17 de maio de 2013

Vulto Branco

Por Falcão

Buscando sobre a brincadeira do copo, que nunca fiz, acabei no site Sobrenatural.Org, muito bom por sinal. Vi na seção Relatos essa imagem de quando alguém faz um comentário anônimo, que me chamou atenção. Me fez lembrar de algo.

Tenho 28 anos. Quando tinha 09 anos, acordei com uma voz grave que não entendi. Ao abrir os olhos, estava em pé ao meu lado um vulto branco, igual a imagem do site que já citei. Era alto e não era transparente. Me assustei e o chutei, mas a perna atravessou ele e nada. Ficou na minha frente, eu apavorado chutei de novo e nada. Não era como fantasma clássico que fica assustando a pessoa, pois ficou parado lá. Não era como fumaça, mas não tinha um rosto, um vulto branco com jeito humano. Ficou em pé ao lado da minha cama, há poucos centímetros. Não disse nada, só ficou parado. Foi então em direção à cama do meu irmão. Então, comecei a chamar meu pai que demorou muito a chegar. Tempo suficiente para ele sair do quarto em direção a sala. Quando meu pai chegou, uns 10 minutos depois, estava apavorado e com raiva dele, pois demorou muito. Procuramos na casa e nada. Passei por mentiroso. Apesar de ter gritado muito, meu irmão não acordou, apesar de dormir no mesmo quarto. Outra coisa: meu cobertor estava DOBRADO em baixo da cama. Só que em Garanhuns-PE faz um frio danado, quem conhece sabe, não fui dormir sem ele, porque inclusive meus pais nos colocavam pra dormir, agente orava junto toda noite, eu, meu irmão e meu pai.

O ser não pareceu ser maléfico. Diferente dos fantasmas "tradicionais", não era transparente, nem esboçou reação, a não ser sair do quarto quando comecei a gritar pelo meu pai. O que seria ele? Seria um anjo, que por um "lapso temporário" pude vê-lo, e por isso saiu pra não me assustar mais?

Sonho não foi, eu tava acordado e isso demorou muito, eu fiquei nervoso e chutei ele duas vezes. Nunca mais vi nada assim.
Sugestões da nossa loja oficial, a LojaSobrenatural.com.br
Comentários