9 de abril de 2014

Minha História Assombrada: Feitiçaria?

Entre o ano de 1990 e 1994 eu trabalhava em uma cidadezinha retirada, bem no interior do estado, quase na divisa com Santa Catarina. Trabalhava como programador de computador para um órgão do governo estadual, através de uma firma de engenharia e consultoria que terceirizava meus serviços para este órgão. Lá eu fiz amizade com uma garota que por motivos óbvios omitirei o nome. Esta garota e eu conversávamos seguidamente até que eu fiquei cerca de uma semana sem vê-la. Certo dia ela apareceu no escritório que eu trabalhava dando a impressão que tinha chorado e estava bastante nervosa e preocupada. Aí começou uma das histórias mas estranhas e esquisitas que já vi...

A garota me narrou o seguinte...

... o seu tio que morava em uma cidade de Santa Catarina próxima, havia se envolvido em uma briga de trânsito. No auge da discussão ele perdeu a cabeça, foi até seu carro, pegou a sua arma e atirou no outro motorista, matando-o na frente de testemunhas. Com isto foi preso. Alguns dias depois, seu tio começou a agir de forma estranha. Ficava acocorado no canto da cela com os olhos esbugalhados, babando como se não visse nada ao redor. Como ele continuou agindo assim, o enviaram para um hospital (não recordo se era hospital do presídio ou não). Lá, além de continuar do mesmo jeito, sua pele começou a ficar escamada e com tom esverdeado, além é claro de ficar cada vez mais doente, já que também não aceitava se alimentar.

A garota, então, me perguntou se eu não conhecia alguém que pudesse dar uma ajuda espiritual, já que os médicos não conseguiam achar uma solução. Como eu já havia ido em alguns lugares bastante estranhos naquela região, sugeri a ela ir com a sua tia em uma vidente que havia numa cidade próxima.

A garota foi com sua tia e voltou me contando que a vidente havia falado que o seu tio havia matado por impulso um homem que vivia apenas para sua família (a mulher e dois filhos) e que esta atitude impensada havia gerado uma revolta e raiva muito grande na esposa e filhos, sendo que eles procuraram uma feiticeira e pediram para esta fazer algo para conseguirem vingança. Esta feiticeira junto com outras coisas pegou o nome do tio da garota e costurou tudo dentro da boca de um sapo, enterrando o mesmo dentro de um cemitério. A vidente disse para a garota e sua tia que como o seu tio havia feito uma coisa muito terrível e portanto tinha culpa, ela então nada poderia fazer para ajudar...

Eu escutei e de fato não me ocorreu nada para sugerir a não ser procurar confortar a garota. Cerca de uma semana depois ela me procurou contando que o seu tio havia morrido. Os médicos fizeram autópsia e constataram que o estômago do seu tio internamente era liso e de cor igual a de um sapo... Os médicos atestaram como causa da morte desconhecida...

Este fato até hoje foi um dos que mais me impressionaram, sendo que jamais esqueci. Será que foi realmente feitiçaria? Será que foi sentimento de culpa do homem? Mas se foi sentimento de culpa como ele poderia saber do feitiço com um sapo? Apesar de agora, depois de tanto tempo e de estar tão longe daquele ambiente isto me parecer uma coisa tão fantástica, o fato é que realmente aconteceu e sinceramente não sei, até hoje, o que pensar a esse respeito.

História assombrada enviada por Darlan de Quadros

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Então clique aqui.
Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
CLIQUE AQUI para ler "5 Relatos Envolvendo Macumba"

Comentários