2 de dezembro de 2013

Prahlad Jani: O Indiano que está a mais de 70 anos sem comer

Um milagre para muitos, uma fraude para outros. O fato é que ele afirma estar a mais de 70 anos sem comer ou ingerir líquidos e já foi investigado 2 vezes por cientistas, que não conseguiram até hoje explicar o caso.

Prahlad Jani saiu de casa quando tinha 7 anos e passou a vagar pelas florestas do oeste indiano. Aos 11 anos, teve uma experiência mística que o libertou da vontade de comer e beber. A deusa Amba teria dado a ele poderes de sobrevivência e em agradecimento, Jani passou a se vestir com os trajes das mulheres devotas de Amba, pintando até as unhas.

Hoje ele é líder religioso da tradição Jainista e um milagre científico e biológico. Tem 86 anos e está a 73 anos sem comer ou ingerir líquidos.

Mas como se alimenta?

Jani mostrando para pesquisadora fenda em seu palato
e a substância que escorre dele.
Para a ciência, é impossível ficar este período de tempo sem comer ou ingerir líquidos. O máximo que uma pessoa consegue sobreviver sem água são 4 dias. Sem comer, em média 30 dias, dependendo da sua reserva de gordura.

Mas para o Iogue Prahlad Jani, a ciência não se aplica, pois diz que sobrevive graças a meditação e o poder de sua mente, e que se alimenta de luz. Ele olha diretamente para o sol durante vários minutos por dia, muito embora os médicos assegurem que esse perigoso hábito danifica a retina e pode causar cegueira. Jani afirmou ainda que um orifício surgiu misteriosamente no céu da boca e quando ele olha para o sol, um tipo de gosma adocicada escorre do orifício para dentro de sua boca, alimentando-o. Uma médica presente em um estudo, introduziu um dos dedos na boca do iogue e comprovou a existência de uma fenda no palato e da substância pegajosa que escorre dela.

Em síntese, é como se seu corpo fosse capaz de realizar fotosíntese! Este é o conceito da InédiaRespiratorianismo é um conceito relacionado, que afirma que comida e até mesmo água não são necessários e é possível viver somente de prana (a força vital do Hinduísmo), ou, de acordo com alguns, se alimentando de luz solar. Nos últimos anos, o movimento foi popularizado pela australiana Ellen Greve, mais conhecida como Jasmuheen. Prahlad Jani é um respiratoriano.

Uma equipe de 30 pessoas fiscalizou o iogue, além de contarem com 3 câmeras que o filmavam 24 horas por dia.
Imagem do circuito de TV mostra o iogue meditando
Estudos Científicos

Um estudo foi amplamente divulgado pela mídia no ano de 2010. O iogue aceitou ser submetido a uma investigação em um instituto de pesquisas médicas, onde ficou isolado em um pequeno quarto, com câmeras que o filmavam dia e noite. O quarto era observado permanentemente por grupos de médicos, que a cada três horas recolhiam amostras do sangue do iogue. A pesquisa durou cerca de 14 dias, onde Jani em momento algum bebeu água nem comeu nada, nem evacuou ou urinou.

O iogue passava o tempo andando pela sala, orando e meditando. De tempos em tempos, tomava banho em uma bacia. Sem que o iogue tivesse sido avisado, a quantidade de água do banho era medida antes e depois da higiene, a fim de que os médicos se certificassem que ele não estava consumindo a água.
Durante o experimento Jani falava animadamente e demonstrava vigor físico, tanto na aparência, quanto nos exames sanguíneos, que mostravam índices normais.

O resultado do experimento foi inconclusivo, uma vez que nenhum dos médicos pesquisadores conseguiu construir alguma hipótese que justificasse, dentro do conhecimento atual da ciência médica, como o iogue estava se nutrindo.

O Instituto de fisiologia do Ministério da Defesa da Índia ficou interessado no caso, afim de descobrir seu segredo, com o objetivo de ser utilizado no futuro, como estratégia de sobrevivência de soldados sem disponibilidade de comida e bebida, e no futuro pode auxiliar nas missões que o governo indiano quer enviar para a Lua e depois Marte.

Jani deixou o hospital como um herói para seu pequeno grupo de seguidores, que o acompanharam até a caverna onde vive em meditação, na periferia de Ambaji, em Gujarat (norte).

É a segunda vez que a mesma equipe avalia o Iogue. A primeira vez foi em 2003 e ele ficou 10 dias no hospital Sterling.

Mistério ou fraude? Até agora a primeira opção está ganhando.
Questionamentos dos Estudos

O chefe destes estudos, Dr. Shudir V Shah também é seguidor do Jainismo, religião que o Iogue Prahlad Jani é líder, e muitos acreditam que isto possa ter influenciado a metodologia da pesquisa, com o objetivo de legitimar o que o Iogue faz e consequentemente o Jainismo.

Outros afirmam ainda que não é porque ele ficou 14 dias sem comer ou ingerir líquidos que ele tenha ficado realmente mais de 70 anos como ele afirma.

E muitos também dizem que se ele tiver conhecimentos de mágica, pode facilmente enganar as pessoas. O mágico David Blane ficou 44 dias suspenso em Londres em uma caixa de acrílico "sem comer ou ingerir líquidos".

O famoso mágico James Randi comentou sobre o caso e o desafiou a Jani a provar o que fala, deixando que James Randi conduza os estudos. Se conseguir provar que não precisa de comida ou bebida, ainda ganha 1 milhão de dólares. Mas acho que alguém que vive em uma caverna não está interessado em dinheiro. Veja aqui o vídeo de James Randhi (uma dica para quem tem dificuldades com inglês. Clique em "legenda", ative, agora clique em "Traduzir Legendas" e escolha "Português")

.
.
Fontes (Acessadas em 02/12/2013):
- EpochTimes: Iogue Prahlad Jani afirma jejuar por 70 anos
- pt. Wikipedia: Prahlad Jani
- pt. Wikipedia: Inedia
- G1: Índia: iogue de 83 anos que não come há 70 impressiona médicos

CLIQUE AQUI para ler "Chandra Wisnu: O Homem Bolha da Indonésia"
CLIQUE AQUI para ler "Thai Ngoc: O Homem que não dorme"
Comentários