie? Inclusive um vídeo recentemente publicado por uma irlandesa sobre uma suposta "atividade paranormal" foi amplamente massacrado por milhares de pessoas que viram "fios de nylon", que seriam utilizados para abrir portas de armários e puxar um balde vermelho. Virais estão ao nosso redor a todo momento e não precisam ser necessariamente paranormais. Podem variar desde uma feição aparentando culpa de um cachorro até uma simples risada de bebê.

De qualquer forma vamos comentar hoje sobre algo que nos enviaram em diversos emails e inclusive pelo usuário chamado Felipe Manganelli que também citou isso em um comentário no Youtube, em um vídeo publicado ontem, sobre o suposto "demônio" ou "fantasma" do Google Maps, em Florianópolis. Vamos saber mais sobre esse assunto?

Como Toda Essa História Começou

Vamos voltar um pouco no tempo, mais precisamente no dia 22 de julho deste ano. Neste dia o usuário do Twitter, que se identifica como Mike Pod (@MIKEPCra), morador da cidade de San Luis Potosí, no México, postou que ele havia encontrado uma "estranha imagem" no Google Maps, aqui no Brasil.

Tweet do usuário Mike Pod em sua conta no Twitter no dia 22 de julho deste ano
O usuário também publicou essa informação em sua página no Facebook chamada "Club de Fans de Cita Con El Mas Alla", que é dedicada a publicações sobre assuntos sobrenaturais ou paranormais, inaugurada em outubro de 2011. Além disso, ele também gravou um vídeo demonstrando como chegar até o suposto "fantasma" ou "demônio" através do Google Maps.

O assunto em si parece que não teve nenhuma repercussão, porque o vídeo até o presente momento teve apenas pouco mais de 300 visualizações e apenas 3 pessoas curtiram a postagem realizada em sua página no Facebook. No dia seguinte, talvez em uma tentativa de viralizar ou não o assunto, isso foi postado no site do Taringa por uma pessoa que se identifica como "John Powell", supostamente cidadão uruguaio.

Publicação na página Club de Fans de Cita Con El Mas Alla
divulgando o vídeo no Youtube onde apareceria o suposto "fantasma"
Assim como no vídeo do "Mike Pod", o tal "John Powell" também foca em um estabelecimento chamado "Barbearia Tradicional", dando a entender que seria onde o "fantasma" seria encontrado.

Vale ressaltar, que segundo ambos, aparece uma "área censurada" no mapa. Veja bem, segundo eles isso seria uma tentativa do Google de esconder alguma coisa na região.

A postagem do Taringa então começa a ganhar contornos extremamente dramáticos. Para que tenham uma noção maior, vamos traduzir o trecho principal dessa "matéria" publicada no Taringa. Confira abaixo:

"Sabemos que existem alguns espaços censurados no Google Maps... Geralmente são associados com usinas nucleares, lugares em que o público não deve ter acesso por uma questão de segurança global, placas de veículos e coisas que não devem ser legalmente exibidas. Porém, qual motivo desta censura? O que significa isso? Ninguém sabe, mas podemos ampliar e ver que é apenas um comércio da região. Por que censurar um simples comércio?

Afirmam que nesta imagem, se localiza um ponto paralelo para um lugar escondido no Google Earth. Um espaço que nada se assemelha a um mapa comum. Muitos dizem que é um portal para outra dimensão, que é conectado através desta imagem por fenômenos paranormais, e que há mais dessas imagens que podem ter características semelhantes. Outros dizem que é apenas um erro do Google, que não tem nenhuma relação com o sobrenatural.

O que você precisa fazer para chegar a essa 'Dimensão Desconhecida' é apenas clicar na área censurada. Talvez você precise de mais de uma tentativa... Entretanto, um simples clique em qualquer lugar da imagem, levará você a este lugar"



Mesmo que você acredite no sobrenatural, soa inacreditável ler uma coisa dessas. E acredite, da forma com que está escrito no espanhol, soa ainda mais sensacionalista. Para completar o "John Powell" ainda diz que o que é exibido na tela "parece com uma pessoa olhando para nós, de uma forma muito fria e obscura. Dizem que é um demônio, fantasma ou algo assim".

Aparentemente desde o final de julho não se comentava muito sobre isso e não encontramos nenhuma publicação brasileira sobre esse assunto. Quer dizer, não até o dia de ontem (24).

O usuário Felipe Manganelli comentou sobre este assunto, em um vídeo nosso publicado ontem no Youtube, onde dizíamos a verdade sobre o "peixe mutante de Fukushima". Ele nos alertou para um blog chamado "Ah Negão!", que diz ser um blog que hoje se destaca pelo humor nonsense. Ainda é dito que nada do que é publicado no mesmo deve ser levado a sério.

O título da postagem é: "O demônio misterioso de Florianópolis" (podem acessar). Inclusive é fornecido um passo a passo de como encontrar o suposto demônio "que se esconde uma espécie de limbo mal assombrado", mais precisamente na Rua Prefeito Osmar Cunha. É justamente sobre isso que vamos desmistificar a seguir.

A Verdade Sobre O "Demônio Misterioso de Florianópolis"


A Rua Prefeito Osmar Cunha localiza-se no centro de Florianópolis, e como consequência natural é uma rua predominantemente comercial. Até então não tem nada demais nessa situação, muito embora cada cidade do Brasil tenha suas lendas urbanas e suas casas supostamente assombradas.

Resolvi então verificar desde a primeira informação, que o "fantasma" ou "demônio" aparece na parte censurada ao lado do estabelecimento chamado "Barbearia Tradicional", indo até a informação do blog de humor, que diz para a pessoa arrastar o "boneco do Street View" em cima do nome "Osmar". Em ambos os casos realmente aparece uma espécie de vulto na tela, mas será mesmo que acontece somente nesses pontos?

O que descobri é que se você andar pela rua, através é claro do Google Street View, a partir do ínicio da Rua Prefeito Osmar Cunha, que praticamente é uma extensão da rua Deodoro, existe uma perfeita imagem do comércio até o cruzamento da Rua Prefeito Osmar Cunha com a Rua Deputado Leoberto Leal. Após isso, a imagem fica completamente preta. Em praticamente qualquer ponto da rua não existe vulto algum, isso porque eu segui pela faixa da direita, sentido de quem está subindo a rua.

Imagens totalmente escurecidas do trecho entre a Rua Deputado Leoberto Leal e a Avenida Rio Branco,
subindo pela Rua Prefeito Osmar Cunha, na faixa da direita
A imagem fica preta até aproximadamente o nº 452. Aliás, é exatamente esse número que aparece inicialmente no vídeo publicado pelo usuário "Mike Pod". Depois desse número, a imagem retorna novamente até o finalzinho da rua, por volta do nº 524. Daí em diante você pode seguir para qualquer outra direção e continuar apreciando as ruas da bela cidade de Florianópolis.

A parte mais curiosa vem justamente quando vamos descer a rua, novamente pelo sentido do trânsito, na faixa da direita. Na altura da "Barbearia Tradicional" e também do prédio do Senac, bem próximo do cruzamento da Avenida Rio Branco, é que começa a história do tal "fantasma" ou "demônio", como preferirem. Desse ponto em diante, até chegar ao cruzamento com a Rua Deputado Leoberto Leal, a imagem que antes era totalmente escura, começa a ter uma espécie de vulto, que muito se assemelha a um rosto. Também possui o que seria uma espécie de manto e duas partes alongadas que poderiam ser consideradas, eventualmente, como braços.

Imagens do Google Street View apontando o nº470 e nº436 (imagens superiores da esquerda para direita),
e o números 386 e 226 (imagens inferiores da esqueda para direita) da Rua Prefeito Osmar Cunha
Basicamente tudo o que se dizia antes, tentando dizer que um local específico encontrava-se uma espécie de dimensão paralela ou limbo, já não é tão verdade assim. Se fosse algo sobrenatural, passaria então a ser sobre uma parte da rua compreendida entre a Avenida Rio Branco e Rua Deputado Leoberto Leal.

Entretanto, o que não é dito para você, talvez por falta de conhecimento de quem gerou a especulação sobre algo sobrenatural, é um recurso do próprio Google Street View, que te permite ver o histórico de imagens relacionadas ao lugar que você está. No trecho que acabamos de comentar só existem imagens de outubro de 2013 e junho de 2011. Somente as imagens de outubro de 2013 são afetadas. Confira:

Imagem de junho de 2011 (à esquerda) em relação a imagem de outubro de 2013 (à direita)
Você pode dizer, é claro, que se passaram dois anos, muita coisa pode ter acontecido desde então. Nem mesmo a imagem acima mostra o nº 452, que supostamente seria assombrado. O que também não foi dito a você é que sequer a "Barbearia Tradicional" é o nº 452 da rua, e sim o nº 472. E mesmo assim, o Google Street View tem uma imagem de novembro de 2013 (apenas um mês depois) justamente desse ponto. Confira:

Imagem do nº 452 em novembro de 2013 (acima) em relação a imagem do Google Street View um mês antes (abaixo)
Infelizmente o Google Street View não tem imagens atualizadas do trecho entre a Avenida Rio Branco e Rua Deputado Leoberto Leal. Somente disponibiliza ou registrou imagens em junho de 2011 e outubro de 2013. De qualquer forma isso não passa de um erro do Google Street View, dentre tantos que já tivemos no passado, e que comentaremos um pouco sobre eles mais adiante. Você pode até ver, assim como eu também vejo um rosto e o também o que poderiam ser braços, mas isso não passa de pareidolia.

A pareidolia é o fenômeno piscológico mais comum. Justamente aquele em que vemos rostos em tomadas, em montanhas, nuvens, na madeira de uma porta, entre outros casos. Existem até alguns bem impressionantes em exames de ultrassom, em que os familiares veem o rosto de entes queridos que já se foram e que eram muito amados em vida. Sinceramente prefiro acreditar no sobrenatural em exames de ultrassom, onde existe uma carga emocional tão singela e nobre, do que realmente creer que um demônio foi registrado pelas câmeras do Google Street View naquele trecho da Rua Prefeito Osmar Cunha.

Você pode acreditar realmente que exista ali um demônio e tenha certeza que não vou achar você uma pessoa insana por isso. É seu direito acreditar, e sempre vou defender que você tenha esse direito. Da mesma forma como é minha responsabilidade ao assumir esta matéria de informar a você o que existe realmente ao nosso redor e sobre os detalhes deste caso.

Você ainda pode perguntar sobre a censura naquele local que antecede a "aparição do demônio". O que talvez as pessoas não saibam é que o próprio Google possui um software que censura, "embaçando" a imagem (conhecido como efeito "blur") automaticamente quando detecta rostos de pessoas, placas de veículos entre outros itens. Além, é claro, sob requisições governamentais ou quando a região geralmente é militarizada ou "secreta". Isso não quer dizer que exista algum segredo na Rua Prefeito Osmar Cunha, pelo contrário, é apenas uma falha no processo de geração de imagens entre milhões de ruas que existem no mundo.

Casos Famosos Que Aconteceram No Passado


Um dos casos mais famosos já divulgados em relação ao Google Street View, aconteceu em dezembro de 2011, quando um usuário no fórum 4chan (o mesmo que se originou a divulgação do Cicada 3301) publicou o que seria a imagem de um "estranho ser" na varanda de uma casa na cidade de Nancy, na França.

O endereço era "8 Rue Docteur Grandjean, 54000 Nancy, France". Naquela época a descoberta fez muito sucesso e logo viralizou ao redor do mundo. Esta era a imagem que todos divulgavam:

Imagem do Google Street View divulgada no fórum 4chan em dezembro de 2011
Bem estranho, não é mesmo? O que era bem estranho para muitos, piorou um pouco mais, pois depois de um certo tempo, o "ser" apareceu censurado. Aparecia somente um borrão nessa cena e muitos teóricos da conspiração disseram que o Google queria esconder alguma coisa de nós.

A explicação para o borrão nessa imagem é a mesma que foi fornecida anteriormente, pois esse software do Google passa por constantes atualizações em busca de aprimorá-lo, mas nem sempre esse aprimoramento tem um resultado positivo e pode acontecer coisas assim. Também imagino o que é para alguém que mora no interior da França, ver sua casa sendo divulgada para o mundo inteiro como um local sobrenatural.

Imagem atual do mesmo local de maio deste ano
Fato é que o tal "ser", na verdade é apenas uma estátua de madeira do estilo Tiki. Consultando o histórico do Google Street View, podemos notar que a estátua foi removida em algum ponto entre abril de 2011 e julho de 2013. Confira alguns modelos dessa estátua:

Estátuas do estilo Tiki que seriam parecidas com o modelo que estava na varanda de uma casa em Nancy, na França
Um pouco antes desse caso, tinha acontecido outro, por volta do mês de setembro daquele ano. Neste outro caso foi amplamente divulgado que um anjo e um demônio tinham sido vistos no céu, flutuando sobre nuvens, mais precisamente em uma rodovia da cidade de Quarten, na Suíça. As coordenadas eram: "47.110579,9.227568" (sem as aspas). Era possível ver, movendo a câmera para cima, o que seriam duas figuras, uma mais escura e outra mais clara no céu.

Imagem também divulgada em 2011 onde o Google Street View teria registrado a imagem de um "anjo" e um "demônio"
A imagem ficou extremamente famosa, assim como o caso da estátua do estilo Tiki da França, mas nunca teve uma explicação oficial. Muitos acreditavam que fosse um "demônio" ao lado de um "anjo", porém outros mais céticos acreditavam que a distorção teria sido causada por algum problema de renderização das imagens do próprio Google Street View, gerando a tão famosa pareidolia.

São inúmeros os casos de situações estranhas ou no mínimo inusitadas que são encontradas no Google Maps ou Google Street View, e passaríamos horas somente explicando os casos que já surgiram. Temos exemplos de supostos "aliens" sentados em cadeiras de praia, assim como temos cenas de sexo explícito e um suposto "assassinato" que também já teriam sido registrados.

Conforme dissemos no começo dessa matéria, o mundo passou a ser exposto a partir do momento que começou a ser amplamente mapeado pelo Google, e como estamos tratando de um sistema complexo de captura, registro e manutenção, o que vemos se torna sujeito a problemas técnicos. É claro que queremos buscar algo sobrenatural, mas nossa missão é sempre em busca da verdade, independentemente de nossas crenças.

Espero que vocês tenham gostado e caso alguém tente assustar vocês com o suposto "demônio de Florianópolis", ao menos você já está informado que não passa de um problema técnico do próprio Google Street View. Há muito mais para se desfrutar da beleza da ilha de Santa Catarina, do que ser assombrado por demônios gerados pelo Google, não é mesmo?

Até a próxima, Assombrados!

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://www.ahnegao.com.br/2015/09/o-demonio-misterioso-de-florianopolis.html
http://www.taringa.net/post/paranormal/18806485/Google-Earth-Otra-Vez-Inspirando-Terror-En-Sus-Mapas.html
http://www.youtube.com/watch?v=s4FU2FZ3KOw
https://twitter.com/MIKEPCra/status/624014681120862208

http://www.examiner.com/article/angels-appear-on-google-maps
http://www.strangerdimensions.com/2013/07/22/google-maps-anomalies-the-creepy-tiki-troll-of-nancy-france/
https://es-es.facebook.com/CLUBDEFANSDECITACONELMASALLA
Comentários