19 de março de 2014

Minha História Assombrada: Eu não durmo mais com a porta aberta

Acho que já faz uns 5 anos pra mais que isso ocorreu. Sempre morei na mesma casa (apartamento na real) nos últimos 15 anos, e até o ano de 2000 meu pai também residia aqui, sendo que posteriormente a esse ano, ele saiu devido a separação com a minha mãe. Minha casa nunca teve nada assim, de anormal, a não ser aquele tipo de coisa que some e depois a gente acha em outro lugar, ou encontra quando menos procura, enfim, coisas "pequenas" do tipo.

Eu tenho o sono muito leve, e costume de acordar umas 3 vezes ou mais no meio da noite, pra tomar água. Sempre tive essa "mania" vamos dizer, sempre tomei muita água inclusive de madrugada. Virou costume. Em uma noite como qualquer outra, isso de praxe aconteceu, e logo em seguida voltei a deitar. Detalhe: Eu deixo a garrafa de água ao meu lado, não preciso levantar para ir a cozinha.

Assim que deitei novamente, antes de começar a pegar no sono, escutei passos no corredor (nessa época eu dormia com a porta do quarto aberta), mas nem esquentei a cabeça, pois achei que era minha mãe indo ao banheiro. Só que, SEMPRE deixamos a porta do banheiro fechada durante a noite, para evitar que entre pernilongos (a janela do banheiro é a unica que não tem tela contra eles) na casa, e tinha como certo, em poucos segundos ouvir essa porta abrindo e minha mãe entrando. Só que, não aconteceu, a porta permaneceu fechada, nenhuma luz foi acesa ou nenhum barulho foi feito, como se alguma pessoa tivesse acordado por qualquer motivo.

Achei esquisito, mas nada de sobrenatural me passou no momento, então voltei a tentar dormir. Acho que em menos de 5 minutos, escutei pratos mexendo na cozinha, como se alguém tivesse tirado um prato debaixo de uma pilha deles, fazendo aquele barulho característico de um batendo no outro. Mas não tinha nada também, quer dizer, não levantei pra ver, sei que tinha uma pilha de pratos dentro da pia, mas não eram muitos ao ponto de escorregarem e cair "do nada". Mas sei que não tinha ninguém (no caso minha mãe apenas) na cozinha, pois de certa forma a porta do meu quarto fica de frente pra ela, ou seja, se acender uma vela lá dentro eu conseguiria perceber luz, então acender a luz mesmo nem se fala.

Nessa hora já comecei a estranhar, mas preferi voltar a dormir.

Bem, de manhã fui tirar a história a limpo, perguntei a minha mãe se ela tinha levantado de madrugada para fazer alguma coisa no banheiro ou na cozinha, mas sem mencionar os fatos, pois acho que se tivesse contado o que aconteceu ela teria mentido dizendo que sim, para eu não ficar com medo. Então como eu esperava, ela negou.

Bom, até hoje não sei o que aconteceu, só posso afirmar com certeza que o que ouvi veio de dentro de casa, e que a partir desse dia, nunca mais dormi com a porta do meu quarto aberta.

História assombrada enviada por um usuário que preferiu o anonimato.

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Então clique aqui.

CLIQUE AQUI para ler "Minha História Assombrada: A Mulher de Branco"
Comentários