12 de junho de 2013

Nem a Morte pode Separar um Amor

Por Michelle

Esse relato que vou contar a vocês é de uma amiga que perdeu seu noivo a 4 anos atrás, em um acidente de carro.

Ela não acreditava muito em Deus, e muito menos em ''fantasmas''. Quando ele veio a falecer ela não dormia, não comia... não fazia nada! Entrou em uma tristeza profundo, uma depressão que acabou com ela, e os remédios pareciam que não faziam efeitos. Eu a chamava pra ir à igreja, mas ela recusava...

Foram tempos de sofrimento, até um dia ele aparecer pra ela.

Ela conta que estava no quarto lendo suas cartas, vendo fotografias, olhando suas coisas, relembrando dos bons momentos e as lágrimas começaram a cair, pois a dor havia passado, mas a saudade bateu forte. Quando de repente ela ouviu sua voz! Pensou que era coisa de sua cabeça e foi tomar banho, mas mesmo assim ouvia a voz dele a chamando...

Vestiu-se rapidamente e olhou pela janela... Ela morava em um sobrado e o quarto dela era em cima desse sobrado. Quando olhou, viu o seu noivo! Não acreditou e foi correndo chamar sua mãe, mas ela não estava lá, tinha ido ao mercado. Então voltou a olhar para fora e lá estava ele, parado, sorrindo, olhando pra ela!!!
Ela diz que sentiu uma paz muito grande, e não sentiu nenhum tipo de medo. Seu coração batia muito forte, e então ele falou:

- Deixa-me entrar?

Ela correu pra sala, que ficava em baixo, e ele entrou pela porta... estava com roupa social inteira branca, e sua pele brilhava muito, ele estava muito cheiroso, com um cheiro que ela nunca sentiu antes, ele trazia uma paz enorme... Ela o abraçou e beijou seu rosto, sentou no sofá e conversaram muitas coisas...

- Sim, se for você mesmo, pode entrar!

E fez várias perguntas à ele, como: onde nos conhecemos, qual é nossa música preferida... coisas que só eles sabiam. E ele respondeu todas.

Ela perguntou por que ele não tinha ido visitar ela antes, e ele revelou que ela não estava pronta, e que tinha que esperar esse momento.

Depois de um tempo juntos, ele disse que teria que partir. Ela começou a chorar e disse que não! Pediu pra ele ficar...

Ele respondeu:

- Chegou minha hora. Tenho que partir. É um longo caminho! Mas estarei sempre olhando pra você e cuidando de você. Não chore, não sofra mais, porque isso me atrapalha na caminhada. Eu quero ver você feliz e sorrindo! Um dia a gente vai se encontrar, enquanto isso, você faz boas coisas na Terra e acredite em Deus. Paz e luz na sua caminhada. Até lá! - e a beijou.

Ela o acompanhou até a porta... ''Ele deu um sorriso muito lindo, um sorriso de 'felicidades', e deu mais um beijo em minha mão, e disse: 'até logo'." - contou ela.

Contou-me com lágrimas nos olhos e um belo sorriso. Eu chorei junto com ela, mas choro de felicidade.
Ela diz que ainda sente seu cheiro, e quando ela me contou, eu também pude sentir! E senti uma grande paz. Sei que ele está junto a Deus, olhando por ela.

Agradeço a todos que leram, e em breve vou contar mais histórias minhas, da minha família e de alguns amigos.

Até breve!
Graça e paz.
Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
Comentários