26 de novembro de 2014

Minha História Assombrada: Uma Anjinha me Salvou

Me chamo Marcos, tenho 19 anos. A história que eu vou contar aconteceu quando eu tinha uns 7 anos de idade. Foi num dia que aparentemente estava quente. Eu morava numa cidade do interior do Tocantins e sabe como é cidade assim, todo mundo te conhece. Lembro-me de estar assistindo a um desses programas infantis a tarde com minha irmã e a babá (meus pais não estavam em casa), quando de repente me deu uma vontade enorme de sair de casa. Parecia que eu estava num transe e já lá pras 17, quase 18hs eu resolvi andar sozinho pela rua. Elas não perceberam quando eu "fugi". Foi como se eu não estivesse andando por vontade própria, lembro da sensação de ser conduzido, ou algo do tipo.
Andando pelas ruas, algumas pessoas perguntavam:

- Sua mãe está em casa?

E outras coisas do tipo, só que eu não respondia, continuava caminhando. Até que cheguei na pista, bem na beira e comecei a caminhar sentido à sair da cidade. Olhando pro céu que começava a mudar do nada eu lembro de parar, e ficar estático olhando uma única nuvem. Foi formando tempo de chuva do nada, uma ventania fria. No lado esquerdo da pista havia um terreno plano e limpo que era usado pelos circos que chegavam na cidade. No local, haviam ferros, pedaços de sucatas, era tipo um parquinho sucateado, restos de gangorra, balanço, essas coisas. Lembro de ter visto um raio pela primeira vez e achei muito bonito. Sentei numa coisa que parecia um dia ter sido uma gangorra. Foi aí que o negócio aconteceu. Uma sensação que eu não sei explicar tomou conta de mim, parece que eu tinha acordado do transe. Eu vi uma garotinha de cabelos castanho claros, cor de mel, olhos verdes e roupa branco e rosa bebê. Ela disse:

- Marcos, o que você está fazendo aqui? 

- Eu não sei - Respondi - Quem é você? Como é que você sabe o meu nome?

- Vai pra casa, sua mãe está preocupada, não dê motivos pra ela ficar triste. Aqui é perigoso, você deve ir.

Mas, eu ainda não tinha dado ouvidos à ela e continuei a breve conversa:

- Como é o seu nome? Porque aqui é perigoso? Não é tipo um parquinho pra gente brincar?

- Marcos, o tempo não está bom, vai para casa, depois eu vou lá pra gente brincar. ACREDITE, AQUI NÃO É DIVERTIDO!

Eu agora já havia entendido a mensagem, mas queria saber mais:

- Você mora aqui?

- Eu morava.

- E aonde você mora agora?

- Eu moro pra lá - Ela disse isso apontando para a parte baixa da cidade, onde ficava a beira rio e também O CEMITÉRIO - Vamos pra casa agora? Eu te levo.

- Vamos - Eu disse.

No caminho eu perguntava coisas pra ela, mas ela não me respondia apenas sorria, até que em determinado momento eu fiquei muito confuso pois ela sumiu, já perto das casas da entrada da cidade. Nisso, encontrei o meu pai de bicicleta que me fez muitas perguntas sobre como e porque eu tinha "desaparecido" daquele jeito, só que eu não sabia responder, eu não tinha feito aquilo por querer, eu estava em transe, como se induzido a ir para aquele local que a garotinha disse NÃO SER DIVERTIDO.

Passei muito tempo com essa lembrança adormecida, somente de uns 3 anos pra cá é que ela me voltou a memória nitidamente, "remasterizada"  e eu lembro até dos detalhes do vestido da menininha. Era muito bonito, parecida vestido de daminha de honra ou batizado. Hoje, analisando tudo eu penso que se ela não tivesse aparecido ali, poderia ter me acontecido algo ruim, algum acidente, machucado, ou mesmo que alguém/animal  me fizesse algo.

Lembro que depois disso, passei dias sonhando com ela, e no sonho nós brincávamos muito. Interpreto isso como o cumprimento de sua promessa de ir na minha casa pra gente brincar. Sou espírita e tenho a plena convicção de que ela era um anjo da guarda. Às vezes quando estou sozinho escuto risada de criança.

Obrigado pela oportunidade de contar esse relato. Que Deus abençoe vocês e sua filhinha seja sempre cheia de saúde e proteção. Abraço.

Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes

História assombrada enviada por Marcos

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publicadas!
Comentários