24 de fevereiro de 2014

Lenda da Noiva que Chove (Estradas do Brasil)

Na estrada, os caminhoneiros quando falam de histórias incríveis dificilmente esquecerão a da "Noiva Que Chove". 

A lenda diz que um jovem casal estava de casamento marcado. Ele, um caminhoneiro de nome Jordan, ela, uma linda moça chamada Suzana que cantava num coral de igreja. O rapaz teria que fazer uma viagem para pagar a celebração desta tão esperada união. Na volta, então, juntaria seu coração com o de sua amada. Ela, muito alegre, não falava em outra coisa. Suas manhãs nunca foram tão lindas. Milhares de planos passavam por aquela cabecinha. Teria sua casinha, seus filhos, ficaria à janela, sorridente, quando seu príncipe da estrada estivesse para chegar.

Então, a data daquele dia chegara, mas ele, não se sabia por qual motivo, não conseguira retornar. Ela, esperançosa, de frente ao espelho, via as horas passarem desesperadamente. Aos poucos essa esperança mudou para incerteza. Todos queriam ajudar com palavras, gestos, mas ninguém nada poderia fazer. Suzana correu para as margens da estrada que passava por sua cidade e pôs-se a esperar. Seus pais imploravam para ela vir para casa, mas a pobre flor enfrentaria dias de desespero por aquele que tanto amava. Em uma daquelas tardes uma chuva fria causou a Suzana uma pneumonia que ceifou sua vida.

A jovem não realizou o seu sonho e seu amado nunca voltou. Mas, ainda hoje, o caminhoneiro que passar por essa cidade em uma tarde chuvosa, se surpreenderá com uma terrível conclusão: às margens da via se vê uma moça que se foi e que ainda espera um moço que nunca chegará.

Algumas pessoas se recusam a partir do mundo terreno sem realizarem seus sonhos. Violando as leis da vida, a vontade de ser feliz, numa incrível conclusão ilógica, talvez possa enganar a maior força de todas, a da tão temida morte.

Tem uma lenda bem similar chamada As Flores da Morte, que você pode ouvir abaixo - Narrado, interpretado e produzido por Carlos Faustini, especialmente para AssombradO.com.br

As flores da morte by CJFaustini

CLIQUE AQUI para ler "A Noiva Morta de Barretos"
CLIQUE AQUI para ler "A Noiva Cadáver de Carl Von Cosel"
CLIQUE AQUI para ler "A Noiva Cadáver do Vietnã"
Comentários