26 de maio de 2014

Um chip eletrônico de 4,5 milhões de anos foi descoberto em um rio na Rússia

O site Karapaia do Japão publicou uma matéria sobre um estranho artefato achado em um rio na Rússia. Segue notícia:

"Um pescador encontrou uma pedra em um rio da cidade de Labinsk, na Rússia, que possui algo parecido a um chip eletrônico incrustado.

A Universidade Estadual Técnica da Rússia, fez uma análise e estimou a idade da pedra em 450 milhões de anos.

Claramente, o formato da peça tem uma semelhança com os chips eletrônicos da atualidade.

A pedra foi enviada à Universidade Estadual Técnica da Rússia para análise e teriam estipulado a data em 450 milhões de anos. É difícil, senão impossível de que em tal época, existissem placas de circuitos integrados. Seria um objeto de origem extra-terrestre?

Ficamos no aguardo por informações mais detalhadas sobre esse achado."

Moeda colocada ao lado demonstra que o artefato possui apenas alguns centímetros.
Detalhe dos "transistores" do microchip
Seria esse objeto mais um Ooparts? (Out-of-place artifact) é um termo cunhado pelo naturalista e criptozoologista americano Ivan T. Sanderson para um objeto de interesse histórico, arqueológico ou paleontológico encontrado em um contexto muito incomum ou aparentemente impossível, que poderia desafiar a cronologia convencional por ser "muito avançado" para o nível de civilização que existia na época, ou mostrando "presença humano" bem antes que os humanos deveriam existir. Alguns exemplos mais famosos são o Mecanismo de Antikythera e Bateria de Badgá.)


.
Tradução/Adaptação: rusmea.com & Mateus Fornazari

CLIQUE AQUI para ler "A Pedra Petradox: O Mais Recente OOPARTs"
Comentários