26 de agosto de 2014

Monte Baigong: Pirâmide Alienígena Chinesa com Tubos Metálicos de Milhares de Anos!

Localizado em parte remota da China, o Monte Baigong é alvo de muitas teorias como a de que seja uma pirâmide alienígena repleta de tubos metálicos datados em 150.000 anos!

No final tem um vídeo em que comento o assunto...

Assombrados, para escrever esse post foi indispensável a ajuda do rusmea.com que me ajudou com traduções do Chinês e inclusivo encontrou um vídeo de um explorador no local. Trata-se de um dos únicos vídeo publicados no Brasil do local.


Imagine a cena. Um local remoto, na gigantesca China. Agora pense em uma região onde existe uma planície de 30 quilômetros e nela alguns montes bem espaçados, sendo que um lembra vagamente uma forma piramidal. Foque nesse em especial. Imagine essa "pirâmide" tendo 3 aberturas triangulares, sendo que duas colapsaram, restando somente uma. Você entra nessa abertura e se depara com uma depressão que lembra o molde de um grande cano, e além disso vê diversos "buracos" pelo local. Incrível né? Agora saia da abertura triangular e se depare com um grande lago salgado na sua frente repleto de rochas verticais esquisitas e mais, dezenas de "tubos metálicos"... Pronto, o mistério está criado e tem nome: Baigong.

Mas vamos começar do início....

Mapa da China a esquerda e a direita a província de
Qinghai. Em rosa a região de Delingha.
A Descoberta de Baigong

Qaidam Basin é uma reigão que fica a 40 quilômetros da cidade de Delingha na província de Qinghai, China. A região é bastante isolada, desértica e fica a grande altitude, tanto que o governo Chinês instalou um Observatório Astronômico na região. Neste local existe um lago de água salgada chamado Tosom (Tuosu) e uma grande planície, com uns 30 quilômetros e nela alguns montes bem espaçados, mas um tem entre 50 a 60 metros e lembra bem vagamente uma forma piramidal. Esse monte recebeu o nome de Monte Baigong. Abaixo está a região no Google Maps. Explore-a!


.
Estranhas rochas encontradas nas margens do lago

A entrada triângula do Monte Baigong

Logo no início da entrada triangular vemos o local onde estaria um grande tubo....

Pela descrição acima já fica óbvio que a região não deve ser muito visitada, e isso é correto. Mas tudo mudaria em 1996, pois um explorador chamado Bai Yu resolveu explorá-lo e escreveu um livro chamado "Into the Qaidam" contando que havia uma pirâmide no local com 3 aberturas artificiais e com algo parecido com "tubos metálicos" dentro da pirâmide e emergindo do chão.

Mas ainda não foi suficiente para fazer o local ficar conhecido pela grande massa. A grande reportagem que fez Baigong figurar de vez em livros e sites foi uma reportagem da agência Xinhua News publicada em 16 de junho de 2002 onde fala abertamente dos mistérios e que eles tem relações com extraterrestres!

Características do "Tubos Metálicos"

Muitos "tubos metálicos" foram encontrados dentro do Monte Baigong e fora dele. Na única abertura que existe, alguns metros a frente você a depressão na rocha onde poderia estar um tubo de metal de 40 cm de diâmetro projetando-se para fora da mesma. Um segundo tubo de igual diâmetro beira a montanha e para dentro da terra.

Na entrada da caverna encontram-se cerca de doze tubos de 10 a 40 cm de diâmetro. Mais tubos de ferro podem ser encontrados na costa do Lago Tosom, a cerca de 80 m das cavernas, dispersos entre areia e rochas. Estes tubos estão orientados em uma direção Leste-Oeste e possuem diâmetros de 0,2 a 5 cm.

Os tubos do lago possuem diferentes diâmetros, onde os menores sendo tão estreitos quanto a grossura de um palito. Alguns desses tubos saltam à superfície da água e outros se mantém submersos. No geral os tubos não estão obstruídas, apesar de terem passado incontáveis anos em contato com água e areia.

Alguns pedaços do estranho metal foram levados para a fundição local com a esperança que pudesse fornecer aos pesquisadores uma melhor compreensão sobre a liga usada para produzir os tubos. Análises químicas concluíram que os tubos são constituídos por 30% de óxido de ferro, e uma grande percentagem de dióxido de silicone e óxido de cálcio; 8% do metal não pode ser identificado.

De acordo com peritos, a grande quantidade de dióxido de silicone e óxido de cálcio encontrados nos tubos é resultado de uma longa interação entre ferro e rocha. Isto é algo que somente pode ter acontecido se os tubos tiverem sido construídos há muito tempo atrás, durante um tempo em que não se acredita que o homem tivesse a sofisticação tecnológica para criar tal coisa.

Em 2001 o Departamento de Sismologia chinês conseguiu datar os tubos. Resultado: 150.000 anos de idade!

Prontos, esse "tubos metálicos" são Oopart (out of place arctifact): artefato sem contexto definido. É um termo que se aplica a objetos pré-históricos, encontrados em vários locais ao redor do mundo que, dado o seu nível tecnológico, estão em completo desacordo com a idade determinada em provas físicas, químicas ou geológicas. Ooparts frequentemente frustram os cientistas convencionais e são a diversão dos pesquisadores e indivíduos com interesse em teorias científicas alternativas.

Esse é o famoso pedaço de tudo que tem em todos as matéria sobre o local
Vista frontal do tubo acima.
Outro pedaço de tubo metálico ao lado de um palito de dente para comparar o tamanho

Estranhos tubos saindo do Monte Baigong. Veja o lago Tosom ao fundo.
 Qual o objetivo?

Temos uma pirâmide construída em um local remoto a milhares de anos repleta de tubos metálicos. 

Alguns especulam que é para extração de ouro, que levava-o através da tubulação para uma nave alienígena que ficava no topo da pirâmide. Como isso faz muito tempo e os aliens foram embora e o tempo entrou em ação, erodindo a pirâmide e a maioria dos tubos...

Um dos buracos por onde passava um tubo metálico


Possível Explicação para o Mistério

Aqui deveria haver uma grande
raiz de árvore...
Que aliens que nada! O local é uma formação natural, só isso. Vamos as provas:

1. O Monte Baigong não se parece em nada com uma pirâmide

2. As entradas são coisas normais. Ou não existem milhares de grutas pelo mundo? O local tem um vento constante (tanto que existe um santuário no alto de um monte onde visitantes depositam fitas com pedidos e agradecimentos. Essas mesmas fitas são enroladas nas rochas verticais encontradas perto do lago) que foi erodindo o monte e criando essas entradas.

3. Existe muito pouco ouro na região. Na verdade existe é muito ferro!

4. Antigamente o local não era deserto e existiam árvores e arbustos por todos os lados. Como você devem deduzir, árvore e arbustos tem raízes e foi ao redor dessas raízes que se depositou ferro e outros minerais. O processo de como isso ocorre está nos links da biografia. As raízes das árvores que estavam sobre o monte Baigong foram em direção ao lago Tosom em busca de água. Isso explica porque foram encontrados "tubos metálicos" de diferentes diâmetros dentro do lago e se projetando do monte. Com o tempo a madeira apodreceu deixando somente as estruturas ao seu redor.

5. Em 2003 em um artigo publicado no Xinmin Weekly, os cientistas chineses usando espectroscopia de emissão atômica encontraram nos tubos matéria orgânica de origem vegetal. Além disso, a reportagem também afirmou que anéis de árvores foram encontrados em seções dessas formações rochosas e, como resultado, eles foram considerados fósseis de árvores e raízes.

6. O tubo de 40cm da abertura sumiu porque o vento constantemente soprado sobre ele vindo do lago Tosom, que é salgado, enferrujou-o até ele desaparecer. Quem mora na praia sabe bem o que a maresia faz com o ferro...

7. As amostras analisadas pelo laboratório do Ministério da Indústria Metalúrgica não continham "material desconhecido". Esta expressão foi utilizada apenas para definir 8% de material que o laboratório não investigou. Numa segunda análise, este material "desconhecido" demonstrou ser potássio, alumínio e sódio, todos de origem orgânica. Isso é: absolutamente natural.

Acho que o mistério foi resolvido :)

Confusão com as Pirâmide Chinesas

Enquanto estudava para fazer esse post, descobri que muito gente acaba misturando Baigong com as Pirâmides Chinesas. Não tem nada haver assombrados. As pirâmides chinesas são 38 e estão na região de Xi'an distante mais de 1.100 quilômetros do Monte Baigong!

Muita gente fala de uma que a "pirâmide" de Baigong reforça a tese de que as pirâmides chinesas são alienígenas.

Clique aqui para ver uma matéria completa que fiz sobre as pirâmides chinesas...



Olhe a distância no círculo vermelho: 1.124 quilômetros


Fiz essa montagem para você compararem o que é uma pirâmide chinesa com o Monte Baigong. Totalmente diferentes...
Atração Turística

O governo da região resolveu aproveitar a fama misteriosa do local e começou a explorar o turismo, na tentativa de trazer alguma rendo extra para a região, que como disse é isolada.

Existe uma rodovia que passa pelo local e o governo instalou uma placa informando a direção das "Ruínas Alienígenas".

A placa indicando o local. Repare que está em vários idiomas.


Outra ação do governo da região foi a construção de um monumento com inscrição informando a origem alienígena do local e com um OVNI no topo!

Os ideogramas em vermelho querem dizer "Ruínas extraterrestres de Delingha". Olhe no topo um disco voador :)

Outra forma de promoção do local foi uma montagem fotográfica que fizeram na enorme planície que fica perto do Monte Baigong.

Essa planície existem, mas o desenho é montagem feita para promover o local.




.
O vídeo abaixo foi o rusmea.com que me enviou. Ele encontrou na web china e é um dos únicos do Brasil sobre o local. Ele está em chinês e inseri ele para ilustrar ainda mais o local.


.
Agora é com você leitor assombrado. Deixe sua opinião: local alienígena ou formação natural?

Fontes (Acessadas em 23/08/2014):
- Xinhua News Agency: Chinese Scientists to Head for Suspected ET Relics
- Our Strange Planet: The Baigong Pipes – Nature or Aliens?
- Wikipedia.en: Baigong Pipes
- Epoch Times: Tubos Baigong, um mistério para engenharia moderna
- Xinmin
Informacao Incorrecta: Mistérios "faça você mesmo": os tubos de Baigong
LA Mentira Esta hi Fuera: Las tuberías de Baigong
- 56.com
- CCTV.cn
Comentários