15 de setembro de 2014

Robô Transmite Imagens de Câmara Secreta da Pirâmide de Gizé

A Grande Pirâmide atrás da Esfinge
Semana passada eu publiquei um vídeo onde falo sobre as três grande Pirâmides de Gizé: Miquerinos, Quéfren e Queóps (Grande Pirâmide). No vídeo falo rapidamente sobre as duas primeiras e dou uma atenção especial a Grande Pirâmide, que é uma obra prima incrível.

E agora eu acabo de ler que um robô conseguiu transmitir imagens de uma câmara secreta dentro da Grande Pirâmide! O que será que tinha lá dentro??? Hieróglifos de 4.500 anos, escritas em tinta vermelha e esculturas de pedra!

Segue notícia publicada no portal Terra, que tem um erro grave. A Pirâmide que ilustra a matéria não é a Grande Pirâmide, local da câmara secreta, mas sim a pirâmide de Quéfren!

Um robô transmitiu, pela primeira vez, imagens do interior de uma câmara secreta na Grande Pirâmide de Gizé, localizada no Egito. O lugar não é visto por ninguém há 4.500 anos. As informações são do site Science Alert. 

Segundo a publicação, a Grande Pirâmide é o único vestígio remanescente das Sete Maravilhas do Mundo Antigo. Quando construída, por volta de 2.560 a.C., ela tinha 146,5 metros de altura. Parcialmente desintegrada, hoje mede 138,8 metros.

A pirâmide possui três câmaras conhecidas: a de base, a do rei e a da rainha. Ao lado delas, existe um estreito corredor que é bloqueado por portas de pedra. Por anos, cientistas tentaram enviar robôs a fim de descobrir o que existia atrás dessas portas.

Em 1993, um robô foi enviado ao local, mas não conseguiu avançar. Quase uma década depois, um outro robô conseguiu perfurar um bloco das pedras e surgiu, então, a hipótese de que haveria uma câmara secreta por trás das portas.

Neste ano, uma equipe de engenheiros liderada por Rob Richardson, da Universidade de Leeds, no Reino Unido, desenvolveu um terceiro robô que conseguiu rastejar para dentro do túnel entreaberto e gravar imagens no interior da câmara.

Foram encontrados hieróglifos de 4.500 anos, escritas em tinta vermelha, e esculturas de pedra. Segundo os especialistas, é provável que as descobertas sejam resquícios do trabalho dos trabalhadores que construíram a pirâmide. Eles dizem ainda que o lugar deveria ser simbólico e não funcional, logo, não há uma tumba nessa passagem. As pesquisas continuam.

O blog Ets&Etc está dizendo que essa pintura vermelha parece um ET.

Mais imagens enviadas pelo robô da câmara secreta da Grande Pirâmide.



Comentários