1 de agosto de 2013

Menina Fantasma


Esta experiência ocorreu com minha irmã, quando ela tinha 6 anos, e me lembro do ocorrido, porém os detalhes foram informados por ela, tendo em vista que eu detinha uma idade muito pequena nessa época.

Repito: este é um relato de uma fonte extremamente confiável, não é pelo fato de ser minha irmã, ou ainda de ela, hoje em dia, ser evangélica, e sim pelo caráter, seriedade e confiabilidade que ela sempre teve em todos os assuntos da vida. Esse relato prova que realmente o sobrenatural existe, e devemos tratar esse assunto com mais seriedade, crendo que o que existe não é apenas o que vemos em nosso dia a dia.

Bom, sem mais delongas, era o ano de 1976, a minha casa era muito humilde naquela época, sendo composta por uma cômodo, uma cozinha e um banheiro apenas, e eu me encontrava (me lembro ainda disso) com minha mãe no quarto, enquanto minha irmã estava brincando sozinha na cozinha.

Este cômodo dava acesso a um pequeno corredor que terminava com a porta do banheiro. Minha irmã se encontrava voltada para a entrada deste corredor quando repentinamente e sem entender nada (principalmente de onde tinha surgido) apareceu uma menina com um vestido branco, saltitando da porta que dava acesso ao quarto para a entrada do corredor que já citei, sorrindo em direção à minha irmã, e fazendo sinais para que ela a acompanhasse.

Logo após o "espectro" (começarei a chamá-la assim) ter sumido, e recuperando a respiração, pois minha irmã durante toda a experiência havia ficado estática, saiu correndo para o quarto, começando a chorar e tentando contar o que havia ocorrido. Minha mãe vendo que não era brincadeira, e temendo ter mais alguém na casa, pois nessa época meu pai era caminhoneiro e ficávamos sozinhos os três em casa, e, em virtude de haver um colégio em frente à nossa residência, onde os usuários de drogas pulavam o muro a fim de utilizá-las, o temor de minha mãe era constante, se dirigiu para o corredor que dava acesso ao banheiro e lá chegando verificou que NÃO HAVIA NINGUÉM LÁ.

Até hoje minha irmã conta a história como se fosse hoje, e fica emocionada ao relembrar, mesmo não acreditando em espíritos, como eu já disse ela é evangélica, mas não tem explicação alguma para o que ocorreu.

Para complementar, ao questioná-la sobre o que ocorreu (inclusive fiz isso hoje a fim de coletar maiores detalhes para publicar este relato), a mesma me disse que em nenhum momento a menina transmitiu algo de "ruim", sendo que ela chorou por ter sido repentino o fenômeno, levando-a a se assustar, o que exclui completamente a teoria de "demônios" ou outros seres malévolos, antes que alguém diga que é mais um caso de aparição do "tinhoso".

Gostaria de ler opiniões à respeito do que pode ter ocorrido naquela casa, sendo que aconteceram outros fenômenos que relatarei oportunamente. Um grande abraço a todos!!

Relato enviado por Eros, em 2009 para o site Sobrenatural.Org
Comentários