22 de outubro de 2014

Minha História Assombrada: A Ex-mulher do meu Padrasto

Meu pai morreu quando minha mãe ainda estava gravida de mim, então eu não o conheci. Logo após eu ter nascido, minha mãe se relacionou com um outro cara, vizinho nosso, cuja mulher havia sido morta recentemente. Ele era bem visto pelo pessoal da rua, todos o conhecia, ele sempre teve bastante dinheiro. Quando ele era ainda casado com a falecida mulher dele, os dois eram pai de santo, então sempre tiveram tudo o que quiseram, carro zero e etc.. Quando eles pararam de servir você sabe quem, perderam tudo, tudo mesmo, ele chegou a perder ate a esposa.

Continuando, logo nos anos de 2009, nos costumávamos dormir na casa dele, eu, minha mãe e meu irmão, era quase todo dia. Nossa casa era do outro lado da rua, a casa dele era bem medonha, antiga, com piso madeirado, e ele sempre deixou muito claro que já havia mexido com coisa ruim, havia um quarto na casa dele que era meio que abandonado e ninguém dormia lá, ele fazia com que eu e meu irmão na época dormisse lá , mas nós nunca aceitamos, pois morríamos de medo de dormir naquele lugar , pois naquele quarto a mulher dele havia morrido. Não sei exatamente do que ela morreu, parece que foi doença.

Numa certa noite eu e meu irmão estávamos na sala e dormimos assistindo TV. Quando eu desligo a TV e vou dormir , começo a ouvir a chave da porta da cozinha dos fundos girar. Girava pra la girava pra cá, era quase comum e eu com 9 anos achava que era o vento, isso acontecia quase todos os dias.

No dia seguinte minha mãe saiu da minha casa logo após chegar do trabalho e foi chamar meu padrasto pra jantar em casa, ele adorava. Na casa dele tinha que entrar pela a entrada da cozinha então tinha que passar por trás da casa. Sempre era horripilante passar ali. Minha mãe chegou e ouviu o barulho do chuveiro como se alguém tivesse tomando ducha. Ela esperou, esperou, esperou e nada do meu padrasto sair do banho, ela o esperava na cozinha, do nada ela vai pro quarto dele ao lado do banheiro, mas não da pra se ter visualização pela cozinha. Quando ela chega lá, ela vê meu padrasto sentado em cima da cama, na hora o chuveiro desligou e minha mãe ficou pálida.

No dia seguinte fomos dormir lá. Enquanto estávamos dormindo, eu e meu irmão mais velho (ele tinha 13 anos na época) , eu escutava novamente o barulho da chave e tudo apagado apenas a luz da arvore de natal brilhando, na hora eu senti um cheiro de podre como se um cachorro tivesse rolado na carniça, e vi em cima da entrada do corredor sabe, uma sombra , na mesma hora eu gritei gritei muito:

- Mãe! Mãe! Mãe!

Minha mãe acordo na mesma hora, como a casa era grande ela demorou para ela chegar, mas meu irmão mais velho que tava lado também acordou. Fiquei olhando fixamente para o escuro no corredor como se visse algo, então minha mãe chegou e comecei a chorar muito e pedi para ir pra casa, pois ela era ao lado. Minha mãe me levou pra minha casa e depois ela voltou pra casa do meu padrasto ainda na madrugada.

Meu irmão havia ficado. O resto da historia e contada por ele.

Ele estava sozinho na sala e disse que dormiu logo depois que fui embora. Ele estava dormindo em um colchão no chão e acordou no meio da madrugada suando frio. Quando olhou fixamente para o corredor, viu uma mulher com cabelos pretos parada com um vestido. Na mesma hora ela começou a chorar e chamar a minha mãe. Minha mãe levantou, saiu do quarto e foi para o corredor, então ela foi barrada, ela não conseguia passar, sua voz não saia e se sentia muito desconfortável naquele momento. Meu padrasto levantou-se da cama e colocou o pé no corredor e a mulher sumiu rapidamente. Minha mãe voltou a conseguir se mexer e na mesma hora minha mãe foi com meu irmão pra minha casa, e resolveram dormir por lá mesmo, aliás nem dormiram de tanto medo. Meu padrasto sempre dizia que havia feito um pacto com a sua ex esposa de que "quem morresse primeiro, voltaria e contaria como é lá". Nunca entendi direito isso, mas depois de um ano do acontecimento, em agosto de 2010 , meu padrasto faleceu, depois de um tumor. No seu velório o sua feição era de paz de que estava feliz.

Espero que vocês tenham gostado do meu relato, pois até hoje sinto muita saudades do meu padrasto.

História assombrada enviada por GuiSims

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publicadas!
Comentários