5 de julho de 2013

Crianças não Mentem


Olá, estou aqui para trazer um relato recente que ocorreu comigo e meus irmãos. Tenho dois irmãos, uma menina de três anos e um menino de sete anos. Não moram comigo, e sim com minha avó, numa casinha humilde, de madeira, meia velhinha. Vejo eles apenas duas vezes por ano, e sempre levo alguma lembrancinha. 

Por Paula Micaéla de Souza

Época de Natal, fui visitar minha tia e aproveitei para visitá-los, pois moram na mesma cidade. No dia 26 de dezembro, lembrei que não havia comprado um presentinho para eles e corri na lojinha mais próxima e comprei algumas coisinhas, para eles e para minha avó.

No mesmo dia fui visitá-los, brinquei com eles por um bom tempo e minha avó então chamou para tomarmos café. Sentei na frente do meu irmão, e minha irmã ao meu lado. Até ai tudo bem, quando percebi que meu irmão me olhava fixamente. Fiz uma brincadeirinha dizendo: "Que foi mano, tem bicho no meu cabelo?! se tiver tira se não começo a fazer um escandalo!" Ele começou a rir, e todos na mesa também riram pela brincadeirinha, mais ele continuou rindo sem parar e chorava, começamos a ficar assustados, ele nunca tinha feito aquilo. Então minha avó disse: "Pare com isso, menino." E então, ele se levantou e foi para o banheiro, estava chorando e não estava mais rindo. Minha avó pensou que ele ficou chateado com o que ela disse e foi falar com ele, mas não era nada disso. Então minha vó disse, quase chorando: "Você é igualzinha sua mãe (hoje, falecida) o jeito, o sorriso, cabelo, tudo, tudinho. Você é igual a ela, lembra muito ela." Vi que ela disfarçou e lavou uns copos, chorando. Fiquei meia sem reação, meu irmão no banheiro e minha irmã brincando de boneca com minha prima. Até que meu irmão saiu do banheiro, com o rosto inchado de tanto chorar, foi para o quarto. Minha avó e minha prima foram junto e ficaram lá a porta fechadas um bom tempo, e eu fiquei brincando com minha irmã. Quando elas saíram, minha vó estava branca, parecia ter visto um fantasma! Meu irmão sentou no sofá e ficou, já melhorzinho. Minha prima disse que me contava tudo quando chegássemos em casa.

Nos despedimos, e quando chegamos em casa perguntei o que aconteceu, e ela me disse o seguinte: "Você é igual sua mãe, mas igual mesmo. Aquela hora que ele não parava de te olhar, ele tava lembrando da mãe. E depois que você fez a brincadeirinha, ele disse que viu a mãe atrás de você, com um sorriso no rosto. Por isso ele começou a rir e chorar ao mesmo tempo. Ele disse que ela estava atrás de você, e parecia feliz por ver os três filhos juntos. E ela continuou ali, até quando ele saiu do banheiro para ir ao quarto, ela estava ali em pé, atrás da sua cadeira, mas estava séria. Eu pensei que ele estava brincando, mas ele não iria brincar com coisa desse tipo, e não iria passar mal contando o que viu."

Minha mãe faleceu final de Novembro de 2007. Sou adotada desde os seis meses e nunca cheguei a conhece-la.
Comentários