19 de setembro de 2015

Apenas Uma Lenda Ou Um Bando de Ladrões? Suposto Fantasma de "La Llorona" Assusta Moradores na Argentina


Por Marco Faustino
 
Aproveitando a última postagem, na qual comentamos sobre uma escola que seria assombrada por fantasmas, na Argentina, vamos falar de um outro caso, que envolveu uma outra cidade daquele mesmo país e também recentemente.

Nesta postagem vamos comentar sobre a suposta aparição de um fantasma chamado "La Llorona" ("A Chorona", em português), que é parte de uma história com raízes pré-colombianas, que surgiu inicialmente no México, sendo que é avistado na maior parte da América Latina das mais diversas formas. De acordo com o que se conta, a lenda refere-se ao fantasma de uma mulher assassinada ou que perdeu seus filhos, e assusta as pessoas com seu choro compulsivo e lamentos avassaladores.

Entretanto, apesar de possuir raízes no folclore latino, seus frutos podem ser bem mais mundanos.
Vamos saber mais sobre o assunto?

A cidade é San José del Rincón, localizada no departamento "La Capital", na província de Santa Fé, na Argentina. A localidade fica a cerca de 480km da capital argertina, Buenos Aires e conta com pouco mais de 10.000 habitantes segundo o último censo realizado em 2010. Foi declarada como cidade, através de lei, em 23 de maio de 2013, sendo que é uma das cidades favoritas entre os moradores da província de Santa Fé, que costumam visitá-la durante o verão e fins de semana.
Imagem do Google Maps apontando a distância entre a cidade de San José del Rincón e a capital argentina, Buenos Aires
Entretanto, no dia 10 de setembro deste ano, uma declaração do diretor executivo de Gestão e Controle da cidade, Rafael Ibáñez, veio a tona por meio de uma entrevista para um jornal chamado "Uno de Santa Fe" e também de um aviso publicado na página do Facebook relacionada a cidade. Ele alertou os moradores sobre a aparição da "La Llorona", o lendário fantasma de uma mulher que chora copiosamente.

"Preocupação Municipal sobre o surgimento de um personagem que está sendo agregado à paisagem de Rincon, La Llorona", destacava o comunicado.

Ele concedeu entrevista a imprensa dizendo que esse "fenômeno" causava muita apreensão nos moradores da cidade, ressaltando o trabalho em conjunto do sistema de monitoramento por câmeras e a polícia da região. Também comentou que no final de agosto, "La Llorona" também teria aterrorizado os moradores da cidade de San Carlos Centro, no departamento de Las Colonias, que fica a cerca de 70km de distância de San José del Rincón. Assim sendo, quase ao mesmo tempo, "La Llorona" havia chegado a cidade.

"La Llorona" já foi tema da série norte-americana "Grimm", no episódio nº 9 da 2ª temporada, que foi ao ar em outubro de 2012
Curiosamente a preocupação de Rafael Ibáñez não era bem com o sobrenatural.

"Embora não tenha sida registrada nenhuma denúncia formal, Ibáñez recomendou que os moradores ficassem alertas, pois poderia haver pessoas que se aproveitam desse personagem para cometer crimes de roubo ou de outra natureza", dizia o comunicado. Também foi dito que uma nova linha telefônica seria disponibilizada para agilizar e viabilizar a comunicação direta com a polícia.

Tendo uma das paisagens mais bonitas da região, a cidade de San José del Rincón havia perdido a tranquilidade de anos anteriores, onde basicamente era composta por casas de veraneio. Na mesma velocidade com que a cidade cresceu, aumentou também a insegurança.

De acordo com o jornal "Uno de Santa Fe", a polícia local estava investigando relatos de pessoas, especialmente dos trabalhadores de empresas na região, que trabalham em turnos durante a noite, sobre a aparição, supostamente de fantasmas femininos, que estariam os assustando com gritos desoladores. Os investigadores diziam acreditar que se tratavam na verdade de três pessoas, que se escondiam em meio a vegetação para assustar ou eventualmente cometer crimes.

Cena de um comercial venezuelano da Renault do ano de 2010.
Confira o vídeo no Youtube, clicando aqui.
Em uma matéria publicada na tarde de ontem (18), por Salomé Crespo, da rádio "El Litoral", temos uma noção melhor da situação em que se encontra a cidade em relação ao fantasma "La Llorona".

É dito que há 15 dias, "La Llorona" vem assustando os moradores da cidade, porém em tempos de tanta violência e insegurança que se vive atualmente, a lenda da mulher que surge a noite para lamentar a morte de seus filhos, não chega a ser tão impactante assim.

"Duas semanas atrás, rumores começaram a circular entre os moradores da região. Pouco tempo depois as pessoas começaram a ligar para a polícia dizendo que viram um determinado personagem. As ligações começavam após às 23h", declarou Rafael Ibáñez.

Alguns moradores diziam avistar uma mulher de pele branca e cabelos loiros. Já outros diziam que ela estava vestindo um manto negro ou era apenas um vulto escuro indeterminado. Uma coisa sempre tinham em comum, estavam sempre chorando.

Como Uma Suposta Lenda É Utilizada Para Cometer Crimes


Além de considerar a hipótese de pessoas que se aproveitaram da ideia para cometer crimes, Rafael Ibáñez comentou sobre uma possibilidade um tanto quanto interessante.

"Na última reunião do Conselho de Segurança, nós comentamos sobre a falta de telefones e também de policiais. Logo após a reunião, este personagem surgiu na cidade. Isso foi o que mais nos chamou atenção, e foi justamente a razão de nos apressarmos em investigar o quanto antes este caso", continuou.

Uma rua da periferia da cidade de San José del Rincón, onde é possível notar a falta de iluminação
Segundo Ibáñez, a polícia chegou a ir nos locais indicados pelos moradores, mas nunca encontraram nada. Ele ainda lembrou que no passado havia rumores sobre "La Llorona", e na mesma época em que ela apareceu, os crimes também aumentaram.

"Colocavam na rua o som de um bebê chorando ou de alguém pedindo ajuda. Quando as pessoas saíam de casa para ver o que estava acontecendo, ladrões entravam pelos fundos para roubar", completou.

Ibáñez destaca que a cidade possui características propícias para que tais equipamentos de som sejam utilizados. Existem muitas áreas descampadas, espaços abertos e a cidade também é bem arborizada. Coincidentemente o choro nunca fui escutado em localidades que são vigiadas por câmeras de segurança, e algumas vezes o choro era escutado em até cinco locais diferentes.

Ibáñez destaca que a cidade possui características propícias para que tais equipamentos de som sejam utilizados.
Existem muitas áreas descampadas, espaços abertos e a cidade também é bem arborizada.
"Faz dois ou três dias que a polícia não recebe mais ligações sobre isso, mas é um assunto que continuamos investigando, porque se algum trabalhador chegar em casa, vindo do trabalho às 3h da manhã, e for confundido com este personagem, podemos ter um problema sério", finalizou Rafael Ibáñez.

A lenda mexicana que explica a origem de "La Llorona", conta a história de uma mulher de origem indígena que tem um envolvimento amoroso com um homem de origem espanhola. Como fruto dessa relação, ela acaba tendo três filhos. Entretanto, ela começa a sofrer muito, pois o homem se nega a casar-se com ela. A mulher decide então afogar as crianças em um rio e logo em seguida se mata. Dessa forma ela passa a vagar pela terra chorando por ter matado seus próprios filhos e pelo seu amor perdido. Vale lembrar que essa é apenas uma das diversas versões que são contadas.

Acreditem ou não, mas essa história também era contada para fazer com as crianças mais agitadas ou que se comportavam mal durante o dia, ficassem quietas e dormissem a noite.

O Choro de "La Llorona" Supostamente Gravado Por Um Morador de San José del Rincón


Quando você pensa que nada mais pode se tornar interessante nessa história, eis que surge um estranho áudio supostamente gravado por um morador que não conseguia dormir a noite. Ele teria registrado o momento onde "La Llorona" inicia seu pranto na madrugada. Evidentemente não temos como confirmar a veracidade desse áudio, tão pouco dizer se foi mesmo registrado por um morador da cidade.

O áudio foi enviado pelo Whatsapp da Rádio "El Litoral" e disponibilizado na página deles. Para facilitar realizei uma cópia da gravação e fiz o upload no SoundCloud. Não recomendo que você não esse som de madrugada, pois pode te deixar um pouco impressionado e agoniado ao mesmo tempo. Clique aqui para escutá-lo.

Sendo verdade ou não, fato é que hoje em dia as lendas competem ferranhamente com a criminalidade. Na verdade, a onda de crimes cometidos pelos espanhóis na América Latina, durante décadas e séculos passados, só mudou de tom. Passou de um crime de exploração sexual a roubos de residências. Resta apenas saber como a lenda irá permanecer viva ao longo do tempo, pois o sofrimento, esse sim, sempre foi real.

Criação/Tradução/Adaptação: Marco Faustino

Fontes:
http://www.mdzol.com/nota/629764-municipio-advierte-sobre-la-aparicion-de-la-llorona/
http://www.elintransigente.com/santa-fe/2015/9/18/santa-alertan-aparicion-la-llorona-342972.html
http://www.clarin.com/policiales/municipio-alerta-apariciones-Llorona_0_1432657113.html
http://www.cadena3.com/contenido/2015/09/18/La-aparicion-de-la-llorona-atormenta-a-un-pueblo-151730.asp
http://www.ellitoral.com/index.php/id_um/119587-en-rincon-vinculan-a-la-llorona-con-los-hechos-de-inseguridad
Comentários