15 de dezembro de 2014

O Lendário Kapre

Kapre é uma criatura lendária das Filipinas com a aparência de humanoide gigante de pernas longas e peludo, que fica em grandes árvores e fumam charutos. São supostamente avistados à espera de pessoas que andam por certos caminhos. Também são descritos como semelhante ao Big Foot dos EUA, mas com características mais humanas, caracterizadas como um demônio árvore.

Kapre faz parte do folclore das Filipinas
É descrito como sendo alto (entre 2-3 metros), marrom, peludo e quando macho, com uma barba. Kapres são normalmente descritos fumando um grande cachimbo, cujo cheiro forte quase sempre atrai a atenção humana. O termo Kapre vem da palavra árabe "kaffir", ou seja, um não-crente no Islã. Os árabes adiantados e os mouros usavam esse termo para se referir aos nativos não-muçulmanos de pele escura.

Dizem que os Kapres habitam árvores de grande porte, como acácias, mangueiras, bambuzais e banyans (conhecida nas Filipinas como Balete). Ele também é visto sentado sob essas quatro árvores. Dizem que o Kapre veste uma tanga indígena do norte conhecida como bahag, e de acordo com alguns, ele usa um cinto que dá ao Kapre a capacidade de ser invisível aos seres humanos. Em algumas versões, o Kapre segura uma pedra branca mágica, menor em tamanho do que um ovo de codorna. Caso qualquer pessoa obtenha essa pedra, o Kapre poderia conceder grandes desejos.

Kapres não são necessariamente considerados seres malignos, podendo fazer contato com às pessoas em troca de amizade, ou quando atraído por uma mulher. Se um Kapre faz amizade com qualquer ser humano, especialmente por causa do amor, o Kapre seguirá de forma consistente o seu "interesse amoroso" ao longo da vida. Além disso, se alguém é amigo do Kapre então essa pessoa tem a capacidade de vê-lo e quando junto do Kapre, outras pessoas podem vê-lo também.

A esquerda, foto de um Kapre? Direita, ilustração do
Kapre com uma criança aterrorizada
Dizem que os Kapres gostam de pregar peças nas pessoas, muitas vezes deixando os viajantes desorientados e perdendo o seu rumo nas montanhas ou na floresta. Acreditam também que possuem a capacidade de confundir as pessoas, mesmo em seus próprios ambientes familiares; por exemplo, quando alguém se esquece de que estão em seu próprio jardim ou em casa, dizem que foram enganados por um Kapre.

Relatos sobre os avistamentos do Kapre incluem um farfalhar de galhos de árvores, mesmo quando não há vento. Mais alguns exemplos seriam o de ouvir gargalhadas vindo de um ser invisível, testemunhar muita fumaça do alto de uma árvore, ver grandes olhos de fogo durante à noite em uma árvore, assim como ver um Kapre de verdade andando em áreas florestadas.
Comentários