29 de outubro de 2014

O Saci: Origem, Tipos, Comportamento, Como se Proteger, Relatos etc...

Conheça tudo sobre um dos personagens mais importantes do folclore brasileiro. Sua origem, seus tipos, o comportamento travesso, como se proteger e até usá-lo a seu favor, e leia relatos de encontros com essa criatura.

No final tem um vídeo meu sobre o assunto...

Eu já vi um saci assombrados, juro! Minha professora de botânica na Faculdade ficou 2 anos inteiro dizendo que tinha um saci. Um dia ela levou ele na sala de aula em um vidro coberto por uma toalha. Então ela à tirou e havia um saci mesmo lá dentro, só que de pelúcia! Todo mundo queria matá-la hauhauha. Neste post, vou fazer para vocês sobre esse importante personagem do folclore brasileiro...


O Saci é um dos personagens mais conhecidos do folclore brasileiro. Tanto que desde 2005 é comemorado no dia 31 de Outubro seu dia!

A lenda que envolve o Saci foi passada entre tribos e gerações, fazendo com que cada um adicionasse ou adaptasse sua versão da história. É quase senso comum é que ele gosta de fazer travessuras. Existem diversos tipos de sacis, sendo o mais conhecido o pererê.

Origem

Sabia que não existia Saci até o final do século XVIII? Nenhum dos velhos cronistas coloniais do Brasil falou dele. Ele só começa a aparecer lá por volta de 1790 e tem sua vida desenvolvida no século XIX.

O que se apurou, é que o Saci surgiu no sul do país, na área povoada antigamente pelos índios Tupis-Guaranis, de onde derivou seu nome.

O Saci simplesmente não existia até o final do século XVIII

Tipos

Como toda lenda, existem diversas variações para descrever o saci. Alguns dizem que é gordo, que solta fogo pelos olhos e por ai vai. São 3 os principais tipos de sacis:

O tipo mais comum de Saci: Pererê
Saci-Pererê: É o mais conhecido e encontrado no Brasil. É negro, tem uma perna só (dizem que perdeu a perna em uma roda de capoeira), barriga proeminente, um inseparável cachimbo na mão (herdou da cultura africana) e um gorrinho vermlho (veio da mitologia europeia, mais precisamente do Trasgo, um ser encantado do folclore do norte de Portugal). Alguns acreditam que consegue desaparecer de um local e aparecer em outro graças a ele. Quando quer se esconder vira um redemoinho de vento e some pela mata.

Saci Saçura: é um negrinho dos olhos vermelhos

Saci Trique: Quando você ouvir no mato um "trique", é sinal que ele está nas redondezas. É moreninho e não é maldoso, só gosta de fazer algumas brincadeiras, como amarrar o rabo dos animais.

Outros tipos de sacis:

Saci do Poá: Sai fogo pelos olhos

Saci Teterê: é um saci tentador de moças, parecido com o Poá, só que mais alto. Anda sempre petecando uma brasa de uma mão para outra. Anda nu, tem barbicha de cabrito, beiço vermelho e trás a língua de fora (como conquista as mulheres com essa descrição eu não sei hahauhaua)

Saci-Taterê: Tem cara de Pia, usa camisa, tem cor de formiga e não tem espora.

Saci Sacerê: comum em Minas Gerais. Usa calça de algodão e entra na água sem se molhar

O Saci Pererê é associado a redemoinhos de vento


Comportamento

Bolo queimado? Culpa do Saci!
Dependendo da região, as pessoas associam o Saci a um ser maligno, outros já dizem que é somente um ser travesso. Olha algumas das coisas que ele é capaz de fazer:

- Assusta com seus assovios – bastante agudos e impossíveis de serem localizados.
- Faz tranças nos cabelos dos animais, depois de deixá-los cansados com correrias
- Atrapalha o trabalho das cozinheiras, fazendo-as queimar as comidas, ou ainda, colocando sal nos recipientes de açúcar ou vice-versa;
- Faz os viajantes se perderem nas estradas

O saci incorporou comportamentos de outras lendas, como a Matinta Perera e o Curupira.

Pipoca que não estoura? Culpa do Saci...


Como se Proteger do Saci

Escutou algum assovio no floresta e percebeu que o saci está chegando dentro do redemoinho? Existe algumas formas de se defender dele:

- Lançar um terço benzido no redemoinho
- Chamar 3 vezes pela Virgem Maria (de quem tem grande medo)
- Fazer o sinal da cruz e exibir um bentinho (escapulário formado de dois pequenos quadrados de pano bento unidos por fitas e que as pessoas devotas trazem ao pescoço)
- Rezar o "Creio em Deus Pai todo Poderoso"

Quando ver um redemoinho de vento, use um dos métodos acima para se proteger

Como Prender um Saci, Fazer ele Realizar um Desejo ou Encontrar Objeto Desaparecido

Realizar Desejo: Que tal fazer o saci realizar um desejo seu? É possível. Quando você ver um redemoinho de vendo, denunciando a presença do saci-pererê, use um dos remédios acima e rapidamente pegue seu gorro vermelho. Pronto, ele vai realizar um desejo em troca do gorro.

Prendê-lo: Agora, se você quer prender o saci, é um pouco mais difícil, pois vai envolver um machado! Quando ele estiver atentando, dê uma machadada, olhando para o Sol, no chão, e deixe o machado cravado no chão. Agora se benza e  pronto, ele não vai atentar mais.

Recuperar Objeto Perdido: Perdeu algum objeto? O Saci encontra pra você. Pegue uma palha e dá-se 3 nós nela. Desta forma você amarrou o pipi do Saci hauhaha. Ele não vai aguentar de vontade de vontade de fazer xixi e vai fazer você encontrar o objeto. Sério assombrados, quem disse isso foi o Major Benedito de Souza Pinto.

Dar 3 nós na palha é a mesma coisa que amarrar o pipi do saci!

Monteiro Lobato: Responsável por Popularizá-lo

Monteiro Lobato
Como uma lenda surgida no final do século XVIII acabou por se tornar uma das mais conhecidas do país? Agradeça a Monteiro Lobato e sua série Sítio do Picapau Amarelo de Monteiro Lobato. O primeiro livro, publicado em 1921, se chama "O Saci". Nele, Pedrinho foi caçar no Capoeirão dos Tucanos, a mata virgem do Sítio do Picapau Amarelo, e encontrou um saci, que lhe contou os segredos da floresta e várias lendas do folclore brasileiro, como a Mula-sem-cabeça, o Boitatá, o Lobisomem, o Negrinho do Pastoreio e muitas outras coisas... Juntos, eles salvaram Narizinho do feitiço da Cuca, Pedrinho quase ficou cego com a Iara e a Cuca morreu de medo dos pingos d'água.

Desde os anos 50 a série tem sido adaptada diversas vezes para a televisão e isso contribuiu muito para espalhar para as pessoas o folclore do saci.

Sírio do Picapau Amarelo


31 de Outubro: Dia Oficial do Saci

Se perguntar para muitas pessoas o que é comemorado no dia 31 de Outubro, quase todas vão falar: Dia das Bruxas ou Halloween. Mas não assombrados, agora você pode dizer 31 de outubro é dia do SACI! Desde de 2005 foi decretado propositalmente que dia 31 de outubro seria comemorado o dia do Saci no Brasil, com o objetivo da escolha foi valorizar a cultura nacional sobre a estrangeira.

Huahauuahuah...


Relatos de Encontros

Tenho diversos relatos sobre sacis e fiz um compilado de alguns no post "5 Relatos Envolvendo o Saci Pererê". A Ana também já contou uma lenda sobre ele: "Trançado e com Nó". Ah! Sexta-feira ela vai liberar outro sobre Sacis. Falei com ela para liberar amanhã, mas ela não aqui. Então na sexta eu coloco o vídeo aqui.


Inscreva-se no canal clicando no botão abaixo:
.
Gostou? Então inscreva-se no canal para acompanhar os novos vídeos que for lançando. Eles são lançados primeiro lá, depois que vem pra cá :) Basta clicar neste link: http://goo.gl/CWAIes ..

..Seja nosso Patrão! Saiba como...


Fontes (acessadas em 28/10/2014):
- Livro "Brasil no Folclore" de Prof. José Ribeiro. 1ª Edição de 1970, Paginas 61-70
- Wikipedia.pt: Saci
- Wikipedia.pt: Sítio do Picapau Amarelo
- Wikipedia.pt: O Saci
- Folclore Brasileiro Ilustrado: O Saci Pererê
- Assombrado: Hoje é dia do Saci"
- Brasil Escola: Saci-Pererê
- SuaPesquisa.com: Lenda do Saci-Pererê
Comentários