7 de maio de 2015

Minha História Assombrada: O Lobisomem da Laranjeira

Na verdade eu sempre odiei coisas de Terror, porém desde este fato por algum motivo comecei a dar mais importância, e hoje estou aqui, um grande fã do trabalho de vocês. Primeiramente, mesmo que eu não gostasse de nada de Terror eu sempre amei historias do Folclore, em especial o do Lobisomem, que percorre minha Família desde o tempo do meu bisavô.

Desde pequeno, minha mãe, meu pai, meu avô, meus tios, todo mundo sempre amou cães e Lobos, e por causa disso sempre tive um cachorro ao meu lado, por causa disso me tornei um grande fã da Historia do Lobisomem, tanto pelas historias que meu Bisavô já tinha "passado", ou minha mãe.

Foi horripilante, sempre quando eu lembro da imagem eu posso sentir um Calafrio percorrer toda a minha espinha, eu tinha apenas 14 anos, e como todo final de ano eu ia visitar minha Avó no Ceará. Ela morava em uma espécie de Sítio, afastado da Cidade, e por causa disso, eu podia desfrutar todos os anos das belezas da Natureza, muitas vezes eu até acampava. Mas o fato mais marcante, é que meu avô que já tinha falecido, teria feito um grande caminho inteiro para uma linda árvore de Laranjeira, e pelo menos 1 vez eu iria vê-la durante a viagem, desta vez mais velho, pude ir de bicicleta junto de meu primo para ver a Laranjeira, como toda mente adolescente, eu pensava que as historias sobre Lobisomens eram lorotas, e por estar saindo ao anoitecer, mais ou menos umas 19:30, minha vó brincou dizendo: "Cuidado, se o Lobo te pegar vai fazer picadinho".

Não vou mentir, eu acha legal e tudo, mas achava uma grande mentira, e sempre que alguém me contava uma historia sobre Lobo, eu sempre a achava mentirosa, mesmo não dizendo...Saindo pelo caminho, acompanhado por Cães da minha Avó, logo pude perceber uivos estranhos vindo dentro da mata que estaria ao redor do caminho, tenho que admitir, era horripilante aquele caminho, uma estrada de terra com Grama alta dos lados, eu sempre me cagava quando passava por ali de dia ou de noite (que era no caso), porém, infelizmente o meu primo arregou no meio do caminho, e decidiu voltar invés de me levar para a Laranjeira, por causa da "Raposa" que estaria matando galinhas por ali, poderia nos atacar se estivesse pela redondeza.

Afinal, eu era um garoto de cidade, mesmo sabendo que Raposa é perigosa eu achava que era de menos, poderia fugir de bicicleta, e continuei o caminho sozinho, com os fiéis Cachorros que me seguiam por toda parte, porém cada vez que a gente escutava um ruído, eles ficavam em alerta, e já perto do local, pude escutar muitas vacas mugindo, ovelhas correndo, ou coisa parecida, até cai da bicicleta ao ser surpreendido por uma ao sair do Mato, por causa disso eu fiquei com um pé atrás de ir na Laranjeira, e decidi voltar, porém os cães correram para a direção da Árvore, e eu não podia abandoná-los (Na verdade eu tava cagando de medo para voltar naquele escuridão).

Eu deixei a bicicleta caída, e entrei dentro do mato junto dos cachorros, porém quando eles viram uma espécie de criatura eles pararam imediatamente em alerta e com medo, e vendo um pouquinho a frente eu pude ver uma criatura humanoide, cheia de pelos pretos, estava de costas, parecia um Cachorro porém não tinha rabo, e além disso sua curvatura era muito maior, ele poderia até ficar em pé, comendo a Galinha eu pude ver a horripilante Criatura que estaria no local, se eu tivesse calmo até voltaria sem tentar fazer barulho, mas em completo pânico acabei gritando e caindo no chão, chamando a criatura, e a imagem dela ao virar era totalmente bizarro, a cara demoníaca, dentes afiadíssimos, e uma expressão desigual, os Cães estavam paralisados.

Poderia ser o efeito do sono, ou até alucinação, afinal fiquei pensando do caminho até o local da Criatura, porém não fiquei parado, entrei dentro do mato e corri, o bastante para não ver mais a criatura, nem a estrada, nem a casa de minha Avó, fiquei perdido por mais ou menos 1 hora, até encontrar os cães que ainda estavam horrorizados.
  Contei pra todo mundo, mas ninguém acredita, porém muitos cidadões falaram que viram essa mesma criatura pelos matos, e perto da Laranjeira, foi possível encontrar uma marca de garra que não se encaixava com nada, além de que os cães que me seguiram nunca mais chegaram perto da Laranjeira desde aquele dia, nem eu.

Para minha família a árvore é conhecida por uma lembrança e marca, por mim é de horror, será mesmo que seria um "Lobisomem"?! Ou poderia ser um demônio ou espírito que guardava a Árvore?! Poderia ser até meu Avô caso tenham mente aberta, mas de qualquer maneira, essa é minha historia ;-;

História assombrada enviada por Francisco G.

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publ
Comentários