20 de novembro de 2013

Minha História Assombrada: Quatro Histórias Rapidinhas

Trago para vocês quatro histórias assombradas.

1º História Assombrada
O primeiro é o da minha família. Bem, minha família por parte de mãe era católica, meu bisavô tinha um sitio onde tinha uma casa nele que ele alugou, mas ninguém sabia. Minha bisavó era benzedeira e uma vizinha sempre tinha alguns problemas dizendo que era o fantasma do marido dela que a possuía, minha bisavó e minha tia iam lá e sempre o "fantasma" pedia para que minha bisavó reza-se para ele, pois, segundo ele estava sofrendo muito no purgatório. Até que um dia meu bisavô foi junto, e ai o suposto "fantasma" começou a atacar a mulher e começou a dizer que meu bisavô tinha alugado a casa do sitio para algumas pessoas que eram da religião que guarda o sábado (não me recordo o nome), e por causa do livrinho preto (bíblia) deles ele tava sofrendo, e disse para minha bisavó e minha tia para pedir para um padre rezar uma missa para ele. Quando elas pediram para o padre rezar para ele uma missa, o padre se recusou e disse que aquilo não era um fantasma, mas sim um demônio que possuiu a mulher. Depois disso minha bisavó e algumas pessoas da família resolveram ir para essa religião, começaram a frequentar a igreja das pessoas que guardam o sábado (eu coloquei como pessoas que guardam o sábado por não lembro o nome da religião), porém mudaram de religião e viraram evangélicos. Alguns dos motivos para mudarem de religião é que naquela época o povo era muito mais rígido com as regras dessa igreja que guarda o sábado do que hoje em dia. O fato de eu dizer o livrinho preto é que naquela época não era todo mundo que tinha uma bíblia em casa, ainda mais católicos, pois muitos eram aquelas pessoas que acreditavam que ler a bíblia deixava a pessoa maluca.

2ª História Assombrada
O segundo relato é um meu com um amigo, eu não lembro a idade que tínhamos, mas conheço esse amigo por volta de 15 anos. Onde morávamos tinham três casas e na frente era uma horta grande, um coberto que fazia parte da primeira casa, um poço de água que ficava de frente pra primeira casa, metade do poço ficava em baixo do coberto e metade fora, a primeira casa, onde meu amigo Alan morava, a segunda casa onde meu Tio Avô guardava as coisas dele e que era colada a primeira casa, sendo divididas as duas apenas por uma parede, o coberto pertencente a segunda casa, um mini muro e logo depois desse mini muro era a minha casa que era a mais afastada do portão, mais ou menos uns 40 a 50 metros de distância e a primeira casa ficava a pouco mais de 8 ou 10 metros. Visualizou? Então, estávamos sozinho, cada uma na sua casa e acabou a energia. Resolvi ir até a casa dele e ficamos sentado no poço que é tampado por uma grande placa de concreto e vedada com concreto também dos lados. Conversa vai conversa vem, quando ouvimos uma voz chamar nosso nome, eu olhei pra ele assustado e perguntei se tinha alguém na casa dele, ele disse que não, depois uma segunda vez ouvimos a mesma voz, olhamos um pro outro e corremos até o portão onde ficamos até a energia volta. Muitos amigos meus tem medo da casa onde eu morava. O terreno das casas foi vendido pela minha tia avó. Meu colega ainda mora em Osasco, porém eu me mudei de lá e moro atualmente no interior. Sempre que amigos iam dormir faziam relatos de que viam ou ouviam coisas, já teve vez de fazer uma sessão de filme de terror e ninguém conseguir dormir depois.

3ª História Assombrada
O terceiro relato aconteceu quando estava em casa com meu pai e minha mãe na sala assistindo filme. Meu irmão estava dormindo no colo da minha mãe, meu pai em noites de calor sempre dormia na sala. Ele estava sentado no colchão no meio da sala assistindo um filme, junto comigo e minha mãe e nós estávamos nos sofás. De repente ele perguntou pra minha mãe se ela tinha visto algo passando pra cozinha, minha mãe perguntou o que ele estava vendo ele disse que era uma criança, atravessando a porta da salinha, que era onde minha mãe tinha máquinas de costura. Meu pai disse que isso ocorreu três vezes naquela mesma noite. Nunca mais ninguém viu algo assim. Isso aconteceu quando eu tinha por volta de 11 anos. (me arrepia um pouco até hoje rsrsrs)

4ª História Assombrada
O quarto é de um amigo chamado Diego. Ele disse que estava na casa dele, que é meio pequena na minha opinião, ela tem um banheiro, a cozinha, o quarto dos pais e o quarto dele. Ele estava no quarto dele dormindo quando disse que acordou com algo e olhou para o batente da porta, onde viu um vulto de uma mulher de branco, que chamou várias vezes, mas nada da mulher se virar. De repente ela veio flutuando para cima dele, e ele se escondeu embaixo dos cobertores fechando os olhos. Depois de alguns segundos com medo, se descobriu, abriu os olhos e não viu mais a mulher.

História assombrada enviada por Henrique D.

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Então clique aqui.
Comentários