12 de novembro de 2014

Minha História Assombrada: A Mulher que Sentou na Minha Cama!

Quando tinha cerca de 16 anos, meu pai e minha mãe se separaram. Na época eu morava em Caxambu(MG), junto com minha mãe, mas devido a separação minha, mãe teve que vir para a São Paulo e eu fiquei morando sozinho por cerca de 2 anos, com visitas frequentes da minha mãe. Na noite em questão, minha mãe estava em Caxambu.

Eu tenho sono leve e acordo fácil com qualquer barulho. Na época, tinha mania de dormir com as pernas pra fora da cama, deixando assim um espaço razoável entre a cabeceira da cama e minha cabeça. Por volta das 2:33 da madrugada escutei a porta do meu quarto abrir e acordei com o barulho da porta e disse: Mãe? E não obtive resposta nenhuma, repeti mais uma vez: Mãe? Novamente nada, então escutei a porta fechar e comecei a suar frio, senti o quarto ficar muito gelado e como estava muito escuro não conseguia ver nada. Decidi fazer oque todas as pessoas fazem, e cobri minha cabeça com a coberta.

Suando frio e sentido o ar gélido no quarto, senti a cama acima da minha cabeça abaixar lentamente. Percebi que algo, ou alguém havia se sentado acima da minha cabeça. Mas eu não conseguia me mexer, o medo havia me paralisado, mas travando uma luta interna comigo mesmo e temendo o pior, consegui me levantar rapidamente e sentei na cama. Quando finalmente consegui olhar para o lado, vi a figura de uma mulher totalmente acinzentada, com os cabelos esvoaçantes dentro do meu quarto, como se estive ventando muito lá dentro. A mulher estava sentada ao meu lado, com as mãos cruzadas em cima dos joelhos e se balançava para a frente e para trás vagarosamente. Depois de ver essa cena, eu não conseguia mover mais nenhum músculo do corpo! Eu estava ali sentado do lado de uma mulher fantasma totalmente em choque com o que meus olhos estavam vendo!!! Foi então que a mulher virou a cabeça para mim, me olhou por alguns minutos (o que pra mim pareceram horas), esticou um dos braços, abriu a boca e desapareceu completamente.

Na manhã seguinte, minha mãe, que costuma acordar cedo, abriu a porta do meu quarto e eu continuava sentado na cama olhando para onde outrora estava o fantasma da mulher cinzenta. Preocupada, perguntou: está tudo bem meu filho? E eu que permanecia com a boca aberta, não conseguia responder, até que ela me deu um chacoalham. Depois de sair do choque, contei a ela o que tinha acontecido. Minha mãe tem certo conhecimento sobre o espiritismo, e disse que talvez fosse a alma de alguém que precisava de ajuda, que o fantasma havia tentado se comunicar comigo, mas que no fim ela percebeu que eu não poderia ajudar, e por isso sumiu!

Nunca mais vi o fantasma da mulher desde então.

História assombrada enviada por Maurílio C.

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publicadas!
Comentários