2 de março de 2015

John Babbacombe Lee: O Homem que não Queria Morrer Enforcado

John Babbacombe Lee
Ao pé do patíbulo pronto para a execução, o executor perguntou ao réu se ele queria dizer suas últimas palavras. Era 23 de Fevereiro de 1885 e John Lee ia ser enforcado, acusado do assassinato de sua patroa, Emma Ann Keyes, a qual, havia sido encontrada pela polícia com o pescoço quebrado e a cabeça destroçada a machadadas em sua casa em Babbacombe Bay perto de Torquay, Inglaterra, em 15 de novembro de 1884. O verdugo cobriu a cabeça de Lee com um capuz e apertou o nó ao redor de seu pescoço, deu o sinal para que abrissem o alçapão e...

Não aconteceu nada.

Tiraram a corda do pescoço de Lee e examinaram o mecanismo do alçapão, procurando algum defeito. Não foi encontrado nada anormal e o réu foi colocado de novo no seu lugar. Voltaram a dar a ordem mas novamente não ocorreu nada. Revisaram mais uma vez todo o mecanismo e inclusive escovaram as bordas do alçapão para assegurar que não voltasse a falhar. Mas por terceira e quarta vez, o alçapão se negou a cair.

A polícia, desconcertada, ordenou que devolvessem o condenado a sua cela. O caso mereceu rapidamente grandes títulos nos jornais e inclusive houve um debate na câmera da comunidade sobre o que deveriam fazer com "aquele homem que não podiam enforcar". Ao final, John Lee viu sua pena comutada para prisão perpétua. Passou vinte e dois anos atrás das grades e no ano de 1907, foi posto em liberdade condicional.

Lee viveu mais trinta e cinco anos e morreu na cidade de Londres no ano de 1943. Embora a milagrosa salvação da forca fosse frequentemente lembrada por jornalistas que exploram o estranho e o extraordinário, jamais foi encontrada uma explicação satisfatória do defeituoso funcionamento do alçapão.

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes
Comentários