28 de junho de 2013

Trabalhando na Funerária...

Essa história é verídica, aconteceu há uns 13 anos com a minha mãe que trabalha 20 anos na Funerária de São Paulo, acho que minha mãe não ganharia nada inventando esse relato que vou contar pra vocês...

Por Ligia Marques

Minha mãe trabalhava na agência onde contrata funeral, ela trabalhava no turno da noite, onde ficava de plantão com mais 4 agenciadores, portanto somente a agência funciona e as demais salas ficavam com as luzes apagadas, somente o refeitório ficava aceso.

Uma certa noite, minha mãe foi ao refeitório sozinha tomar café para aguentar o plantão noturno, ela perguntou para os amigos dela que estavam trabalhando no mesmo plantão se queriam café, ninguém quis, então ela foi lá no refeitório, entrando lá, ela pega um copinho descartável, vira a garrafa cantarolando até que ela viu um senhor de idade, cabelos grisalhos e bem cortados, branco, calça branca, blusa azul bebê de lã tricotada, bem humorado e muito simpático. Ela oferece um cafezinho:

- Olá, servido um cafezinho Senhor?

Ele responde:

- Não Senhorita, muito obrigada!

Logo Minha mãe pensou: "Ele se perdeu aqui, deve estar procurando o banheiro", e foi atrás do senhor e não achou, ela voltou pra agência e comentou com os plantonistas e pediu para um dos rapazes ir no banheiro masculino de funcionários que fica ao lado do refeitório, pois ele teria que usar o banheiro público, o rapaz foi no banheiro e não encontrou o senhorzinho simpático e bem vestido, desacreditados os colegas de serviço da minha mãe começam a tirar um sarro dela dizendo que ela tava com sono e tava vendo coisas...

Não demorou 15 minutos, eles viram um senhor passar pela porta da agência e foram na mesma hora atrás e não havia nem sinal do velhinho na qual descreveram como minha mãe disse ter visto ele no refeitório...

Logo em seguida chega uma família para contratar o funeral, minha mãe é quem atende a família e para surpresa dela, ao pegar o RG do falecido, quem era na foto???

O senhor que ela viu no refeitório e que os demais colegas do plantão viram passar batido na porta da agência...

Ela, admirada, chama um dos colegas do plantão e diz!!!

- "Fulano" é esse senhor que você viu???

O rapaz olha o RG e diz:

-Meu Deus, me deu um frio na espinha, era ele mesmo, e é médico aposentado...

Aquela noite terminou falando desse fato que aconteceu! Achei muito interessante e resolvi escrever aqui!

Tenho muitos relatos pra contar pra vocês, espero que gostem desse que aconteceu há mais ou menos uns 13 anos na Funerária na qual não informo por discrição!!!
Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
Comentários