23 de julho de 2014

Minha História Assombrada: A Boneca de Porcelana

Alguns anos atras a minha avó me deu uma boneca de porcelana que era da mãe dela. A boneca era linda, tinha um cabelo loirinho todo cacheado com uma roupinha linda e fofinha. Quando a minha avó me deu a boneca, ela também me contou que quando a mãe dela a presenteou com a mesma, contou pra ela que quando ela era novinha, adorava a boneca e não largava por nada, e o nome da boneca era Isabelle, inclusive ela dormia com ela. Mas o mais interessante foi a história que ela me contou:

Uma noite ela acordou lá por umas 2 da madrugada e não viu Isabelle entre seus braços, foi ai que ela olhou pra porta que dava pra sala e viu Isabelle caminhando sozinha. Naquela época não tinha esse negócio de dar corda e ver a boneca andando. No outro dia encontrou Isabelle sentada na cadeira na frente dela e a encarando. Minha bisavó disse pra mãe dela que a boneca estava possuída e que não queria mais saber dela.

Quando eu ouvi isso fiquei apavorada, mas não botei fé porque não acreditava nessas coisas de brinquedo possuído. Então aceitei a boneca...

Na noite seguinte resolvi fazer um teste pra ver se o que minha avó contou era verdade, deitei com Isabelle entre meus braços e fingi que dormia. Umas 2 horas depois eu não aguentava mais e já ia desistir quando senti alguma coisa se mexer nas cobertas e pular pra fora da cama. Gelei! Criei coragem pra abrir os olhos e o que vi foi horrível: Isabelle andando sozinha até a sala e deitando no chão!!!! Não sei, acho que depois disso eu desmaiei de medo e quando acordei lá estava Isabelle sentada no chão olhando pra mim.

Alguns minutos depois a boneca estava detonada pelo machado que usei pra aquilo nunca mais se repetir :)

História assombrada enviada por um usuário que preferiu o anonimato

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publicadas!

Comentários