5 de novembro de 2014

Minha História Assombrada: O Velho Desconhecido

Olá, me chamo Vanessa, e hoje vou falar uma história que aconteceu comigo quando tinha 21 anos.

Bom, tudo começou em uma festa, que era em uma espécie de ilhas, e para chegar a tal festa, tínhamos duas escolhas: ir de barco (40 minutos) ou andando (2 horas). Como já estava toda arrumada não queria andar para não suar e a maquiagem iria ficar toda borrada, então escolhi ir de barco. Vomitei duas vezes, foi horrível.

Depois da festa (que tinha acabado pelas cinco da tarde) escolhi ir andando, pois minha experiência passada foi horripilante. Tínhamos guias, e eu estava acompanhada com mais de 3 amigos, então não tive muito medo. No caminho tinha muitas folhas, então tínhamos que cortar todas e, com isso perdemos muito tempo. Já pelas 19:30 (tinha passado muito mais tempo que o esperado) avistamos uma casa, muito velha, e tinha luzes acesas (o pior). Falei da tal casa que tinha avistado para o guia, que era muito meu amigo, e ele falou com medo "nunca vi está casa", fique apavorada, ele já estava trabalhando como guia fazia 4 anos no mesmo lugar.

Já estava anoitecendo e minha amiga Luísa, muito curiosa, chamou seu namorado e foi ver quem estava na tal casa, não queria ficar sozinha com o guia, então fui junto. Uma espécie de pessoa velha, sinceramente, parecia um zombie, um olho muito caído (muito mais que o outro), olho azul, bochecha caída demais, com uma blusa com sangue ou ketchup, calça marrom e rasgada, sem cabelo, e o mais assustador, com uma madeira na mão, saiu correndo atrás de nós! Não entendi o que ele falava, parecia mais uns resmungões como "aoe, eia, uya", não corria rápido, mas como todos nós estávamos em estado de choque, parecia como a velocidade da luz, a Luísa caiu, e ele se aproximava cada vez mais, levantei ela e continuamos, o guia falou um ótimo lugar para nós nos escondermos e fomos lá. Despistamos o "velho". O guia falou que não sabia onde estávamos, ele estava perdido, só não gritei de medo porque o senhor podia ouvir, sem luz, comida, água e cansados, mas me lembrei que tinha o meu celular, o sinal estava péssimo mas deu para o gasto.

Já com 27 anos (seis anos depois), voltei ao local. Fazendo o passeio vi o lugar onde estava a casa do senhor (soube que era aquele lugar pelas pedras, as mesmas estavam riscadas) e não vi a moradia, fiquei pasma, o pior de tudo é que tinha uma cruz no local onde a casa se avistava.

Será que queimaram a casa? Será que o senhor morreu? Não sei, mas ainda me lembro muito bem da fala do senhor e a hora quando Jorge, o guia, falou exatamente estas palavras, "estamos perdidos" e "nunca vi este senhor na minha vida, como 4 anos de guia deste mesmo local".

Obrigada por ler meu relato, quando contei aos meus familiares, ninguém acreditou, mas sei que o que vi é real. Tchau, adoro vocês dois e o seu trabalho.

História assombrada enviada por Isabelle

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publicadas!
Comentários