2 de abril de 2014

Minha História Assombrada: O Visitante Indesejado

Esta historia é contado por meus tios e me deixa de cabelo em pé até hoje. O caso aconteceu com um ex vizinho dos meus avós, um senhor de vida muito conturbada e que vivia na esbórnia e na vida boêmia.

Em meados de 1980, meus Avós resolveram deixar a zona rural de Belo Horizonte e partiram para o centro da cidade. Compraram uma casa enorme com muitos quartos e um grande quintal, meus Tios e Tias começaram a se familiarizar e fizeram amizades rapidamente com os moradores dos arredores.

Meu Avô era um Sr. muito reservado, era Policial Militar e evitava muitas amizades, as poucas que ele possuía, se restringiam aos familiares mais próximos e alguns colegas de serviço, mas aos poucos se entrosou com os vizinhos, principalmente com um Sr. chamado João (O sujeito descrito no 2º parágrafo).

Sr. João alem dos defeitos descritos, também era bastante violento com seus filhos e esposa, chegando a espancá-los por muitas vezes. Ele trabalhava em um matadouro, possuía um físico avantajado, era muito alto e forte, impunha muito respeito por onde passava.

Sr. João quando chegava em casa ébrio começava a sessão de espaçamento e brigas, meu Avô ao ouvir os pedidos de ajuda, buscava intervir nas atitudes rudes do Sr. João. Esse dilema de brigas, espancamentos e intervenções durou por muito tempo, alem de que a esposa do Sr. João não o denunciava e repreendia que ousasse denunciá-lo.

Certo dia o Sr. João chegou em casa extremamente alterado, espancou a sua esposa até desmaiá-la, os filhos ao presenciarem tal cena, correram para um matagal que existia nos fundos da casa, e logo foram amparados pelas minhas Tias, que acolheram os garotos na residência do meus Avós.

Sr. João desta vez estava mais alterado que o normal e começou a xingar muitos palavrões e chegou até a blasfemar em alguns momentos (Apesar de todos os seus problemas ele era um homem religioso), os xingamentos e blasfêmias duraram por muito tempo até Sr. João ser incomodado com fortes batidas na porta: “Toc!Toc!”

Ao Abrir a porta Sr. João ficou mais furioso ainda, porque não avistava ninguém, fechou a porta e voltou a sua rotina de xingamentos, mas novamente ouve as batidas na porta: ”Toc! Toc!”.

Porem desta vez Sr. João se depara com uma criatura a sua frente, um sujeito muito alto com um enorme chapéu e uma capa preta que lhe tampava o rosto e deixava a mostra apenas um enorme sorriso com reluzentes dentes de ouro.

Sr João não conseguia ter nenhuma reação diante da tal criatura, apenas imaginava um modo de fugir daquela situação, não pensava em mostrar qualquer reação brusca, pois já imaginava o mal que o aconteceria, apenas sentia o suspiro da criatura que soprava sobre o Sr João um ar quente e com um odor de carne putrefata. Com muito custo Sr João consegue balbuciar a seguinte frase:

- “O que o Sr quer em minha Residência?”

A Criatura abre um sorriso e com uma voz extremamente assustadora diz:

- “Vim ao seu encontro meu caro, vejo que o Sr não para de dizer o meu nome, já que me chamou, vou ficar aqui com você, quer queira ou não”.

Neste instante Sr João consegue soltar um berro que atenua todos os vizinhos para a situação. Sr João corre para o pasto que se encontra atrás de sua casa, mas é surpreendido pela criatura que aparece a sua frente e o impede de esconder. Desta vez a criatura estava mais furiosa e perguntou com rispidez:

- “Porque esta fugindo meu caro, você me chamou e agora não quer minha presença?”

Estas palavras fizeram com que Sr João caísse em lagrimas e pedisse que a criatura fosse embora e o deixasse em paz, que aquelas palavras nunca iriam ser ditas novamente, porem a criatura ficou ainda mais furiosa e se pôs a frente do rosto do Sr João. Neste momento meu avô aparece e presencia a cena, com muito medo ele chama pela minha avó que era muito católica. Minha avó começa a rezar a poderosa oração do Credo e a partir deste momento a criatura desaparece, deixando apenas um forte cheiro no ar.

No outro dia o Sr João se retratou com meus avós, os 3 conversaram bastante e buscaram respostas para o acontecido, depois de uma longa conversa, Sr. João resolveu arrumar as malas e sair de casa, deixando a mulher e os filhos para trás. O que se sabe é que ele mudou por completo suas atitudes e tem outra família com a qual ele não briga.

História assombrada enviada por um usuário que preferiu o anonimato.

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Então clique aqui.

CLIQUE AQUI para ler "Cuidado com o que sai da sua boca"
Comentários