20 de novembro de 2013

Minha História Assombrada: Meus Casos Assombrados

O que eu vou contar aconteceu comigo na primeira situação por volta dos 6, 7 anos e na segunda com 9 anos. Eu me lembro nitidamente de tudo pois fiquei bastante traumatizada depois disso, vou contar por ordem dos fatos.

Eu sempre fui criada por minha avó. Morávamos no interior de Minas Gerais em uma casa pequena, cercada por uma um quintal enorme com uma árvore velha e um fogão a lenha, sendo metade do terreno ocupado por uma madeireira bem antiga e um pequeno quarto escuro onde guardavam ferragens. O quintal era realmente enorme e na parte da madeireira era coberto por telhas dificultando a entrada de luz e proporcionando umidade. Isso dava a casa da minha avó um clima pesado e bastante sombrio, complementado pela mobília, em grande parte velha e de estilo rústico.

Eu era uma criança muito medrosa e sempre dormi agarrada a minha avó, que é bastante doente. No nosso quarto tinha um guarda-roupa enorme, daqueles bem antigos, com as duas portas do centrais cobertas quase completamente de espelhos. Na infância eu sempre fui uma criança solitária, não tinha amiguinhos e brincava muito sozinha. Um dos meus passatempos favoritos era brincar com esses espelhos fazendo careta pra eles, minha avó sempre me advertia me dizendo para não fazer isso porque fazia mal. Eu ficava com medo mas logo me fazia de esquecida e continuava brincando.

Mais um dia normal, escureceu e eu logo adormeci. Era madrugada ainda e acordei, e sempre que acontecia isso eu acordava minha avó, mas dessa vez foi diferente, eu não senti medo e nem vontade de acordar ela. Algo parecia me chamar e mandar eu olhar para o espelho, quando eu olhei vi três sombras dentro do espelho, elas pareciam conversar sobre algo e lembro de ver uma delas acenar pra mim e dizer "olhem que linda". Eu, criança, inocente, fiquei maravilhada com aquilo e quando tentei acordar minha avó uma das supostas sombras fez "shhhhhhh..." como se pedisse segredo e involuntariamente acabei adormecendo. Não contei nada para minha avó e depois disso nunca vi as sombras no espelho novamente.
Alguns anos mais tarde, eu estava no mesmo quarto, com o mesmo guarda-roupa, na mesma cama fazendo meu dever de casa. Era horário de verão e já estava um pouco tarde e minha avó estava na sala costurando. Estava concentrada na tarefa quando escutei um estrondo em cima do telhado, como se uma pedra muito grande tivesse caído em cima. O quarto ficou frio de repente e a janela bateu sozinha com bastante força. Minha avó também havia escutado, eu sai correndo do quarto e fiquei junto a ela, que decidiu que seriamos melhor ir até a rua verificar se não era nenhum moleque jogando pedras já que havia uma pracinha na rua de trás. Sem demora fomos até lá, mas para nossa surpresa a rua estava completamente deserta, com as luzes da praça e dos postes apagadas, não se via uma alma viva na rua, nem um cachorro. Minha avó estranhou isso e voltamos para dentro de casa, e ela se mostrou tranquila em um ato de me passar confiança. Ela me disse para esquecer, que não era nada e me fez ir pra cama.

Alguns meses depois, minha mãe que morava em Belo Horizonte telefonou para nos dizer que iria casar e que eu e minha avó viríamos morar com ela. Como eu iria ser dama de honra tive que ir antes da minha avó para acertar detalhes do vestido e ela veio logo em seguida. Depois do casório passamos a morar com ela como prometido. Um dia durante uma reunião de família o novo marido da minha mãe, um pastor rígido e extremamente religioso, comentou sobre uma revelação que teve na igreja. Ele contou que a revelação dizia sobre a causa das enfermidades da minha avó, tudo foi obra de macumbaria que enviou demônios para a casa da minha avó, o que a manteria sempre doente. Ele ainda disse que de acordo com a revelação, 3 demônios "moravam" no guarda-roupas, 2 no telhado, 1 embaixo da cama dela e o resto vivia espalhado no quintal da casa. Eu fiquei em choque e contei o que eu havia visto, ele rapidamente ligou os pontos e eu pude entender o que eu realmente vi no espelho e o que estrondou o telhado.

Vocês podem não acreditar mas eu sei o que eu presenciei. Já faz 5 anos que eu descobri o que eu vi e desde então nunca mais fui na casa da minha avó.

O usuário assombrado que enviou este relato preferiu ficar anônimo.

* Minha História Assombrada trás para você relatos assustadores vividos por usuário do site AssombradO.com.br e Sobrenatural.Org - Veja com estes relatos que o mundo sobrenatural está a nossa volta e pode acontecer algo estranho com qualquer um! Tem algum caso e deseja que ele seja publicado? Então clique aqui.

Leia mais:
A Menina do Espelho
Lendas sobre Espelhos
Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
CLIQUE AQUI para ler "5 Relatos Envolvendo Macumba"

Comentários