23 de julho de 2014

Minha História Assombrada: A Penitência da Meia-Noite

Olá amigos leitores do AssombradO.com.br! Meu nome é Wilker, moro no interior do estado do Ceará, na pequena cidade de Pires Ferreira, e vou relatar uma das histórias que marcaram minha infância. Essa foi minha vó Maria que contou a história de seu pai João.

Antes mesmo de se casar, meu bisavô João vivia na região serrana de nossa cidade vizinha, que além do frio é cheia de mistérios. Contava João que lá pelos seus 20 anos, sua vizinhança andava apavorada com uma criatura que passava por suas ruas gritando e lamentando-se constantemente e puxando algo, em plena meia-noite. O pavor foi tão grande que todos faziam toque de recolher cedo, para não correr o risco de encontrar com tal criatura.

A partir disso, meu bisavô resolveu saber o que realmente era aquilo, e juntou três amigos para certa noite vigiar e descobrir o que era aquilo. Assim que a noite de lua clara caiu, se deslocaram para uma velha casa abandonada, localizada no inicio do local que moravam, e ponto inicial da aparição. Levaram mantimentos para passar a noite, e lá ficaram. Quando o relógio chegou perto da meia-noite, todos ficaram apostos, e pelos buracos que fizeram na velha porta, ficaram á observar. Chegando a hora marcada, começou-se ouvir aqueles gritos de terror e todos logo ficaram apreensivos, e a criatura se aproximava cada vez mais e mais, foi quando passou em frente a casa e eles puderam avistar do que se tratava.

A criatura consistia em um velho homem pálido, em estado de decomposição, arrastando outro homem, muito mais horrendo ainda, que gritava e lamentava-se, pois tinha um cão negro de olhos vermelhos mordendo sua cabeça. E assim se seguia a penitência até desaparecerem por completo. Meu bisavô  e seus amigos ficaram  totalmente chocados com o que viram, e só conseguiriam voltar pela manhã, incrédulos e sem explicação para aquilo.

Certo dia, uma velha senhora conhecida veio visitar sua família, e quando soube desvendou o mistério. Ali se encontravam dois homens muito ruins, que praticaram muito mal na terra, e que quando morreram, não conseguiram fazer a passagem, e tiveram como penitência, um viver carregando o outro pelas estradas a noite, perseguidos por um dos cães do inferno. Sendo que isso era uma história que ela ouvia desde criança por seus entes queridos.

O tempo passou e aparição sumiu de vez, mas o assombro permaneceu vivo naquela região até hoje.

Pois é isso amigos assombrados, esse é um de meus relatos, espero que gostem. G

rande abraço e que Deus ilumine a todos.

História assombrada enviada por Wilker Nobre

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publicadas!
Comentários