18 de junho de 2014

Minha História Assombrada: A Visita a Casa Abandonada

Meu nome é Tomás, e hoje estou publicamente compartilhando um episódio que vivi, este que só de lembrar e contar me deixa completamente arrepiado e perplexo.

Eu moro há 13 anos numa casa no Ipiranga, em São Paulo, e quando eu me mudei fiz amizade com dois vizinhos: um que morava atravessando a rua, e outro que morava do lado.

Quando eu completei 14 anos, o meu vizinho que morava na casa ao lado foi despejado, e impedido de morar nessa casa por ser uma propriedade de inventário. Essa casa ficou completamente abandonada. O mato do terreno tomou conta e a própria construção se desfez gradativamente, favorecendo a invasão de ratos e outros tipos de bichos, como insetos peçonhentos.

Eu perdi contato com o vizinho despejado me restando como amizade o vizinho que morava em frente.

Com esse vizinho, andávamos muito bicicleta, jogávamos bola e também nós gostávamos de aprontar na vizinhança. Saíamos apertando a campainha de todas as casas, roubávamos pinos de pneu de carro pra por em nossas bicicletas, acendíamos rojões e bombinhas durante a madrugada, até que um dia durante a noite tivemos a grande (ou imbecil) ideia de invadir a casa abandonada durante a noite para fazer vídeos com uma câmera velha que meu pai tinha.

E fomos. Pulamos o portão e entramos na casa com uma vela para ter iluminação para enxergar. Arrombamos a porta principal, escrevemos palavrões nas soleiras de cada porta de dentro da casa, demos risadas, gravamos nosso vídeo e fomos embora para ver o que tínhamos conseguido. Para nossa surpresa não conseguimos nada. Isso mesmo! Colocamos o vídeo para tocar, ele tinha sido gravado mas não aparecia nada.

Inconformados com a situação, decidimos voltar para gravar novamente. Pulamos o muro, e ao chegar perto da porta principal notamos que ela (a mesma que arrombamos anteriormente) estava fechada. Como que aquela porta, que estava com o trinco arrebentado poderia estar fechada? Puxamos o trinco, empurramos e a porta realmente não abriu. Eu senti uma energia muito forte como se alguém estivesse empurrando com muita força, impedindo a nossa entrada.

Assustados, voltamos correndo e desacreditados com o acontecido tentamos tocar o vídeo gravado e novamente nele não aparecia nenhuma imagem feita.

Depois de algumas horas, como eu era muito curioso, convenci meu amigo a entrar novamente na casa para tentar entender o que estava acontecendo.

Fomos devagar, andando juntos, estava com medo. Quando chegamos próximo da porta, ela estava aberta! Completamente arreganhada!

Pronto, foi o suficiente para não dormir durante 4 dias.

Minha mãe sempre frequentou centros espíritas, e contando essa história pra ela, eu fiz com que ela fosse antecipadamente naquela mesma semana para tomar seu passe e tentar descobrir alguma coisa sobre o que aconteceu. Já no centro, ela recebeu uma mensagem através de um médium presente de que havia um espírito que estava como hospede naquela casa. Ele estava muito zangado, e dizia que ia fazer coisas horríveis com quem havia invadido sua casa.

Eu investiguei, e descobri que quem tinha morrido lá foi o pai do vizinho despejado. Esse senhor havia morrido por uma doença, e a casa que era para ser de herança de seu filho, foi tomada por posse pelo seus irmãos.

Ainda no centro espírita, o mestre de luz acalmou o espírito, guiando-o para o caminho correto, e esclarecendo que tudo não se passou de uma brincadeira de criança.

História assombrada enviada por Tomás

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Clique aqui. Toda quarta-feira as histórias aprovadas são publicadas!
Comentários