6 de maio de 2014

Fotos de Fantasmas na Cultura Japonesa (Parte 14)

Fotos inquietantes lá do outro lado do mundo e suas explicações sob a ótica da cultura nipônica, que possui um lado espiritual profundo e tradicional, chegando até mesmo a serem exageradamente supersticiosos na interpretação de fotos de supostas manifestações espirituais.

Independente das fotos aqui apresentadas serem erros de identidade, manchas, arranhões no negativo, dupla exposição ou pareidolia, o conteúdo desta série não está exclusivamente nas imagens, mas também, no texto explicativo entre elas, nos fazendo refletir sobre a semelhança com a nossa cultura em alguns casos ou a total diferença em outros.

Caso 1: Alívio

Esta foto foi tomada fá mais de 40 anos atrás e mostra o velório de uma parente do colaborador.
Se vê uma névoa escura cobrindo toda a superfície da foto. No meio dessa névoa, eis que aparece o rosto de uma idosa.

O colaborador mostrou essa foto à sua avó e ela disse que o rosto que aparece na foto, é muito parecido com o da morta que estava sendo velada, que havia falecido após ter lutado por 2 anos contra uma grave doença.

É possível que o espírito dessa mulher, libertado da luta contra a doença, tenha aparecido na fotografia como uma forma de demonstrar alívio e paz que estava sentindo, aos parentes que ficaram.



Caso 2: Alerta

Esta foto foi tomada quando o colaborador e sua família foram viajar e decidiram conhecer uma caverna regionalmente famosa. Na obscura caverna, dois garotos posam para o retrato. No lado do garoto à esquerda, aparecem dois rostos humanos. Estas são as formas de espíritos errantes*, que fizeram deste lugar a sua morada.

É muito frequente que espíritos se reúnam em cavernas como essa e pessoas com forte mediunidade, podem ser facilmente possuídas nesses lugares, por isso alertamos para que tenham muito cuidado.

*Do original Fuyuurei, que seriam espíritos errantes, que vagariam pelo mundo até o desfecho de algo inconclusivo em sua vida terrena.



Caso 3: Antiga dona

Esta foto foi tomada há alguns anos, quando o colaborador e sua família, visitaram alguns parentes durante a virada de ano.

A anomalia aparece à direita da foto, onde se pode ver a imagem de uma mulher segurando uma criança no colo.
Quando a foto foi tomada, não havia nada parecido com isso naquela parede.

Segundo o colaborador, a casa onde esta foto foi tomada pertencia a uma mulher, que a vendeu aos seus parentes. A antiga dona foi despojada de sua fonte de renda e para viver, ela teve que se desfazer do seu lar. Há uma grande possibilidade dessa mulher já não estar mais neste mundo e ela decidiu voltar a morar com o seu filho, no lugar em que estava acostumada a viver.



Caso 4: Promessa

A colaboradora tomou esta foto em um festival de verão local, na época do feriado do mês de agosto**, quando ela havia regressado à sua terra natal.

Na parte central da imagem, ao lado da menina vestida de quimono vermelho, aparece uma figura semelhante a de um garoto com roupa branca.

Segundo a colaboradora, um colega de aula de um conhecido seu, havia morrido vitimado por uma doença, alguns meses antes de tomar esta foto.

E ainda, esse garoto que morreu, havia prometido que iria participar desse mesmo festival de verão.
Ao que parece, este garoto não aceitou a morte do corpo físico e tratou de cumprir a sua promessa.

Se trata de uma festividade japonesa de tradição semi-religiosa que honra os espíritos de seus antepassados. Este costume de origem budista, acabou se convertendo em uma parte da Cultura japonesa, não só nos aspectos religiosos e culturais, mas também como uma ocasião de interação social com a comunidade.

**Do original Obon.



Caso 5: Aviso

Esta foto foi tomada há mais de 20 anos atrás e segundo o colaborador, foi em um dia de colheita na horta do jardim de infância. As crianças exibem contentes a farta coleta de nabos longos.
A anomalia aparece no lado direito da foto, próxima da mão da menina.
Nos talos do tubérculo, eis que aparece uma mão misteriosa.

Esse efeito foi provocado pelo espírito protetor** da menina e ao que parece, esse espírito apareceu na foto para avisá-la de algum perigo iminente.

Um mês após tomarem esta foto, essa menina sofreu um acidente de trânsito, porém, milagrosamente ela escapou com apenas alguns arranhões.

**Do original Shugorei, que seria um guardião espiritual, geralmente um ancestral familiar, que tem como objetivo principal, a proteção de uma pessoa, mas podem proteger também animais, moradias, etc.




Tradução/Adaptação: rusmea.com & Mateus Fornazari
Fonte: http://www.nicovideo.jp/

CLIQUE AQUI para ler "Fotos de Fantasmas na Cultura Japonesa (Parte 13)"
CLIQUE AQUI para ler "Fotos de Fantasma na Cultura Japonesa (Parte 12)"
CLIQUE AQUI para ler "Fotos de Fantasma na Cultura Japonesa (Parte 11)"
CLIQUE AQUI para ler "Fotos de Fantasmas na Cultura Japonesa (Parte 10)"
CLIQUE AQUI para ler "Fotos de Fantasmas na Cultura Japonesa - Parte 09"
CLIQUE AQUI para ler "Fotos de Fantasmas na Cultura Japonesa (Parte 08)"
CLIQUE AQUI para ler "Fotos de Fantasmas na Cultura Japonesa (Parte 07)"
CLIQUE AQUI para ver as fotos
CLIQUE AQUI para ver as fotos
CLIQUE AQUI para ver as fotos
CLIQUE AQUI para ver as fotos
CLIQUE AQUI para ver as fotos
1ª parte está publicada no rusmea.com: 
Fotos de Fantasmas na Cultura Japonesa
Comentários